Hora de dar um basta à demonização do campo brasileiro.

É impressionante a desinformação e a mentira espalhadas contra o Brasil Rural. Ontem, a culpa da não votação da PEC do Trabalho Escravo foi creditada à "bancada ruralista". Da mesma forma que os "ruralistas" foram demonizados pela devastação das florestas e pelo envenenamento dos rios na votação do Código Florestal. Contra as mentiras, nada melhor do que números.

A Frente Parlamentar da Agropecuária tem 218 deputados. Três estão licenciados. Treze são do PT, partido que ontem uivava e babava para aprovar a PEC que nem mesmo define o que é "trabalho escravo", delegando a um fiscal de plantão esta definição, tendo ele o poder de, forjando um ato de infração, confiscar uma propriedade, que será entregue, em seguida, ao MST. Portanto, restam 202 deputados, para uma Câmara com 513 representantes. Sem contar que a grande maioria destes deputados são da base do governo e, portanto, deveriam apoiar irrestritamente um projeto tão caro à presidente Dilma.

Agora, se você imagina que a FPA é um bando de fazendeiros com chapéu de vaqueiro e tocando berrante, está muito enganado. Na composição da Câmara, existem apenas 33 ruralistas ou proprietários rurais, contra 50 médicos, por exemplo. Veja aqui um retrato da Câmara.

O que existe, no fundo, é um preconceito arraigado contra o interior do Brasil. A esquerda é urbana. Nem mesmo é suburbana. Certa imprensa, que também é do asfalto, repercute este sentimento nojento e desumano contra o homem do Campo. O "ruralismo" é uma construção sistemática da esquerda para isolar uma parte do Brasil que não se entrega. Por isso, o "ruralismo", transformado em sinônimo do atraso, é  quem paga o pato. E paga porque, sendo minoria, é obrigada a defender com unhas e dentes a sua terra, a sua produção, a sua gente. 

Por que este ódio da Hebe Camargo, do Luciano Huck, da Camila Pitanga e de outros ícones urbanos contra o Campo? Porque não o conhecem, não sabem do que estão falando e embarcam no discurso fácil e cínico da sustentabilidade. Aquela sustentabilidade que coloca a árvore acima do homem. Ou melhor: em cima do homem que morre de fome aos milhões no mundo inteiro, por falta de comida.

O famigerado agronegócio é um modelo de sucesso. Só aqui no Brasil 61% do território está coberto de vegetação nativa. Apenas 27,7% da nossa terra é usada para produzir alimentos. Desta produção, 70% fica aqui dentro e só 30% é exportada. Nos anos setenta, o trabalhador brasileiro destinava mais de 40% da sua renda para comprar feijão do México, arroz da Indonésia, carne da Argentina. Hoje, este dispêndio está próximo de 15%. Os 30% exportados significam um superavit de U$ 77 bilhões de dólares anuais. O Campo sustenta todos os deficits dos demais setores na balança comercial. E o mais importante: menos de 20% da nossa população está no Brasil Rural. O que significa que 1 em cada 5 brasileiros é que produz 1/4 do PIB, gera 1/3 dos empregos e é responsável por 40% das exportações. O Campo sustenta a incompetência e a falência da cidade. E mesmo sendo o que existe de mais moderno no Brasil, em termos de pesquisa e tecnologia, aumentando a produção em 250% em cima de um aumento de pouco mais de 20% de área utilizada, nos últimos 20 anos, é chamado de atrasado e de conservador. Quanta estupidez!

Para encerrar: sabem qual é a perda do Brasil Rural se o novo Código Florestal for aprovado? Sim, porque existe perda, apesar de que toda a mídia e toda a manada informa que os "ruralistas" estão sendo beneficiados. Com o novo Código Florestal, a área de produção será reduzida em 13,9%, sem nenhuma indenização. A perda é de 33 milhões de hectares! Isto é pouco? Então saiba que todo o feijão do Brasil ocupa 3,9 milhões de hectares. Que todo o arroz ocupa 2,5 milhões de hectares. Que todo o café ocupa 2,1 milhões de hectares. 

