Dilma fecha 1,24 milhão de empregos formais em um ano.

(Estado) No mês de setembro, o Brasil fechou 95.602 vagas formais de emprego, segundo informou nesta sexta-feira, 23, o Ministério do Trabalho e Emprego e Previdência Social, o pior resultado para o mês da série histórica iniciada em 1992. Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) são fruto de 1.326.735 admissões e 1.422.337 demissões. No acumulado dos últimos 12 meses, o País fechou 1,24 milhão de vagas. 

O resultado foi muito inferior ao registrado em setembro do ano passado, quando ficou positivo em 123.785 vagas pela série sem ajuste. Desde janeiro deste ano, o saldo de postos fechados é de 657,8 mil. Os dados são sem ajuste, ou seja, não incluem as informações passadas pelas empresas fora do prazo.

Os dados relativos ao mês passado são os primeiros divulgados sob a gestão de Miguel Rossetto à frente da pasta que fundiu Trabalho e Emprego e Previdência Social. O ministro optou por não conceder coletiva de imprensa para comentar os números.

O resultado ficou perto do teto das expectativas do mercado para o mês passado. De acordo com levantamento do AE Projeções, serviço da Agência Estado, apurado com 20 participantes, a expectativa era que o mercado de trabalho com carteira assinada tivesse retração de vagas em setembro, com resultado negativo entre 45.000 a 102.510, sem ajuste. O resultado foi pior que a mediana apurada, que esperava um corte de 61.500 postos de emprego formal no período.

Setores. O setor de serviços foi o responsável pelo maior número de vagas formais de trabalho fechadas em setembro. No total, foram encerradas 33.535 posto no setor. O número é resultado de 530.846 admissões e 564.381 desligamentos no período.

Todos os setores da economia fecharam vagas no mês passado. O segundo maior responsável por fechamento de postos no mês passado foi a construção civil, com saldo negativo de 28.221. O comércio encerrou 17.253, seguido da indústria de transformação, com menos 10.915. 

Tradicionalmente com saldo positivo, mesmo enquanto outros setores demitiam, a agricultura fechou 3.246 vagas no mês passado. Já a administração pública registrou retração de 1.088 postos de emprego formal.

"Já era esperada uma deterioração em serviços, mas o resultado veio bem pior do que esperávamos", disse o economista Thiago Biscuola, da RC Consultores. Para ele, a baixa expectativa do comércio para as vendas de fim de ano afetou a geração de empregos formais no segmento em setembro. "Se o comerciante espera um Natal fraco, ele não vai contratar. E setembro costuma ser mês de contratação para as empresas que se preparam para o movimento maior de fim de ano", disse.

Biscuola também disse que, além de as empresas estarem demitindo mais, elas estão postergando contratações em razão das incertezas da economia. "Há problema de confiança. Por mais que muitos empresários não saibam qual é o impacto da piora fiscal do governo em seus negócios, eles veem os juros subindo e sentem mais dificuldade para conseguir crédito. Isso afeta a confiança e ele evita contratar", afirmou.

10 comentários

"Caminhoneiros se unem a movimentos contra o governo e anunciam que vão parar o Brasil até Dilma cair"

http://www.folhapolitica.org/2015/10/caminhoneiros-se-unem-movimentos-contra.html#more

Reply

perda de empregos:será que a presidenta sabe disto?

Reply

Ainda é pouco para derrubar a quadrilha do poder!!! Seriam necessários uns 30% de desempregados, ou seja, o triplo do atual!! Lembrando sempre que O POVO, EM SUA MAIORIA, NÃO LIGA PARA CORRUPÇÃO, pois é "farinha do mesmo saco" de onde saíram os políticos!!!

Reply

Aiii coronel... Será que ele tá correndo com medo da peaaa...

Lula não quer mais ser candidato a presidente! A nação agradece

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sinalizou na manhã desta sexta-feira, 23, que não quer ser candidato à Presidência em 2018.
Em entrevista à Radio Metropolitana, de Salvador, Lula disse que gostou de ser presidente, mas que não tem saudades.
“É bom ser presidente, eu gostei, mas gostei porque deu certo. Espero que a gente crie condições de ter outros candidatos. Eu já estou com 70 anos, vou fazer terça-feira (27). Por mais que eu esteja bem e estou bem, sei que não tenho mais o vigor físico que eu tinha aos 55 anos”, disse o ex-presidente.
“Sou muito pragmático em Brasília, sinceramente gostaria que não fosse eu o candidato outra vez. Gostaria que nós tivéssemos uma pessoa mais nova, mais competente. O Brasil precisa de novas lideranças”, completou

http://www.robsonpiresxerife.com/notas/lula-nao-quer-mais-ser-candidato-a-presidente-a-nacao-agradece/

Reply

Jamais esquecer que Dilma é uma invenção de Lula. Depois de tê-la como ministra por 8 anos, ele, Lula, a elegeu. E nós, brasileiros, estamos vendo a situação cada dia pior.


Reply

Coronel, bom dia.
Li em excelente texto, o qual envio o Link. Se algum colega comentarista interessar, ou mesmo o senhor, acesse-o, é muito bom. Obrigado.

http://www.sociedademilitar.com.br/wp/2015/10/julgamento-de-lideres-de-esquerda-que-causaram-2-milhoes-de-mortes-afinal-voce-e-de-direita-ou-nao-por-que-a-imprensa-brasileira-reduz-a-importancia-de-um-dos-maiores-julgame.html

Reply

Dilma é vaiada na abertura dos "Jogos Indígenas"!
https://www.youtube.com/watch?v=jieaciXqCfg

Reply

Urgente: Promotor Venezuelano foge da ditadura de Maduro e exporá farsa da condenação de Leopoldo Lopez. O império do mal finalmente está sob ataque. http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2015/10/1698091-promotor-promete-revelar-manipulacao-no-caso-leopoldo-lopez.shtml

Reply

Vai dilma, vai pete. Destruam o que resta do país para governar sobre a massa falida.

Reply

Enquanto Dilma não for afastada de seu desastroso governo, o desemprego aumentará cada vez mais. Ela quis "gerenciar" a economia brasileira e, incompetente como é, jogou Brasil no abismo, de onde só será resgatado à custa de muito sacrifício para toda a população. Que o nosso povo aprenda a lição e nas próximas eleições seja mais esperto ... não acreditando em candidatos do PT/PMDB e aliados, que prometem o céu mas entregam o inferno que hoje estamos vivendo. E para ACELERAR o processo de IMPEACHMENT da Dilma, é fundamental que o POVO saia às ruas e se MANIFESTE !!!

Reply