Anistiados estão custando quase R$ 1 bilhão ao ano. E informações estão sob sigilo.

Conforme post anterior, foram gastos até agora R$ 2,2 bilhões com os anistiados de 1964. Até 2012, os valores variavam entre R$ 55 milhões(2007) e R$ 4,4 milhções (2008). No entanto, a partir de 2013 os valores saltaram para R$ 800 milhões, R$ 835 milhões e, neste ano, já alcança R$ 539 milhões até julho. Os valores, vinculados à Previdência Social, estão sob sigilo no Portal da Transparência. Não dá para saber para quem está sendo pagos estes mais de R$ 800 milhões anuais, Está faltando um deputado da Oposição ou um órgão de comunicação isento pedirem os dados com base na Lei da Informação. Há algo de muito estranho nesta conta.

20 comentários

Comunas e terroristas devorando o nosso suado dinheiro.

Reply

Tem com o levar a sério um país que indeniza pulhas, canalhas, assassinos, vagabundos terroristas? não há qualquer subjetividade de ordem política aqui, a partir de 1992 o comunismo foi derrotado no mundo e sua pútrida e fétida escória remanescente tem que ser tratada como tal, como derrotados, prisioneiros de guerra. FCH a história saberá fazer justiça a você e seu partido, vocês serão soterrados na bosta junto com todo o movimento comunista.

Reply

Com certeza tem a mão grande dos corruptos aí também! Ladrões! Criminosos! Quadrilheiros!

Reply

Seria a Bolsa Cumpanheiro?

Reply

Absurdo !
Pagar bandidos com nosso dinheiro.

Reply

"Os valores, vinculados à Previdência Social, estão sob sigilo no Portal da Transparência..."

Como sob sigilo???? Quaisquer atos públicos são regidos pela publicidade!!!!

Quem vai investigar este imbróglio????

Alô oposição!!!!! Acorda!!!!


Chris/SP

Reply

OFF

Hoje (13:42hs) = 843.852 apoiadores pró-impeachment

Este negócio está muito devagar!!! Já deveria ter alcançado a marca de, pelo menos, 1 Milhão!!!!


Chris/SP

Reply

Coronel,
Denuncia grave

Assunto:Petrobras,o Brasil poderá no futuro comprar Petróleo dentro do próprio País,devido a Empresa não mas Estatal

Existe nos bastidores,uma conversa que ao chegar a queda de valor de Mercado da Petrobras abaixo de 20 bilhoes de Reais,os acionistas em determinado momento em seu respectivo País,vai pedir ao Governo intervir devido a perda,e propondo o seguinte

A Desvalorização até o momento pertenceu a Petrobras,o que restou pertence aos acionistas,

pediram em seguida:
a) Nomeação por parte dos acionistas do Presidente do Conselho do Conselho da Petrobras,e Diretores
b) Nomeação por parte dos Acionistas o Presidente da Petrobras,

Resumindo o Brasil vai comprar o Petróleo dentro de seu Próprio País para atender a Sociedade

Mas existe uma forma que ao ser aplicada rapidamente pode evitar uma tragédia

a) O Governo utilizar parte da Reserva do País e recomprar as Ações,
b) O Governo liberar dinheiro a Empresa,para a Área de Investimento,
c) Reestruturação da Empresa com Projetos etc

Caso não seja tomada uma medida urgente o Brasil no futuro não será mas dono da Petrobras
lamentável
guru75

Reply

Da coluna do Twitter aí ao lado:

@coroneldoblog:
"Se você está com menos de R$ 1 mil na poupança, um conselho: pegue a grana e faça uma bela compra de comida. Vai render mais do que no banco."

Que conversa é essa aí, coronel????? Quem vai comprar isto tudo em comida. Só pode estar de brincadeira!


Chris/SP

Reply

O Lula e a Dilma junto com a petezada acabaram com o Brasil, que pela incompetência deles está em faze terminal.
Esses mesmos radicais que hoje aplicam golpes tentando transformar nossa democracia em lulopetismo comunista, são os mesmos que tentaram esse golpe durante o governo militar. Assim como estão sendo pegos no golpe hoje, foram pegos e impedidos pelos militares.