Mais um parágrafo, talvez o mais importante. Quem perde mais é o bobalhão que abana plaquinha "Veta Dilma". O palhaço manipulado pelas ONGS internacionais. O bundão que acha que o Brasil vai melhorar roubando 33 milhões de hectares do homem do campo. Pois saibam eles que milhares de pequenos produtores serão expulsos do campo e irão morar na cidade. Irão subir morro, construir barracos e morar em APP como nas favelas cariocas que se debruçam sobre os apartamentos daquela gente imbecil que aplaudiu a Camila Pitanga. Naqueles 33 milhões de hectares que serão perdidos para a floresta da Marina Silva, aquela de onde o marido desviava um mogno, o Brasil produz U$ 68,9 bilhões! Quem vai pagar esta conta? O "ruralista"? Se os estúpidos que defendem o veto total do Código Florestal entendessem um pouco de economia, deveriam saber que o preço será pago lá no supermercado. Menos comida, comida mais cara.

Por isso, é hora de dar um basta na demonização do campo brasileiro. O campo que é o escravo da cidade, que sustenta esta gente urbanóide que faz de tudo para destruí-lo, marionetes de ongs internacionais e de políticos de vida fácil que estão lutando por tudo, menos pelo bem do nosso país, da nossa democracia, da nossa soberania. Que o veto, se houver, que sirva de lição para os macacos de auditório da Hebe Camargo, do Luciano Huck e da Camila Pitanga.

Perdão pelo post reinaldiano. Não tenho talento para isso. Obrigado pela atenção e, por favor, espalhem os dados que estão aqui. Eles são a verdade que a esquerda quer sepultar.

Dona Almerita, a gente vai lutar até o fim para que a Camila Pitanga não tire a senhora da sua terra e a jogue num barraco na favela da Rocinha:


31 comentários

O que mais me impressiona é que, na verdade, o setor agropecuário é o setor mais inovador e dinâmico da economia brasileira. E é tratada como um setor conservador.

Conservadores são esses caras que seguem com uma mentalidade do Século XIX.

Reply

Perfeito. Precisamos de Blogs assim. Parabéns Coronel.

Reply

O problema é que os agricultores no Brasil, não são unidos de verdade só em situação de emergência, não sabem usar a mídia em beneficio da agricultura brasileira. Eu acho que á CNA os grandes produtores rurais, a empresas de insumos para agricultura e as Grandes Empresas de Traiders tem que faze uma ampla divulgação do Agronegócio brasileiro mas a longo prazo.

Reply

O repórter e o promotor, por Carlos Brickmann
Carlos Brickmann

Grupos empresariais e jornalistas que se intitulam progressistas vislumbram na CPI uma oportunidade de atingir a revista Veja e seu diretor de Redação em Brasília, Policarpo Jr.

O motivo é curioso: nas gravações dos telefonemas de Carlinhos Cachoeira, o bicheiro afirma que foi o fornecedor de várias notícias divulgadas por Policarpo. Mas afirma também que Policarpo não é gente sua: só publica o que confirma e acha que vale a pena.

O ex-ministro José Dirceu tem dito que frases desse tipo indicam que Policarpo Jr. e a Veja têm relações com o crime organizado. “Jornalistas progressistas”, seja lá isso o que for, afirmam que a Folha de S.Paulo e O Globo blindam a Veja nas investigações.

Besteira: se algum jornalista ou alguma empresa tem relações com o crime organizado, o caminho não é esse. Jornalista se relaciona com todo tipo de gente para obter informações; e esse relacionamento só é incorreto se envolver subordinação à fonte (e, no caso, é incorreto mesmo que a fonte seja um Prêmio Nobel) ou o recebimento de favores, presentes ou pagamentos.

