Deputados apoiam Cunha mas não impeachment.

(Folha) A maioria dos deputados que lideram as bancadas de seus partidos na Câmara declara ser contra o afastamento do presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), mesmo se o Supremo Tribunal Federal abrir um processo contra ele por causa da suspeita de que recebeu propina do esquema de corrupção descoberto na Petrobras. Os líderes também dizem não ver motivo para que outros colegas investigados pela Operação Lava Jato respondam a processo de cassação no Conselho de Ética. 

A Folha ouviu na semana que passou 20 dos 22 líderes das maiores bancadas da Câmara. Desde que o lobista Julio Camargo afirmou que pagou US$ 5 milhões em propina a Cunha, alguns parlamentares têm pedido seu afastamento do comando da Casa. Mas a posição manifestada pelos líderes partidários mostra que ele mantém sólido apoio entre seus pares –mesmo após as declarações da advogada Beatriz Catta Preta, que representava Julio Camargo e acusou aliados de Cunha na CPI da Petrobras de tentar intimidá-la. 

Embora a enquete tenha sido feita antes da veiculação da entrevista da advogada ao "Jornal Nacional", da TV Globo, a Folha apurou que a posição dos parlamentares em relação a Eduardo Cunha não sofreu alteração significativa. Líderes de dez bancadas, que somam 294 deputados (57% do plenário), são contra o afastamento de Cunha mesmo que ele seja denunciado pela Procuradoria-Geral da República e o Supremo abra um processo contra ele, transformando-o em réu.

"Não tem sentença ainda. Pode não dar em nada, e aí como faz?", diz Sibá Machado (AC), líder da bancada do PT, partido hoje em pé de guerra com Cunha. "Entendo que o presidente Eduardo Cunha deve exercer plenamente suas atribuições constitucionais e ter garantido seu direito à ampla defesa", reforça Rogério Rosso (PSD-DF). 

Apenas o nanico PSOL e o PPS defendem o afastamento. "Vou questionar na reunião de líderes a situação do presidente em relação às denúncias gravíssimas que surgiram", diz Chico Alencar (PSOL-RJ). Com o fim do recesso de julho, o Congresso volta ao trabalho nesta semana.
Além de Cunha, 21 deputados são alvo de investigação por suspeita de envolvimento com a corrupção na Petrobras. A maior parte dos caciques partidários da Câmara diz não ver razão para que eles respondam a processo de cassação caso sejam denunciados pelo Ministério Público e processados no Supremo. 

"Denúncia não significa condenação não só para o parlamentar, mas como para qualquer cidadão. Caso contrário, você está antecipando o julgamento e tirando um mandato decidido pelo voto popular", diz o deputado André Moura (SE), líder do PSC e um dos aliados de Cunha. 

IMPEACHMENT
A enquete mostra também que a maior parte dos líderes partidários da Câmara diz não ver motivo para que Cunha dê prosseguimento a um pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff, o que, nos bastidores, o peemedebista ameaça fazer. "Não existe comprovação de cometimento de nenhum crime no exercício do mandato", afirma o líder da bancada do PMDB, o partido de Cunha, Leonardo Picciani (RJ). 

Ao todo, 11 líderes de bancadas que somam 298 deputados (58% do total) dizem ser contra a abertura do processo de impedimento da petista. "Não pode comprometer o país, o povo brasileiro, a economia do país, o capital estrangeiro investido aqui, falando uma coisa sem propriedade e sem embasamento jurídico nenhum", diz Celso Russomanno (PRB-SP), que comanda um bloco de 38 deputados formado pelo PRB com outros partidos nanicos. 

"O Brasil não é uma republiqueta que qualquer um desrespeita as bases democráticas", diz o líder do governo, José Guimarães (PT-CE). De todos os partidos ouvidos, só o oposicionista DEM diz já ver elementos suficientes. "São muitos fortes as comprovações de que ela afrontou a Constituição e as finanças públicas", afirma Mendonça Filho (DEM-PE).

16 comentários

A VACA-QUE-TOSSE mod

ELIO GASPARI, HOJE, EM O GLOBO: O DILEMA DE DILMA. "Não há agenda positiva possível enquanto o governo estiver sitiado pelas roubalheiras que hospedou, tolerou e finge desconhecer". Magina! É o petista Gaspari quem o diz. Interessante, interessantíssimo que o Bostazil 247 que sempre repercute o Gaspari desta vez calado ficou fazendo-se de cego, surdo e mudo fazendo cara de paisagem. Quem te viu e quem te vê 247. Vai ou não vai comentar/publicar o que o Gaspari hoje disse em O Globo? Réu confesso. Dia 16 de AGOSTO: Vamos parar o Brasil e gritar FORA DILMA. FORA PT e levem O LULLALAU com VOCÊ!

Reply

¨Republiqueta¨?? Hum, o que será que a presidente Dilma tem que fazer para PODER ser tirada do comando de um país com ¨instituições tão fortes e com uma oposição tão dinâmica sem rabo preso e antenada com a vontade popular¨??? Matar alguém (se possível alguém das ¨minoria¨ para maior comoção) na frente das câmeras ao vivo antes da novela da grobu?? Bem, como ela é ex-guerrilheira pode ser que isso aconteça algum dia mas enquanto isso vamos vendo só notícias dela e do seu partido roubando o país na cara dura todo santo dia e ficando cada vez mais ricos enquanto os brasileiros vão afundando na merda e pagando a conta toda da palhaçada.

