A ameaça de Sibá, o ogro petista.

(Estadão) Numa contraofensiva aos partidos de oposição, integrantes da base aliada do governo pretendem apresentar na Câmara pedido de ampliação das investigações da CPI da Petrobrás para fatos ocorridos no período do governo de Fernando Henrique Cardoso. A iniciativa tem como base a delação premiada do ex-gerente de Serviços da estatal Pedro Barusco. Em depoimento no âmbito da Lava Jato, Barusco diz que recebeu propina desde 1997.

Na semana passada, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), autorizou a instalação da CPI proposta por integrantes da oposição para investigar desvios ocorridos na Petrobrás entre os anos de 2005 e 2015. O colegiado deve iniciar as atividades após o período do carnaval.

"Já está pronto. Temos assinaturas suficientes para estender a CPI da Petrobrás para o período de Fernando Henrique. Na instalação da CPI vamos apresentar o pedido do adendo", afirmou ao Broadcast Político, o líder do PT na Câmara, Sibá Machado (AC).

Segundo ele, o pedido de ampliação do período de investigação na CPI só não será apresentado se o PT obtiver "respostas positivas" das ações encaminhadas à Polícia Federal e ao Ministério Público Federal. O partido contesta que as investigações da Lava Jato que, segundo sua visão, se restringiram aos governos Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff.

"Dependendo das respostas do Ministério da Justiça, da Polícia Federal e do Ministério Público não precisamos de aditivo na CPI, ele morre", afirmou Sibá. Em entrevista realizada ontem, o presidente nacional do partido, Rui Falcão, anunciou medidas contra a força-tarefa da Operação Lava Jato e contra delatores do esquema. O partido pede que indícios de corrupção no governo do PSDB também sejam investigados. 

Segundo o líder do PT, a ofensiva na Câmara também tem como objetivo evitar o uso político da CPI por parte dos opositores. "Não queremos que essa CPI tome de conta do plenário. A oposição tem que entender que não vai parar o País por conta dessa CPI, não vamos topar. Vamos fazer da CPI o que ela é obrigada a fazer, mas não fazer dela uma contaminação para dentro do plenário", ressaltou Sibá.

Conexão. Procurado, o líder do PSDB na Câmara, Carlos Sampaio (SP), alegou que não há conexão dos fatos investigados pela força tarefa da Lava Jato e o pagamento de propina ocorrido desde 1997 na Petrobrás, relatado por Barusco no depoimento.

"Um adendo à CPI é possível única e exclusivamente se evidenciando que são fatos conexos. Evidente que não há conexão, basta a pessoa conhecer o processo. As decisões do Supremo Tribunal Federal são claras, tem que haver conexão. E se o juiz da causa não entendeu que havia conexão, só falta o PT achar que tem", rebateu o tucano.

O líder de oposição defendeu, entretanto, que Barusco seja ouvido no colegiado para dar esclarecimentos sobre os supostos desvios ocorridos no período do governo de FHC. "Se ele disser que esse esquema investigado pela Polícia Federal e o Ministério Público era o mesmo da época do Fernando Henrique Cardoso, nenhum problema, vamos investigar também na CPI", ressaltou. 

O tucano ironizou, entretanto, a estratégia dos petistas de apresentar um pedido de investigação na CPI e recorrer aos órgãos investigativos tendo como base o depoimento de Barusco. "O que é mais importante nisso tudo é que quando eles credibilizam o que o Pedro Barusco disse, eles confirmam que os 200 milhões de dólares foram para a conta do PT. Isso me deixa muito feliz", disse. 

No depoimento prestado à força-tarefa da Lava Jato, o ex-diretor da Petrobrás afirmou que o PT arrecadou até US$ 200 milhões em propinas por meio do esquema de corrupção e cartel na estatal.

26 comentários

O que pretendem com isso...destituir o ex-presidente FHC? Ou barganhar algum pedido de perdão judicial.

PT não sabe mais o que faz...afundaram!

Reply

Quer dizer que a petezada NÃO NEGA que o PT ROUBA a Petrobrás a 12 anos, eles querem é que se reconheça que os outros partidos também roubaram no passado antes do PT?

Reply

A Corja está perdidinha! Não sabem o que fazer. É o cúmulo da cara de pau: a gangue está a 12 anos no poder, o Petróleo se organizou no governo do PT, e eles ainda querem culpar o governo anterior!! Depois de 12 ANOS no poder. Vão lamber sabão!!!!