Quem quiser informações de bandidos, para elaborar o noticiário, tem de relacionar-se com bandidos. Não é o caso de um promotor, ou de um juiz, cujos contatos precisam ser cuidadosamente selecionados, e que podem perfeitamente encontrar-se com autores de malfeitos na sala do tribunal.

Personalizando, Policarpo Jr. pode, sem problemas, ter relacionamento com Carlinhos Cachoeira; já Demóstenes Torres não podia. Aliás, há mais gente que não deveria relacionar-se com empresários zoológicos e o fez. Se a CPI correr solta, se a Polícia Federal abrir de vez o inquérito, o Brasil vai ferver.

A propósito, este colunista não acredita que o Brasil vá ferver.



Carlos Brickmann é jornalista e diretor da Brickmann&Associados

Reply

Porque esses "Famosos" são contra...??? Simples são pagos para participar de campanhas publicitarias milionárias pagas com dinheiro público

Reply

como disse no post anterior, eu realmente nao entendo como que um setor tao forte consegue ser tao fraco em divulgar sua defesa...

ha apenas a solitária senadora Katia Abreu e alguns blogs, como esse aqui...

mas a surra de marketing que o agronegócio toma dessas ONGs eh algo impressionante...

entendo que o agricultor não tenha tempo para sair por ai fazendo manifestações, mas tudo tem limite e se não ha defesa, os ongoloides avançam sem parar...

os jovens são praticamente todos pro-ONGs, porque os ongoloides tem o canto da sereia, sabem marketear, iludindo esse bando de babacas que estrilariam se faltasse o danoninho depois do feijão com arroz de todo dia...

Reply

Beleza Coronel!!!!

Excelente post!

Adolfo
www.bdadolfo.blogspot.com

Reply

Coronel, cresce o nº de haitianos que chega ao Brasil, aumentando o nº de bocas "famintas" já existentes aqui e como se não bastasse, índios estrangeiros estão conseguindo nacionalidade brasileira e com isso, se habilitando e conseguindo ser aquinhoado com o bolsa esmola. VIVA O BRASIL... http://www.tribunageral.com/2012/05/indios-de-paises-vizinhos-se.html

Reply

Quem matou Celso Daniel?????


http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2012/05/09/policia-nao-quis-investigar-a-fundo-morte-de-celso-daniel-diz-promotor-do-caso.htm

Reply

Visite o blog: http://livrocibercelulas.wordpress.com/
Ou busque no google: LIVRO CIBERCÉLULAS
A princípio pode parecer um livro sem relevância; porém, trata-se de uma análise aprofundada do universo subconsciente – sabedoria que existe dentro de nós mesmos. Permita-se conhecer a existência humana por um novo prisma.
ESTE LIVRO IRÁ TE SURPREENDER!

Reply

Coronel VEJA o que Tio Rei acabou de postar sobre o sigilo da CPI KKKKKKK.

Reply

Estão querendo dominar o campo? “O socialismo é a filosofia do fracasso, a crença na ignorância, a pregação da inveja.
Seu defeito inerente é a distribuição igualitária da miséria”. Winston Churchill

Reply

Manda Camila Pitanga catar coquinho.
Ora Bolas!!!

