Dilma cria a própria herança maldita. Se reeleita, aumentará conta de luz em 20%.

Mentira eleitoral tem perna curta.
 
Ao baixar a conta de luz, Dilma sangrou as empresas da área. Ao retardar os aumentos para não comprometer a sua campanha pela reeleição, Dilma joga para 2015 um aumento que pode chegar até 20%, segundo fontes do setor. Abaixo, matéria da Folha de São Paulo.
 
O governo poderá ter que repassar às empresas de distribuição de energia elétrica até R$ 13 bilhões em 2014 para manter o esforço de reduzir as contas de luz, programa implantado neste ano. É o que prevê a Abradee (associação das distribuidoras). Os cálculos foram feitos após o governo anunciar nesta semana o adiamento do sistema de bandeiras tarifárias, que começaria a ser implantado em 2014. Por esse sistema, custos extraordinários na contratação de energia junto aos produtores seriam repassados mensalmente à conta de luz dos consumidores.
 
Sem esse sistema de bandeiras, as distribuidoras de energia voltarão em 2014 à situação de 2012, quando os custos adicionais de contratação de energia eram compensados uma vez por ano, com defasagem, no reajuste tarifário aprovado para cada empresa. Os custos extraordinários acontecem quando as empresas precisam contratar energia a um preço superior à média do sistema, geralmente das usinas térmicas.
 
Em 2013, com a redução nas tarifas e o volume reduzido de chuvas, as empresas distribuidoras reclamaram que não tinham como suportar os pagamentos extraordinários até o reajuste anual. O governo publicou então um decreto se comprometendo a cobrir boa parte desse custo com recursos do Tesouro. A conta terá que ser paga pelos consumidores ao longo dos próximos cinco anos. O custo acumulado está em R$ 9,6 bilhões.
 
Segundo Nelson Fonseca Leite, presidente da associação, as empresas não têm como suportar, em 2014, o pagamento desses valores extras até o reajuste anual. De acordo com ele, isso comprometeria o pagamento de impostos e investimentos, entre outros problemas. Diante desse cenário, Leite disse que vai voltar a negociar com o governo a extensão do subsídio dado neste ano até que as bandeiras entrem em vigor.
 
A Abradee estima que o custo pode variar de R$ 4,2 bilhões a R$ 13 bilhões. Pelas contas da entidade, cada R$ 1 bilhão a mais de custo extras significa um reajuste adicional de 1% a 1,2% nas contas dos consumidores, além da reposição garantida de parte da inflação. Por isso, segundo a entidade, sem o subsídio, os reajustes das contas de energia poderão chegar perto dos 20%, o mesmo percentual prometido pela presidente Dilma como redução média do custo da conta de luz.
 
ADIAMENTO
 
Ao anunciar o adiamento das bandeiras tarifárias, a Aneel argumentou que algumas distribuidoras relataram ser "praticamente impossível" cumprir os prazos previstos para implantar o sistema em janeiro do ano que vem, como previsto.Ontem, a Abradee negou a versão. Segundo a entidade, a avaliação é que poucas empresas podem ter dificuldades na adaptação, mas nada que justifique o adiamento. Procurada pela reportagem, a Aneel não havia comentado as declarações da entidade até a conclusão desta edição.

19 comentários

Coronel,

Dillma, a magnânima, criou um "Plano Cruzado" para os preços administrados.

Qualquer idiota com mais de 40 anos(eu, inclusive) sabe onde essa mer.. vai dar!!

O Brasil micou!!

Em 2010, os operadores do M.Financeiro davam 2014 como o ano da morte do Brasil. ACERTARAM!!!!

JulioK

Reply
Despetralhando mod

Estava na cara que esse golpe baixo não iria prosperar, os caras são incompetentes ate para fazer kgada.

Reply

Cel

Conforme noticia de jornal e post que saiu no Coturno pela nova metodologia o aumento da conta de luz vai ser flutuante, igual ao dólar só sobe.

Átila

Reply

A Petrobras II, ninguém nunca tem dinheiro, nunca é suficiente. Pois, a luz não está de acordo com o mercado internacional, dentre outras baboseiras e mentiras. Quanto ao caixa 2 ninguém diz nada. Quanto a dar dinheiro a políticos idem. Quanto a propaganda inútil a mesma coisa e por aí vai.
Quanto aos EEUU produzir energia mais barata também, afinal os americanos pagam um salário de miséria. Quanto ao Lobão tomar conta do setor também nada e estar cada vez mais rico.

Reply

Gato gera curto-circuito.

Reply

Gato gera curto-circuito.

Reply

CEL,

No caso de o próximo governo ser de oposição, acredito que sim, terá que arcar com a correção de todas essas CAGADAS do DESGOVERNO PT. O remédio a ser usado será amargo e, como ninguém gosta de remédio amargo, a reclamação vai ser geral e a popularidade do governo cairá, é a herança do PT.

Alguém já notou que o socialismo e comunismo só é implantado em democracias e economias que estão indo bem, estão prosperando? Pois é, depois de assumirem eles degradam com tudo e aí a história recomeça e repetem-se os ciclos de construção pelo capitalismo e destruição pelo socialismo- comunismo pois como é sabido socialistas e comunistas não conseguem produzir riquezas, só repartir o que é dos outros, daqueles que trabalham e produzem.

Às vezes, fico pensando qual é o limite da mentira, até quando um povo poderá suportar a mentira e a manipulação e até quando os mentirosos e manipuladores suportarão mentir e manipular um povo. Quanta canalhice, quanta vigarice. Acorda Brasil!

