A caixa preta do PROUNI.

Ninguém quer mexer no assunto. Para o governo federal, o PROUNI é uma arma de propaganda fantástica. Para as universidades privadas, um achado: trocam isenção fiscal por 10% de vagas ociosas. Então, há um pacto em torno das irregularidades. Não aparece um senador ou um deputado federal para mexer na lama. Nem mesmo o Paulo Renato de Souza(PSDB-SP), ex-ministro da Educação, que conhece tudo em detalhes, abre a boca para não perder clientes na sua consultoria. As vagas do PROUNI não estão sendo preenchidas integralmente. Estão sobrando vagas. A evasão é altíssima. Ninguém está cumprindo a lei. O Censo da Educação Superior, que poderia apresentar os dados, esconde, escamoteia, ignora. Qual é a evasão do PROUNI? Qual o percentual de concluintes? O assunto é um tabu para o governo e para a oposição. Ontem o governo federal lançou o PROTEC, para o ensino técnico, na esteira do sucesso do PROUNI. Será que, desta vez, vai aparecer algum parlamentar para exigir uma avaliação rigorosa do PROUNI, antes de conceder mais um arma de propaganda enganosa para o governo?

Apenas dois números: 
  1. em 2006 ingressaram no ensino superior privado um total de 1.151.102 calouros. Em 2009, o número de ingressantes foi de 1.157.057. Poucos mais de 6.000 novos alunos em 4 anos.Crescimento zero!
  2. em 2006, eram 2.298.493 vagas oferecidas nas universidades privadas. Em 2009, o número subiu para 2.770.797. Um crescimento de quase 500.000 vagas para pouco mais de 6.000 alunos.
Sobram duas perguntas: onde está o efeito do PROUNI e onde está a Oposição?

11 comentários

sendo a universidade privadao um negocio pra ser tao lucrativo quanto a padaria da esquina, com absoluta certeza deve existir algum subsidio oculto para eles oferecerem vagas(construir salas, equipamentos, etc...) que nao sao usadas. Ninguem poe pao na prateleira se nao for pra vender.Com certeza o governo esta pagando por esta CAPACIDADE OCIOSA.
Alguem duvida?

Reply

f., complementando: o governo está pagando por essa capacidade ociosa... com o meu, o teu, o nosso dinheirinho. É sempre do nosso bolso.

Reply

Coronel,

O maior problema do PROUNI é ele é apenas uma forma de transferir dinheiro público a Universidades Privadas, que em grande parte pertencem aos "cumpanheiros", possuem qualidade duvidosa ou são simples gráficas de impressão de diplomas.

O levantamento a ser feito é quanto cada Universidade recebe "em bolsas" PROUNI, para quais cursos e a quem pertence tais "gráficas".

A farsa ficará evidente.

Reply

Amigos do coronel, acho que está mais que na hora de fazermos um abaixo assinado exigindo dos politicos uma atitude em relação ao PROUNI.

Quem pode nos ajudar, pois eu nao sei como preparar um????

Todos sabemos que a oposição está morta e entao tudo depende das atitudes dos 44% da população.

Eu sempre lembro das palavras do coronel, uns 2 dias apos o resultado fatidico das eleições que diziam que a unica forma de sermos escutados seria atravez de abaixo assinados.

Pessoal, nao podemos amolecer e desanimar. Vamos continuar a nossa luta por um Brasil melhor.

Reply
Johnnie Walker mod

Se as pessoas do governo não estivessem acima das leis a coisa ia feder para o lado deles.

Reply

A propósito do Lulilma ou Dilmula...

Vejam no Post “A simbiose acabou” do dia 3l/01/11, no Blog O Portal - J. P. Fontoura (Google), o “antes” e o “agora” de Dilma e Lula ou vice-versa... ...a nevoa aureolar nauseabunda que os envolve é a mesma...

Reply

E´o país da mentira , da fantasia, da oposição lixo e de brasileiros bobos!

Reply

A oposição, faz uma força tremenda prá não enchergar os absurdos, que acontecem em nosso pais. Do que será que êles tem mêdo?

Os estudantes pobres, antes se queixavam que não tinham meios prá encarar uma vaga, com um estudante de escola particular.Agora tem, e o que acontece??DESISTEM.


Izabel

Reply

Coronel,
a pegunta é onde está o dinheiro. Acredito que o que tem de alunos fantasma dá eleger vários "parlamentares".

Reply
Martim Berto Fuchs mod

Oposição ? Faz tempo que o Lulla comprou ! E eles se vendem mesmo ! Quase TODOS !

Reply

Coronel:

Antes do Prouni, as escolas particulares viviam às turas com a Receita Federal e a Previdência Social, pois, não aplicando seus lucros nas atividades e distribuindo aos sócios de forma disfarçada, perdiam a isenção e tinham que pagar imposto e previdência.

O Prouni foi a redenção para elas. Basta oferecer vagas que já ofereciam na forma de bolsa e estão livres da Receita Federal e do INSS.

Não há no Brasil tantas pessoas com a renda máxima exigida para ingressar no prouni, pois os custos desse aluno carente não se resumiria à mensalidade. Tem Livros, Roupas, Transporte, lanche.

Assim, as vagas que são preenchidas, em sua grande maioria, provavelmente são obtidas com fraude na documentação da renda familiar.

Ou seja, quem podia pagar, não paga (frauda). Quem não podia pagar, continua não podendo arcar com as demais despesas para se frequentar uma faculdade.

Abraços.

Reply