Reply

Parece-me que a vontade contrária ao impeachment já é resultado da bolada de dinheiro que a Dilma liberou aos partidos. Vão poupar o Cunha mas também a presidente.

Dane-se o Brasil, rs !

Reply

Sei lá, mas me parece que a classe política fala com um povo em 1910. Sei lá, se se perderam no tempo. Será que não perceberam ainda que temos outro povo, outra mentalidade? Acordem! Estamos em 2015!

Reply

Os bancos apoiam, as grandes multinacionais apoiam, ao que parece até o agronegócio apoia, a mídia apoia, os militares apoiam, a igreja e seus filhotes apoiam quer dizer quem vai tirar o consenso nacional do poder?

Reply

Quer dizer que vão impor 3 anos e meio de martírio ao povo brasileiro, enfiando goela abaixo um governo ilegítimo, em que já foi comprovado que usou dinheiro roubado da Petrobrás para se reeleger. Esses deputados e senadores têm de pagar caro por esse crime cometido contra o povo brasileiro!!!

Reply

O Chico Alencar e o Ivan Valente só não são contra si próprios porque é impossível, senão... ainda arranjavam um jeito. Estão sempre mal humorados, contra tudo e contra todos... o café da manhã desses anciãos deve ser apenas uma jarra de suco de limão... Que coisa!

Reply

Coronel,
também sou favorável que a rainha louca fique. Tem de continuar os desmandos e a incompetência até 2018 para os otários que a elegeram aprendam a votar. Desgraça pouca é bobagem.

Reply

com um bando desses, eh obvio q o Brasil eh uma republiqueta!

Reply

Está escancarado as dezenas de crimes que esta senhora cometeu só eles que nao vêem. Desde o estelionato eleitoral e a prestação de conta com graficas fantasmas aos crimes de pedaladaa fiscais e a administracao de nossa economia. Despois do dia 16/08 estes deputados tem de mudar de posição e tomar decisão a favor do povo e da nação. Fora Dilma!

Reply

Eduardo Cunha,trabalha muito bem isso é inveja do PT...

Reply
fred oliveira mod

O que eles, os que são contra o impeachment chamam de fato jurídico? quer dizer que mentir tanto já não seria o suficiente? será que violentar a responsabilidade fiscal não é atitude passível do impedimento? será que pedalada fiscal nao atende ao que diz a lei? ou será que a lei é só enfeite no Brasil? será que receber dinheiro do exterior, e como caixa dois) não é motivo de impedimento? sinceramente, acho que os deputados da base confiam mesmo na incapacidade do eleitor brasileiro. O Brasil está em perigo e´com a presença de Dilma, isso sim.

Reply

FOLHA DE S PAULO, folha de recados do PT, só falseia a verdade e essa de que os deputados não apoiam impeachment de Dilma, seria mais uma conversa fiada!

Reply

A melhor coisa que poderia acontecer ao Brasil e vários outros países era o seu desaparecimento, questão de mera assepsia.

Reply

“Sociedade” Sangue de Barata Brasileira CONTRATA CRIMINOSOS CRUÉIS para exterminar Fernando Baiano do PMDB e sua Família.

O Quadrilheiro Fernando baiano do PMDB está preso há quase um ano (01). Vai pegar quinze (15) anos de prisão. Como cumprirá somente um sexto (1/6). Em três (03) anos ele estará solto com 300 milhões no bolso e dizendo: VALEU A PENA SER BANDIDO.

Já que baiano não quer delatar e entregar 120 Quadrilheiros do PMDB que continuam em Brasília. Como o Sapo Barbudo e os 120 do PMDB prometeram um presente Celso Daniel, se ele abrir a sua boca que é um brejo podre. Ele prefere ficar três (03) e sair milionário.

Isto está revoltando a Sociedade Sangue de Barata. O tempo de prisão é muito pouco e os 51 milhões da última eleição estão quotizando-se, através de um deposito de R$ 5,00 por pessoa. Pretendem arrecadar R$ 250 milhões para distribuir, para as pessoas que fizerem o serviço de eliminar a família inteira do baiano do PMDB.

Se você conhece um parente, a esposa ou um filho do criminoso acima citado. FAÇA O SERVIÇO que você também será um milionário.

Reply

Infelizmente já vi que essa terrorista irá ficar até 2018 e termos que engolir toda a sua arrogância e prepotência e ficar quietos. E provavelmente ainda teremos a eleição de Lulalau, se ele não nos der a graça de morrer antes, para mais oito anos e aí sim afundará o Brasil. Irá tão fundo que só será possível uma leve recuperação se dividir o território em quatro.

Isso devido em parte ao povo frouxo que temos. Cadê os idiotas caras-pintadas da época do impeachment do Collor? Esse negócio de ficar marcando manifestação a cada três meses e ainda de domingo, acha que vai comover alguém? Porque não parar a Paulista de segunda à sexta em horário comercial?
Putz! Que situação está esse país, temos que aceitar bandidos no governo e não podemos fazer nada. Vendam logo isso aqui para a China.

Reply