Reply

Realmente FHC e a pedra no sapato do PT “LULA” e PTRALHAS

Esses doze anos de desgoverno corruPTo PTista, atrasou o progresso do Brasil em TRINTA ANOS no mínimo. Só não enxergam aqueles já cegos pelo FANATISMO IDEOLÓGICO PARTIDÁRIO.

Essa quadrilha COMUNISTA PTISTA destruiu tudo de bom e produtivo que foi conquistado e construído em governos passados; agora só falta eles acabarem com o REAL (A grande FRUSTRAÇÃO, o maior COMPLEXO do LULA, foi o REAL não ter sido implantado no seu DESGOVERNO).

Acho que o PT quer acabar com o REAL para implantar o CORRUTPO$ ou a CA$CATA...

A GRANDE VERDADE e que: Se não fosse os militares o Brasil estava nas ESCURAS hoje...

Reply

A fotomontagem que ilustra a matéria esta ótima. KKKKKKKK

Reply

Relato do vidente pai-babala-o de insanan(i), para o dia 12/02/2023.

Relator do Pretolão no STF Ministro Jean Willys confirma sua tese de que delação premiada não pode ser usada contra agentes públicos progressistas, Ministros Kleber Bam-Bam, Sérgio Mallandro Netto e Preta Gil não compareceram. Com decisão o núcleo político do Petrolão foi absolvido restando condenações entre 20 e 30 anos para os empreiteiros, considerados únicos responsáveis pelo esquema.

Após re-eleição Presidente Lula, agradece à votação maciça no nordeste e indica ampliação do bolsa-família. Confirma ainda a criação do 100º Ministério, o da Conclusão das Obras Olímpicas Rio 2016, cargo deve ser ocupado por Delúbio Soares.

Ministro da Fazenda Luis Nassif organiza festa para lançamento da cédula de R$ 25 milhões de reais. Efígie da nota será o mascote Fuleco. Para abril, cogita-se o lançamento da nota de R$ 50 mi e R$ 75mi.

Porta-Voz da presidência da república David Brazil, fa-fa-fala qu-que-que-que innnnnfla-innnnnnnnnnfla-innnnnflação é prioridade do governo.

Ministro da Agricultura Roberto Requião comemora fim total de transgênicos em todo o território nacional. Ong’s aplaudem entusiasticamente o feito.

Déficit na balança comercial de alimentos é mistério para Governo, que segue importando feijão, soja, arroz, milho e capim da Islândia, Finlândia e Dinamarca.

Governador da Bahia Sérgio Gabrielli comemora número de homicídios durante carnaval em Salvador, foram apenas 15 mil em 04 dias, mas cria comissão para investigar homofobia na internet. “parece que o Danilo Gentili fez piada com viado de novo, é muita falta de sensibilidade com os baitola-frutinha”. Movimento LGBT apóia o governador.

Após perder a eleição para governo do Rio para Francisco Bosco pela 2ª vez, Marina Silva colhe assinaturas para fundar associação de moradores. “Agora vai” disse a sonhática.

PT aprova projeto de lei que proíbe o uso da palavra “oposição” em papeis públicos e particulares. Dicionaristas afirmam que medida é inócua vez que a palavra “oposição” já perdeu o sentido há muito tempo e já se encontra em desuso.

Prefeito de São Paulo Guilherme Boulos, estatiza Folha e Estadão e afirma: “Foram eles que nos alimentaram durantes anos e sabiam o que queríamos, permitiram que nós sabotássemos seus próprios alicerces e nunca escondemos nossa intenção e mesmo assim eles continuavam a se preocupar em parecer isentos e nos permitiam as maiores loucuras e absurdos contra eles próprios, então não podem alegar traição. Quem choca o ovo da serpente, não pode acusá-la de simplesmente ser o que realmente é.”

Eis o que tinha a relatar o babalorixá em sua clarevidência dos acontecimentos futuros.

Reply


Barusco tem que provar que a roubalheira começou em 1997.

Porque Lula não tomou nenhuma providência quando assumiu? Prevaricou? Porque não mandou investigar? Não sabia de nada?

Qualquer débil mental quando assume um negócio, a primeira ação é mandar auditar. Nenhuma auditoria?

