Especialidade de Lula: vender contratos superfaturados para a Odebrecht a governos africanos e bolivarianos, muitas vezes com financiamento do BNDES. EUA monitoraram e viram suspeitas de corrupção.


(Estado) A diplomacia americana monitorou os negócios da empreiteira brasileira Odebrecht no exterior e apontou para suspeitas de corrupção em obras espalhadas pelo mundo na segunda gestão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Presidência (2007-2010).

Telegramas confidenciais do Departamento de Estado norte-americano revelados pelo grupo WikiLeaks relatam ações da empresa brasileira e suas relações com governantes estrangeiros. Lula é citado em iniciativas para defender os interesses da Odebrecht no exterior. No dia 21 de outubro de 2008, a embaixada americana em Quito (Equador) descreve a pressão imposta sobre as empresas brasileiras pelo presidente daquele país, Rafael Correa. O governo equatoriano ameaçava expulsar tanto a Odebrecht quanto a Petrobrás, alegando descumprimento de contratos.

A embaixada americana em Quito, porém, alerta ao Departamento de Estado dos EUA que o motivo da pressão seria outro: corrupção. “Alfredo Vera, chefe da Secretaria Anticorrupção do Equador, levantou questões sobre os preços e financiamento dos contratos da Odebrecht”, indicou o telegrama.

“Apesar de não termos informações de bastidores no projeto San Francisco (usina), o posto ouviu alegações com credibilidade de corrupção envolvendo o projeto de irrigação da Odebrecht em Manabi de um ex-ministro de Finanças que se recusou a assinar os documentos do projeto diante de suas preocupações sobre a corrupção”, afirmaram os EUA.

Outro alerta feito nos bastidores aos americanos se referia às condições do empréstimo do BNDES, para o mesmo projeto. “O posto também ouviu preocupações de um funcionário do Banco Central sobre termos desfavoráveis nos empréstimos do BNDES que apoiariam o projeto de irrigação”, constata o telegrama. Segundo os EUA, ambos problemas teriam ocorrido em 2006, no último ano do governo de Alfredo Palácio. “Apesar de não termos a história completa da ira de Correa contra a Odebrecht, suspeitamos que a corrupção e a pobre construção da empresa amplamente devem explicar suas ações (em relação a Correa)”, indicou a diplomacia.

Lula. Um ano depois, num telegrama de 5 de outubro de 2009, a embaixada americana no Panamá relata a Washington a situação delicada que vivia o então presidente local, Ricardo Martinelli. Numa conversa entre os diplomatas e um ministro do governo, Jimmy Papadimitriu, os americanos são alertados de que um escândalo de corrupção estaria prestes a eclodir, envolvendo a Odebrecht.

“O administrador da campanha de Martinelli, e hoje ministro da presidência, Jimmy Papadimitriu, disse à Emboff (sigla em inglês para “oficial da embaixada”) que notícias estavam a ponto de sair de que Martinelli recebeu uma grande contribuição para sua campanha da construtora brasileira Odebrecht, que estava conduzindo várias grandes obras públicas no Panamá”, indicou o telegrama e que cita como Martinelli passou a ser alvo de ataques quando deu à empresa brasileira um contrato de US$ 60 milhões para a construção de uma estrada “sem licitação”.

Em 30 de outubro de 2007, outro telegrama apontou para as relações da Odebrecht com políticos estrangeiros. O caso se referia à viagem de Lula para Angola, naquele ano. A embaixada americana em Luanda escreveria naquele dia para Washington para descrever “uma produtiva visita de Lula”.


Segundo a mensagem, “a visita de Silva (Lula) ajudou a concluir um acordo entre a gigante construtora brasileira Odebrecht, a paraestatal angolana no setor do petróleo Sonangol, e a Damer, até então desconhecida empresa angolana, para construir uma usina capaz de produzir não apenas etanol para exportação, mas gerar 140 megawatts de eletricidade por ano pela queima de bagaço”.

