O vergonhoso Brasil de Suiá Missu.

 

Injustiça legalizada 

Decisão judicial não se discute. A Justiça determinou e os agricultores que ocupavam a área da antiga fazenda Suiá Missu, em Mato Grosso, foram despejados. Saíram sob a coerção de cassetetes e balas de borracha, em meio a bombas de efeito moral que, lançadas por helicóptero, deram contornos de operação de guerra à “desintrusão” promovida pela força- tarefa designada pelo Estado. 

Todos foram obrigados a vender seus bens a toque de caixa e a preços aviltantes determinados pelo mercado de ocasião, sob pena de serem confiscados. Deixaram para trás histórias de vida, escolas públicas, a igreja que frequentavam e até alguns entes queridos, enterrados em um cemitério não índio, oficialmente criado ali. Mas a violência maior só ganha alma na voz sofrida da agricultora Rosilda Pimentel de Souza. 

A casa simples de madeira, erguida para abrigar a família, foi expropriada sem direito à indenização. “Tem 20 anos que nóis mora aqui, e o que nóis vai fazer? Morar embaixo da lona?”, pergunta a agricultora. O ar de espanto se justifica diante da ação do próprio Estado, que havia levado vários programas, como o Luz para Todos, ao povoado de Posto da Mata. 

Confesso que chorei quando assisti ao depoimento desesperado de Rosilda sobre a perda do pedaço de chão em que criou os filhos. “Já derramei muito suor aqui. O que eu tenho está aqui. Agora, esse mundo de gente só prometendo, mas no fim a gente vai prá debaixo da lona, porque não tem outra terra e eu não tenho outra casa. O que eu vou fazer? Ir pro corredor...só pode”. 

No linguajar simples do campo, a tradução de “corredor” é beira de estrada. E quem quiser ver e ouvir Rosilda, basta uma pesquisa rápida no youtube. O depoimento está lá. Quando fala da terra que julgava sua, ela relata que pagou pelos 62 hectares. “Nóis não entrou, nóis não invadiu. Nóis comprou. E aqui não tinha índio, não morava índio. Como é que agora tem? Não conheci nenhum índio morando aqui.”

 A desocupação foi feita sem a devida proteção dos direitos humanos. A Justiça bem que determinou que a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) enviasse representante de suas comissões de direitos humanos para acompanhar a operação. Mas a regional do Mato Grosso não encontrou nenhum profissional disposto a cumprir a tarefa humanitária. Nem o apoio do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) os pequenos agricultores tiveram. 

O artigo 4º do Decreto nº 1.775, de 08 de janeiro de 1996, determina que o Incra dê prioridade ao reassentamento de ocupantes de terras identificadas como tradicionalmente indígenas. O plano de desintrusão até previa reassentar a parcela de pequenos agricultores que tinha perfil de reforma agrária. Mas, nos lotes, em Ribeirão Cascalheira (MT), não há infraestrutura alguma. Nem água para matar a sede dos animais. 

O Incra ofereceu apenas barracos de lona para abrigar aquelas famílias de pequenos produtores que, da noite para o dia, viraram sem-terra. Aos que não tinham perfil de reforma agrária, nem o transporte prometido chegou. Uma “norma de execução” do Incra diz que apenas “ocupantes não índios de boa fé”, enquadrados nos critérios de reforma agrária, fazem jus a reassentamento. Rosilda e sua boa fé ficaram fora do programa. 

Nem por isso a “desintrusão” de Suiá Missu foi ilegal. O mais honesto, no entanto, seria falar em injustiça legalizada. Brasileiros sofridos do campo foram expulsos da terra que julgavam ser deles por causa da fragilidade e da falta de clareza da legislação que regula as terras indígenas. 

A desocupação acabou, mas o quadro de insegurança jurídica permanece. Quantas “Suiá Missus” mais teremos que assistir, por deficiência da legislação vigente? Nada contra a preservação ou criação de áreas indígenas. Tudo a favor da segurança jurídica de um processo baseado em leis claras, de forma a não alimentar a antropologia da vingança em que gente simples, como a agricultora Rosilda, acaba no corredor e sem direito à indenização.  

*Artigo de Kátia Abreu, que é Senadora da República e Presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil - CNA. Publicado no Jornal A Gazeta, de 11/01/2013

34 comentários

Para os comunistas não importa as vidas dos agricultores, mas se eles forem militontos de alguma bandeira vermelha, aí a coisa reverte!!!