Reply

O Reinaldo Azevedo acabou com a festinha dos petistas!
Aquí: http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/
TUDO PRA VOCÊ, LEITOR! 630 GRAMPOS, TRANSCRIÇÕES… TEM ATÉ ÍNDICE. PODE BAIXAR AÍ NO SEU MICRO!
Quer saber tudo o que estará disponível aos parlamentares da CPI, leitor amigo? Pois não! Está aqui. Você tem que ter um programa para descompactar o arquivo, como o que está em www.jzip.com/pt, que é gratuito. Pode se divertir à vontade. São 630 grampos, transcrições etc. Uma fartura! E olhe que você pode baixar “esses trem” (como dizem Cachoeira e amigos) aí no seu computador porque está tudo protegido por “sigilo de Justiça”!!! Os correspondentes estrangeiros que atuam no Brasil devem achar que este é mesmo um país estranho.O irrevogável é revogável, como diria Mercadante; o sigiloso é público, e os homens públicos insistem em atividades… sigilosas! Pronto! Tudo aí! Os vigaristas de aluguel não precisam mais fazer ar de mistério e inventar conspirações inexistentes. Quem passou foi uma freirinha de um convento interessada no aprimoramento espiritual do Brasil.
Por Reinaldo Azevedo

Reply
Celso Fernando Nonato mod

Caro Coronel, excelente materia publicada, vem em boa hora, chega, é hora de dar umb asta nesses bobalhões, bundão etc e etc. Permita-me forte e afetuoso abraço amigo e vou publicar na minha pagina no facebook.

Reply

OFF - BOMBA !!!!!!!!!!!

Cel.
Dê uma olhadinha neste post de RA!!!

TUDO PRA VOCÊ, LEITOR! 630 GRAMPOS, TRANSCRIÇÕES… TEM ATÉ ÍNDICE. PODE BAIXAR AÍ NO SEU MICRO!

Quer saber tudo o que estará disponível aos parlamentares da CPI, leitor amigo? Pois não! Está aqui. Você tem que ter um programa para descompactar o arquivo, como o que está em www.jzip.com/pt, que é gratuito. Pode se divertir à vontade. São 630 grampos, transcrições etc. Uma fartura! E olhe que você pode baixar “esses trem” (como dizem Cachoeira e amigos) aí no seu computador porque está tudo protegido por “sigilo de Justiça”!!! Os correspondentes estrangeiros que atuam no Brasil devem achar que este é mesmo um país estranho.O irrevogável é revogável, como diria Mercadante; o sigiloso é público, e os homens públicos insistem em atividades… sigilosas! Pronto! Tudo aí! Os vigaristas de aluguel não precisam mais fazer ar de mistério e inventar conspirações inexistentes. Quem passou foi uma freirinha de um convento interessada no aprimoramento espiritual do Brasil.

Por Reinaldo Azevedo

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/tudo-pra-voce-leitor-630-grampos-transcricoes-tem-ate-indice-pode-baixar-ai-no-seu-micro/

Para baixarem o tal arquivo, acessar o post de RA.

Chris/SP

Reply

CEl,

Parabéns pelo artigo, claro e cristalino ...

O campo pode quebrar o Brasil quando quiser, é só se organizar e parar de produzir por um ano inteiro. O que os comunistas mais temem é a autonomia que o campo tem de sobreviver. O produtor rural funciona como uma autarquia, por isso ocorrem tanto ataques contra eles, é o comunismo querendo dominar também o setor agropecuário sem o que eles não se consolidam como poder absoluto. O processo é ir minando aos poucos.




Índio Tonto/SP

Reply

Parabéns pelo artigo. Entretanto, pergunto onde estão os sindicatos de trabalhadores rurais, as entidades de classe dos agricultores ???? os ongolóides estão a mil e os mais interessados, os agricultires, não se manisfestam ??? Que dê a classe rural brasileira para fazer contraponto a estes M***** ???

Reply

o produtor tinha mesmo eh que diminuir a área plantada...

vai ter menos trabalho e vai ganhar o mesmo, talvez ate mais, pois os preços irão disparar...

regra básica da oferta e da procura que a senhora pitanga não deve conhecer, talvez porque nem vá a supermercados fazer compras...

Reply

Cel.

Sobre a PEC do Trabalho Escravo, RA escreveu um excelente post.

Esta turma tá de brincadeira, eles nem sabem definiri que droga é esta. Tá parecendo a reendição do tal PNDH-3 sobre a propriedade, um direito constitucionalm.

