Alckmin não vê motivos para impeachment. Prefere aguardar. De preferência até 2018.

Alckmin deu entrevista. E como sempre falou aquelas obviedades. A obviedade de agora é que o PSDB deve aguardar as investigações, como se alguém do partido estivesse pregando cassar a Dilma sem provas. Enquanto Aécio, FHC e a maioria do partido pregam apoiar, exigir ou pressionar as investigações para um impeachment, Alckmin prefere aguardar. Na verdade, quer aguardar até 2018 com Dilma no governo, para que possa ser candidato à presidência sem problemas. A matéria a seguir é do Estado. 

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), disse que ainda não ha motivo para o impeachment da presidente Dilma Rousseff. "Hoje não existe uma proposta. É preciso ter uma proposta e sua base. Que há uma crise no País, isso é fato, agora você tem trâmites que devem ser seguidos", disse ele nesta terça, 18, no Palácio dos Bandeirantes.

Diferentemente do posicionamento do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), que sugeriu à Dilma que renunciasse por um "gesto de grandeza", Alckmin diz apenas que seu partido deve aguardar o resultado das investigações em curso. "Renúncia é decisão pessoal, isso não cabe comentar. Você vai fazer o impeachment com base no parecer do Tribunal de Contas da União, mas ninguém conhece ainda o parecer. O parecer não existe". 

Para Alckmin, embora haja uma "grave crise econômica, fimanceira, política e ética", o momento é de apuração dos fatos que envolvem o PT e a presidente. "O que eu defendo? Investigação, investigação, investigação e o cumprimento da Constituição. Então se surgir uma proposta de impeachment, o meu partido tem o dever de analisar e votar. Eu já votei a favor do impeachment no caso do presidente Collor, quando era deputado federal. Mas hoje não existe uma proposta". 

Para o tucano, novos desdobramentos das investigações deverão surgir. "O PSDB é um partido de oposição, temos que ter o foco na investigação, que eu acho que vai mais longe. Veja que era só a Petrobrás, aí já passou para a área eletronuclear, aí passou para a área elétrica, agora começa o BNDES".

Embora seus colegas de partido, senadores Aécio Neves e José Serra tenham participado das manifestações do último domingo que pediam o impeachment da presidente, o governador paulista ressaltou que o PSDB nada pode fazer por enquanto senão esperar. "Tem duas questões andando simultaneamente: uma denúncia no Tribunal Superior Eleitoral, que cabe aguardar, pois não interferimos no TSE, e outra no TCU, que também tem que aguardar".

14 comentários

Toda admiração antiga que eu tinha do Alkimin foi para o espaço!!!!!!

Reply

Estou cansada deste papo frouxo do picolé de chuchu.

Ele já está cansando seus eleitores com esta lengalenga. Meu voto já perdeu.

FIQUE CALADO, ALCKMIN!

Sou Aécio 45!!!!


Chris/SP

Reply

Alckmin serah em breve foco das manifestacoes como Renan e Janot. Na proxima eu jah vou levar um cartaz com o nome dele junto com Lula,Dilma, Alckmin e Renan.

Reply
Ferreira Pena mod

Coronel, não será Alckmim o tal do PSDB citado no grampo da PFL que flagrou o telefonema do vigarista?

Reply

Vou lhes apresentar o baba-ovo do PT: G Alckmin; o peessedebista de alma petista!

Reply

Alguém tem de avisar ao chuchu que o país já está quebrado e não aguenta esperar até 2018, por mudanças. Egoísmo tem limites ou ele quer governar para uma terra arrasada.

Reply

Tudo bem, meu querido Governador, mas........e o aumento dos professores? 2018 está quase chegando!!!!!!!!

Reply

Cel.

Esse pode esquecer 2018.

Toloco

Reply

O único candidato ao palácio do Planalto-Aécio Neves!

Reply

Chuchu: se ele for candidato é a única chance de lula se eleger em 2018 (Alckmin foi o único candidato na história a ter menos votos no segundo turno que no primeiro; eleição de 2006, com dois milhões e meio de votos a menos).

Reply

Coronel,

agora o picolé de chuchu (ou seria xuxu - lembrando algo "tipo" Xuxa... que odeia os baixinhos, mas vive deles!) diz que "renúncia" é algo pessoal.

Inacreditável a imbecilidade desse sujeito.

ADEUS ALCKIMIN!
ADEUS ÁLVARO DIAS!

Ambos morreram para a população pensante e votante.

Ah... ADEUS SERRA!

Flor Lilás

Reply

No jornal globo news, assistir a declaracao so a favor da investigacao,investigacao,investigao e que a Constituicao seja cumprida"

Reply
Ferreira Pena mod

Tomando uma dose de 51?, não acredito que Alckmin aderiu ao gosto de Lula, essa falta de vergonha em pessoa que afundou o país.

Reply

Votei a vida inteira nesse merda que agora vejo coloca sua ganância por poder acima dos interesses nacionais.

NUNCA MAIS VOTO NESSE VERME !!

Reply