Meu nome é OdebrechPT.

 Lula com Emílio Odebrecht, ainda vivo em visita ao futuro estádio do Corinthians.
 Lula fazendo lobby para projeto da Odebrecht na África: abrindo portas para o parceirão.
 Lula e Emílio Odebrecht inaugurando mais uma Braskem em Paulínia, SP
Olha só a turma inaugurando uma "parceria" da Odebrecht com a Petrobras...

A Lava Jato chegou o maior antro de corrupção. Os contratos da OdebrechPT com o governo. Desde os tempos em que surgiu a Braskem, um negócio de pai para filho montado por Lula para a construtora. Mais os contratos internacionais. Mais o jatinho emprestado e as palestras contratadas junto ao ex-presidente. Sem falar o Porto de Mariel, em Cuba. A Lava Jato está chegando ao grande mar de lama: a OdebrechPT.

(Estadão)  Três contratos envolvendo a construtora Norberto Odebrecht nas obras da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, estão sendo investigados pela Operação Lava Jato. Os acordos, assinados entre julho de 2007 e dezembro de 2009, tiveram 61 aditivos que elevaram em R$ 960 milhões o valor final – de R$ 5,1 bilhões para cerca de R$ 6 bilhões – pago pela Petrobrás. Além de desvios, a Polícia Federal apura se houve cartelização.

Em um desses contratos, referente às obras de unidades de hidrotratamento e de geração de hidrogênio (UHDT e UGH), foram firmados 19 aditivos, que elevaram em R$ 539 milhões o valor contratual. O valor inicial saltou de R$ 3,19 bilhões para R$ 3,73 bilhões. No outro, assinado no mesmo dia – 10 de dezembro de 2009 -, para obras da unidade de destilação atmosférica (UDA), o valor inicial foi de R$ 1,48 bilhão para R$ 1,77 bilhão, com 25 aditivos. O terceiro contrato, firmado em 31 de julho de 2007, referente a obras de terraplanagem, subiu de R$ 429 milhões para R$ 534 milhões – após um total de 17 aditivos.

Essas informações fazem parte de uma sindicância interna da Petrobrás sobre as obras da Abreu e Lima, aberta após a deflagração da Lava Jato. O documento da estatal, anexado ao inquérito, afirma que houve elevação de custo e “necessidade de grande quantidade de aditivos contratuais” em decorrência de um plano de antecipação das obras, para 2010, que teve como figura central Costa. Nesse período, o delator era diretor de Abastecimento – indicado pelo PP – e o primeiro presidente do Conselho de Administração da companhia criada para gerir a construção de Abreu e Lima. Segundo o TCU, há problemas de sobrepreço e de projeto que elevaram os custos gerais.

A PF suspeita que valores supostamente desviados das obras da Abreu e Lima podem ter abastecido o caixa da propina movimentada pelo esquema de corrupção na estatal. Por isso, vai aprofundar as análises técnicas dos contratos e dos apontamentos de irregularidades identificados pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e pela própria Petrobrás.

Primeiro delator do processo, o ex-diretor de Abastecimento Paulo Roberto Costa confessou ter recebido US$ 23 milhões em propina da Odebrecht. O valor foi pago entre 2008 e 2009 por meio de uma conta aberta na Suíça, por indicação de um executivo do grupo, afirmou ele em sua delação premiada.

A sindicância apontou outros dois problemas nos contratos assinados em 2009. Um dos problemas foi o de “relicitação” ocorrida no decorrer do processo de contratação, que fez com que os “contratos assinados no ‘topo’ da estimativa”, indicando “cartelização”. “A Comissão identificou, analisando o comportamento dos resultados destes processos licitatórios (primeira e segunda rodadas de licitação), que o valor das propostas aproximou-se do ‘teto’ (valor de referência mais 20%) das estimativas elaboradas pela Diretoria de Engenharia”, informa a Comissão de Sindicância em seu relatório final.
 
Odebrecht, OAS, Camargo Corrêa e outras empresas que participaram das obras iniciadas em 2007, alvos da sindicância, integram o suposto cartel de empreiteiras – autodenominado “clube” -, que fatiava os contratos da Petrobrás, mediante pagamento de propina.

“Estes fatos, associados às declarações do Sr. Paulo Roberto Costa, indicam a possibilidade da existência de um processo de cartelização relativo às empresas indicadas nos processos analisados”, registra documento interno da estatal. Na semana passada, a PF cobrou da presidente da Petrobrás, Graça Foster, o envio dos documentos com detalhes dos contratos da estatal com a Odebrecht nas obras de Abreu e Lima.

10 comentários

Investigar a Odebrecht vai ser difícil. a empresa entrou no ramo de armas, vai ter a proteção da lei de segurança e dos militares.

Reply

A partir de hoje estarei empenhado em computar e classificar todos os escândalos da "vanguarda da sociedade brasileira", esse movimento maravilhoso, nascido da fé católica das CEB's, dos combatentes anti ditadura e toda a malta, digo a plêiade de marxistas, esquerdistas e celerados de todo gênero, com as bençãos do regime militar e o psdbê, ensinando a andar e a largar a chupeta, caso demore com os resultados, ainda que parciais, peço desculpa pois o PC é antigo.

Reply

Não ficará pedra sobre pedra,o Brasil deve em números de hoje mais de hoje 2 trilhões de reais somados a externa e a interna, o palhaço do lula disse ter pago a externa, e a corda apertou vagabundo que assinou documento vai para a cadeia tá ferrado mermão... podem se esconder onde for mais a perda tá feita e a cadeia está esperando.

Reply

Quem morreu não foi o velho Norberto?

Reply
fred oliveira mod

O Brasil ha' de se livrar desse marasmo, dessas falcatruas, dessas roubalheiras e desses governos ruins ( como os de Lula e agora de Dilma). Haveremos de respirar ares melhores, abraçando o futuro saudavel.

Reply

lulla maravilhoso,parece um sheik .......

Reply

Duvido que nossas autoridades do Judiciário (PGR e STF) tenham CORAGEM de punir esses salafrários, que se fizeram DONOS DO BRASIL!!!!!!!!

Reply
Roque Oliveira mod

NOTA: O Emílio Odebrecht está vivo, mas afastado da diretoria da Empresa, quem morreu recentemente foi o pai dele e fundador da empresa,o Dr. Norberto Odebrecht.

Reply

Temos que reconhecer que de cana o cara entende.

Reply

marisa leticia nem mais onde gastar dinheiro. entao enfia botox na cara.............deve ter pelo menos 2 kg

Reply