Caminhoneiros chegando em Brasília.

Correio - Luziânia (GO) — O movimento nacional dos caminhoneiros, sob a liderança do motorista catarinense Ivar Luiz Schmidt, e que desde a semana passada provoca bloqueios em estradas, desabastecimento e confrontos em vários pontos do país, promete levar hoje os seus protestos à Praça dos Três Poderes. Em vídeo publicado ontem nas redes sociais, o líder conclamou a categoria a realizar um buzinaço em Brasília durante toda esta segunda-feira “contra a indiferença e a corrupção do governo”. 

Ao Correio, ele afirmou esperar que pelo menos 5 mil veículos pesados atendam ao chamado, a partir da madrugada.Para conseguir atingir a meta no 13º dia do movimento, o próprio Schmidt, de 44 anos, percorreu vários trechos de rodovias goianas, para convencer motoristas a aderir e a chamar outros. Ele argumentou que as bandeiras do movimento, como redução do preço do diesel, melhora dos valores dos fretes e aprovação imediata da chamada Lei dos Caminhoneiros, que regula as condições de trabalho da classe, não foram atendidas. 

A reportagem ouviu motoristas concentrados em Luziânia (GO), que já se comprometeram em participar do protesto hoje na capital federal. A palavra mais usada por eles é “revolta”, negando o acordo brandido pelo governo nos últimos dias. “Estamos pagando para trabalhar” foi frase recorrente.

O motorista baiano Edson Vieira, 33 anos, afirmou que as condições do frete praticadas no paí sempre foram ruins, mas agora são insustentáveis. Segundo ele, ao terem de arcar com a manutenção dos caminhões, com o pagamento de multas e com valores acrescidos ao combustível para poder usar meio eletrônico de pagamento dos donos das cargas, muitos caminhoneiros estão passando fome. Para piorar, os cartões que substituem a chamada carta frete só permitem saques de R$ 800 por dia. “As associações que fecharam acordo com o Planalto não nos representam. Eles nos traíram”, disparou.

14 comentários

Certo , certissimo!

Reply

Todo mundo junto com os caminhoneiros. O que eles querem é o que nós queremos.

Reply

Coronel,

Brasileiros honestos de Brasília!!!!

VÃO PARA AS RUAS APOIAR OS CAMINHONEIROS!

Façam como os bravos catarinenses fizeram!

Coronel - convoque pelo twitter o pessoal de Brasília para irem receber os caminhoneiros!!!

Eles estão lutando pelo nosso país! Precisamos ajudar!

FORA DILMA!

APOIO OS CAMINHONEIROS DO BRASIL!

EU SOU CAMINHONEIRO!

Flor Lilás

Reply

FORÇA caminhoneiros, exijam respeito e seriedade nas ações do governo. Não desanimem, não morram na praia, aproveitem que já chegaram em Brasília para mostras a essa quadrilha quem pode mais. Se a justiça prevarica e não pune esses bandidos, é justo que em legítima defesa os caminhões enfrentem seus algozes. Veladamente eles(o desgoverno a ex. de N.Maduro) atacam e matam a míngua o povo, daí quando o povo (por não haver justiça) se defende não podem reclamar. Certo.

Reply

O trabalhador brasileiro, na sua maioria paga para trabalhar, assim como os caminhoneiros. Já os locupletados na justiça ganham fortuna e ainda acabam de se dar aumento, SEM TRABALHAR. Não defendem os direitos do povo e ainda se ocupam atendendo apenas os interesses da SOC.

Reply

CORONEL

Esses estelionatários governistas perderam qualquer noção, parâmetro ou referência de dignidade,auto-crítica,senso de oportunidade, vergonha na cara.
Leio nota no C.Humberto que A.Mercadante articula para se candidatar a presidente da república.Até entendo, depois de Lula e Dilma virou mesmo Casa de Noca .

Reply

Quero ver Dna Dilma, Ministro da Defesa e afins receberem nossos heróis para um gordo café da manhã e tirar fotos muito sorridentes, prometendo, como faz com o MST, com os Índios, resolver o problema dos Caminhoneiros.

Reply
fred oliveira mod

Os caminhoneiros vao abalar a republica. E olhe se nao forem o elemento desencadeante do impeachment. Meu apoio aos caminhoneiros.

Reply

Deus abençoe nossos camaradas caminhoneiros nessa luta!

Dia 15 é nossa vez pessoal...chamem os amigos

Gabriel-DF

Reply

Coronel
Estão impedindo a entrada dos caminhoneiros em Brasília.
Índios, MSTs. sindicalistas e outros ditos "movimentos sociais", entram na Capital Federal quando e como querem, aprontam badernas, ferem policiais, destroem patrimônio público e, no fim, acabam sendo recebidos em audiência no Salão Nobre do Palácio pela presidenta em pessoa. E, claro, são atendidos em todas as suas pretensões.
Mas e daí, qual a diferença entre os caminhoneiros e esses outros manifestantes, "ativistas", ou o que diabos sejam?
A diferença é que os caminhoneiros são trabalhadores e dos mais valorosos. Já os outros, são parasitas, vagabundos, sustentados pelos dinheiros dos brutais impostos que nós outros, os que trabalhamos, somos obrigados a pagar.
É essa a diferença.
Alguma coisa vai ter que acontecer.
E logo.

Reply

Li um comentário lá no O Antagonista, com o qual concordo plenamente:

"O Brasil mais parece um puteiro. O único puteiro do mundo onde quem paga a conta só tem desprazer!!!"


Alguém discorda???


Chris/SP

Reply

Hoje tem manifestaçao MST na BR 040 - nos dois sentidos, de Goiania a Brasilia. Será que o governo vai mandar a PRF tambem multar o movimento em 10.000 por hora como fez com os caminhoneiros? Vamos ver...

Reply

Acordo brandido ou bandido?

Reply

Vc entendeu e bandido meesmo

Reply