Aécio lidera sucessão presidencial em São Paulo. E tucanos não conseguem emplacar um candidato a prefeito competitivo. Recado? Cuida da casa, Alckmin.

(Veja/R7) Pesquisa realizada pela Paraná Pesquisas, publicada ontem, joga uma ducha de água fria nos apressadinhos alckimistas, que aparecem muito mal na foto. Se as eleições presidenciais fossem hoje, Aécio Neves teria 40,2% dos votos paulistanos, seguido por Marina Silva com 25,6%,  Lula 17,7% e Ronaldo Caiado com 1%. Trocando Aécio por Alckmin, que é o sonho do tucanado paulista, Marina saltaria para a liderança, com 32,2%, seguida de Alckmin com 28,2%, Lula com 19,2% e Caiado com  2%. São Paulo não esquece que Alckmin fez campanha para Marina no primeiro turno, lembram? Quanto a aprovação de Alckmin, há um empate: 47,8% desaprovam e 47,7% aprovam.

Mas o mais grave é o quadro da sucessão paulistana, apontada pela pesquisa.  Se a disputa para a Prefeitura de São Paulo fosse hoje, Celso Russomanno (PRB) terminaria em primeiro lugar, com mais de 40% das intenções de voto. Em pesquisa divulgada nesta segunda-feira (22) pelo Instituto Paraná Pesquisas, caso Russomanno concorresse com os principais nomes especulados para as Eleições 2016, encerraria o pleito com 40,8% das intenções de voto. Em seguida, viria a senadora Marta Suplicy (sem partido), com 18,1%, acompanhada de Fernando Haddad (PT), com 13,8%, e Gabriel Chalita (PMDB), com 5,6%.

Em quinto lugar, vem Andrea Matarazzo (PSDB), com 5%, seguido de Eduardo Jorge (PV), com 2,7%, e Ricardo Patah (PSD), com 0,4%. Soma 7,1% o total de consultados que declarou não votar em ninguém, e 6,5% aqueles que não sabem em quem votar. Com esses números, Russomanno fica muito próximo de ganhar a eleição já no primeiro turno.

Em um cenário sem Gabriel Chalita na disputa, Russomanno abre uma vantagem maior ainda, com a preferência de 42,5% do eleitorado. Marta fica em segundo lugar, com 18,6%, e Fernando Haddad viria em terceiro, com 14,5%. Quando é considerado como candidato do PSDB o senador Aloysio Nunes, Russomanno mantém a marca, com 42,4%, seguido por Marta (18,5%), Fernando Haddad (14,2%), e o próprio tucano, com 6,1%. 

Em outro cenário, com Bruno Covas como candidato tucano, Russomanno fica com 41,4%. Marta vem em segundo lugar, com 18,5%, Haddad em terceiro, com 14,4%, e Bruno Covas em quarto, com 8,6%. Na pesquisa espontânea, 72% dos entrevistados apontaram não saber em quem votar ainda. Já 12,6% relataram que não pretendem votar em ninguém. Haddad ficou com 5,2% do total das citações nominais, seguido por Celso Russomanno, com 3,9%. Marta Suplicy foi lembrada por 1,8% dos questionados, e Paulo Maluf e Gilberto Kassab vieram em seguida, com 0,9% e 0,7%, respectivamente.

29 comentários

O cavalo está passando celado pra Aécio Neves ser presidente do Brasil. Agora é Aécio !!!!!

Reply

Não é a toa que Lula está se auto-aposentando. Em seu último discurso, diz que está velho e cansado, e que o PT precisa se renovar. Lógico. Nessa pesquisa, ele nem chega perto de ir ao segundo turno.

Reply

O cavalo está passando celado pra Aécio Neves ser presidente do Brasil. Agora é Aécio !!!!!

Reply

O cavalo está passando selado pra Aécio Neves ser presidente do Brasil. Agora é Aécio !!!!!

Reply

O cavalo está passando selado pra Aécio Neves ser presidente do Brasil. Agora é Aécio !!!!!

Reply

Folha de S. Paulo - 2003

São Paulo - Brasil



O Brasil e o desemprego de massa

31/08/03



Rubens Ricupero

EM MEIO a tudo o que de pior se abateu sobre nós nos últimos tempos, o mas grave foi o Brasil ter-se deixado arrastar para o círculo do inferno do desemprego de massa. Prisão sinistra da qual não é fácil escapar, em sua porta poderia escrever-se o que Dante afixou na do verdadeiro Inferno: "Lasciate ogne speranza, voi ch' intrate".

Não é melhor a situação da Alemanha, onde a taxa ultrapassou 10%. O desemprego de massa é, aliás, fenômeno característico da União Européia, cujo índice de desocupação flutua em torno de 8%. Atualmente, é de 7,7%, média que esconde fortes disparidades _mínima de 2,8%, em Luxemburgo, máxima de 11,3%, na Espanha. Mesmo os Países Baixos, que pareciam ter descoberto o modelo para eliminar o desemprego (2,7% em 2002), entraram em recessão, com previsões de que a taxa de desemprego atinja 5,5% neste ano e 8% no próximo.

http://www.rubensricupero.com/artigos/2003/folha_2003_31_08.htm

Reply

Se o PSDB não ganhar a prefeitura ano que vem com toda essa ajuda que os fatos atuais estão dando, fechem o diretório local e esqueçam a política.