Reply

Kátia Abreu, sempre ela, exemplo de seriedade e dignidade a toda prova. O Brasil seria muiiiito melhor se contasse com mais Kátias Abreu e menos dilma rousseff, osmarina silva, luiza erundina, martaxa suplício, ideli insalvatti e tutti quanti.

Reply

corri para o final do texto pra ver a autoria do artigo na esperança de que tivesse sido escrito por algum "articulista" ou que fosse o editorial de algum desses jornais dessa merda de imprensa que existe nessepaiz...

obvio que não era...

e a isso, publicar de vez em quando um artigo escrito por alguém do "outro lado", geralmente um politico atípico, como a senadora Katia Abreu, eh o que eles acham que seja democracia...

Reply

Que coisa triste(e vergonhosa...)! Se fossem os paus mandados daquele escroque que invadiu a Câmara e aleijou um segurança não apenas receberiam uma bela porção de terra, como dinheiro, alimentos e transporte. Isso aqui está ficando insuportável! Uma hora o elástico vai arrebentar, ora se...

Reply

Enquanto isso...

Terrorista italiano será assessor
internacional da CUT

Presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Vagner Freitas, acertou todos os detalhes com o advogado do terrorista italiano Cesare Battisti, Luiz Eduardo Greenhalgh, para empregá-lo como assessor internacional da Central. Segundo o senador Eduardo Suplicy (PT-SP), Battisti assumirá o cargo por falar inglês, espanhol, português, francês e italiano e “ter vasto conhecimento” sobre temas de interesse da CUT.

Reply

Pesquisando mais sobre a Dona Rosilda encontrei isso:

"Mas quem não consegue ser tão crente e confiante quanto Alderico é a esposa dele, Rosilda Pimentel de Souza, 60. “Não pensamos para onde ir. Para onde Deus me tocar. To sem rumo”, contou. Ela também fica triste pelo fato de nem mesmo ter conseguido um cadastro no Incra para a reforma agrária prometido pelo Governo a quem for despejado de Suiá-Missú. “Me falaram que não posso porque sou aposentada”. Os cinco filhos dela também não puderam. Todos moram na vila do distrito, e não têm um boi no nome, então não podem se inscrever."

O que o governo está fazendo com o povo brasileiro é um descalabro. Nenhuma das alternativas dadas pelo governo são viáveis - só resta a acachapante pressão da "lei" que faz minguar qualquer esperança em dias melhores.

http://www.rdnews.com.br/blog/post/moradores-praticamente-perdem-esperanca-e-esperam-desintrusao

Reply

Que Brasil diferente! Que Brasil decente! Seria este Brasil em que a primeira presidente fosse uma batalhadora, trabalhadora, e razoavel como a senadora Katia Abreu. Em vez disso temos uma socialista alucinada que pensa que ainda tem 18 anos de idade e fica recebendo ordens de papai Lula. Que todos sabemos que não são de Lula, mas de Dirceu o verdadeiro mentor do fôro de São Paulo. Este meliante que já deveria estar na cadeia ainda esta de fora vociferando. Tudo que Dirceu fêz a vida inteira foi contra o Brasil. Num projeto de seus mentores de fora. Este cara não é o demo não. É apenas um rico sem vergonha que pensa que pode se apropriar de um país. Lula sempre foi um fantoche dele. Um fantoche, um palhaço de que o público gostava. Agora é preciso saber se alem dos bolsa familia, existe mais alguem neste país, tirados os à soldo, que admiram Lula, o Fantoche de Jose Dirceu. porque a farsa está chegando ao fim. Esta de apoiarem o cadáver de Hugo é sensacional. Realismo fantástico puro. E com todo o humor de " Pantaleão e as visitadoras" de Vargas Lhosas pois que temos em cena a nossa visitadora Rosemary.`A América Latina em seu esplendor literário que toma conta das páginas politicas de nosso continente. Meu deus!

Reply

PSB do Eduardo Campos apoia Hugo Chavez e lança campanha "Brasil com Chavez".

http://www.psb40.org.br/not_det.asp?det=2104


Notícia boa para abrir os olhos de alguns que simpatizam com comunistas disfarçados.

Reply

Coronel, gostaria que Kátia Abreu não só escrevesse e sim agisse, pois estão colocando brasileiros honestos, que vivem da sua terra, sem mamar no governo com bolsas, que muitas vezes deixam de trabalhar porque para não perder o benefício não querem o registro na carteira. Esse Brasil é uma vergonha. Gostaria que os militares cumprisse a constituição e defendesse o Brasil destes safados.

