Lembram quando Dilma dava lição de economia para o primeiro mundo? Financial Times decreta "sentença de morte" para a estratégia burra do PT.

A arrogância de Dilma criticando o modelo de austeridade adotado pela Europa, em 2012. Quem estava certo?

Em um texto crítico, nesta segunda-feira, o “Financial Times” lembra que o governo da presidente Dilma Rousseff falava como orgulho sobre a sua “nova matriz” de política econômica —com juros baixos, câmbio depreciado e incentivos fiscais —, capaz de reanimar a economia. 

A ideia era levar a expansão do Produto Interno Bruto (PIB, conjunto de bens e serviços produzidos no país) à casa de 4%. Mas, neste mês soou a sentença de morte para o modelo, com pressões inflacionárias persistentes, que forçaram a alta da taxa de referência para 11%, com possibilidade de mais aumentos.

Credibilidade em xeque, crescimento frágil e o rebaixamento pela agência de classificação de risco Standard & Poor´s (S&P) também são lembrados pelo “FT”, que afirma: “a maioria dos economistas acredita que o governo começou a tropeçar em 2012, após o início da crise da zona do euro”.

O periódico britânico aponta que, a partir daquele momento, o governo brasileiro promoveu uma redução de juros sem precedentes — a taxa chegou ao piso histórico de 7,25% em 2012 — e adotou medidas heterodoxas de combate à inflação, como forçar a Petrobras a praticar internamente preços menores que os do mercado internacional e medidas para redução de tarifas de energia.

“Contudo, as autoridades também introduziram políticas contraditórias que estimularam a inflação, como apoio a uma moeda mais fraca contra o dólar e estímulos à indústria e à demanda do consumidor por meio de benefícios fiscais temporários.”

O “FT” lembra que o Brasil este ano deve crescer cerca de 2% e a inflação deve atingir 6,3%. E cita a opinião do economista Alberto Ramos, do Goldman Sachs: “O problema com os políticos brasileiros é uma obsessão com as questões cíclicas e uma falta de vontade política para resolver os problemas estruturais enraizados do país”. (O Globo)

13 comentários

cel,

Isso se chama publicidade eleitoral. Só pensa naquilo, só pensa em eleição. Conclusão: ta quebrando o país.

Reply

Alberto Ramos, do Goldman Sachs, errou o prognóstico, o problema dos nossos políticos é uma visão totalmente voltada para seus bolsos. Roubar, corromper e mentir é sua essência e se perpetuar no poder é a meta, o resto é conversa.

Reply

Não confio no Goldman Sachs depois da crise de 2008 e do papel que atribuem a esse banco na crise da Grécia. Mas é claro que seu economista está certo na crítica que faz ao Brasil. Aécio presidente!

Reply

O problema da maioria dos políticos brasileiros é quererem ficar bem financeiramente!

Ser Político virou profissão!


Chris/SP



Reply

Se você é brasileiro, vote Aécio. Se você é burro ou está gostando de "si fudê", vote de novo no PT. Principalmente no "LuloPetismo" Deus criou o PT para passar o Brasil a limpo. Alguns PTralhas criaram o Lulopetismo para "$LINPAR$" o Brasil. E não adiata devolver que o "Homem" lá em cima já disse que não aceita devolução, que lugar de merda é o esgoto. E Coronel! seja inteligente. Não discute com o Homem

Reply

Coronel, dizem que a Gorda não entende de economia, mas em compensação o que tem de países mundo afora querendo vender refinarias pra ela é uma coisa assustadora.

Reply

Corona, essa Anta Balofa não entende porríssima nenhuma e quis dar uma aula de Economia ao mundo. Uma acéfala asquerosa que faliu uma lojinha de R$ 1,99. Vá se alfabetizar sua Mula!!!

Reply

Quero vender meu carro de 20 mil por 600 mil, chama a Dilma !!!!

Reply

>>

A foto é histórica! Em primeiro plano, uma governanta incompetente, na realidade, uma grande farsa e em segundo plano, personalidades do primeiro escalão da República da Banamia.

Uma das imagens mais tristes de nossa história politica. Lixo representando uma nação do tamanho e da importância do Brasil.

<<

Reply

Cel.

Pude perceber pela entrevista da Deputada Maria Corina Machado, hoje no Roda Viva, que o Mula, se pudesse, transformaria o Brasil no que é a Venezuela hoje, com grande influência de Cuba, a quem o mula aprecia tanto.

Por isso, URGE tirar o PT do poder!

Vote certo, vote Aécio Neves !


Chris/SP

Reply

Coronel,

A França(Holland) adotou esta política economica e o último resultado eleitoral foi catastrófico para os Socialistas.

Anote ai:

- BACEN manipulando o dolar(com ajudinha externa também) para chegar no "Dolar Petrobras" R$ 2,23 para 2014.

Vai quebrar nossa industria manufatureira exportadora. Embraer já começa a sofrer.

JulioK


Reply

É isso aí, Coronel, tanto o Lula como o poste dele há muito tempo desistiram de dar ordens para a Angela Merkel e os líderes europeus. Até o Obama deixou de receber ordens sobre o SUS depois que foi preciso importar milhares de "médicos" cubanos para aperfeiçoar a perfeita saúde pública deste país.

Reply
Renato Perim mod

Coronel, meio off topic, mas alguém viu o bom dia mentira, da rede bobo, hoje de manhã? Parece que a Míriam Leitoa teve um surto de realidade e de vergonha na cara. Alertou que a tarifa de energia vai subir depois da eleição. É um recado enviesado pra dizer que a gorda usou as distribuidoras de energia pra fazer propaganda enganosa. Acorda, rede bobo! Acorda, pseudo jornalistas! Marionetes de merda!

Reply