Todo o cuidado é pouco com esta turma.

Chris/SP

Reply

Não só isso, caro coronel. Eu sou da área de ciencias exatas e também das biológicas. Mais do que qualquer outro setor econômico do BR, a maior transferência de tecnologia (leia-se pesquisa e inovação) das Universidades Públicas Brasileiras, diga-se de passagem centros públicos de pesquisa (e faço parte de um deles com muito orgulho) é para o setor agropecuário.

Fala-se muito da área de saúde, onde novos métodos disso e daquilo são encontrados todos os dias, novas substâncias com propriedades assim e assado são descobertas... Mas quanto disso chega ao povo????

De fato, o novo medicamento que pode ajudar a reduzir a pressão descoberto numa USP da vida pode nunca chegar nas farmácias... mas os avanços da embrapa, p. exemplo, no cultivo de qualquer vegetal de importância econômica chegam rapidinho na mesa do brasileiro.

O resto é balela!

Reply

Grande Coronel

Em um tribunal petralha, os julgados são as testemunhas e o juri, os CRIMINOSOS!!!!!!

patriota

Reply

Artistas

Pessoas especializadas em decorar falas de outrem. Portanto não possuem iniciativa própria.PURA IMAGEM VAZIA!!!

patriota

Reply

O que é um escravo ?
Um indivíduo privado da liberdade de ir e vir, que produza valores a quem o mantém cativo e tem preço de compra e venda e cotação.
Aqui no Brasil os presidiários são o que mais se aproxima da condição de escravos, com a lei os presídios do país terão que ser DESAPROPRIADOS DE MODO GRATUITO, sem indenização.
A liberdade, a vida , a propriedade são garantidos pelo artigo 5° e não podem ser relativizado.
A lei ANTI - ESCRAVIDÃO revogará a Lei Áurea e anteriores, o 13/5 não terá razão de existir.
O governo utiliza da mão de obra escrava para produção de bolas e outros manufaturados, o que poderia fazer o governo do estado seria:
1- Manter os criminosos livres de grades mas com tornozeleiras e vários chips implantados no seu corpo, isto o inutilizaria para o cometimento de crimes e um ladrão de bancos não poderia mais entrar em um estabelecimento bancário pelo resto da vida, quando precisar ir o chipado precisaria autorização de um juiz para o condenado que esteja em tornozeleira vá ao banco com uma escolta policial para evitar que haja uma desconfiança de assalto.
2- A chipagem seria um rastreamento perpétuo a criminosos e impediria de manter fuga ( ir para áreas proibidas ou em horas proibidas ) e os grandes criminosos seriam simplesmente condenados à morte ou mortos "em ato de resistência".
-
PETRALHAS BANDIDOS, escravidão ou condição análoga à escravidão não vai acabar, simplesmente quem quer ter escravos vai ARRENDAR TERRAS e a pena máxima seria o fim do contrato de arrendamento da terra.
Quando a pena de desapropriação de modo gratuito começou a valer para terras utilizadas para produção de entorpecentes e maconha, toda a produção passou a ser EM TERRAS ESTATAIS ou públicas, dentro de parques nacionais, como a chapada Diamantina, as ilhas do Rio S.Francisco e reservas indígenas.
PETRALHAS FILHOS DA PUTA ,QUERO QUE DESAPROPRIEM GRATUITAMENTE RESERVAS INDÍGENAS RECHEADAS DE MACONHA NO MS e MT, nos quilombos ( terras coletivas ) *** A pena do crime não pode ultrapassar a pessoa do criminoso. ISTO É DOGMA JURÍDICO.
Não passem isto a DOGMA JURÁSSICO.

Reply

Coronel, ainda sobre os grampos da CPMI, o blog do Pannunzio já traz TUDO mastigado, sem precisar descompactar http://www.pannunzio.com.br/wp-content/uploads/cachoeira/index.html

Reply

VOCÊ SABIA QUE?...
(ninguém observa isso).
Por que não tem ONGs no Nordeste seco? Você consegue entender isso?

