José Eduardo "Nervoso" Cardozo, o ministro dos dossiês.

O senador Aécio Neves (MG), presidente do PSDB e provável candidato do partido à Presidência da República, criticou ontem a atuação do ministro José Eduardo Cardozo (Justiça) nas investigações sobre o cartel de trens em São Paulo. "Eu estou achando meu amigo ministro um pouco nervoso. Era mais fácil ir ao Congresso se explicar" disse Aécio em evento do setor imobiliário na capital paulista.
 
Anteontem, Cardozo disse que irá processar quem o acusou de fazer uso político das investigações e que explicará o caso no Senado e na Câmara na próxima semana. Para Aécio, o ministro perdeu a capacidade de liderar a apuração do cartel. Sobre sua saída do cargo, o tucano disse que isso é algo que cabe à presidente Dilma Rousseff.
 
O senador criticou ainda o presidente do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), Vinicius Carvalho, que omitiu ter sido chefe de gabinete do deputado estadual licenciado Simão Pedro (PT-SP), responsável por ter levado a Cardozo documentos que acusavam integrantes do PSDB de terem recebido propina nas licitações de trens e metrô.O senador chamou de "falsificação" a versão em português de um dos documentos.(Folha de São Paulo)

12 comentários

Por isto que a população fica desanimada com a oposição. Às vezes, perguntamos para que ter deputados e senadores? A responsabilidade de tirar uma autoridade de um cargo, quando este não comporta com o decoro, é dos senadores e deputados, inclusive o cargo de presidente da república. Por isto que a petralhada deita e rola.
Caçar um mandato que já está cassado, no caso, o do genoino, isto eles querem. É desanimador.

Reply

Coronel,

O Aécio sofre de "Sindrome de Estocolmo"??

Que história é esta de colocar a palavra "amigo" quando se refere a um PT que quer destruir a oposição!!

O Serra já fez esta cag... em 2010 quando elogiou o Lulla!!

Aécio, vai repetir os erros do Serra???

O resultado já é conhecido!!!

JulioK

Reply

Aprendam Política com a chanceler Angela Merkel, e com os políticos dos partidos de oposição ao partido dela. Acabam de firmar amplo acordo, formando um governo de coalizão, em que a Alemanha é o objeto a ser beneficiado no novo mandato Merkel que se inicia.
E no Brasil?
Os bandidos do Pt compram os bandidos de outros partidos, institucionaliza-se a corrupção, e o nosso futuro foi para o ralo da História.
O povo brasileiro não existe!

Reply

É Aécio mais se você quiser ser presidente tem que bater mais e no ponto certo.Aquele demagogo do Eduardo Campos esta ai todo serelepe contanto vantagens pra todo lado tentando engabelar o pessoal do agronegocio ,bobo deles se acreditarem neste malandro.

Reply


A independência das investigações da Polícia Federal está comprometida desde o início do governo Dilma.

Por decisão de José Eduardo Cardozo e Leandro Daiello, diretor-geral da PF, um novo procedimento passou a ser exigido dos delegados: eles são obrigados a informar aos superiores se a sua operação policial envolve pessoas “politicamente expostas”. Sob Lula, não era assim.

Numa palavra, Cardozo e Daiello querem sempre saber se há políticos na mira da PF. A pergunta foi inserida num questionário do Centro Integrado de Inteligência Policial e Análise Estratégica, que monitora as ações nos estados. Nele, são informados dados básicos da operação, para que seja dado apoio logístico – o que é adequado.

Mas a partir da pergunta sobre os “politicamente expostos”, tornou-se usual o delegado que responde “sim” ser chamado para explicar melhor do que se trata a investigação – e quem é o alvo.
Por Lauro Jardim
Coronel, a notícia acima é uma, afronta à democracia. Se for político amigo não se investiga? Cambada de corruptos e delinquentes. Fora Petralhas!

Reply

"Eu estou achando meu amigo ministro um pouco nervoso(...)"

Que papo é este de amigo, Sr. Aécio Neves ????

O PT não é amigo de ninguém! É o inimigo numero um a ser combatido com ferocidade em 2014!

Chris/SP

Reply

Que beleza. O Presidente das 2 casas são filiados ao PMDB. Partido que não tem personalidade
e ao mesmo tempo esta sempre do lado de quem manda.
Não tem ninguém de peso para disputar a presidência e tem que
sempre o segundo em tudo.
Que magnifica vaca de presépio que
diz amem a tudo.

Reply

VAI PRA CASA CARDOSOOOOOOOO.

Reply

Coronel,
estamos esperando que esse canalha nos processe. Além de canalha, covarde.

Reply

O Coronel, como dono do blog tem todo direito de não publicar meus comentarios , como não publicou o que envii criticando o aécio por ter chamado o petralha de "amigo".Mas outros dois comentarista tiveram seus comentarios liberadops e partilham do mesmo pensamento que eu.Se não quiser publicar este tbm, fique á vontade, mas enquanto o aecio chama o petralha de amigo eles estão tramando para jogar aquele helicoptero cheio de cocaina no nariz do aecinho...

Reply

Mais uma do "amigo" do aécio:A independência das investigações da Polícia Federal está comprometida desde o início do governo Dilma.

Por decisão de José Eduardo Cardozo e Leandro Daiello, diretor-geral da PF, um novo procedimento passou a ser exigido dos delegados: eles são obrigados a informar aos superiores se a sua operação policial envolve pessoas “politicamente expostas”. Sob Lula, não era assim.

Numa palavra, Cardozo e Daiello querem sempre saber se há políticos na mira da PF. A pergunta foi inserida num questionário do Centro Integrado de Inteligência Policial e Análise Estratégica, que monitora as ações nos estados. Nele, são informados dados básicos da operação, para que seja dado apoio logístico – o que é adequado.

Mas a partir da pergunta sobre os “politicamente expostos”, tornou-se usual o delegado que responde “sim” ser chamado para explicar melhor do que se trata a investigação – e quem é o alvo.

Por Lauro Jardim

Reply

Coronel,

também não gostei do Aécio se referir ao Petralha Nervoso Cardoso como "amigo".

Por que esse tipo de denominativo para esse canalha que falsificou uma situação para acabar com o PSDB de São Paulo?

Está na hora de dar nomes aos bois, sem melindres, frescuras e muito menos PUNHOS DE RENDA!

Flor Lilás

Reply