Petrolão: Dilma à beira do abismo.

O jornal O Estado de São Paulo publica, hoje, um editorial claro, cristalino, transparente, sem rodeios sobre a participação de Dilma Rousseff, como responsável, nos escândalos da Petrobras. O titulo é " Dilma sob fogo amigo". Leiam e divulguem.

Reportagem do Estado revela que, em defesa apresentada ao Tribunal de Contas da União (TCU) sobre sua participação no episódio da compra da Refinaria de Pasadena, no Texas, o ex-presidente da Petrobrás José Sérgio Gabrielli procura se eximir, e à Diretoria Executiva que comandava, de qualquer responsabilidade pelos azares da transação e argumenta que o Conselho de Administração da estatal, então presidido pela ministra-chefe da Casa Civil Dilma Rousseff, que autorizou a aquisição em 2006, deve ser responsabilizado pelos prejuízos decorrentes do contrato.

Gabrielli sugere ainda que todos os integrantes do Conselho em 2006 sejam ouvidos no processo e, a exemplo do que já ocorre com os membros da Diretoria Executiva, tenham seus patrimônios congelados. Trocando em miúdos, o ex-presidente da Petrobrás entende que Dilma Rousseff, na posição que então ocupava, foi a principal responsável pela compra sobrefaturada e pelo prejuízo de quase R$ 1 bilhão sofrido pela estatal apenas nessa ocasião.

Esse novo episódio do escândalo da Petrobrás é apenas mais um da intensa troca de fogo amigo dentro do lulopetismo, desde que se tornou inevitável que, a exemplo do que ocorreu com o mensalão, as investigações sobre a corrupção na maior estatal brasileira levem à barra dos tribunais, e certamente às grades, novo e seleto time de figurões do partido de Lula. Começou, portanto, a fase do salve-se quem puder.

O envolvimento da presidente da República no rumoroso escândalo da Petrobrás é mais do que provável. Não significa que Dilma Rousseff tenha entrado na partilha que beneficiou os sócios do enorme esquema de corrupção que a Operação Lava Jato do Ministério Público Federal (MPF), com apoio da Polícia Federal (PF), vem desvendando desde março do ano passado. A chefe do governo, infelizmente mais por palavras do que por atos, tem demonstrado repulsa pela ação de delinquentes travestidos de homens públicos que se dedicam à rapinagem do erário. Jamais seguiu o exemplo de seu antecessor e criador no tratamento complacente de notórios larápios, inclusive alguns investigados e presos pela Lava Jato.

Mas o fato é que a participação de Dilma na gestão da Petrobrás, pelo menos desde sua investidura no Ministério de Minas e Energia, nos primeiros dois anos e meio da era Lula, e depois na chefia da Casa Civil e na concomitante presidência do Conselho de Administração da estatal, até assumir seu primeiro mandato presidencial - toda essa experiência junto ao comando da petroleira, principalmente para uma "gerentona" considerada centralizadora, exigente e detalhista -, torna evidente duas coisas. A primeira é que é inconcebível que Dilma Rousseff não tivesse alguma noção do amplo, geral e irrestrito esquema de corrupção que atuava com desassombrado desembaraço nas entranhas da empresa tomada de assalto pelo PT e aliados. A segunda é que Dilma Rousseff, à luz fria da lei, é responsável pelos atos praticados sob sua gestão e supervisão.

É por isso que Dilma está envolvida no escândalo. Para fugir dessa evidência só lhe restaria o recurso - que a lei não acataria, por ser ela responsável por seus atos - de admitir publicamente que, como ministra, presidente do Conselho de Administração e presidente da República, jamais teve contato com a administração da maior estatal brasileira.

