Urgência na Câmara para votar contas de ex-presidentes, abrindo espaço para julgar Dilma.

(O Globo) A Câmara aprovou nesta terça-feira o regime de urgência para análise dos quatro projetos de decreto legislativo que recomendam a aprovação de contas da Presidência da República de anos anteriores. Há na lista uma conta do ex-presidente Itamar Franco, uma do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e duas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A intenção do presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), é votar essas contas até o final desta semana para deixar livre o caminho para a apreciação das contas da presidente Dilma Rousseff, que podem ser rejeitadas pelo Tribunal de Contas da União.

Cunha anunciou que ainda não há decisão sobre o que fazer com contas que têm parecer pela rejeição, como é o caso de uma do ex-presidente Fernando Collor. Ainda há dúvidas sobre como proceder quando uma das Casas rejeitar as contas na votação.

A presidente da Comissão Mista de Orçamento, senadora Rose de Freitas (PMDB-ES) afirmou que, constitucionalmente, as contas têm que passar primeiro pela comissão. Rose também defendeu que as contas sejam julgadas em sessão do Congresso Nacional e não separadamente em cada uma das Casas, como defende Cunha.

– As contas têm que passar pela CMO e entregaremos à mesa do Congresso Nacional. Qualquer atropelo, recorreremos ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) e ao Supremo, se necessário – disse Rose de Freitas.

O presidente da Câmara, no entanto, reafirmou que julgará as contas pendentes na Casa esta semana.– As contas serão votadas numa Casa e na outra. Não há que se discutir esse rito – disse Cunha. A oposição aposta na rejeição das contas de Dilma Rousseff para iniciar um processo por crime de responsabilidade contra a presidente no Congresso.

ÂNIMOS ACIRRADOS NA CÂMARA
Em discurso inflamado na tribuna da Câmara, na noite desta terça-feira, e com dedo em riste, o deputado Silvio Costa (PSC-PE), um dos vice-líderes do governo, fez um duro ataque ao presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). O parlamentar, em seu discurso de dois minutos, criticou Cunha por acelerar a votação das contas dos ex-presidente da República, que não foram apreciada até hoje, só para atingir a presidente Dilma Rousseff. Com o cumprimento da votação dessas contas — que envolvem desde o período de Itamar Franco (1992-1994) — estaria aberto o caminho para se julgar as da petista, de 2014, sob apreciação do Tribunal de Contas da União (TCU), também atacado por Costa.

— Pegar a conta passada (dos ex-presidentes) para votar agora e chegar lá na frente votar a da Dilma é questão pessoal do seu emocional. Tá errado. E Vossa Excelência vai se dar mal. Com seu jeito arrogante, petulante, ditador e burro, não vai chegar a lugar nenhum — disse Silvio Costa, que criticou a presença do ministro Augusto Nardes, relator das contas de Dilma no TCU, no Congresso, pedindo pressa na apreciação das gestões dos ex-presidentes.

— É uma vergonha para a Câmara ser pautada por um TCU pichado, que tem dois ministros na Operação Lava-Jato. Querem pautar hoje isso para votar as contas da Dilma mais na frente. Se Vossa Excelência quer no pessoal, vou no pessoal. Não vou aliviar. Vossa Excelência envergonha essa casa — disse Costa.

Enquanto o parlamentar o criticava, Cunha olhava para outro lado do plenário, no sentido oposto. — Não me interessa se vai prestar atenção ou não. Estou me lixando para Vossa Excelência. Sinceramente, o cara pega o cargo da Casa para transformar numa questão pessoal — afirmou.
Ao fim do discurso de Costa, Cunha deu sequência normal à sessão, sem responder ao colega.

18 comentários

Tribunal de Contas ,manda vasculhar as contas desse puxa saco do PSC,esta muito preocupado em defender o indefencavel que sao as contas do Lula e Dilma.

Reply

Bom dia meu Amor! Beijos e tatá apertado

Reply

Eduardo Cunha tem se comportado do forma afoita, mas é bom que apareçam doidos assim, para tomar medidas radicais, já que os que são bunda moles não fizeram nada nesses 13 anos.

Às vezes um pouco de pirotecnia ajuda a muvuca avançar!

Falar em pirotecnia, a chegada do Dirceu em Curitiba valeu o espetáculo, merecido pelo zé caroço, GRANDE ASTRO DO CRIME.

https://www.youtube.com/watch?v=09CKvEmLmD8

https://www.youtube.com/watch?v=D0CKCw4s1zg


Agora, se com o Zé Dirceu o povo demonstrou tanta mágoa, dá a impressão o Lula chegar, o povo vai linchar!

Reply

fez muito bem, essas porcarias não merecem sequer resposta, quanto mais atenção.

Reply

Acontece que as contas do Presidente Fernando Henrique ja foram julgadas em 2002.So quando o Lula se tornou presidente que nunca mais a Camara,recebeu nada para julgar.O PT impestivamente no momento de insanidade mental para tumultuar exigiu essa palhacada.

Reply

deve ser divulgado, com louvor, o brilhante projeto de lei do jovem senador josé medeiros PPS_MT, onde estabelece que os ladrões e corruptos tem que comprovar a origem do dinheiro que paga os altíssimos honorários cobrados pelos advogados que os defendem. portanto, o advogado não precisa declarar nada, mas o ladrão preso, sim ! basta saber, quantos senadores vão apoiar esse projeto de lei ! divulguem !