Reply

Eu gostaria que o coronel ou alguém me respondesse uma pergunta. Quantas vezes o governo dos Estados Unidos da América expulsou fazendeiros e produtores rurais para entregar a terra aos índios?

Reply

O sofrimento e a dor dessa gente, totalmente injustiçada, ainda recairá sobre as cabeças dos seus algozes. Essa FUNAI nunca prestou. E pensar que as terras tiradas à força dessa gente, após décadas de trabalho, serão entregues a um bando de desocupados, que entregam as riquezas do Brasil a organizações estrangeiras, para passarem todos os dias na cachaça e na boa vida. Que a desgraça desça sobre aqueles que cometeram essa injustiça.

Reply

Aparelharam o Estado, principalmente a justiça, o STF, o MP ..... garantiram a impunidade nesses 12 anos de desgoverno, praticando todo tipo de contravenção e saqueamento do dinheiro público.

Agora estão aparelhando as Leis, para tripudiar de vez com o povo e a Nação brasileira e acabar o golpe de transformar o Brasil numa merda igual a Cuba e a Venezuela. Só não conseguiram ainda porque são extremamente INCOMPETENTES, mas mesmo assim mais capazes dos que o lado dos brasileiros honestos, porque estão vivendo nababescamente às custas do contribuinte e a passos largos para em fim implantar a ditadura e seu regime corrupto e atrasado, que tentam desde de 64.

Cadê nossos heróis das Forças Armadas?

Pobre Brasil! do berço explêndido à pocilga petista, que triste caminhada!

Reply

Mas garanto que votou nessa turma que levou os "programas sociais" para eles. Agora chegou a conta!

O estado brasileiro só indeniza terroristas, ex-torneiros mecânicos que nunca trabalharam na vida e por aí vai. Gente decente no Brasil dos petralhas, só toma na cabeça.

Nesse caso, temos de fato "Sem Terrra" né? Onde está a presença do estado?

Reply

De acordo com a Funai, aproximadamente 1.050.000 km² (105 milhões de hectares) estão reservados para 460 mil indígenas, perfazendo 12,41% do total do território brasileiro e 0,2% da população. Para termos idéia da dimensão, os estados de Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo formam a região Sudeste e ocupam cerca de 10% do território brasileiro e abriga a maior população do País, quase 80.3 milhões de pessoas, 44% da população. A Alemanha possui apenas 357.051 km². Os Estados Unidos possui 225.000 km2 de áreas indígenas, ou seja 2,4% do território.

Vale lembrar que também temos as áreas de preservação ambiental, as federais somam 70 milhões de hectares, perto de 9% do território brasileiro, e as estaduais com mais de 4% da área do país.

O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) transfere aproximadamente R$ 9,7 milhões para beneficiários do programa Bolsa Família nas comunidades indígenas, não estão incluídas todas as políticas públicas.
A comunidade indígena no Brasil apresentou crescimento de 205% na população indígena do país desde 1991, segundo dados do IBGE em 10/08/2012, diferente do resto da população brasileira que cresce 1,12% ao ano.

O maior parque do mundo é o Parque Nacional do Xingú, que conta com mais de 27 000 quilômetros quadrados (aproximadamente 2 800 000 hectares) contém 5.500 índios.

Próximo ao Parque Nacional do Xingú no dia 10/1/2013 (HOJE) está sendo desocupada uma área de 165.000 hectares para a criação de outro parque indígena, o parque de SUIÁ MISSU, cerca de 7 mil pessoas estão sendo expulsas com repressão física da Força Nacional, e nem mesmo o pedido de clemência à Presidenta Dilma (ex-guerrilheira do Araguaia) houve negociação. Estas 7.000 pessoas estão na região a mais de 30 anos e hoje não tem para onde ir. Os índios que irão ocupar Suiá Missú são da etnia Xavante e residem no parque PIMENTEL BARBOSA com 329.000 hectares, são aproximadamente 2.000 índios. Todo ano estes índios queimam cerca de 40% do parque para realizarem caçadas.