Não é apenas a chefe do governo que gostaria de ser acometida de miopia seletiva. Uma comissão interna de apuração da Petrobrás que se dedicou a investigar o episódio da suspeitíssima compra da Refinaria de Pasadena apresentou relatório, em março do ano passado (na mesma época em que a Lava Jato iniciava suas investigações), divulgado agora pela revista Veja, no qual apresenta uma lista de ações que resultaram em prejuízo para a empresa, mas limita-se a apontar "falhas" de gestão, sem jamais se referir a "irregularidades". São mencionados no relatório os diretores hoje presos no curso das investigações da Lava Jato, como Paulo Roberto Costa e Nestor Cerveró, mas em momento algum os auditores internos levantam qualquer suspeita sobre a motivação das "falhas". É munição para o fogo amigo.

21 comentários

O senhor Gabrielle é um calhorda.
Tem culpa também!

Cavalaria Ligeira

Reply

O PT está a beira do abismo;
O PT deu um passo a frente;
Ninguém segura o PT.

Reply

Prezado Coronel,

Parabens! Que trabalho importante vc faz em seu blog, compartilharei

Indispensável seu papel neste momento do BRasil, continue, obrigado

Reply

Sheldon Silver, de 70 anos, é acusado de ter recebido mais de R$ 15 milhões em propinas.
Em pais sério, UM suspeito de corrupção é preso de imediato, já no Brasil, a corja inteira é suspeita e muitos já comprovados de roubar dinheiro público e todo mundo livre, leve, solto praticando novos crimes.

Lá apenas 15 milhões é fruto do crime, no Brasil bilhões roubados estão nas mãos dos petralhas e essa bosta de justiça brasileira assiste com cara de bosta, paisagem,imbecis .... e não cumprem a lei. Tudo segue como se nada estivesse acontecendo!

Reply

"A chefe do governo, infelizmente mais por palavras do que por atos, tem demonstrado repulsa pela ação de delinquentes travestidos de homens públicos que se dedicam à rapinagem do erário."
Peço desculpas, mas chega de alisar essa presidanta: queriam o que? Que ela defendesse o "direito" de roubar.
É claro que é jogo de cena!
Eita imprensa fajuta...pena que alguns blogs ainda alisam quando falam da "proba" Dilma!

Reply

Acorda cel,

E ainda você quer não fale em IMPEACHMENT JÁ?

Reply

Quem diria ontem vc faz um post atacando os idiotas que frequentam o seu blog e hoje vc exalta e manda todos nós divulgar matéria do Estadão, inimigo público número 1 do seu ídolo Aécinho. O que está acontecendo?

Reply

este pessoal da justiça não juraram defender esta mesma justiça, julgando com seriedade e punindo com rigor a quem tenha cometido alguma irregularidade? Só porque nomeados pelo ex pres. lula e agora pela presidenta Dilma, puxam a brasa para o churrasco dos dois? Imaginem isto acontecer nos Estados Unidos. Eu recomendaria: tragam o pres. da Indonésia que mandou executar um cidadão brasileiro, flagrado com cocaína. Quem sabe o país será moralizado, pois do jeito como está a vaca vai pro brejo.

Reply

Quem está a beira do abismo são os brasileiros e o Brasil,essa cambada toda está com o burro na sombra.Estão todos do PTG,Partido das Tetas do Governo.Os órgãos públicos estão aparelhados de fio a pavio com companheirada de sindicatos e outras instituições.

Reply

Sentença da Dilma no STF:

"O sobrestamento ab initio do processo de improbidade administrativa, corroborado nesta corte ad quem, se impõe de imediato, pois não foram caracterizadas, na interpretação desse ministro e corte, as denúncias de abuso fidejussório, conduta enfiteuta e tributação anatocista para com a população brasileira por parte do governo federal sinistrofílico, definindo-se, desde logo, a não obrigação propter rem e o evidente actore non probante absolvitur reus, seja pela incapacidade postulatória, seja, mutatis mutandis, pela conduta pustulatória dos operadores em questão, bem como a ausência de direito dotado da liquidez autorizadora do mandado de segurança, prerrogativa instrumental que anula o anteposto revogante e o antepasto discursivo, corroborando o acto infringente da conclusão estabelecida, deferindo-se pois a imediata absolvição dos réus e a suspensão imediata de toda e qualquer conduta astreinte deste poder sobre o solvens."

