Muita calma com essa lista.

Abaixo, coluna de Merval Pereira, intitulada "A Lista de Janot", publicada hoje em O Globo: 

As atitudes hostis do presidente do Senado, Renan Calheiros, em direção ao Palácio do Planalto são reflexos diretos da certeza de que seu nome está na lista de Janot de políticos envolvidos na Operação Lava-Jato. Renan, e também Eduardo Cunha, o presidente da Câmara, estão convencidos de que houve o dedo do governo, com a atuação do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, através da Polícia Federal, para incriminá-los com o objetivo de fragilizar o Congresso e dividir as atenções neste momento de crise que o país atravessa. 

Como as investigações devem prosseguir até o fim do ano, pelo menos, teremos um Congresso em ebulição pressionando por uma solução política para um caso policial. Mas é um engano imaginar que o fato de o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pedir investigações sobre os políticos envolvidos na Operação Lava-Jato, em vez de já fazer denúncias, como no mensalão, significa um retrocesso ou é sinal de que se arma uma grande pizza no STF.

Acontece que no mensalão as investigações foram feitas durante as Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs), e o então procurador-geral Antonio Fernando de Souza apresentou denúncias ao Supremo com base nelas. No petrolão, apesar da série de delações premiadas, as investigações se aprofundarão agora, quando o relator do processo, ministro Teori Zavascki, autorizá-las, provavelmente a partir desta sexta-feira, ao mesmo tempo em que liberará o sigilo para que a lista seja revelada.

Ao contrário do que a maioria imaginava, inclusive eu, o fato de a delação premiada ser homologada pelo STF não significa que o delator forneceu provas de que está dizendo a verdade. A homologação apenas atesta que os ritos legais foram atendidos no processo de delação premiada, mas será durante as investigações que as informações dadas serão checadas, cruzadas com outros fatos, eventuais planilhas ou documentos fornecidos pelos delatores — que serão analisados —, para que se forme um quadro conclusivo.

A delação, por si só, não pode servir de prova contra ninguém, mas deve indicar o caminho das investigações. E nesse caso do petrolão, graças às diversas delações premiadas, pode ser possível seguir o rastro do dinheiro, como preconiza o juiz Sérgio Moro na investigação sobre políticos corruptos.

A preocupação do Ministério Público será, a partir da próxima semana, arranjar as provas que permitam denunciar os investigados e condená-los no decorrer do processo. No mensalão, havia até mesmo recibos assinados do dinheiro a que cada um teve direito, o que facilitou muito a formação de provas.

No caso atual, o difícil será conseguir provar que o dinheiro doado por empreiteiras por meio de mecanismos legais e registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tem origem ilegal, desviado das obras da Petrobras. Mesmo que se prove esse desvio com o cruzamento de planilhas, descobrindo-se o caminho do dinheiro, será preciso provar que o político que recebeu aquela doação sabia que era dinheiro ilegal.

Até mesmo o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, o mais exposto de todos, pode alegar que não sabia que o dinheiro era desviado de obras, embora haja várias delações premiadas dando conta dos acertos financeiros entre eles, os diretores da Petrobras e os empreiteiros. Juntar essas pontas com provas é que será o trabalho dos investigadores a partir de agora.

Provavelmente haverá um sentimento de frustração na opinião pública quando constatar que até mesmo os empreiteiros hoje presos serão soltos brevemente, e que os políticos da já famosa lista do procurador Janot continuarão nas suas atividades dentro do Congresso enquanto as investigações estiverem ocorrendo, mas esse é o ritmo do processo no STF, que deve ser apressado pela decisão de entregar a uma das turmas o julgamento do caso, e não ao plenário do STF, como foi feito no julgamento do mensalão.

O julgamento dos empreiteiros e outros envolvidos na Operação Lava-Jato na primeira instância, pelo juiz Sérgio Moro, em Curitiba, deve ser mais rápido do que o processo do STF, mas em compensação os réus terão mais instâncias recursais.

O Ministério Público poderá também fazer uso de “provas emprestadas” para fundamentar sua acusação contra os políticos, isto é, provas levantadas nas investigações sobre as empreiteiras, ou delações premiadas que tenham conexão com as investigações sobre os políticos, poderão ser requisitadas para o outro processo no STF.

23 comentários

Isso ai pode ser procurador de qualquer coisa, menos do Brasil!

Reply
fred oliveira mod

Achei muito bom o artigo do Merval. Prudente, sensato e aferrado `a realidade. Sei que estamos ansiosos para que os culpados respondam pelos crimes mas a lei e' assim e ela deve ser cumprida em seus tramites. Acredito na força das investigaçoes em cursos e que o desgaste a que ficara' exposto Lula e os demais sera' um sangramnto forte. Calma e perseverança. Enquanto isso, VAMOS `AS RUAS, no dia 15 de marco.

Reply

Coronel,
tudo armado para nivelar por baixo. Igualar os desiguais. O Janot preparou a massa para assar uma bela de uma pizza. O STF só vai ter o trabalho de ligar o forno.

Reply

Brilhante artigo do Merval, colocando luz sobre um assunto sombrio. Certamente, ele me poupou sair por aí clamando por justiça sem saber do que estou falando.

Reply

Conclusão:
Chamem as Forças Armadas do Brasil a única Instituição confiável, porque segundo consta nenhum militar ficou rico e o pais nunca cresceu tento sob a tutela dos militares.