O papel de Lula não é colocado em questão. Mas a diplomacia dos EUA levanta questões sobre a parceria fechada pela Odebrecht: “O acordo, chamado na imprensa de um entendimento entre a Sonangol e a Odebrecht, aloca 40% das ações para a Odebrecht, 20% para a Sonangol, e os restantes 40% para a Damer”. “Fontes na embaixada brasileira afirmaram que a Odebrecht foi “evasiva” quando questionada sobre a Damer, enquanto outras fontes apontam que a Damer está conectada com o presidente angolano (José Eduardo) dos Santos”.

A relação entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a empreiteira Odebrecht e o governo da Venezuela também foi alvo de um exame por parte da diplomacia norte-americana.Um telegrama enviado pela embaixada dos EUA em Caracas para o Departamento de Estado em 7 de dezembro de 2006 fala sobre como o apoio de Lula à campanha para a reeleição de Hugo Chávez “poderia parecer um passo diplomático errado, mas realmente foi simplesmente um bom negócio”.

O apoio de Lula ocorreu durante a inauguração da segunda ponte sobre o rio Orinoco, ligando os dois países naquele ano. Mas estaria ligado a licitações vencidas pela empresa brasileira. “A ponte foi construída pela empresa de construção brasileira Odebrecht e financiada pelo banco de desenvolvimento do Brasil, BNDES”, diz o telegrama. “Supostamente, ela custou à Venezuela entre US$ 1,1 bilhão e US$ 1,2 bilhão (supostamente 40% acima do orçamento) e planos já existem para uma ponte número 3”, indicou.

“Apesar de a Odebrecht ter também ‘vencido’ o contrato para a 3.ª ponte, pelo que sabemos não houve um processo de licitação”, indicam os americanos. No mesmo e-mail, a diplomacia dos EUA aponta como a Odebrecht também é a principal empresa nas obras das linhas 3 e 4 do metrô de Caracas.

Em 13 de novembro de 2007, outro telegrama voltava a falar das relações entre a Odebrecht a diplomacia venezuelana. Desta vez, o alerta havia partido do então senador Heráclito Fortes, ex-DEM e atualmente deputado pelo PSB do Piauí. No dia 5 de novembro, ele telefonou para o embaixador americano em Brasília, Clifford Sobel, para pedir para ter uma conversa “ao vivo” com o diplomata.“Ele pediu um encontro urgente para levantar um assunto que ele não poderia falar pelo telefone”, explicou o telegrama.

O assunto era a relação entre Venezuela, Irã, Rússia e o governo brasileiro. Fortes explicaria no encontro com o embaixador que “a diplomacia oficial venezuelana é cada vez mais comercial, com enormes contratos para empresas como a gigante brasileira Odebrecht, que então faria lobby pela Venezuela”.

24 comentários

Lula Ladrão! Teu lugar é na prisão!

Reply

Lula é um mafioso Internacional, caso para Interpol!

Gabriel-DF

Reply

Ah, mas a imprensa, em especial a televisiva, toda assanhada continua focando a performance do Brasil destacando que Toronto esta' encantada com a simpatia dos brasileiros. Sao 32 medalhas de ouro, apenas 7 a mais que a Colombia e 37 a menos que os insuperaveis EUA; sobre corrupcao a noticia bem escamoteada e' a ''jato''!

Reply

EU ACUSO AS FORÇAS ARMADAS DE TRAIÇÃO

A única chance de alguma correção para melhor que se apresentaria com suporte constitucional seria a chamada INTERVENÇÃO DO POVO, como FORÇA INSTITUINTE, num primeiro momento por meio das FFAA, conforme previsão do artigo 142 da Constituição Federal. Mas essa alternativa infelizmente é rechaçada pela maioria, principalmente pelos políticos e COMANDOS MILITARES que estão AJOELHADOS aos pés dos tiranos da política, ou mesmo sentados no “colo” desse GOVERNO ILEGÍTIMO, TIRANDO O MÁXIMO PROVEITO DE TODA ESSA SITUAÇÃO PARA SI PRÓPRIOS.

http://www.alertatotal.net/2015/07/eu-acuso-as-forcas-armadas-de-traicao.html



6

Reply

E o povo brasileiro, nada, nada, nada de acordar.