Traduzindo: "Ela é inocente!"

Reply

Dilma anda sumida.
Faz tanto tempo que não há vejo.
Será que morreu?
Onde está você Dilma, que prometeu um Brasil lindo e maravilhoso para nós?
Se alguém souber onde ela está, diga à ela para mandar notícias.

Reply

O Brasil está igual os reservatórios, só se salvará com ajuda divina.

Reply
fred oliveira mod

Dilma é a maior responsável pela tragédia do assalto à petrobras feito pelo pt e aliados pelo fato dela ter sido ministra das minas e energias, presidente do conselho da estatal e presidente do Brasil. Não há como escapar. Lula e Gabrielli estão no mesmo barco. E a justiça brasileira tem que ser justiça pois é muito dinheiro desviado do povo brasileiro. Em qualquer país sério a chamada presunção da culpa já teria posto na prisão os envolvidos, aliás, como ocorreu no julgamento do mensalão. Nesse país tem ou não justiça para os poderosos?

Reply

O Brasil já é um "volume morto".


Em decomposição cadavérica- exalando odor fétido em toda parte.

Reply

roubalheira escancarada e em alto grau + incompetencia absoluta= abismo.petistas e amigos milionarios e o brasileiro babaca pagando uma enorme conta. o pior eh q EU NUNCA VOTEI NA CORJA E ESTOU PAGANDO CARO!!!!!!!!!e dilma sabia de tudo sim, senao lulla nao a teria colocado no poder p guardar lugar p ele.

Reply

Que bom seria, Coronel, Dilma à beira do abismo. Por enquanto, ela só está escondida bajulando o cocaleiro e o Brasil que se dane.

Bom, talvez melhor assim. Se o Brasil se dana sem ela, muito pior com ela.

Sonho meu: que a imprensa passe, sem demora, a falar o que deve ser falado, sem rodeios, como nesse editorial do jornal O Estado de São Paulo. A menos que não se importem com a "regulação da mídia".

Mariana

Reply

Coturneiro de 22 de janeiro de 2015 18:30,

está na Bolívia mastigando coca com seu amigo- do -peito - Evo - Morales - coraleiro- ladrão - de - refinaria - brasileira.

Flor Lilás

Reply

Quem assume? Acorda....

Reply

Prezados...

Como todos sabem - àqueles de sã consciência e que enxergam a verdade como ela é - isso é reflexo da ingerência iniciada no governo Lula, com dedo de José Dirceu por trás (uns dos cérebros da história).

Dilma foi/é apenas um "bode expiatório" ou mesmo um "boi de piranha", para ter quem culpar e não manchar a imagem do "querido" ex-presidente.

Eles, Lula e cia, já deixaram mais do que escancarado, o que querem fazer do Brasil e o que precisam fazer para conseguir tal objetivo.

Temos de deixar da basbaquice de que tudo no Brasil sempre foi assim, sempre existiu corrupção. Se continuarmos com nosso vergonhoso "jeitinho brasileiro", sempre seremos essa mediocridade de país.

É o que queremos? Vamos esperar por Aécio? Vamos deixar que essa herança maldita do PT, essa ideologia fracassada do socialismo nos manche para sempre?

Somos nós, cidadãos, quem devemos fazer alguma coisa. Não adianta apenas debater nas redes sociais, é preciso conversar com aqueles que não se interessam por política, com os menos esclarecidos. Tomemos a união dos franceses como exemplo.

Neto.

Reply

A Dilmentira está a beira do abismo faz tempo; o problema é que ela não cai!

FORA DILMA!


Chris/SP

Reply

alguem ainda acredita no PT? alguem ainda acredita na Dilma?

Reply