Por quem Lula "foi traído" no mensalão?

O TCU alertou Lula e Lula mandou continuar com a roubalheira. Lula foi cúmplice e se omitiu de denunciar os fatos à Justiça.

Reply

Espero que os Congressistas se mantenham firmes no propósito de apuração desse pavoroso escândalo e fechem o leque de investigação a partir da delação dos 200 mil dólares, respondendo: quem, o que, para que, quando, onde e para quem. Se alguém quiser investigar o século passado, o retrasado ou algo na pré-história, que chame CPI própria.

Reply

Gente! Tem razão do Brasil estar assim desde que a máfia chegou ao poder. Não existe vida inteligente ali,é tudo burro feito porta e só para não variar colocam FHC na roda. É ridículo! Vocês precisam encontrar outro nome para malhar, ninguém aguenta mais a mesma ladainha e sem falar no carão recente com José Aníbal e Rodrigo Garcia.

Reply

Sempre disse que eles tem tara pelo FHC, e coisa de psicopatas!
acho que passa de um para outro, coisa de enrustidos.
alem de cadeia, eles tem que passar um tempo no manicomio se tratando

Luciana Fellows

Reply

O próprio Barusco disse que na época do FHC havia pagamento de propina, mas não tinha ligação com o governo. Infelizmente, corrupção existe há anos, não foi o PT quem criou. Ele aperfeiçoou, e muito! Cada vez que um petista abre a boca se enrola mais ainda...

Bia

Reply

Coisa de bocós. A fotomontagem faz jus ao personagem em questão.

Reply

ficou bonita, a foto. devia decorar o gabinete dele. lol

Reply

Meu pai sempre dizia estes ditados: "O peixe morre pela boca" "Boca fechada não entra Mosquito" e "Quem fala muito dá bom dia a cavalo".

Reply

Cel
Essa fixação no FHC é caso de hospício.
Esther

Reply

Por mim, que prendam todos os envolvidos.
Sou cidadão e de saco cheio de ser roubado.

Reply

Vão alegar que porteiros cobravam dos motoristas de caminhões uma "doação" para poder furar a fila de abastecimento nas refinarias. Fatos estes ocorridos no governo FHC. E ainda que a gasolina nos postos BR eram batizadas com outros produtos num esquema fraudulento montado pelos tucanos.

Reply


A foto lhe caiu muito bem, merece ser colocada no seu gabinete. Essa manobra não vai funcionar. Na verdade é uma oportunidade para a Comissão ouvir pessoalmente a confissão de Pedro Barusco de que entregou os 200 milhões de dólares para o tesoureiro do pt, Vacari e solicitar detalhes.

Reply

Safados esses petistas tinham e falam que iriam investigar tudo do FHC e nada fizeram. Aperfeiçoamento da corrupção foi o que fizeram filhos da P :-) t a.

Reply
César de Castro Silva mod

Coronel, essa foto o amigo jeque, que tantos serviços presta nas fazendas do interior.

Reply

FHC precisa ser mais incisivo e claro na sua própria defesa. Os petistas estaõ enchendo a rede com a informação de que tudo começou porque FHC mudou a lei de contratações na Petrobrás.

Reply

Essa mula está sempre como mosca em bosta. Vive sempre falando perda e matando em uma teta.

Reply

DOZE ANOS de governo do PT e não
investigaram NADA do governo FHC.
Inclusive tem video do LULA em 2003 discursando no Espirito Santo onde disse que o presidente que ele colocou no BNDES falou
a ele que tinha barbaridades no
banco. O que disse LULA ao presidente do BNDES?
DEIXA COMIGO!!! Está no video!!!
O que os governos do LULA e DILMA
investigaram? NADA, AGORA que está
aparecendo a ROUBALHEIRA DELES
querem "investigar" o FHC de 12 a
13 anos atrás? O que é prevaricação, não é deixar a coisa correr frouxo? Não foi o que o PT fez?

Reply
Despetralhando mod

Os petralhas são tão fraco (medíocres) que: Até para botar a pata na jaca, elles vão de cabeça.

Reply

Hilariante a foto de corpo inteiro do tal deputado,kkkkkkkkkkkkkk.

Reply

Este petista está na Câmara com quantos votos?Já esteve no Senado sem votos.Da nojo.

Reply