Eles acham que são inocentes hoje, não cometeram nenhum crime, nenhum roubo, nenhuma contravenção e pedirão indenizações no futuro porque não conseguiram concretizar o projeto de poder pegos pela EQUIPE MORO.
Alguem acha que eles estão certos? A não ser a SOC, todos os outros brasilerios têm certeza que são bandidos.


PORTANTO OS BRASILEIROS QUEREM DE VOLTA O DINHEIRO DAS INDENIZAÇÕES INDEVIDAS QUE O LULA E A DILMA AUTORIZARAM PAGAR(desde 2003) PARA A CAMBADA QUE tentou o golpe durante o governo militar.

Reply

Isso porque o Regime Militar não fez o serviço direito antes de entregar de volta aos civis.

Reply
Pagador de impostos mod

Por que papai não foi passear na França quando era moço, hoje estaríamos bem na fita. Isso que da ser honesto e trabalhador, hoje aposentado, rindo a toa com D$700,00 Dilmas.

Reply

Chris/SP

14 de setembro de 2015 13:58

Depende do ângulo que se olha. Mil reais não compra nem uma taça de vinho de Lula. O salvador, o homem do povo, na primeira eleição brindou com o Romanée Conti, apenas 29 mil a garrafa. Hoje seu gosto é mais apurado, dizem que gosta da safra 1978, onde a garrafa pode chegar a "insignificantes" 90 mil.

Independente do gosto do X9, o custo de vida está muito caro, as compras do mês para duas pessoas chegam bem pertinho desse valor e isso comprando apenas o necessário, nada de vinhos.

Reply

"Bolsa Ditadura – Dilma pediu indenização em três estados"


"Presa e torturada durante a ditadura, a hoje ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, reivindicou indenização de três Estados -São Paulo, Rio e Minas Gerais- onde, em suas palavras, foi “interrogada, processada, julgada e condenada”. Pediu ainda reparação à União.
Fixadas em diferentes leis estaduais, as indenizações somam R$ 72 mil: R$ 22 mil em São Paulo, R$ 30 mil em Minas e R$ 20 mil no Rio de Janeiro.
A assessoria da Casa Civil afirma que “o ato de reivindicar a indenização tem um caráter simbólico, independentemente dos valores”: “A ministra Dilma esteve presa em três Estados. Quando o Supremo Tribunal Militar julgou e condenou a ministra a dois anos e um mês de prisão, ela já havia cumprido três anos”. Segundo a Casa Civil, Dilma solicitou que o julgamento dos pedidos de indenização só ocorresse após sua saída da administração pública.
A cargo de comissões especialmente criadas para a análise de pedidos, os três julgamentos, porém, já aconteceram. A ministra recebeu indenização do Estado de São Paulo no dia 28 de julho do ano passado, seis anos depois da abertura do processo, a 16 de julho de 2002.
Então secretária de Energia do Rio Grande do Sul, Dilma descreveu as torturas a que foi submetida numa carta enviada, no dia 1º de julho daquele ano, à comissão especial que analisava os pedidos em São Paulo."

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/bolsa-ditadura-dilma-pediu-indenizacao-em-tres-estados/

Como estaria o Brasil hoje, se os militares em 64 não tivessem socorrido o povo? Seríamos uma Cuba? Haveria indenização pelas mortes, torturas como aconteceu em todos os países onde a esquerda colocou suas garras e matou milhões conforme sua "justiça"?

http://www.youtube.com/watch?v=UqSmVJEIL0Q

O Brasil, desceu a ladeira da imoralidade como nenhum pais, mais um pouco os Marcolas vão pedir indenizações.

Reply

E vejam, Coronel e comentaristas, nessa Comissão da Anistia também tem corrupção além de preferências explícitas para as tais indenizações que variam conforme a importância política e a fidelidade às ideias ‘progreçistas’. Conheço casos de gente com história de tortura comprovada e publicada, mas do baixo clero revolucionário, e sem a sorte da Anta, hoje na casa dos 60,70 (os remanescentes da “luta contra a ditadura” estão velhinhos) que há mais de dez anos solicitou a tal indenização, afinal DEFERIDA depois de mil trâmites burocráticos em módicos R$100.000,00 (US$25.000,00). Entretanto, para receber a grana, o indenizado deveria dividir o dinheiro com algum funcionário do órgão ou não recebia. Mesmo quem aceitou a meação, acabou NÃO RECEBENDO nada.

