Aécio vai às ruas no Sul do Brasil.


O candidato à Presidência Aécio Neves (PSDB) esteve no centro de Curitiba na manhã deste sábado (02) e, por cerca de uma hora e meia, caminhou da praça Santos Andrade até a Boca Maldita acompanhado por 1,5 mil apoiadores. Ao lado dele estava o governador Beto Richa, correligionário e candidato à reeleição.

Ele comparou a caminhada, feita ao lado de Richa, com as Direta Já -- quando Tancredo Neves e José Richa estavam lado a lado. “Passados 30 anos das Diretas Já, quando a gente pedia democracia e liberdade, agora o Brasil decência e competência”, comparou.

Em entrevista coletiva concedida pouco antes do início do evento, Aécio fez críticas ao atual estado da economia brasileira e a gestão de Dilma Rousseff. Para ele, o quadro atual da economia é preocupante. O candidato aproveitou para elogiar Richa e afirmou que, se eleito, levará o programa Família Paranaense para todo o país. No novo formato, de acordo com ele, o projeto se chamará Família Brasileira.

Ainda sobre o estado, o tucano prometeu que no dia 1º de janeiro, caso ganhe a eleição, vai “acabar com o preconceito da União pelo Paraná”. O argumento de ser preterido pela administração federal acompanha o discurso do governador do estado há pelo menos dois anos e foi endossado por Aécio.

Em seguida Aécio Neves embarcou para Porto Alegre para participar da, ao lado da candidata ao governo do Rio Grande do Sul, Ana Amélia Lemos (PP), do Caminho da Esperança, por ela promovida. 

Antes de percorrer o trajeto entre o Anfiteatro Pôr-do-Sol até o Gigantinho, no início da tarde, Aécio e Ana Amélia participaram de uma coletiva de imprensa, que também contou com a presença da candidata ao Senado do PP, Simone Leite. Na entrevista, Aécio Neves destacou “que sua vitória significará um ambiente mais favorável aos investimentos no nosso País”.

Ana Amélia afirmou “não ter sentido o governo oferecer recurso ao Exterior com juro baixo e cobrar alta taxa de Estados”. O Caminho da Esperança teve trio elétrico e ônibus de eleitores do interior do Rio Grande do Sul. Segundo o perfil da candidata no Twitter, cerca de 5 mil pessoas se uniram ao ato.

8 comentários

Como 1500 pessoas? Alí tem muito mais!
Se fosse o PT já falava em 1 milhão!

Reply

É isso aí, Aécio Neves pode sair às ruas acompanhado de seus eleitores sem medo de vaias. Por onde passa, recebe aplausos.

Enquanto a nossa presidanta se esconde em quatro paredes para discursar.

Quero ver ela ter coragem de sair às ruas. Tomará "tomate cru" até não poder mais.


FORA DILMA!


VAMOS ELEGER AÉCIO NEVES PRESIDENTE !


Chris 45/SP

Reply

Espero que os ventos bons do Sul contagiem e levem a boa nova até o Nordeste e que esse povo não desperdice a oportunidade de crescer e caminhar sobre suas próprias pernas. Somos inteligentes e capazes de pensar e crescer com nosso próprio esforço.

Reply
Ferreira Pena mod

Os compatriotas do sul vão dar uma enxurrada de votos para o Aécio, lá não se compactua com roubalheira e corrupção. A exceção é o RS que elegeu o corrupto Tarso Genro, francamente não sei como isso aconteceu, mas o RS dará imensidão de votos ao Aécio.

Reply

Aécio tem que ir para o Norte e Nordeste, capitais e interior, onde a petralhada e alguns do PMDB, saem em caravanas falando mentiras a respeito dele, onde as TVS e rádios cujos donos são pró Dilma, impedem do povo saber a verdade.

Reply

Coronel,

o melhor de tudo é que ele sai livre nas ruas!
Cara limpa. É aplaudido e seguido.
As pessoas estão fartas de bandidos!

Aécio Neves PRESIDENTE!!

Flor Lilás

Reply

Queremos a Petrobrás de volta para o Brasil, e só Aécio pode ser o condutor da tarefa.
Aécio Neves presidente!

Reply

OFF TOPIC

Opinião de Steen Jakobsen economista-chefe do Saxo Bank da Dinamarca ...

COM A REELEIÇÃO DE DILMA O BRASIL AFUNDA DE UMA VEZ !!

http://lucianoayan.com/2014/08/01/para-economista-dinamarques-eleicao-de-dilma-pode-ser-uma-boa-ideia-pois-ai-o-brasil-afunda-de-vez/

Reply