E já que estas 7.000 pessoas não têm para onde ir, aonde eu quero chegar:

Quem está querendo esta terra de Suiá Missú não são os índios, pois:
“A terra que queremos é da Aldeia Velha, no cerrado, não no Posto da Mata”, afirma o Cacique Pajé dos Xavantes em São Félix do Araguaia (MT), Zé Luiz. FONTE: http://www.noticiasagricolas.com.br/videos/entrevistas/114769-entrevista-confira-a-entrevista-com-ze-luiz---cacique-paje.html
Segundo ele, gleba não lhes interessa, pois “nunca fizeram aldeia dentro da mata virgem”, referindo-se a área da Suiá Missú. FONTE: http://www.noticiasagricolas.com.br/videos/entrevistas/114769-entrevista-confira-a-entrevista-com-ze-luiz---cacique-paje.html

Quem quer esta terra, e o controle sobre a biodiversidade que nela e em todas as outras existem são as ONG´s e os DONOS DA FUNAI, quer um exemplo? Só na Amazônia existem aproximadamente 1.000 ONG’s voltadas para a “causa indígena” e a preservação da floresta.

“Na primeira noite, eles se aproximam e colhem uma flor de nosso jardim. E não dizemos nada. Na segunda noite, já não se escondem, pisam as flores, matam nosso cão. E não dizemos nada. Até que um dia, o mais frágil deles, entra sozinho em nossa casa, rouba-nos a lua, e, conhecendo nosso medo, arranca-nos a voz da garganta. E porque não dissemos nada, já não podemos dizer nada.” MAYAKOVSKI, poeta russo.

E aí cidadão, você se importa com isso? Leia “Ninguém se importa comigo” de Bertold Brecht.

Hoje não cantam o hino nacional quando entram na escola... Por que o Estado tirou isso de nós?



Reply

è dona Katia Abreu eu sou fã de você, então para de ficar babando perto da Dilma, e vira oposição de verdade, porque se não é o que vc vai ver isso sempre, estou com você para Presidente, mas para de ficar olhando para dilma como se ela fosse diferente do sapo barbudo, pois os dois sao comunistas até de baixo de fogo..........
FICA A DICA..........

Reply
Luiz fernando mod

Beleza! Eu ia comentar a noticia da bancada ruralista e encontro esta publicação da senadora que ainda me faz acreditar na luz do fim do túnel. Eu moro aqui no Araguaia/Xingu e vi a maior covardia, uma coisa impressionante, uma falta de respeito e uma burrice impar quando se refere a estratégia geopolitica e soberania nacional.
Quando fizemos a primeira reunião no Posto da Mata, estiveram presentes muitos representantes da bancada estadual e federal do MT, governo estadual também. Beleza, prescisamos de todo apoio eu pensei. Ai o pepino engrossou, a policia rodoviária federal e exército fizeram o maior horror, com a resistëncia somente dos moradores do POSTO DA MATA, passadas algumas semanas e voltamos a nos reunir ali, presidentes de sindicatos de toda região e companheiros, ali estavamos, somente o deputado BAIANO FILHO, ainda que atrasado, e ai a bancada ruralista se formava lá em BRASILIA, segundo a notícia, estavamos com 180 deputados e mais de dez senadores, beleza! pensei de novo. A promessa é que eles viriam pra frente de combate caso prescisasse. Vem más demora!
A burocracia, mais uma vez emperrou as atitudes dos nobres deputados, com desculpas variadas, todos entregaram a SUIA_MISSU à própria sorte. Deu no que deu.
agora vejo uma bancada ainda maior e me pergunto, não seria melhor uns 50 compromissados com a justiça e verdade a que 200 e tantos vulneraveis.
Prescisamos de participação direta, exemplo: o ministro do STF, LUIZ FUX, contou que procurou o tal STELED do mst, para avalizar sua entrada no supremo. Ai eu pergunto:Quem da agricultura no Brasil, foi consultado?
Por isso senadora, quando eu não vi o sinal de tua presença nesta luta, fiquei pensando, que ponderando com o governo e flertando com ele, vamos te perder também.

Reply

Murió Hugo Chávez pero demorarán la noticia
Por UnoAmerica

Politica En fuentes diplomáticas directamente vinculadas con la política latinoamericana, se informó que el dictador venezolano Hugo Chávez murió anteayer en La Habana pero que la noticia oficial sólo será reconocida dentro de un plazo determinado por la compleja situación interna del país. A ello responde la insistente convocatoria a la unidad formulada desde hace unas horas por el derrotado candidato opositor Hernán Capriles, quien posee un gran caudal electoral que obviamente puso en juego.

http://unoamerica.org/unoPAG/noticia.php?id=1431

Reply

Marx foi um grande vagabundo, se vangloriava de não trabalhar para "pensar" a nova humanidade. Seus rebentos são o espelho dos gases emitidos por um cérebro doentio, e usurpador, que não vê limites ao buscar e ficar como que é do outro, incluindo a vida.
São bandidos e assassinos em essência,e hoje, dominam as terras de Santa Cruz.
Rosilda é mais uma vítima das hordas bestiais. Quantos mais serão necessários para que o brasileiro "ordeiro e trabalhador" decida lutar pela terra e pela vida?

