Escolhido a dedo, um senador acusado de estelionato e crime financeiro vai relatar as contas da Dilma.

Dilma e Gurgacz: aliados.

(JN) E em menos de 24 horas, Eduardo Cunha mudou completamente o tom do discurso. Na quarta-feira (21) as pedaladas fiscais foram criticadas. “A pedalada já está virando motocicleta. Saiu da bicicleta e foi para a motocicleta”, disse Cunha.

Nesta quinta (22): “O fato de existir a pedalada necessariamente não quer dizer que tenha havido ato da presidente da República com relação ao descumprimento da lei. Pode existir a pedalada e não existir a motivação do impeachment”, afirmou.O novo tom agrada muito mais os governistas, que vão ter que enfrentar as discussões das pedaladas do ano passado na Comissão Mista de Orçamento.

A comissão escolheu o senador Acir Gurgacz como relator do processo das contas da presidente Dilma rejeitadas pelo Tribunal de Contas da União. Líder do PDT, ele responde a processo no Supremo por estelionato e crime financeiro.

O senador Acir Gurgacz disse que a ação no Supremo não é contra ele, mas contra uma empresa, de que ele tem 0,5% de participação. Gurgacz disse ainda que as supostas irregularidades ocorreram quando ele não era senador e que já estava afastado das atividades na empresa.

EIS A FICHA DO SENADOR, SEGUNDO O SITE EXCELÊNCIAS:

STF - Inquérito nº 2973/2010 - É alvo de inquérito que apura falsificação de documentos, "lavagem" ou ocultação de bens e crimes contra o sistema financeiro nacional. A denúncia foi recebida em relação aos crimes de estelionato, obtenção de financiamento mediante fraude e aplicação de recursos oriundos de financiamento de instituição financeira para finalidades diferentes do que previa o contrato ou lei correspondente.
STF - Inquérito nº 3348/2011 - É alvo de inquérito que apura irregularidades em licitações.
TRF-1 Subseção Judiciária de Ji-Paraná - Processo nº 2010.41.01.000358-4 - É alvo de ação de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público Federal.
É alvo de ações de execução de título judicial movidas pelo estado de Rondônia e pelo Ministério Público Estadual:
TJ-RO Comarca de Porto Velho - Processo nº 0163650-14.1998.8.22.0001 - A empresa da sua família foi condenada a ressarcir os valores pagos pelo estado em convênio irregular e sem prévia licitação.
TJ-RO - Comarca de Porto Velho - Processo nº 0109933-38.2008.8.22.0001 - Foi condenado por improbidade administrativa pelo recebimento de verbas para a prestação de serviços que a empresa de sua família não realizou.
TRE-RO - Processo nº 872376181.2008.622.0000 - As contas referentes ao exercício financeiro de 2007 do PDT foram rejeitadas, quando o parlamentar era presidente estadual do partido.
TCU - Acórdão nº 361/2002 - Foi multado por não ter colaborado com diligências referentes a irregularidades em convênio firmado entre a prefeitura de Ji-Paraná e o extinto Ministério da Integração Regional. O Parlamentar recorreu, mas a decisão foi mantida: TCU - Acórdão nº 65/2006. A União Federal move o processo de execução acordado: TRF-1 Subseção Judiciária de Ji-Paraná - Processo nº 2009.41.01.003618-1.
Foi responsabilizado pelo Tribunal de Contas do estado por atos irregulares cometidos quando prefeito - alguns casos listados abaixo:
TCE-RO - Acórdão nº 74/2007. Recorreu da decisão, que foi mantida: TCE-RO - Decisão nº 102/2008.
TCE-RO - Acórdão nº 30/2007. Recorreu da decisão, que foi mantida: TCE-RO - Decisão nº 308/2014.
TCE-RO - Acórdão nº 84/2007
STF - Inquérito nº 2973/2010 - É alvo de inquérito que apura falsificação de documentos, "lavagem" ou ocultação de bens e crimes contra o sistema financeiro nacional. A denúncia foi recebida em relação aos crimes de estelionato, obtenção de financiamento mediante fraude e aplicação de recursos oriundos de financiamento de instituição financeira para finalidades diferentes do que previa o contrato ou lei correspondente.