Luiz Carlos Prates:

https://www.youtube.com/watch?v=ZpCD_Kbakv0

Confira:
"Tudo o que foi citado foi feito apenas nos vinte anos dos governos militares. Agora, exercite sua memória e cite qualquer grande empreendimento realizado nos últimos vinte anos, além da venda a preços módicos de nossas conquistas?..."

Confira, compare e repasse:
http://polestrare.org/obrasilquedavacerto.htm

Reply

EXCLUSIVO:

LULA E DILMA NA LISTA DO PROCURADOR GERAL JANOT



http://folhadosul.blogspot.com.br/2015/03/exclusivo-lula-e-dilma-na-lista-do.html?spref=tw

Reply

Coronel,

VERGONHA
VERGONHA
VERGONHA


Genoíno livre.
STF de togas vermelhas. Bolivarianos podres.

Onde vamos parar?

Flor Lilás

Reply

Lula, já sabemos, a lista não contém, pois isso é da alçada do MPF do Paraná! Mas, Dilma, necessariamente, terá que ser responsabilizada, por dois fortíssimos motivos: 1. Elegeu-se e reelegeu-se com DINHEIRO ROUBADO DA "PÉTRUBRAIS"; 2. Assinou embaixo, na condição de Presidente do Conselho Administrativo da empresa, a compra da "ruivinha", que deu um enorme prejú pros trouxas contribuintes, sem falar nas propinas que rolaram nessa negociata do carralho!!!!!
Assim, se não constar o nome dela na "lista", a PGR pode enfiá-la...

Reply

Buenas Coronel.
Os viventes do Planalto Central, estão querendo me matar de susto. O Sr. Janot, com esta empáfia peculiar, pratica o ofício como um procurador de republica bananeira e o STF,(cabe ressaltar que cumprindo a lei), libera o Ex-terrorista, ex-deputado e após o indulto,(poderíamos dizer ex-corrupto, ex-mensaleiro), Zé Genoino. Parodiando a Gonçalves Dias... "Não permita Deus que eu morra, sem ver o Babalorixá de Banânia e a governAnta atrás das grades.

Reply

Com licença Coronel, peço permissão para publicar a elucubração que anda circulando na NET: A Zilma que esta no planalto não é Zilma, é uma clone. Talvez isso justifique tanta "cagada".
https://www.youtube.com/watch?v=hdmB84En5EI

Reply


Perfeita análise Coronel....lúcido como sempre.....Não boto a mão no fogo por nenhuma desses safardanas, mas há que seguir a tramitação técnica do julgamento senão é que se arrisca a jogar tudo fora...

Reply

Marcel Van Hatten detona petistas: https://www.youtube.com/watch?v=x1wnczHNdwE&feature=youtu.be

Reply

Em outras palavras....

" F U D E U "

Reply

20 anos de processo, gunuinu já está solto e logo se posicionará como herói e líder da revolução, zédirceu logo será anistiado, indultado, só faltará a estátua no corcovado.

Reply

Renan deu uma de mulher do Renato Duque? Deu uma pancada no governo para não entrar na lista?

Reply

Provavelmente haverá um sentimento de frustração...

Brasileiro está pouco se lixando para o Brasil, quem pode está em dabandada para outro pais, aqui restará apenas os coitadinho da ICAR e do PT para comer pasto, assitir a grobo e chorar pelos politicos injustiçados pelo pig nos próximos 20 anos de investigação.

Reply

Cel.

Eu também me havia enganado sobre alguns pontos. Foi ótimo ler este artigo do Sr. Merval Pereira.

Valeu !


Chris/SP

Reply

Essa justiça brasileiro parece o programa ZORRA TOTAL.

UMA PIADA ATRÁS DA OUTRA.

PQP. Tudo nessa merda é enrolado, confuso, demorado, duvidoso, sem credibilidade, inacabável, interminável, .... sempre uma PIZZA de encerramento!!!!!

Esses bostas querem sempre aumento de salário, ganham FORTUNAS, perto dos trocados que ganha o contribuinte, e nunca têm competência para terminar um processo, com lisura, com transparência?!?!?! Porque não vão aprender como a justiça tem que ser eficiente, séria e rápida lá nos Estados Unidos?

O Ministério Públicos pediu o bloqueio dos bens do Lula há dez anos (processo 00078070820114013400), essa merda está debaixo da bunda de algum bandido togado e nada acontece! Como tudo que temos visto de crimes de roubo do dinheiro público feito por petistas e seus bandidos aliados, tá escondidos enfiado no rabo de algum desgraçado que se vendeu pro PT.

Esse Brasil chegou num ponto que salve-se quem puder. Só há justiça se for feita com as próprias mãos do interessado!

Reply

Cel

Como dizia meu pai- os cabelos brancos não garantem o carater de ninguem, pois os canalhas tambem envelhecem.

Toloco.

Reply

.... e o DUQUE??????????????

Reply

A fúria de Calheiros não é com a presença de seu nome na lista, mas pelo PT ter vazado nomes e entregue à sanha dos blogs do esgoto.

Quem, do governo ou do PT teve acesso à lista, além do Ministro das Empreiteiras Cardozo Garboso?

Se foi só ele, a paz está fácil de ser selada. Mas... e se teve outros membros do governo/PT? E se Dilma ou Lullalau deram ordem para isso?


Lanterna

Reply
maria Amélia mod

Vergonha de eleger com dinheiro público roubado

Reply
maria Amélia mod

Ainda estou no aguardo de um amigo meu que tem que ser um pouco mais honesto e fale pq Dilma Rousseff ta solta

Reply