Reply

Katia,

Ja li muito que voce escreveu. Mas agora vamos para ação, chega de conversa, e eh preciso mais resultado. Voce tem o poder, não pode ficar olhando uma coisa dessas acontecer.

Reply

SO SAIRAO A FORÇA

CHAMEM OS MILITARES JA

Reply

É uma vergonha sem precedentes!!!

Arrancar pessoas de suas terras, onde trabalharam duramente, compraram as terras e construiram suas humildes casas e criaram seus filhos, para serem jogadas na beira da estrada. É indescente, é injusto!

Terras a serem ocupadas por indígenas, que nada farão, além de vagabundearem.

A Funai, o Incra, essa gente toda não tem vergonha na cara!


Chris/SP

Reply

Os indios nem querem estas terras, o governo do estado propos trocar estes 165.000 hectares de fazendas, posses e vilas, com toda infroestrutura já construida, por 254.000 hectares de mata nativa prescisando ser preservada. Capaz que o goverbo topou, só faltou eles dizerem "tatu e jacu no mato".
Tudo isso pra 180 indios, não que eles não tenham este direito, mas desalojar 5000 famílias é realmente desumano e os cara pálidas, não receberam nenhuma proposta de troca que pudessem pensar. É pákaba!

Reply

É estarrecedor, essa gente não pode ser expulsa de suas casas. Isto é puro nazi-comunismo. Isto não pode estar acontecendo gente. Precisamos defender estas pessoas. Tudo foi feito na calada da noite, no natal e no ano novo, e a imprensa comunista maldita não diz uma palavra deste ato vergonhoso do governo petista de satanás. Indio já tem terra demais. Este papo de terra de indio, entao é melhor expulsar todo mundo do Brasil. Meu Deus do céu, isto não pode estar acontecendo. Puro comunismo fascista. Vai sobrar para todo mundo. É só questão de tempo. Precisamos nos unir contra esta infâmia. Estes caras que estão fazendo isto não podem vencer.

Reply

Se decisão judicial não se discute, porque o genoino assumiu?
.
No Brasil, quem tem dinheiro ou é governista, pode tudo. E fim de papo.
.
Para complicar as coisas, advirto que para um milico tanto faz o regime ser capitalista ou comunista. O militarismo é exatamente o mesmo.

Reply

Já estou cheio da Kátia Abreu, Sérgio Guerra e de toda a tal oposição. É só muita conversa dita séria, mas enfrentar o governo com críticas contundentes, de forma a expor as malandragens do governo nada. Coronel isso não leva a nada. O Brasil tá cheio de Donas Rosinhas humilhadas e desesperançadas pela ação da justiça, do governo e da oposição de mentira. O Brasil é esse PT de injustiça, porque não existe oposição de verdade. Nossa oposição é de espetáculo, muita conversa e pouca ação. É tão sacana quanto o PT.

Reply
Laudelino Marcos Silva mod

Coronel, veja um exemplo da incompetência da sub-presidenta!

32 parques eólicos estão parados à espera de transmissão de energia

Renée Pereira, de O Estado de S. Paulo, em 29 de setembro de 2012

Dados da Aneel mostram que 32 dos 71 parques eólicos leiloados em 2009 estão parados por causa da falta de linhas de transmissão

