E o PT vai meter a mão na poupança.

A equipe econômica resgatou a discussão sobre mudanças na remuneração da caderneta de poupança em resposta ao movimento de queda da taxa básica de juros, a Selic. Fonte próxima ao grupo que analisa a questão dentro do governo diz que há algumas alternativas para mudar a poupança, mas ressalta que o momento para isso ainda é incerto. “Se há um sinal de que, com a Selic a 8,5%, teria que mexer na poupança, então o momento seria agora. Mas o governo ainda não tem definido se será agora”, diz a fonte, afirmando que a questão está sendo monitorada diariamente e, no momento certo, ocorrerá a intervenção. 

A definição desse momento depende de alguns fatores. É preciso fechar antes a equação em que uma menor remuneração para os depósitos da poupança preserve o equilíbrio entre os diversos tipos de aplicação, considerando inclusive a tributação. O governo quer preservar os pequenos investidores que estão na poupança, mas não têm intenção de criar problemas para a indústria de fundos de investimento. “A questão está mapeada e o governo enfrentará essa discussão se quiser manter o ritmo de desaceleração da taxa de juros”, disse um outro técnico do governo. 

‘Escadinha’

Parte dos técnicos ligados às discussões defendem a proposta chamada de “escadinha”, em que a remuneração fixa da poupança, hoje de 6,17% ao ano, seria substituída por um rendimento vinculado à Selic, que cairia na medida em que a taxa básica fosse reduzida. Esta dinâmica abriria espaço para que a Selic continue seu ciclo de baixa em 2012 e atinja patamares inferiores ao 9% fixado na reunião desta semana do Copom.

“A escadinha de juros da poupança frente às variações da Selic é uma das possíveis alternativas e, inclusive, era uma das opções desde 2008”, afirmou a fonte próxima ao grupo que analisa a questão dentro do governo, em referência às discussões travadas no fim de 2008 e no início de 2009.“É a alternativa que defendemos agora, mas não será, necessariamente, a escolhida.” Agora, com a taxa Selic a 9% ao ano, a possibilidade de adoção da “escadinha” volta à mesa. (Estadão)

A poupança sempre foi o "patinho feio". Quando vira "cisne", o PT quer meter a mão. Veja o rendimento das aplicações nos últimos dez anos... Veja quanto o governo pagou de juros pelos títulos que lançou no mercado: 3,5 vezes a mais do que a remuneração da poupança.


41 comentários

Coronel,

Demorou aparecer as conexões do Cachoeira com o Ministério da Saúde...

Desde o início do escândalo achei que seria IMPOSSÍVEL não haver conexões entre MEDICAMENTOS fabricados pelo Lab. Vitapan do bicheiro e as maracutaias com a Anvisa. Registros que levam 1 ano, assim como lobby destes com terceiros e as licitações de genéricos.

Pronto, ontem já apareceu a primeira reunião do Sr. Padilha com o Cachoeira.

Mas, aguardem........... quem foi o No. da Anvisa antes de ser o No. do DF ??? Tchan-tchan-tchan ?

Reply
Luiz Augusto mod

A verdade e que o PT esta destruindo tudo que foi construído antes do LULA…DRÃO.

Reply

A MARCA DO ZORRO!

E nos juros dos cheque especial, cartão de crédito vão baixar tambem? (Z)

Reply

Se o governo quer evitar uma corrida dos fundos para a poupança bastaria diminuir um pouco o IR para aplicações com prazos maiores. Por exemplo, baixar de 15% para 12% o IR para aplicações com prazos a partir de 2 anos. Mas baixar imposto não vão, afinal como sustentar o roubo de cada dia da petralhada?

Flávio

Reply

Como é que foi mesmo no governo collor? Meteu a mão na poupança, deixou muita gente na miséria e acabou isso aí: um fantasma de si mesmo. Talvez até seja bom o pt finalmente roubar a poupança. Aí quem sabe os mais pobres, os que fazem um tremendo esforço para poupar, vejam finalmente que o Brasil é governado por uma quadrilha, que "dá" uns caraminguás com uma mão e rouba fortunas com a outra.