Meu mantra continua o mesmo:

Fora PT, fora corrupção, fora incompetência!

Índio Tonto/SP

Reply

A dilma não vai se reeleger em 2014. Tenho fé em Deus! A petralhada toda vai vazar em 2014.

Reply

Vemos a imagem da baleia de vermelho, essa aberração que está no comando do nosso país, cheia de maquiagem e photoshop, não apenas em sua cara sem-vergonha, mas também em seu governo sem-vergonha.

Reply

A Dilma plantou a bomba para o novo presidente, sabe que não será reeleita, o AÉCIO deve retomar o PLANO REAL e liberar completamente os preços de combustíveis e serviços públicos, a Petrobrás ter completa liberdade de preços, o CADE obrigar a empresa a vender refinarias e postos de gasolina à INICIATIVA PRIVADA e criar nova empresa para separar o capital estatal e privado.
Os sócios privados nunca geriram a empresa, as dívidas devem ficar em 75% com a "estatal de petróleo", a empresa privada com 1/4 da dívida e 45% dos ativos, de preferência poços de petróleo de Campos que já produzem, deixar a pesquisa e o "pré-sal" à PDVSA brasileira.
COM A SEPARAÇÃO ENTRE BODES E CORDEIROS será mais fácil controle da política petrolífera, a "PDVSA" importaria petróleo, frota de navios de GNL e petroleiros.
à empresa privada petroleiros e navios alcooleiros ( idêntico aos petroleiros) , feitos para poder transportar etanol, nunca poderá carregar derivados de petróleo.
-
Um duopólio pode ter liberdade de preços, as pequenas petroleiras vão ter chance de competir e crescer, o capital internacional seria bem-vindo à empresa privada e as grandes estrangeiras terem espaço aqui.
-
Energia elétrica - TOTAL LIBERDADE DE PREÇOS, aumento que ocorra não será debitado do prestígio do governo, a POLÍTICA MONETÁRIA ser a perna única, O PILAR MÃE da economia, os outros são ilusórios.
São vigas que saem do MASTER.

Reply

Completando o comentário das 11:21


Em 2016 o governo poderá privatizar a porção estatal "pdvsa" e revogar a lei de partilha do pré-sal, que se possa até contratar outras empresas de petróleo, de perfuração de poços para trabalhar em prestação de serviços ou em parceria com as duas ou mais empresas privadas de óleo.
** Os navios alcooleiros são bons para o transporte de petróleo mas NÃO SE DEVE MISTURAR OS NAVIOS, OS QUE SÃO FEITOS PARA ÁLCOOL devem ser usados só para álcool.
-
A redução do número de ministros de 40 para 10 e o Banco Central alçado à mesma posição de um poder da República ( poder econômico para a defesa da moeda ).
Separar a instância máxima de justiça do TRIBUNAL CONSTITUCIONAL onde só haveria julgamentos DA CONSTITUCIONALIDADE de leis e atos do governo, de penas transitadas em julgado SE INCONSTITUCIONAL O TRIBUNAL CONSIDERAR NULO O JULGAMENTO E DIZER O PORQUE, e uma infringência que obrigaria o SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA a julgar novamente adequando ao TC e apelação ao STF, justiça rápida e com ampla defesa a todos.

AÉCIO PRESIDENTE 1-1-2015

Reply

SÓ A PESSOA SER MUITO OTÁRIA PARA NO DIA DE ELEIÇÃO TER O TRABALHO DE SAIR DE CASA PRA VOTAR EM UM ANIMAL DESTES!! QUE ME DESCULPE OS ANIMALZINHOS, VOCES NÃO MERECEM SEREM COMPARADOS A ESTA ANTA BÍPEDE.

Reply

Soh uma imbecil pra fazer uma coisa dessas. Pois hoje temos centenas de desempregados das distribuidoras.

Reply

PALMAS AO ANÔNIMO 14:22
VOTO FACULTATIVO JÁ, assim os pobres e bolsistas nem iriam votar e nem expor-se ver fiscais petistas que poderiam ver o voto, melhor NÃO IR VOTAR e assistir aos que querem votar escolherem o presidente.

TUCANO NA CABEÇA.

Reply

PALMAS AO ANÔNIMO 14:22
VOTO FACULTATIVO JÁ, assim os pobres e bolsistas nem iriam votar e nem expor-se ver fiscais petistas que poderiam ver o voto, melhor NÃO IR VOTAR e assistir aos que querem votar escolherem o presidente.

TUCANO NA CABEÇA.

Reply

Coronel, qualquer um que entrar em 2015 terá que aumentar não só a energia elétrica, mas tudo que o PT segurou, senão o Brasil para. Se forem eles eles levam no bico e enganam os trouxas de seus eleitores se for outro vai ser bombardeado por todos os lados, pelo PT e por seus eleitores. Quem viver verá.

Reply

Essa foi a maior palhaçada da Dilma. A Louca do Planalto pirou quando inventou essa idiotice. E qual o ministro boçal com coragem para dizer que estava errada? Perder o cargo ninguém quer. O Brasil carrega o atraso!

Reply

Meu amigo, o povo crê até qdo começar a FOME generalizada... Como na antiga URSS... A hora que acabar a grana pra churrasco e cerveja nos fds aí a petralhada já era....

Reply

Infelizmente vc está certo....

Reply