Reply

O problema desses bandidos do governo não é só a brilhante equipe MORO. Se os Estados Unidos acompanham o desgoverno brasileiro desde o tempo do Lula (até com escutas telefônicas), estão de prontidão e acompanhando o desenrolar dessa epopeia Lava Jato, aqui no Brasil. Com certeza com comprovações dos crimes cometidos por essa Organização Criminosa-PT. Provavelmente, no momento oportuno tomarão as devidas providências. Se não o fizeram ainda, deve ser para não queimar o filme antes da hora fatídica.
No ponto que as coisas já estão, esses comunistas corruptos e ladrões não terão nenhuma saída, já estão dominados, apesar dos esperneios e ranger de dentes.
Esse espetáculo de caça aos bandidos locupletados nas Instituições brasileiras, ainda vai longe, porque na sequência terão muitos outros crimes cometidos nesses 13 anos, que serão desbaratados.
Rogamos para que hoje não sobre nenhum verme desses, como condescendentemente, os militares deixaram sobrar.

Reply

Lula sempre foi mal visto, um ignorante mal educado e desonesto, mas era tanta a desfaçatez que a sociedade permaneceu catatônica, pasma e sem ação.

Porém, a não ser os interessados em levar vantagens, todos acreditava e aguardavam o dia em que ele seria pego.

Várias pessoas se pronunciavam com críticas ao pulha!

............................................

" A política do PT é a arte de pedir votos aos pobres, dinheiro aos ricos e mentir para ambos. Na realidade não sabem fazer mais nada na vida."

Isso foi dito por um homem de bem, trabalhador que gerou muitas riquezas ao País. ANTONIO ERMÍRIO DE MORAES - Empresário

Reply

Coronel,

Vomitei!!!

Desculpe-me!!

JulioK

Reply

Por isso, Dilma fez tanto barulho contra os americanos. Sabia que, se um dia isso fosse tornado público, o mundo viria abaixo. Que nojo dessa gente!

Reply

Marcelo Odebrecht é um arquivo vivo da corrupção nesses países. Tiranetes sanguinários podem apagá-lo.

Manso.

Reply

Urge que se abra a caixa preta do BNDES para que se estabeleça a ligação entre o cliente, o fornecedor, o lobista e o financiador (o pobre povo brasileiro)...

Reply

Lula é um dead man walking. Terá o mesmo fim do Getúlio. Anotem.

Reply

Follow the money...

Reply

E beber birita? e bolinar secretária mocréia?

+Marcelo F

Reply
fred oliveira mod

A podridão espalhada pela odebrecht e Lula pelo mundo. O planeta já está ficado de orelha em pé quando se fala em negócios com estes dois. O cerco vai apertar cada vez mais.

Reply

Qua maravilha!! O Brasil é um dos poucos (senão o único!) país do planeta que um semianalfabeto burro, feioso, vagabundo, bandido, asqueroso e que não serviria nem para limpar a privada de um norueguês consegue fazer tudo isto descrito neste post além de ter sido presidente por duas vezes e ainda ter eleito a sua sucessora para continuar a fazer merda. O brasileiro merece ser esmagado como uma barata para criar vergonha no focinho.

Reply

É O FIM DA PICADA!

OU NÓS ACABAMOS COM A REPÚBLICA DO PIXULECO, FUNDADA POR BARRACO O'BRAHMA, OU ELA ACABA COM O BRASIL! NÃO HÁ MAIS O QUE ESPERAR MAIS! VEJAM O QUE VAI ABAIXO

CONSELHO ACEITA REPRESENTAÇÃO CONTRA PROCURADOR QUE INVESTIGA LULA


O Conselho Nacional do Ministério Público admitiu reclamação feita pelo ex- presidente Luiz Inácio Lula da Silva pedindo a apuração da conduta do procurador da República no Distrito Federal Valtan Timbó Mendes Furtado

Furtado determinou a abertura de uma investigação criminal do ex-presidente por suspeita de tráfico de influência em favor da Odebrecht, no Brasil e no exterior, em obras financiadas pelo Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

A decisão foi tomada pelo corregedor nacional do Ministério Público, Alessandro Assad, que decidirá se vai pedir abertura de procedimento disciplinar contra o procurador. A Corregedoria deve solicitar nos próximos dias que Furtado apresente defesa.

