391 x 22 para o minimo de R$ 545.

O plenário da Câmara aprovou, por 391 votos a 22 e 3 abstenções, o regime de urgência (dispensas prazos e outros requisitos regimentais) para o Projeto de Lei 382/11, do Executivo, que aumenta o salário mínimo para R$ 545. A matéria será analisada nesta quarta-feira, em sessão extraordinária. O resultado antecipa a fragorosa derrota de Aécio Neves e da sua turma, bem como da bancada do ex-DEM, que defendem um salário de R$ 560 apenas para desqualificar a proposta de R$ 600 defendida por José Serra na campanha eleitoral.Vão fazer papel de bobos, tratorados pela base governista.

22 comentários

Essa votação deve ter saido os olhos da cara, em !!!!!!

De quanto será que foi a taxa de "sucesso" ?

Reply

Coronel,
repito. Quero o mínimo, mínimo. Os otários que explodam.

Reply

SE É PRA MORRER, MORRE COM HONRA E NÃO IGUAL A UM MEQUETREFE.
É MELHOR SER CABEÇA DE SARDINHA , DO QUE BUNDA DE BALEIA...
VÃO SER IGNORADOS PELA PETRALHADA, E DESPREZADOS PELOS 44% ...

Reply

E Nelson Jobim foi à França:
- Não tem um valezinho aí prá mim não? Ôhh... Sarkosy?
E Sarkosy falou:
- Não. Vai pedir prôs americanos. Vai.

Reply

Rei e colegas

O que escrevo abaixo é longuinho, mas bastante grave. Se puderem, leiam:

Vocês viram no JN aquela matéria sobre a venda de apartamentos? Quando vi o fator usado para reajuste das parcelas, quase caí do sofá: valorização do imóvel. COMO assim? Olhem que eu adoro comprar e vender imóveis e NUNCA vi isso. O pobrezinho incauto compra um apartamento na planta por R$110 mil. Um ano depois, em fase de acabamento, o imóvel tem o valor de mercado reajustado - sabe-se lá por quem e com que critérios - para R$ 187 mil. O coitadinho tem então um reajuste no montante a pagar nesta diferença apurada!

Pelo o que deu para entender, o comprador, ao fechar a compra pelos R$ 110 mil, financiou este valor. Eis que a construtora e o banco que financiou a coisa, pede os 77 mil de diferença, por fora do financiamento original. Quem consegue refinanciar, bem, se "lasca" menos. E quem não consegue...entra pelo cano.

Vejam, do site do JN

"Com o atráso na entrega e os imóveis se valorizando a cada dia, o financiamento ficou mais caro. Quando a gerente de recursos humanos Patrícia Carvalho comprou o apartamento, ele valia R$ 110 mil. A avaliação pulou agora para R$ 187 mil. “Eu já fiz uma simulação para financiamento e não foi aprovado. E agora não sei o que vou fazer. Eu sei que quero meu apartamento”, diz.

Quem compra imóvel na planta paga, durante a obra, parcelas que são reajustadas pelo Índice Nacional da Construção Civil (INCC). Nesse período, o saldo devedor, que deverá ser pago após a entrega das chaves, também passa por atualizações. O problema é que muita gente não anda fazendo as contas e está sofrendo com as variações do mercado.

O saldo devedor do apartamento de Milena, reajustado pelo INCC, subiu de R$ 85 mil para R$ 97 mil, e ela não tem renda para financiar tudo. “Onde eu vou arrumar R$ 12 mil?”, questiona."



Isto é um CRIME! Primeiro, porque imóveis comprados na planta ou em construção, até outro dia eram reajustados pela variação o CUB,, que é o custo do m2 construido, mais taxas PRÉ FIXADAS. O CUB nunca sofre variação tão grande, em pouco tempo. Esta modalidade de reajuste, feita de maneira tão subjetiva e abusiva, me era desconhecida. Segundo, porque a modalidade foi aplicada em vendas para pessoas HUMILDES, que estavam comprando seu imóvel pela 1a vez, no tipo Minha Casa; Pessoas inexperientes e, em alguns casos, ingênuas. É EVIDENTE que o preço do imóvel, quando na planta, é muito menor do que em fase de acabamento. E por que? Porque o comprador está FINANCIANDO a obra para o construtor. Simples assim. O construtor está captando dinheiro para tocar a obra. Reajustar o valor de quem "bancou" a obra no inicio, de quem VIABILIZOU a obra, é uma baita sacanagem! A pessoa paga um preço menor não só por isso, mas porque NÃO vai morar ali tão cedo, e arca com o risco do empreendimento malograr.

Dizer que "muita gente não está fazendo as contas" é piada, a não ser que alguém me explique COMO fazer este cálculo. Muita gente foi ENGANADA, isso sim!

Sabem qual a solução que o sindicato da Habitação dá? "Agora, se o orçamento ficar fora do controle, só há uma saída para o comprador: “passar esse imóvel pra frente e quem sabe comprar um imóvel mais adequado à renda familiar dele”"



Pelo amor de Deus, gente! O que é isto!?

