Fernando Baiano denuncia os "chefões" da Lava Jato.

Fernando Baiano bota os "grandões" do PT e PMDB na Lava Jato

(Estadão) Em sua delação premiada à Procuradoria-Geral da República, o lobista Fernando Falcão Soares, o Fernando Baiano, apontado como operador de propinas do PMDB e acusador do presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB/RJ), citou outros nomes do partido como supostos beneficiários de valores ilícitos do esquema de corrupção que se instalou na Petrobrás entre 2004 e 2014:. Ele apontou Renan Calheiros (PMDB/AL) e Jader Barbalho (PMDB/PA). Também citou um senador do PT, Delcídio Amaral (MS), líder do Governo Dilma Rousseff no Senado, e o ex-ministro de Minas e Energia Silas Rondeau (2005/2007/Governo Lula).
Renan Calheiros. Foto: Ed Ferreira/Estadão.
Renan Calheiros. Foto: Ed Ferreira/Estadão.

Segundo Baiano, os quatro políticos teriam recebido US$ 6 milhões em propinas na contratação do navio sonda Petrobrás 10.000, no ano de 2006. Baiano afirmou que, em 2010, em reunião com o deputado Eduardo Cunha citou os nomes dos três senadores e do ex-ministro como ‘destinatários’ de valores referentes à contratação da sonda. “Que, inclusive, fez menção aos nomes dos políticos Renan Calheiros e Jader Barbalho como destinatários de parte dos valores referentes à primeira sonda”, registrou a Procuradoria, no depoimento de Baiano em 10 de setembro de 2015.

Ele também disse que Delcídio Amaral teria recebido US$ 1,5 milhão em espécie na operação de compra da Refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos. Baiano citou o lobista Jorge Luz como o suposto pagador dos políticos do PMDB. O operador do PMDB disse que ‘até então, Eduardo Cunha não sabia do pagamento de tais valores para os políticos do PMDB’. Ele disse que ‘pressionou’ o lobista Júlio Camargo com o argumento de que estava ‘sendo cobrado pelo PMDB’. Segundo Baiano, na ocasião Júlio Camargo estava ’em atraso’ no pagamento da propina referente à sonda Petrobrás 10.000.
Jader Barbalho. Foto: Divulgação
Jader Barbalho. Foto: Divulgação

A reunião com Eduardo Cunha, em que Baiano citou os nomes dos senadores e do ex-ministro, ocorreu no escritório do deputado, no Rio de Janeiro. Naquela oportunidade, Baiano ‘explicou tudo o que tinha ocorrido na contratação das sondas Petrobrás 10.000 e Vitória 10.000′. Ele disse a Eduardo Cunha que a dívida do lobista Júlio Camargo ‘girava em torno de US$ 16 milhões, na época’.Júlio Camargo também fez delação premiada e afirmou que, em 2011, foi pressionado pelo peemedebista por uma propina de US$ 5 milhões.

O senador Delcídio Amaral, por meio de sua assessoria de imprensa e do advogado Maurício Silva Leite, rechaçou com veemência a citação a seu nome. “Além de absurdo, é muito estranho que meu nome tenha sido novamente citado nessa investigação, colocado numa época em que eu era considerado ‘persona non grata’ por todos que estavam sendo investigados pela CPMI dos Correios, cuja presidência exerci exatamente nesse período (2005/2006)”, declarou o líder do Governo Dilma no Senado.
delcidio-amaral-andre-dusek-estadao
Delcidio Amaral. Foto: André Dusek/Estadão

Delcídio Amaral disse que foi apresentado ‘ao senhor Fernando Soares’, na década de 90 pelo empresário Gregório Marin Preciado. “Depois dessa época, nunca mais o vi nem tive nenhum tipo de contato com o mesmo.” O senador anotou, ainda, que a própria Procuradoria Geral da República solicitou ao Supremo Tribunal Federal, e foi atendida, o arquivamento de procedimentos onde seu nome foi citado no âmbito das investigações da Operação Lava Jato. O senador Renan Calheiros tem negado taxativamente recebimento de propinas no esquema instalado na Petrobrás. O senador Jader Barbalho e o ex-ministro Silas Rondeau não foram localizados.

6 comentários

estes aí sao maquiavelicos, raposas bem criadas, este tal delcidio amaral amigao de dilma que a protege no senado nao me engana, este tal de barbalho já aprontou no pará, nao sei como foi eleito d novo,acorda gentalha,a urna nao é latrina

Reply


Se o LOBISTA Fernando Baiano já está preso, porque o LOBISTA Lula ainda não?

Reply

Todos imitam o Agildo Ribeiro:

https://youtu.be/lYkwow0VlGw

Reply

nao sei pq tanta investigaçao! sao sempre os mesmos........eh soh seguir os rastros q chega aas entranhas........

Reply

São as figurinhas carimbadas de sempre...

Gabriel-DF

Reply
fred oliveira mod

Delcidio Amaral...nao e' a primeira vez que ele e' citado nesses descalabros. Inestigacao e mais investigacao. Queremos atitude. Atitude pedagogica e' alcancar todos estese recuperar a propina para os cofres brasileiros.

Reply