Reply

Questão pessoal? Então o Presidente da Câmara deve fechar olhos e ouvidos para a indignação e a vergonha que passa o Povo Brasileiro com este desastre de governo PTralha da terrorista dima?? Será que a Câmara Federal não deve passar de um "puxadinho" do Planalto? Quem envergonha seus eleitores, o Legislativo e a si próprio é o Dep silvio costa pela covardia, interesses escusos e subordinação venal aos bandido do PT.

Reply

Isso,Cunha, é assim que faz.Não dê papo a essa gente que só quer tumultuar.Se é para o bem da Nação que se dane o resto.Estamos com você.

Reply

"Mercadante admite que Lava Jato afeta economia."

Bandido que é bom mesmo escolhe sempre a melhor frase de efeito para usar.
Cara de pau, pra tirar o 'C&ˆ%$u' da quadrilha dele da reta ele inverte a verdade.
Os roubos do governo Lula e Dilma acabaram com a economia e com o Brasil, daí vem um militonto tentar disfarçar e fala que é a 'lava jato' a criminosa!!!! Pqp!

Reply

Esses caras do PT nem merecem respostas, Cunha fez muito bem!

Reply

Muito bom Eduardo Cunha continue a nos surpreender,o povo agradece.

Reply

Só uma perguntinha?
QUANDO É MESMO QUE O CUNHA ASSUMIU?
AH! SEU MELA CUECA! VOCÊ TA E QUERENDO É SALVAR A SUA PELE MAIS A FRENTE.
Parabéns Cunha
VOCÊ ENTROU COM TUDO
E ISSO AI; PAU NA MÁQUINA.
DA MOLEZA NÃO.MOSTRE QUE VOCÊ É MAIS
ISSO QUE DOI A CÂMARA FOI UM LIXO
PONHA OS HOMENS PARA TRABALHAR.
Hahaha Ô SEUS CARAS DE PAU DO PTISMO
"DEIXA O HOMEM TRABALHAR"
HAHAHA

Reply

POLITICALHA CANALHA

Reply

Vota logo essas maracutaias, põe essa Dilma logo pra correr. Se não fizeram outra coisa nesses 13 anos a não ser mutretas e desvios, que tentam esconder a todo custo, se esse juízes tiverem a desfaçatez de aceitar essas mutretas, quem tem que perder os cargos são eles.

Reply

acelera Cunha, a agua da lavajato estah chegando.............

Reply

Continue na sua nobre missão de desempoleirar Dilma e essa praga chamada regime comunista - desgraça maior não existe!
A miséria está tão feroz na Venezuela que os cidadãos de lá estão disputando gêneros como nos acampamentos da ONU: só os fortes levam vantagem, tudo no braço, com vários videos!
Essa imundicie é o que o PT quer para o Brasil!
Qual é a de vocês do PT, agora com nem 7% de aprovação, querendo fazer do povo brasileiro burros de carga seus?

Reply

Petralhas nunca mais merece respeito e credibilidade.

Reply

Faça sua parte:
gabpres@tcu.gov.br,
min-rc@tcu.gov.br,
min-war@tcu.gov.br,
min-bz@tcu.gov.br,
min-an@tcu.gov.br,
MIN-JM@tcu.gov.br,
min-aa@tcu.gov.br,
brunodantas@tcu.gov.br,
vitalrf@tcu.gov.br,
min-asc@tcu.gov.br,
min-mbc@tcu.gov.br,
MIN-ALC@tcu.gov.br,
MIN-WDO@tcu.gov.br

Excelentíssimos Senhores Ministros do Tribunal de Contas da União,

O Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul, estado em que vivo, recentemente julgou as contas de mandato do ex-governador Tarso Genro (PT). O procurador-geral do Ministério Público de Contas pediu a rejeição das contas do ex-governador baseado em quarenta e três irregularidades, algumas muito graves como abertura de créditos sem indicação de origem dos recursos, afrontando a responsabilidade na gestão fiscal. A despeito do volume de irregularidades o Tribunal de Contas do Estado emitiu parecer pela aprovação das contas do ex-governador. Não só isso, o relator derreteu-se em elogios à gestão do ex-governador onde, apesar de reconhecer algumas falhas, identifica vários avanços em áreas do interesse público.

Bem, nós gaúchos estamos sentindo neste momento os "avanços" do governo Tarso Genro. Não há dinheiro para nada no estado, nem para pagar o funcionalismo público. Estes estão recebendo seus salários parcelados, e não há previsão para se restaurar a normalidade. O governo anterior prometeu aumentos acima da inflação para o funcionalismo, que o governo atual não tem como pagar. Enfim, tratou as contas públicas com total irresponsabilidade, jogando nós gaúchos à mercê de nossa própria sorte.

E como fica a decisão do Tribunal de Contas do Estado frente a tudo isso? A decisão torna este tribunal irrelevante, pois decidiram de forma descolada da realidade. Há 24 anos este tribunal aprova qualquer conta de qualquer governo. Criou-se o precedente de que governos podem agir de forma irresponsável, pois sabem que a impunidade os aguarda. Quem mais sofre com isto é a população, vítima dos arroubos populistas de governos passados. Sofrem também as instituições, que se tornam irrelevantes e perdem valor frente a decisões deste tipo.

A vez da prova chega para o Tribunal de Contas da União, quando julga as contas da presidente Dilma para o exercício de 2014, quando é público e notório que a Lei de Responsabilidade Fiscal foi agredida sem piedade. Peço, como brasileiro, que os senhores ministros emitam parecer pela reprovação das contas da presidente. Não se tornem irrelevantes como o Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul, e ajudem com sua decisão a evitar que futuros governos voltem a vitimar a população com suas decisões irresponsáveis baseadas em seus próprios interesses.

Respeitosamente,

Reply