Reply

É grande a enrascada do governo petralha, especialmente no sentido em que ele não pode, legalmente, lançar mão de recursos depositados em Caderneta de Poupança para rolar seus "papagaios". E nos moldes atuais de rentabilidade dessa que é a mais popular e prática forma de entesourar economias na segurança dos bancos, poucas outras operações - nenhuma delas possível para pequenas e médias quantidades de dinheiro - rendem agora feito a Caderneta de Poupança, que paga TR + juros de 0,5% ao mês. Em tese seria fácil resolver o impasse, atrelando-se os rendimentos da Caderneta à taxa Selic. O raio seria o impacto político de uma atitude como tal; e eu simplesmente não acredito que este governo frouxo, aPaTetado, perdido mais que cachorro no meio do foguetório, respaldado ainda por maioria congressual vagabunda e PicareTa, teria respaldo popular para mudar as regras da Caderneta de Poupança. Desconfio uma barbaridade da exatidão dos tais 77% de aprovação da búlgara de meio neurônio só, segundo o divulgado na última pesquisa chapa-branca da; e mais que isto ainda: duvido que os PaTetas vermelhos que ParasiTam e desgovernam o Brasil nestes dias tenebrosos de petismo, teriam mocotó suficiente para corrigir a distorção surgida com a baixa gradativa (ainda muito relativa, diga-se a bem da verdade!)da taxa Selic. Vão cozinhar o galo e empurrar o problema com a pança reconchuda que o dinheiro do contribuinte tem-lhes possibilitado formar...!

Reply

Parece que a equipe econômica petista viveu até hoje em Marte, não tomou conhecimento do quê foi feito nessa matéria nos últimos anos e quer inventar a roda. Êêê gente sem imaginação. Esse é o Brasil petista: voltamos aos tempos do pacote econômico...

Reply
ronaldo mitchell mod

Sabem quem pode resolver esse embróglio da caderneta?O Ronald Levinson. Lembram da Caderneta de Poupança Delfin?Que esse pilantra deu uma de perdido e arrematou uma falência fraudulenta ,ficando com mais de 2000 imóveis? Pois é ,o indigitado continua trilhardário e pode muito bem passar os seus conhecimentos de bandidagem para os flibusteiros do PT.Vai poupar tinta de jornal...

Reply

tem que meter a mão mesmo...

esse povo todo ai da poupança e aposentados votaram nesse desgoverno que ai esta..

agora aguentem...

Reply

Em nove anos de Lula locupletado na Presidência a gente achava que já tinha visto tudo em matéria de mau carater, roubalheira e corrupção. Pelo andar da carruagem, esses olhos que a terra há de comer, ainda vai se arregalar muito de espanto por tudo que ainda sairá das entranhas podres desse governo do PT.
Haja coração para aguentar ainda, além do Mensalão em dificultoso trabalho de parto, ... os Cachoeiras, os PACs, os barracos nas Supremas Corte, campanhas criminosas, intervenções fraudulentas nos Fundos, na Poupança, na Econimia, ....etc etc etc.

O fim de tudo isso só acontecerá com o "gran finale do molusco corrupto". Tomara que esse fim esteja bem próximo. Esse traste há de ter o castigo que merece.

Reply

Resumindo, quem trabalha duro e poupa está órfão porque, na administração comunista federal, o PT é o pai e a mãe dos banqueiros, agiotas, jogadores e apostadores das bolsas.

Reply

Cel

Devemos lembrar que quem deu a idéia para o governo Dilma/PT meter a mão na poupança foi o Delfim Neto. Um dos conselheiros econômico do Lula e da Dilma. Apesar de quando foi ministro não ter conseguido freiar a inflação.

Átila

Reply

"E o PT vai meter a mão na poupança."

Eu te disse! Eu te disse! Eu te disse!

Tecnologia para tal os caras tem na própria base. Fernando Collor é senador lulo-dilmista. Testado e aprovado pelo Governo.

Reply

Se a Dilma fizer a asneira da Zélia, vai destruir a segurança da poupança e todos os bilhões de reais irão para o mercado de consumo, segundo imóvel e aplicar em ativos de outros países.
A classe média alta poderá investir em obras de arte, ações de empresas privadas e títulos privados ou o tesouro direto. Apenas os pobres vão perder pois a inflação voltará como em 1993 ( 8.000% a.a. ) e suas bolsas esmola vão virar BOLSA UMA PEDRINHA DE CRACK ou dose de pinga.

Reply

A poupança vai render menos que a mixaria que rende atualmente. Isso é possível?

Reply

As previsões apontam para inflação acima do PIB em 2012, como já foi em 2011.
Agora, induzindo a baixa de juros, o governo pode estar contando com uma piora das economias desenvolvidas.
ou seja na Europa, na Zona do Euro, EUA e Japão.
Contudo, caso isso não ocorra, terá de elevar os juros, pois, a demanda será aquecida com a queda dos juros e spreads, pressionando mais os preços para cima.