Reply


Em 12/08/2010

"A empulhação da bolsa-ditadura"

"A indenização virou a farra do boi. Há alguns casos realmente fabulosos. O cartunista Ziraldo, que ficou rico com o jornal Pasquim, recebeu R$ 1 milhão a título de pagamento retroativo e tem pensão mensal de R$ 4.375. Por quê? Jaguar, seu amigo e sócio, não ficou tão rico porque, confessadamente, diz ter bebido tudo o que ganhou. A ditadura proibia as pessoas de dizer certas coisas, é verdade. Mas não impunha a ninguém que bebesse a própria fortuna. Millôr Fernandes, que também foi do Pasquim, não pediu indenização e afirma que luta contra a ditadura não era poupança. Na mosca.

A viúva de Carlos Lamarca foi indenizada e recebe uma gorda pensão. O homem era militar, desertou, matou seus pares. A comissão decidiu promovê-lo postumamente — como se tivesse competência pra isso —,antes de decidir o valor da prebenda. Promoção? Para Lamarca? Por que mesmo? Por serviços prestados ao Exército ou à causa comunista? A coisa toda é de um ridículo atroz
Carlos Heitor Cony, que chegou a redigir um dos editoriais do Correio da Manhã em favor do golpe militar — isso é história — se disse perseguido porque demitido mais tarde. Recebeu pouco mais de R$ 1,4 milhão! E sua pensão mensal era de mais de de R$ 23 mil até outro dia. A quantas anda hoje, não sei. Terá ele aberto mão de tamanha generosidade? Seria o moral. Afinal, pouco depois da demissão, virou uma estrela do Grupo Manchete, com sala decorada com mármore rosa importando sei lá de onde — mas era podre de chique! —, numa revista que não dizia um “a” contra o regime, muito pelo contrário. Sua única veia de contestação, se assim se pode chamar, era uma fotinho de Adolfo Bloch abraçado a Juscelino, que tinha sido importante para a consolidação do grupo. Que eu saiba, Cony foi o mais premiado de todos. Justiça?

Indenização a quem realmente padeceu agruras quando já rendido por agentes do Estado? Compreendo, defendo e sou favorável. Indenização a quem refez plenamente a sua carreira e, em alguns casos, até ficou rico, ainda que por vias oblíquas, com a ditadura? É oportunismo da pior espécie. Indenização a quem pegou em armas (ou seus descendentes) para derrubar o regime, consciente dos riscos que corria, para matar ou morrer — e muitos mataram em vez de morrer? É uma indignidade.
Esse descalabro tem de ser revisto. Entre as indenizações pagas e as já aprovadas, o espeto passa de R$ 4 bilhões. E quem paga não é a ditadura. Quem paga é o povo brasileiro.
PS – Só para lembrar. Lula também recebe a prebenda. A grana passa de R$ 6 mil por mês. Por quê? Porque ficou 30 dias preso no começo dos anos 80 — aquela prisão junto com o “Menino do MEP”… Felizmente, não lhe tocaram num fio de cabelo. No de Lula, quero dizer. Estava construindo o PT, por meio do qual chegaria à Presidência da República, e jamais deixou de receber um mês de salário, pago primeiro pelo sindicato e depois pelo partido. Usou aquele evento para se fazer de mártir, grande militante, representante do povo e, finalmente, presidente.
Agora todo-poderoso, defende os regimes iraniano e cubano, entre outras tiranias, notórios por torturar e matar prisioneiros"

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/a-empulhacao-da-bolsa-ditadura/

O Brasil realmente extrapolou aqui se indeniza quem não conseguiu a Ditatura socialista/comunista, que fez mais de 150 milhões de vítimas.
Olhei esse vídeo e me pergunto, era isso que eles queriam e por não conseguirem são indenizados? Meu Deus!

http://www.youtube.com/watch?v=UqSmVJEIL0Q

Reply

hoje, está provado que não passavam de aproveitadores e bandidos da pior espécie. e ainda os pagamos....

Reply

O advogado do Lula, o Menghele, recebe 30% de cada indenização. Dizem que já faturou R$ 2 bilhões.

Reply

Os beneficiários são todos comunistas.
Bolsa-Familia
Bolsa-Aposentadoria de politicos
Bolsa-ditadura para comunas.

Reply

Vejam no Google a frase dita pelo Geisel,procure como "profecia de Geisel".

Reply