Vítimas da seca!
Quantos? 10 milhões.
Sujeitos à fome? Sim.
Passam sede? Sim.
Subnutrição? Sim.
ONGs estrangeiras ajudando: Nenhuma!

Índios da Amazônia.
Quantos? 230 mil
Sujeitos à fome? Não
Passam sede? Não
Subnutrição? Não
ONGs estrangeiras ajudando: 350.

Provável explicação:

A Amazônia tem ouro, nióbio, petróleo, as maiores jazidas de manganês e ferro do mundo, diamante, esmeraldas, rubis, cobre, zinco, prata, a maior biodiversidade do planeta (o que pode gerar grandes lucros aos laboratórios estrangeiros) e outras inúmeras riquezas que somam 14 trilhões de dólares.

O nordeste não tem tanta riqueza, por isso lá não há ONGs estrangeiras ajudando os famintos.

Tente entender: Há mais ONGs estrangeiras indigenistas e ambientalistas na Amazônia brasileira do que em todo o continente africano, que sofre com a fome, a sede, as guerras civis, as epidemias de AIDS e Ebola, os massacres e as minas terrestres.

Agora, uma pergunta:

Você não acha isso, no mínimo, muito suspeito?

É uma reflexão interessante ou não é???

Reply

"Perdão pelo post reinaldiano. Não tenho talento para isso". Coronel, se eu disser que duas vezes voltei pro título do post achando que o texto era dele você acredita? Parabéns pelo texto sensacional, simples e elucidador.

Abs

Tomio

Reply

Parabéns pelo comentário, essa é a nossa realidade, e gostaria de acrescentar que estes "cidadãos" tão preocupados com mão-de-obra escrava são os primeiros a alimentar a escravidão com sua roupas e acessórios de grife e também os ecologistas de plantão, sao os últimos a fazer a parte deles, pois são os primeiros a exigir água limpa para beber, e também os primeiros, com o perdão da palavra, à cagar e mijar dentro dos rios.

Reply
SERGIO LOUREIRO LISBOA mod

S E N S A C I O N A L !!!!
É MEU PRIMEIRO CONTATO COM ESSE BLOG,PENA QUE A GRANDE MIDIA NÃO TENHA A CORAGEM E OUSADIA PARA ESCLARECER COM TANTA TRANSNPARENCIA.
P A R A B E N S !!!!!!!!!!!

Reply

A unica forma de acabar com essa demonizacao do campo e calar a boca dos ambientalistas e das Pitangas da vida, e ainda mostrar pra Dilma a importancia deste setor na economia brasileira, seria uma greve geral de producao, por exemplo, pular uma safra, sem plantar nada,sem enviar um boi ao abate,um porco, um frango, enfim, nada. Ai eu queria ver o que estes babacas urbanoides iriam comer.Talvez folhas de mogno, carne de gamba ou macacos etc., que seriam colhidas e cassados pela Hebe, pelo Huck, pela Pitanga, pela Marina Silva.Ja pensaram quantas demissoes nao ocorreriam nas industrias de maquinas e implementos agricolas, de fertilizantes e defensivos, no setor de transportes, no comercio em geral.A midia comercial nao tem nenhum compromisso com o povo brasileiro.A globo pensa que o Brasil e apenas avenida paulista ou copacabana.

Reply

Tanto faz um post reinaldiano ou coroneliano quando o que se escreve è simplesmente a verdade.
A democracia e os democratas serão eternamente gratos a voces que garantem: essa sùcia não passarà!
Assim, sugiro o lançamento de uma campanha para a construção de mais Papudas para conter esses "papudos" em prisão perpètua + 100 anos atè que "roubo" seja considerado virtude ou o Inferno seja o lugar mais frio do Universo:.

Reply