Dilma deu "piti" e escreveu de próprio punho a nota desmentida pela Petrobras.

Irritada com o texto de uma nota produzida pela cúpula da Petrobras para explicar a aprovação da compra de uma refinaria no Texas, Dilma Rousseff inutilizou o documento e escreveu, de próprio punho, a resposta oficial que acabou trazendo a polêmica para dentro do Planalto.

Segundo a Folha apurou, a chefe da estatal, Graça Foster, havia proposto uma nota curta à imprensa. Nela, repetia a antiga versão da empresa, na qual a aquisição da refinaria, há oito anos, se dera com base em informações que indicavam um bom negócio.

Dilma, porém, decidiu criar outro documento, no qual revela uma nova versão. A nota foi decidida na noite de anteontem em reunião com os ministros Aloizio Mercadante (Casa Civil), Thomas Traumann (Comunicação Social), Luís Inácio Adams (advogado-geral da União) e o chefe de gabinete da Presidência, Beto Vasconcelos.

Na resposta ao jornal "O Estado de S. Paulo", depois divulgada publicamente, a presidente afirma, de forma categórica, que o colegiado votou a favor da compra de 50% das ações da refinaria de Pasadena com base em um relatório "técnica e juridicamente falho", pois o parecer disponível em 2006 "omitia qualquer referência" a cláusulas contratuais que, "se conhecidas, seguramente não seriam aprovadas pelo Conselho" de Administração.

Dilma diz na nota só ter tomado conhecimento das cláusulas em 2008, quando a Petrobras e sua sócia belga Astra Oil entraram em litígio. Ocorre que, desde então, o Planalto e a Petrobras jamais reconheceram qualquer tipo de "falha", tampouco admitiram ter tomado uma decisão parcialmente no escuro. As declarações da presidente causaram grande mal-estar na Petrobras justamente por "rasgar" o discurso oficial sustentado pela empresa.

As razões que motivaram a revelação de Dilma não foram informadas pela assessoria de imprensa do Planalto, questionada ontem. Nos bastidores, interlocutores do governo dizem temer que o TCU (Tribunal de Contas da União) responsabilize os integrantes do Conselho de Administração da empresa em 2006 pelo negócio. Para esses auxiliares, apontar o erro seria uma forma de não responsabilizar os conselheiros da época.

Dentro da estatal, dirigentes avaliavam que pesou, na decisão de Dilma, a questão eleitoral, já que a Petrobras tende a ser um dos temas da campanha. A oposição tem insistido que o governo tomou medidas que prejudicaram a petroleira, fazendo despencar seu valor de mercado. A refinaria de Pasadena e a recente suspeita de pagamento de propina a funcionários da estatal por parte de uma empresa holandesa serão exploradas pela oposição.

No TCU, a apuração é relatada pelo ministro José Jorge, ex-senador pelo extinto PFL e candidato a vice na chapa Geraldo Alckmin (PSDB) na disputa presidencial de 2006. À Folha, Jorge disse esperar receber o processo da área técnica para julgar o caso no mês que vem, às vésperas da largada oficial das eleições.(Folha de São Paulo)

15 comentários


Coronel
Não resta a menor dúvida que foi um excelente negócio..
Resta saber para quem.....kkkk

Reply

É Coronel, a casa está caindo. Este caso da Petrobras é muito nebuloso e só foi tratado agora aqui no Brasil depois que acionistas internacionais iniciaram um processo nos EUA. Segundo informa Dora Kramer fora do Planalto os petistas já sabem que o segundo turno está garantido; no interior do palácio não jogaram a toalha ainda, mas já afirmam que se uma pequena marola aparecer entorna o caldo. O Lula ataca o Eduardo Campos (medo do estrago que ele vai fazer nas bases até então sólidas do Nordeste?). O IGP-M da segunda medição de março subiu para 1,4% ante 0,24% de fevereiro. Tudo está subindo descontroladamente e o bolso da geração Lula/Dilma vai começar a doer. Para um estouro geral é um pulinho. Vamos ver se a oposição saberá aproveitar este momento e se fixar.

Reply

Em país sério esta cambada já estava na cadeia!...Na proxima eleição daremos o troco !!!

Reply
Liane Sanchez mod

"com base em um relatório "técnica e juridicamente falho", pois o parecer disponível em 2006 "omitia qualquer referência" a cláusulas contratuais que, "se conhecidas, seguramente não seriam aprovadas pelo Conselho" de Administração."

Dilma é triplamente irresponsável.

Reply

Escreveu de própria pata? Tenho minhas dúvidas.. Ela sabe escrever?

Reply

Coronel,

Alguém deve "enCinar" para a Dillma que o responsável final é "quem assina por último"!!

Até porque, o Cargo e Salário não são apenas figurativos!! Expressam a RESPONSABILIDADE por trás do "chamegão"!

JulioK

Reply


Só resta responsabilizar e prender..
A confissão da fraude já está feita..
Assinou uma falcatrua...o resto, é colocar a culpa pelo tiro, na espingarda....

Reply

É o que dá colocar pessoas incompetentes, sem qualquer experiência em cargos de comando e, ainda por cima, recebendo polpudos salários. A Dilma deve ser muito boa numa cozinha, num tanque, numa mercearia, açougue, numa feira; ela leva muito jeito para isso. Uma mulher quer nunca trabalhou em empresa alguma, querem o quê? Esse prejuízo deve ser apenas a ponta do iceberg, deve ter muita trapalhada escondida pela Petrobrás.

Reply

Dona Vana a situação tá mais feia que bode embarcado.

Reply

PQP!
Mas que gente estúpida!!!!

Como meu pai dizia:

"Caipira que nunca comeu melado, quando come se lambuza todo!"

Puro suicídio!

Reply

Tá chegando a hora de cair a máscara dessa cadela imunda !

Maoísta filha de vagabunda !

Reply

Dilmão não está sabendo pra onde correr. Nem pra isso tem competência essa anta.

Mariana

Reply

Tá lascada, viu Dilma !

Aprenda a ler, antes de assinar.

Não seja preguiçosa! Leia todo o processo, não só resumos!

Chris/SP

Reply

Prezado anônimo de 20 de março de 2014 11:45

fiquei triste com seu comentário…
Uma mulher que é "muito boa numa cozinha, num tanque, numa mercearia, açougue, numa feira" trabalha como uma louca e deve ser uma excelente administradora para dar conta de tudo isso ao mesmo tempo!
Trabalho interminável, cansativo, nada reconhecido, sem salário, férias ou 13º!!! Além de tudo tem a exigência da cara de felicidade, limpinha, cheirozinha e pronta para tudo o que der e vier!!

Dilma não é mulher! É um monstrengo desajeitado, com um Tico e Teco que não se comunicam. Postura física e emocional de soldada russa de um Gulag frio e distante, mau humorada, violenta, desagradável, falsa, mentirosa, guerrilheira e assassina. Ser das trevas.

Flor Lilás

Reply

Fingida, mentirosa, dissimulada.

Reply