Do Valor Econômico

Reply

Bastou que um delator citasse o nome do presidente Eduardo Cunha para que instaurasse o inquerito. Em relação ao cidadão Luis Inácio vários são os indicios de crime e nem por isso esse individuo, chefe da quadrilha, é indiciado. A denuncia feita pelos delatores somente tem credibilidade quando se referir aos simples mortais, não se aplicando ao "deus" Lula/lulinha.

Reply

OFF

Quatro Notas de Carlos Brickmann (publicado por Augusto Nunes)

(...)
“Dilma cai? Pode ser; depende de como a situação evoluir. Uma DATA DECISIVA será o DOMINGO, 16 DE AGOSTO o, dia marcado para as marchas FORA, DILMA. Muita gente nas ruas enfraquecerá a presidente. Se houver pouca gente, ela se fortalece. Mas, de qualquer modo, Dilma é frágil: a avaliação de seu governo, segundo a pesquisa CNT-MDA, divulgada pela Agência Brasil, estatal, continua caindo – de 10,8% para 7,7%, em julho. E 55,5% acreditam que a situação vai piorar.” (Carlos Brickmann)

http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/opiniao-2/depois-da-tempestade-vem-o-tufao-e-outras-quatro-notas-de-carlos-brickmann/


DIA 16/AGOSTO DATA DECISIVA, PARA O FORA, DILMA!

CONVIDEM SEUS AMIGOS, VIZINHOS E FAMILIARES! PRECISAMOS ENCHER AS RUAS DO BRASIL!!!



Chris/SP

Reply

Pensando na cara do Brahma, tomando vinho de primeira, viajando de jato particular, palestrando caca pra meia dúzia de desavisados e se achando gente, enquanto cometia erros primários, mundo afora. Otário.

Reply

E a Conexão Portugal??? Lá a imprensa não perde o foco e primeiro ministro já está na cadeia desde novembro e Lula sendo cotado como candidato, misericórdia?

"CONEXÃO PORTUGAL: LULA , JOSÉ DIRCEU, SÓCRATES E UMA INTRINCADA NEGOCIATA DE 7,5 BILHÕES DE EUROS. IMPRENSA PORTUGUESA DÁ AMPLO DESTAQUE ÀS INVESTIGAÇÕES."

"A imprensa portuguesa não perde o foco. Depois que a Lava Jato pediu ajuda às autoridades de Portugal para investigar as ligações entre Lula e José Sócrates, o ex-primeiro-ministro que está em prisão preventiva desde novembro do ano passado (sem colocar em risco o Estado de Direito), os jornais de lá vêm dando com destaque os detalhes do pedido e os seus desdobramentos."

http://aluizioamorim.blogspot.com.br/2015/07/conexao-portugal-lula-jose-dirceu.html

Reply

SUSPEITAS???????????!!!

O universo inteiro já sabe:

Lula é o maior LADRÃO da História da humanidade!!!!!!!!

Botem essse cachaceiro na CADEIA!!!!!!!!!!

Reply

Por isso a "gerentona(ninha)" ficou tão brava com os "americanus" ui ui ..achou que era sacanagem

Reply

Já, já, aparece em blog petista ou na tv aberta para relembrar o povo brasileiro que os zamericanus nos espionaram e feriram nosso orgulho soberano!
Se os EUA fizeram isso acham que a China, a Rússia ou qualquer outro país que seja potência mundial não fez o mesmo? Não nos espionou? Principalmente que desde FHC investimentos em segurança e nas FAA ficaram em quarto plano?
Graças a fama de querer se malandro e esperto, todos (até os aliados) desconfiam dos acordos feitos com o país. Você emprestaria uma quantia grande de dinheiro ou faria um investimento sem ter certeza de retorno ou garantia?
Só espero que o EUA coloquem a público essas gravações para ver se acordamos de vez!

Reply