Quase metade das usinas licitadas no primeiro leilão de energia eólica do Brasil está pronta sem poder gerar um único megawatt (MW) de eletricidade. Dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) mostram que 32 dos 71 parques eólicos leiloados em 2009 estão parados por causa da falta de linhas de transmissão. "Houve um descasamento entre a entrega das usinas e do sistema de transmissão", afirmou o diretor da agência reguladora, Romeu Rufino.
A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), estatal do Grupo Eletrobrás, venceu o leilão das linhas de transmissão, mas não concluiu nenhum projeto - em alguns casos, nem iniciou as obras. Pelas regras do contrato, o sistema de transmissão teria de ser concluído na mesma data dos parques eólicos para permitir o início dos testes. Mas, na melhor das hipóteses, a conexão com as usinas apenas se dará em julho do ano que vem.
Consequentemente, as obras do sistema de transmissão dos parques licitados em 2010 também ficarão comprometidas. No mercado, algumas empresas foram informadas de que os cronogramas de empreendimentos marcados para setembro de 2013 foram estendidos para janeiro de 2015.
Rufino afirmou que a Aneel tem discutido constantemente com a estatal para tentar resolver o problema e diminuir os impactos para o consumidor.
Segundo ele, não está descartada a possibilidade de fazer uma instalação provisória enquanto a definitiva não é concluída. Apesar de não poderem produzir energia, as geradoras terão direito de receber a receita fixa prevista nos contratos de concessão. Pelos cálculos da Aneel, as 32 usinas têm receitas de R$ 370 milhões a receber.

Reply

Aposto que todos esses injustiçados votaram no PT e mesmo depois de tudo isso que estão passando, vão continuar votando em Lula ou Dilma.

Reply
Vinícius Couto mod

Daqui uns anos vamos ser expulsos até aqui em MG. Vão devolver o Brasil inteiro para os pobres indiozinhos que são "protegidos" pela Funai e pelas ONGS internacionais!!!! Cadê vez mais eu tenho vergonha de ter nascido brasileiro.

Reply

Nada Haver:

Alguém pode confirmar?

Domingo dia 13 de janeiro 2013 às 14:00 h, no MASP – São Paulo haverá o primeiro protesto contra Lula/PT

Slogam:” MEXEU com o BRASIL, mexeu comigo”

Por um Brasil sem LULA/PT


Reply

Esta semana que passou lembrei muuuiiito de vc (desculpe assim chamá-la, mas sou mais velho que vc e me atrevo assim fazê-lo).
Cadê Kátia? (pensei) o país está de mal a pior e nenhuma palavra, um alento a população?
Agora vejo que vc está atenta e tenho esperança que vc seja a nossa futura PresidenTE. Escolha um vice realmente limpo (eu sei que é dificil, mas não é impossível, e ajude a melhorar realmente a vidas dessas criaturas brasileiras, trabalhadoras dando-lhes emprego, terra, e trabalho. Acabando aos poucos com essa bolsa esmola, que não faz senão deixar o nosso povo preguiçoso, alienado e massa de manobra de um partido formado de bandidos, canalhas e cafajestes.
Desculpe o desbafo, mas reforço a minha esperança do País está na sua excelente atuação pela causa dos mais pobres, embora a petralhada insista em dizer que vc defende as zelites.
Um abraço fraterno, que Jesus a abenções com sua sabedoria e discernimento.

Reply

Dona Cátia Abreu... vá á luta, trabalhe, enfrente tudo e todos, defenda essas familias, com unhas e dentes, mas não deixe essa situação continuar, nem com essa senhora, ou qualquer trabalhador desse paíz.faça desse descalabro a sua meta de trabalho pelo nosso povo sofrido. Garanto para a senhora que Deus lhe recompençará. E se for canditata á presidente... (ja estou dentro.)

Reply

É bem possivel que g5ande parte destas terras - Sejam arrendadas mais tarde para governos de outras nações.Mesmo porquê,os brasileiros e brasileiras denominados "indios", não ocuparam dévidamente toda esta área.E o BNDES, está investindo muito no exterior com dinheiro brasileiro!.A nação fica recebendo "MIGALHAS", e o país sendo surrupiado.

Reply

vergonha estão dizendo por ai que a truculenta Dilma calou a boca de Silval Barbosa por conta de migalhas pra fazer asfalto mais um sendo comprado acho q pode ser real pois no local nenhum apoio nem moral e nem tao pouco financeiro não deu se quer suas lamentaçoes cd voce Governador nem uma {umasinha} cesta basica pra o povo q esta despejado sem casa, sem comida.
agora os municipios vizinhos que esta mandando alimentos, cade voce Baiano Filho, Sr. RIva, e outros, deixou tudo acontecer como o PT determinou ate a imprensa foi coibida e tem mais Dilma com fraude ou sem fraude e para desocupar. ESSE E O GOVERNO QUE SE CHAMA DITADURA.

Reply

Até ela se bandeou pro lado de lá... A coisa tá feia!!! A coisa tá preta... Como dizia a moda de viola.

Reply