Reply

Sinceramente, eu nunca vi tantos anencéfalos neste blog, Nós mal começamos o 2º mandato da Srª Bandilma e o país se desfragmentando em todos aspectos e ninguém aparecendo como um verdadeiro líder para propor mudanças urgentes e o pessoal se preocupando com as eleições de 2018 com estas urnas fraudulentas, e os viralatas psdebistas ja querendo iludir as massas de otários......PREOCUPEM PRIMEIRO EM TIRAR ESTES COMUNISTAS DO PODER PARA DEPOIS PENSAR EM ELEIÇÕES.

Reply

Menos juros, menos impostos, mais apoio aos comerciantes, agricultores, indústrias e serviços > Mais empregos. Cuida da casa, Geraldo, para ser o presidente do Brasil em 2022. Cuidando da casa agora, nesse momento de crise que está em seus primeiros passos, nos lembraremos de como o Geraldo salvou São Paulo da maior crise econômica do Brasil. Afaste-se do PT e das esquerdas.
O Brasil não quer esse projeto bolivariano!
Há muitos caminhos possíveis! Não venha a culpar o governo federal assim como ele culpa a "crise internacional" que não existe.

Reply

Alckmin perdeu quando amarelou na redução da maioridade penal.

Reply

Coronel,

leia essa:
http://www.oantagonista.com/posts/o-tcu-vai-derrubar-dilma


Como é que o BNDES pode se recusar a fornecer documentos ao TCU??
E por que se recusa? A JBS faz parte da "segurança nacional"?
Friboi de Lulinha vai fritar.

Flor Lilás

Reply

Alkimim nunca mais.

Reply

O PSDB não quer disputar a Prefeitura já que é certo que a Marta vai para o PSB e o PSDB certamente vai entrar com o vice. Em troca terá apoio nas eleições para governador e Presidente.

Reply

Russomano é o famoso Cavalo Paraguaio. Começa lá em cima e depois despenca; é só mostrar os podres dêle.

Reply

Aécio tem que começar a cuidar de minas, ele foi atropelado dentro de casa, Alckmin atropelou dentro de casa.

Reply

OFF

Procurador denuncia fraude na contratação das urnas eletrônicas das eleições de 2014.
http://amigosdadireita.blogspot.com.br/2015/06/procurador-denuncia-fraude-na.html

Reply

Gostaria muito de saber QUEM SÃO OS IGNORANTES que dão:

17,7% para o sapo barbudo no cenário com Aécio Neves, e
28,2% no cenário com Geraldo Alckmin!!!

Meu voto para a Prefeitura em Sampa é para Andrea Matarazzo, se ele for candidato. Confirmado, entrarei em campanha!

Para Presidente, sigo com AÉCIO NEVES 45!!!!


Chris/SP

Reply

Adeus coletinho!!!!

Reply

Caro Coronel, nós não esquecemos da chapa Lulaecio e Dilmastia em MG. FATO.

Aécio perdeu a eleição para Dilma em MG. E dai?

Em SP Aécio perdeu a eleição em uma cidadezinha no interior. E dai?

Os paulistas mais politizados não trocam Aécio, o traíra, por Alckim de forma alguma.

Reply

O pt vai lançar uma lasca de merda a prefeitura de São Paulo, vai vencer em disputa dura com algum ladrão do pp, do psd ou de qualquer outra merda.

O alquimista vai chegar em último.

Reply

ANONIMO 16:14, que disse:

"Aécio tem que começar a cuidar de minas, ele foi atropelado dentro de casa,..."


Aécio não foi atropelado dentro de casa, FOI ROUBADO dentro de casa, pelas tramoias empreendidas pelo petralha Fernando Pimentel, pelos Correios e mais outras falcatruas.

Não se preocupe, que Aécio já está vacinado, e já deve estar tomando providências para, inclusive, 2016.


Chris/SP

Reply

ANÔNIMO 17:06, que disse:

"(...) Os paulistas mais politizados não trocam Aécio, o traíra, por Alckim de forma alguma."


Desculpe por te decepcionar, mas eu troco Alckmin por Aécio!!!! Não sou bairrista, como você!


Chris/SP

Reply

Não é época de pesquisas eleitoral.Muita água vai passar por baixo da ponte,assim dizia em Três Corgos,no interior.

Reply

Eu acho que a prefeitura ficará entre Russomano e Matarazzo

Gabriel-DF

Reply

Andrea Matarazzo será meu candidato a prefeito em São Paulo!
É a melhor opção para São Paulo!

Reply

Sou paulista. Voto em Andrea Matarazzo para prefeito. Ele conhece São Paulo como ninguém e foi um ótimo administrador da Regional da Sé. Para presidente Aécio com certeza.

Reply
fredoliveira mod

Tambem continuo a votar em aécio.

Reply

Eu quero saber se ainda vão ficar nessa coisa ridícula de lançar o Geraldo...será possível que ainda não aprenderam a lição? Meu Deus esse povo tem é titica no lugar do cérebro? Acordem tucanos, a hora é essa. Aécio já!!! Parem de mimimi e trabalhem com propostas para livrar o Brasil do jugo desses petralhas!!! Se Aécio não for bom, eleição serve pra botar e tirar!!! Aécio sim, lembrem-se PSDB te m B de Brasil, ou, então mudem para PSSP, oras!!!

Reply

Vamos lá, gente, dar força pro Aécio. Onde queremos parar?? Na mer%$#da de novo?

Mariana

Reply