Reply
ADRIANO CASTRO mod

CORONEL
PEDIREI MINHA DESFILIAÇÃO AO DEMOCRATAS, QUE ESTÃO COMEÇANDO UMA PELEGAGEM NOJENTA.

Reply

Coronel

Votaram na madame? Aguentem!

Queriam mais? Não vão ter.

Está na hora de mostrar o por que este mínimo não é maior.

E a conta da gastança do governo anterior.

Aquele. Que dizia que nunca antes neste país houve um progresso tão grande.

E agora Dilma? Só R$ 545,00?

General Maximus Decimus Meridius

Reply

Cel

Onde podemos obter quem votou a favor e se absteve dos R$ 545,00 para o SM.

Isto é para ser Listado e Guardado para divulgar na rede. Assim podemos ir preparando os eleitores de 2012. Tem voto para prefeito, senador e vereador.

Átila

Reply

Ontem ou antes de ontem, lá pelo caderno de economia do Estadão, matéria revelando que a inflação se faz maior no Norte e Nordeste. A continuar assim, a eleita teria vastos problemas em suas bases... Teria, porque, para ter, teria que haver oposição... O paizinho este... Parece que a mão de Deus, que nunca abençoou os comunas que o renegam, começa a cair sobre os eleitores da moça...

Reply

CARO CRIS das 23:38

A ideia é essa mesmo.
Tomar o maximo de dinheiro dos incautos, e depois retomarem os imóveis por inadimplencia.
Todos os movimentos juridicos conduzem a esta situação. Pode analisar...Abrs

Reply

URGENTEEEE!!!

ACABA DE DAR NO JORNAL DO SBT AS 1:44h DO DIA 16/2/20011:

MAIS UM GOLPE DO GOVERNO PTRALHA DA DILMA DEMÔNIA CONTRA O BRASIL!!!

A DILMA AUTORIZOU UM CORTE DE MAIS DE R$ 4 BILHÕES NO ORÇAMENTO DO MINISTÉRIO DA DEFESA DO BRASIL!

O GOVERNO ESTÁ MESMO QUERENDO SUCATEAR E ABATER DE VEZ A MORAL DAS NOBRES (E PARA MIM, SAGRADAS) FORÇAS ARMADAS BRASILEIRAS, A FORÇA ARMADA MAIS CRISTÃ DO MUNDO...
O QUE ESTES IMBECIS ESTÃO TRAMANDO?
SOCORRO GENERAL HELENO!
IMPEACHMENT JÁ!

Reply

Visão prazeroza neste blogue, postagens como aqui está demonstram valor ao indivíduo que ler neste espaço !!!
Entrega maior quantidade de este espaço, a todos os teus leitores.

Reply

também quero o minimo do minimo...

o assalariado e o aposentado que votou nesse múmia esta recebendo agora o que merece...

só queria eh que a oposicao fizesse barulho em relação a isso...

não espero aprovação de minimo maior mesmo...

a oposicao só tem eh que colocar a culpa em quem eh devido e não sair por ai, "propositivamente", dividindo o ônus da coisa consigo...

Reply

Coronel,
O Traíra quer dar uma de conciliardor faz tempo. Não emplaca uma bola em gol. É só chutão da zaga!
Traíra mineira é muito burra!!
JulioK

Reply

Como diriam os SãoPaulinos para os Corintianos: CHUPAAAAAAAAAAAAAAAAA. Votou neles ? Agora divirtam-se. Com parcimônia, é claro, afinal com esta grana toda só dá para ver futebol na TV.

Reply

Coronel.
me parece que com este aumento enorrrmeee do salário minimo, descontando a inflação que começa a corroe-lo, breve, muito breve, teremos de volta o salario minimo igual ao da época em que o FHC deixou o governo.Só que sem o valor equivalente ao daquela época.
Eles querem mesmo que os aposentados morram de fome e sem remédios.
Se a inflação é de mais ou menos 5%, o novo salário minimo já equivale a mais ou menos 515 reais.
mas isto não os incomoda, pois estes bandidos já incorporaram em seus salários a inflação dos proximos 4 anos, só pra garantir.Não sei se eutou pensando certo, mas minha intuição diz que sim.
Enfim, desculpe o termo, mas "tamo ferrado".

Reply

Eu sou um grande fã seu e do Reinaldo Azevedo e me preocupo um tanto de ambos pedirem que a oposição exija um salário mínimo maior. Abaixo um comentário que deixei na página dele e que acho que se aplica também para você.

"Eu respeitosamente discordo de grande parte desse post. A verdadeira tragédia brasileira é que todos partidos aqui querem ser de esquerda. Começo pela parte que concordamos: de fato, as oposições perderam de vista a sua função de fazer crítica política e parecem mais prontas a aderir do que a própria base governista.

Onde discordamos? No que deve ser o assunto para oposição. Vou fazer uma comparação. Nós dois concordamos que os republicanos fazem uma oposição muito mais combativa que a brasileira, certo? Mas é sempre baseado nas bandeiras... republicanas. Eles nunca vão protestar que o plano de saúde proposto por Obama é pouco abrangente e deveria ser maior, afinal, eles são os conservadores.