17 comentários

O juiz Sérgio Moro instruiu o Cunha, tudo que você disser ou todos os passos que você contar, o inimigo vai ficar sabendo! Faça uma coisa e realize o contrário e vai pegá-lo desprevenido! Bico calado da próxima!!!

Reply



Só na bala. Quem se habilita? Tô aqui ainda.!!!.

Reply

Pelo "descurrículo" do novo relator ele deveria é estar preso. Infelizmente o Brasil é o país dos bandidos públicos.

Reply

Coroné, moro em Mato grosso e conheço bem Rondônia, conheço a fama desse cara, vamos fazer uma campanha ,se ele defender essa terrorista, vamos fazer uma campanha aqui no MT e em Rondônia, para quem não gosta dos petralhas,não viajar em seus ônibus, sendo que o mesmo e dono da Eucatur viagens e Turismo, que liga Mato grosso e Rondônia ao Sul do país,Paraná,S.Catarina e Rio Grande do Sul, esses políticos só entendem uma coisa, quando perdem dinheiro, seu bolso e afetado, .

Reply

A ficha do sua Excia é de dar inveja ao Marcola e Fernandinho Beira-mar. Com certeza é o guru dessa turma.

Reply
Despetralhando mod

A Ficha corrida deste sabujo é muito maior que seu CUrriculo, ou seja, seu RABO é maior que o corpo.

Reply

Cel
Cadê o camburão? Isto é que é ficha corrida, né.
Esther

Reply

Moro em Cascavel e conheço bem. Familia muito rica. Dona de metade da cidade. O pai dele fez uma universidade que tem um grande hospital.

Reply

Porque essa cara ainda não está preso e ainda tem a tarefa de blindar a Dilma nos seus atos administrativos criminosos no governo?

QUE BOSTA DE JUSTIÇA TEMOS HOJE NO BRASIL? QUEM VAI EXTERMINAR OS BANDIDOS TOGADOS QUE PERMITEM ISSO?

Reply

Nossa, acho que ser estelionatário e criminoso é condição "sine qua non" para se pleitear um cargo na quadrilha petralha. Gente normal, com ficha limpa eles rejeitam!

Reply

Com uma ficha suja dessas ele nem deveria mais ser senador, e sim estar preso há muito tempo. Oh! esse dedo podre do pt - sempre escolhem o pior dentre os piores. Também, para defender o indefensável, só mesmo ele.

Reply

Esse BANDIDO foi escilhido por quempara ser o relator? O povo deve acertar contas com ele.

Reply

Tem gente que gosta do perigo, de ficar brincando com fogo!

Reply

Mais um ficha-suja para um desgoverno ficha-suja.

Coerente!

Reply


Se o STF, TSE e caterva continuarem neste estado de orgasmo, com a Dilma e Lula usando o fiofó deles para destruir o Brasil e sendo aparados por esses bandidos togados estuprados e felizes, só vai restar ao povo, vítima de um governo e justiça parceiros nos crimes, fazer justiça com as próprias mãos. Parece que está na iminência de acontecer, porque o povo não aguenta mais o sofrimento pelo desemprego, recessão, carestia, sem atendimento na saúde, na educação, na segurança, etc ....

Reply

A oposição não pode aceitar isso. Tem de cassar este Senador. Até falsificação de documentos!!?? O que estão esperando para prendê-lo. Aja oposição este bandido não pode ser o relator.

Reply

A oposição não pode aceitar isso. Tem de cassar este Senador. Até falsificação de documentos!!?? O que estão esperando para prendê-lo. Aja oposição este bandido não pode ser o relator.

Reply