O governo estaria, supostamente, perdido na condução da economia.

O sistema de metas de inflação, superávit primário e câmbio flutuante, parecem ter sido abandonados.

Está focando o crescimento da economia, estimulando o consumo das famílias.
Por isso a preocupação com o "desbalanceamento" das aplicações financeiras.
Isso, porém, pode gerar insegurança em pequenos e médios aplicadores.

Reply

Em 2006, o deputado Nazareno Fonteles(PT-PI), sob investigação desde 2007, nos quis premiar com esse projeto:
"A poupança fraterna, prevista no Projeto de Lei Complementar 137/2004, de autoria do deputado Nazareno Fonteles (PT-PI), nada mais é que a criação de uma conta individual onde seriam depositados os rendimentos que ultrapassassem um valor máximo mensal de despesas estipulado por pessoa.

De acordo com o projeto, o limite de gastos seria fixado em dez vezes o valor da renda per capita mensal do brasileiro. Ou seja, caso entrasse em vigor hoje, cada pessoa poderia gastar, no máximo, R$ 8.766 por mês. Os rendimentos que excedessem esse teto seriam depositados em uma conta poupança – na Caixa Econômica Federal ou no Banco do Brasil – por um período de sete anos.

A conta foi feita de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que o projeto coloca como fonte para a base de cálculo.

Segundo a proposta, o dinheiro seria “DEVOLVIDO” nos 14 anos seguintes ao período de sete anos de contribuição à poupança fraterna em prestações mensais com valores corrigidos, equivalentes à metade de cada um dos depósitos realizados.
O saque só seria permitido em quatro hipóteses: morte do titular, doença grave do titular, cônjuge e dependentes, compra da casa própria – no valor máximo de R$ 200 mil – ou aplicação em projetos aprovados pelo Conselho Nacional da Poupança Fraterna (CNPF).
Seria este conselho o responsável por gerir as aplicações. O comando da conselho seria do Ministério do Desenvolvimento SOCIAL e COMBATE à FOME e contaria com a contribuição de outros ministérios, de representantes de poupadores, entidades da saúde, meio ambiente e de organizações sociais como o MOVIMENTO dos Trabalhadores SEM TERRA (MST), Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) e Cáritas, por exemplo."
http://g1.globo.com/Noticias/Politica/0,,AA1386672-5601,00.html

Só para ilustrar: Em 2006 o então Governador Wellington Dias , hoje senador,e o Deputado Federal Nazareno Fonteles, assim como deputado estadual Gessivaldo Isaías (PRB) alvos de “medidas investigatórias sobre organizações criminosas” pela Justiça Federal de Mato Grosso acusados dos crimes de corrupção ativa e passiva e formação de quadrilha.
O nobre senador foi escalado para a CPI que investiga Carlinhos Cachoeira.

PODE??

Reply

ANONIMO 12:26

Não generalize, não!!!! Sou aposentada, continuo trabalhando, e JAMAIS votei ou votaria em petralha!!!

Chris/SP

Reply
Paulo A. Oliveira mod

E qual é a novidade de o PT meter a mão na poupança do pobre? Não anda de mãos dadas com o Collor?
Não estranho de modo algum.
Paulo A. Oliveira

Reply

OFF

Corrupção como crime hediondo...

http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,marcha-contra-corrupcao-reune-3-mil-em-brasilia,863836,0.htm

Reply

Cuidado com a mão boba do pt. Eu avisei...

Reply

OFF


Marcha contra a corrupção em Brasília...


http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2012/04/21/interna_cidadesdf,299000/marcha-contra-a-corrupcao-reune-cerca-de-duas-mil-pessoas-na-esplanada.shtml

Reply

OFF


O Globo fala em 12.ooo pessoas pedindo camburão para o Agnelo (o cordeirinho).


http://oglobo.globo.com/pais/manifestacoes-pedem-celeridade-no-julgamento-do-mensalao-4704225

Reply

Já perceberam que é igual a Argentina, apenas com um tempo de atraso ? Pois é, lá vamos nós, ladeira a baixo de novo !