Aqui, eu vejo o contrário. É com alguma tristeza que eu noto o governo e a oposição procurando o mesmo espaço, ambos querem ser uma "esquerda capitalista e responsável". Eu me decepciono quando vejo o Alckmin com um casaco de logos de estatais, como me decepciono com o Serra propondo 13 para o bolsa família e salário mínimo de 600 reais. Essas são lutas para a esquerda e que a oposição nunca vai ganhar. Basta ver que o Serra propôs 600 reais para o mínimo e as centrais sindicais continuaram ao lado da Dilma. Qual é o ponto?

Mais do que isso, você sempre mostra como a esquerda consegue impor seus valores, o processo gramsciniano de dominar o debate. Eu acho que quando os que deveriam ser conservadores propõem um salário mínimo maior, de certo modo a esquerda vence. Assim como eu acho que o fato de o Lula ter assinado "a carta aos brasileiros", a Dilma dizer que vai combater a inflação, a imprensa cobrar responsabilidade fiscal, tudo isso é uma vitória da direita. Porque ser de esquerda mesmo é ser como o Paulinho que diz que um pouco de inflação não faz mal.

Então eu acho que a oposição tem muito para debater sim. Inclusive sobre o corte dos 50 bilhões, eu acho que eles deviam carimbar que isso vai incluir corte de investimento e que é por causa da farra fiscal, combater a volta (que é líquida e certa) da CPMF (essa sim uma grande vitória da direita) já que se dizia que o Brasil está nadando em dinheiro, martelar a responsabilidade do governo nos mortos das chuvas, nos apagões...

Enfim, existe uma infinidade de temas conservadores para lutar contra o governo, mas tentar vencer o governo nos temas progressistas é tentar ser mais real do que o rei. Qual seria o próximo passo? Tentar um reajuste do funcionalismo público maior do que o que for proposto? Sinceramente, acho que isso não só não tem efeito prático, no fim, todo funcionário público vai continuar é votando no PT (e com razão, visto os aumentos que ganharam no último governo). A direita tem é que conseguir o voto dos que sustentam isso, dessa nova classe média que também está pagando a conta, mostrar para o povo quanto são os impostos em cada produto que compra. Meu sonho é um comercial da oposição que mostre qual carro dá para comprar nos EUA pelo preço de um Gol nacional.

Assim, como você, acho que a oposição precisa ser bem mais combativa e que já perdeu inúmeras oportunidades esse ano. Mas discordo que um valor maior de salário mínimo seja um bom item para o combate.

PS: Os meus comentários se baseiam na minha decepção já na campanha quando o Serra propôs um salário mínimo maior. Mas, visto que ele fez isso, até entendo que o PSDB tente manter a posição, ainda que eu ache que o quanto mais cedo a oposição se tornar oposição com bandeiras verdadeiramente de direita, mais forte vai ser a direita no Brasil. De novo, a verdadeira tragédia brasileira é que todos partidos aqui querem ser de esquerda.

Reply

SOCORROOOOO!!!
IMPEACHMENT JÁ!!!

Reply

Para resolver o problema da inflação, o governo criará um novo índice, com a desculpa de unificação. O governo, para dizer que o desemprego no Brasil caiu no governo Lula, alterou a forma de cálculo do desemprego. Vocẽ está passando fome, conseguindo só umas duas ou três horas de trabalho por semana? Pronto! Você não está mais desempregado! Já tem um emprego! Fácil, não?

Reply

Salário mínimo no inicio de 2010: R$ 510,00. Salário mínimo no fim de 2010: R$ 510,00. Inflação durante o ano de 2010: 5,9%. Salário mínimo no fim de 2010desvalorizado pela inflação do ano: R$510,00 - 5,9% = R$ 479,91. Correção oficial do salário mínimo para todo o ano de 2011: R$545,00 - R$510,00 = R$ 35,00/mes. Pela continha ao lado, estamos corrigindo para 2011 o SM em R$ 35,00/mes. Como o salário mínimo no fim de 2010 valia na realidade R$479,91 e, se somarmos a correção oficial de R$ 35,00/mes, temos então R$479,91 + R$ 35,00 = R$ 514,91. ENTÃO O SALÁRIO QUE ESTÃO APROVANDO É DE R$514,91 ? ALGUÉM PODE ME EXPLICAR, DEVO ESTAR ERRANDO NOS CÁLCULOS ?

Nivaldo Bonasio

Reply

Povinho brasileiro, voces não elegeram essa coisa e esses politicos safados, bem feito.Morram de fome!Talvez algum dia acordem.kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.........merecem.

Reply

Bom dia Coronel,

Discordo totalmente do anônimo das 9:02 , porque no Brasil não tem esquerda e sim direita.
Pensávamos nós que o ptzinho, era de esquerda ( quando oposição), foi vencer as eleições e continuar o que o governo anterior fazia.
Então sobrou governo (situação) e oposição.
Cabe a oposição fazer a oposição ferranha que esperamos, só isto.
Inez

Reply