Mais Médicos: Padilha defende que Brasil fique submetido às regras da ditadura cubana. Está levando o quê?

Que moral o Padilha tem, nas companhias que anda, nos negócios que facilita, para atacar Aécio Neves?

Ontem Aécio Neves disse, sobre os Mais Médicos, que vai rever as regras de negociação com Cuba, para que os médicos recebam salário total, em vez de parte. E para que os profissionais vindos de outros países recebam todas as oportunidades educacionais para que possam ser aprovados no Revalida, atingindo o nível de qualidade dos médicos brasileiros. E foi enfático ao dizer que não vai se submeter às regras ditadas pela ditadura cubana, como o governo petista faz hoje.

Foi o que bastou para que Alexandre Padilha, o petista que não passa de 4% nas intenções de voto para o governo de São Paulo, que foi o pior ministro da Saúde da história da República, envolvido até mesmo com as falcatruas do Labogen do doleiro Alberto Yousseff, assacar mentiras contra o tucano. Veja o que ele disse:

"Na prática, mais uma vez o candidato do PSDB à Presidência não conseguiu esconder que quer acabar com o atendimento a 50 milhões de brasileiros, incluindo 7 milhões de paulistas, que antes não tinham médicos e que, graças ao programa Mais Médicos, passaram a ter atendimento básico perto de casa - e, isso, num prazo recorde de apenas dez meses".

Desde quando pagar melhor e formar melhor os médicos cubanos é querer acabar com o programa? Desde quando negociar regras mais humanas e que dão maior segurança aos pacientes brasileiros é algo negativo? Além disso, a grande maioria dos médicos cubanos está complementando o trabalho dos médicos brasileiros, especialmente nas zonas urbanas. Além disso, não são 50 milhões de brasileiros atendidos. São 50 milhões de cidadãos residindo onde estes médicos foram alocados.

Esta reação do Padilha só leva a uma pergunta: o que ele está ganhando para defender Cuba, em vez de defender o Brasil? 

10 comentários


A Revolução importada: Risco para Segurança Nacional

O Governo Petista, por falta de “mão de obra”, está importando sua revolução de Cuba e do Haiti. Os combatentes importados, além de formarem a “guarda pretoriana” ideológica do regime petista, como ocorreu na Venezuela, vão disseminar o “spartaquismo” no Brasil (...)
(...) Recentemente, a Polícia Civil do Estado de São Paulo, desbaratou, no centro da Capital, uma célula terrorista revolucionária de Cubanos e Haitianos, todos com documentação falsa. Os revolucionários foram presos e os seus fuzis apreendidos.

Estranho, que a mídia não tenha noticiado. A quem interessa o silêncio? Estariam, a suposta oposição e o Governo temerosos das conseqüências da notícia? Isso já ocorreu antes nos casos dos assassinatos políticos dos Prefeitos petistas de Campinas e Santo André.

Tudo leva a crer, que a chamada esquerda revolucionária, prevendo fragorosa derrota nas eleições, esteja importando combatentes de Cuba, do Haiti e da África, para conflagrar o Brasil e lograr o tão sonhado golpe de estado comunista. Neste terceiro milênio, tudo isso parece arcaico e despropositado, mormente, após a debacle econômica e política da antiga URSS, mas é a terrível realidade.
Diante desses fatos gravíssimos, estão com a palavra, e o dever de agir, as instituições responsáveis pela defesa da Soberania Nacional e da Nação Brasileira.

Leia a íntegra em :http://www.alertatotal.net/2014/07/a-revolucao-importada-risco-para.html
























































Reply

Raul Castro hospedado na Granja do Torto,e você pergunta a quem elles servem,ao demonio bolivariano comunista Fidel Castro,e logo vão tomar posse por aqui, Governo quer fundo para bancar conselhos criados por decreto bolivariano
'Fundo Financeiro da Participação Social' deve ser estabelecido por meio de uma nova canetada, se a Câmara não derrubar o primeiro decreto. . http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/planalto-quer-agora-fundo-para-bancar-conselhos-populares Elles vão mobilizar os petralhas e os comunistas,MST,para no dia da votação em Agôsto.

Reply

O que fica claro na resposta do Padilha é que, OU É DO JEITO que está, ou CUBA leva todos os médicos ou É DO JEITO que está, ou os MÉDICOS CUBANOS OBEDIENTES irão abandonar o programa.

Reply

Padilha é petralha, não tem jeito. Fora PT. - Aécio presidente

Reply

legenda da foto: fica de olho nesse **, amigo!!!

Reply

sera que alguém poderia fazer uma conta simples, 50 milhões, dividido pela quantidade de supostos médicos, quantos atendimentos estes super-medicos tem de atender ao dia para chegarmos a estes números..

PiToquio.

Reply

O que ele está ganhando eu não sei mas posso bem imaginar. Mas o que deveria mesmo ganhar é muita porrada naquela cara escrota e de aspecto vagabundo que ele tem !

Reply

Padilha é da matilha petralha. Além de capacho de Lulla, é capacho de Fidel e Raul. Sit down!!! Um insignificante que logo será um insigne partinte. Nem os seus o tolerarão...

Reply

Sugiro que o blog faça para ele uma continha simples e peça para que prove que o objetivo maior do programa é a assistência médica, pelo menos em Araçatuba, onde há 22 médicos descontentes, que atendem desde maio, atingindo um total de 6574 consultas:
nº de consultas/médicos=consulta por profissional.
Então divida o nº de consultas por profissional pelos dias trabalhados até a divulgação da matéria.
Adianto: se considerarmos os dias uteis de maio e junho, dá em torno de 8 consultas/profissional/dia, ou seja, 1 consulta por hora. deputado perde.

Reply

Como um corrupto desse naipe pode acusar Aécio de alguma coisa? Os petistas são caracterizados hoje como corruptos, vagabundos e farsantes. Não valem nada, os paulistas não podem votar nesse excremento fedorento.

Reply