Reply

MANIFESTAÇÕES:

PROTESTOS EM CIDADES BRASILEIRAS PEDEM O JULGAMENTO DO MENSALÃO

Maior marcha aconteceu em Brasília, onde, segundo cálculos da Polícia Militar, cerca de 3 mil pessoas vestidas de preto

http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/protestos-em-cidades-brasileiras-pedem-o-julgamento-do-mensalao


Chris/SP

Reply

Se "Collor é senador lulo-dilmista" e se Delfim Neto é guru da economia, onde iremos amarrar nosso burro ?
Dessa vez a vaca vai pro brejo.

Reply

Os financiamentos imobiliários e outros efetivados com recursos da poupança terão os juros reduzidos ?

Disso a quadrilha não lembrou ? A vá !!!!

Reply

De fato, como comentou um individuo aqui, estamos mesmo em Marte.
Estou com 60 anos de idade e nunca em toda a minha vida tinha visto os juros tão baixos.
E a poupança, que na verdade é privilégio de poucos, nunca rendeu tanto.
E agora, se baixar os juros todo o mundo vai chiar. Então, de acordo com a choradeira dos comentaristas por aqui, e mais o dono do blog, devemos torcer para que os juros subam para deixar a poupança como está.
E depois querem fazer oposição.
Vão aprender economia, vão se catar e depois voltem reciclados para discutir política e economia.
Ou continuem aqui falando mal do governo (que é só o que sabem fazer) sem trazer nada de positivo.
Acho que Freud explica isso. Ou quem sabe, o próprio Maquiavel.
Fui.

Reply

O PT DE HOJE É COLLOR DE MELO DE ONTEM,
AÍ O COLLLOR METEU A MÃO NA POUPANÇA DOS BRASILEIROS,
O QUE ACONTECEU, PARECE QUE OS PETEZISTAS LADRÕES NÃO LEMBRAM, DEU IMPECHEANT , DEU FORA COLLOR, , AGORA COM A DILLADRONA VAI TAMBÉM TER IMPECHEANT, FORA DILAM FORA DILAM ASSALTANTE DE BANCOS,

Reply

Cadê você, Cel?????

Aconteceu alguma coisa contigo???


Abraço

Chris/SP

Reply

Coronel,
os otários que elegeram essa corja estão adorando. Eita gente para gostar de sofrer.

Reply

Duvido que façam isso em ano de eleição. A menos que estejam mesmo desesperados.

Lilyane

Reply

Comentarista das 19:28

Vai aprender a trabalhar, honestamente, com mérito, depois volta reciclado aqui no blog do Coronel.

Com certeza estou pedindo demais, mas não custa sonhar.

Reply
General Maximus Decimus Meridius mod

Coronel

Vão ficar enrolando até a eleição dos governadores. O alvo é SPaulo.

Depois, bom depois vem abaixo.

General Maximus Decimus Meridius

Reply

Uma cascuda dando de economista.Fire no safado.

Reply

Cascuda as 19:28.Fire Corona.Analfa,são os maiores juro do mundo.

Reply

Delta Construções obteve no
O Cachoeira e a DELTA ,desde o inico do Governo LULLAMOLUSCO estão roubando com a benção dos petistas ,pois não foram feitas licitaç~~oes para as OBRAS ,tudo como o PT adora, por baixo dos panos, garanto que tinha a mão do ZÉ DIRCEU, nestas maracutaias todas.


Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) 52 contratos sem licitação desde 2004, cujos valores alcançam R$ 327,95 milhões. Os negócios fechados sem concorrência, a título de executar principalmente obras emergenciais, cresceram à medida que a empreiteira ganhou influência política e importância na autarquia.

Reply

Coronel,
o "comentarista" das 19:28, acredito, fazer parte da equipe econômica dessa corja. Realmente ele deve ter estudado em Marte pois, com 60 anos e ainda não sabe fazer conta ou simplesmente não entender o desenho (gráfico para os alfabetizados) no final deste post, não pode viver sem banana. Perder tempo mostrando o que é juros simples, juros composto, taxa básica, taxa de risco, custeio e investimento e tudo isto mais as inúmeras variáveis que compõem o Sistema Econômico, realmente é muito para esses velhacos.

Reply

Já tá metendo há muuuuuito tempo!!!

Reply

Sacanagem com o povo brasileiro! A poupança atualmente rende pouco, mas rende! Se mudarem as regras, a poupança não vai mais render nada!

Reply

Na média, quem tem dinheiro na poupança vai receber menos à medida que a taxa de juros cair. Se a taxa chegar CELIC chegar a uns 5, teremos uma poupança rendendo na média 3.6. Bah.

Reply