José Dirceu na CPMI da Petrobras já!

Que os deputados e senadores da CPMI, que será instalada amanhã, assistam ao vídeo e convoquem, desde já, o mensaleiro presidiário José Dirceu para uma acareação com este empresário. Que venha de laranja e algemado.

12 comentários

Nao eh atoa que a petrobras esta quebrada.

Reply
Cecilia Mendes mod

Viu isso, Coronel?

http://www.valor.com.br/politica/3563416/psd-apoia-mas-ve-dilma-ameacada#ixzz32yWHxb4O

Reply

....jose Dirceu desperta mesmo "os mais baixos instintos"!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Reply

Uma hora a casa cai. Com bandido é assim, aumentou muito a quadrilha e os comparsas começaram a rodar. Questão de tempo, PT PARTIDO MALDITO.

Reply

Coronel,

O Boechart ainda trata o PRESIDIARIO JOSE DIRCEU como um homem a ser reverenciado.

O José Dirceu não deu declaração porque PRESIDIARIO não dá declaração para a imprensa, só para o JUIZ!!

JulioK

Reply

Notícia gravíssima e corajosa da parte do empresário que diz ter comprovação da tramoia toda. Mas NADA disto foi publicado na mídia até agora. Nem uma nota sequer. Mas há destaque no Globo da Dilma atacando a oposição com mentiras deslavadas. Isto é uma vergonha!

Reply

Aqui no norte é comum as quadrilhas tomarem uma cidade, explodir um banco e ir embora.
O PT é uma quadrilha que tomou um país inteiro.

Reply


Quadrilha dos inferno.
O câncer nacional tem que morrer.

Reply
Zecon Sultor mod

Coronel, aos poucos a nossa cabeça vai desembaralhando. Em agosto de 2011 a Veja publicou uma matéria mostrando os encontros escandalosos do Zé Consultor. Agora, sabemos quem beijava e mão e comia no prato da corrupção:
http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/jose-dirceu-mostra-que-ainda-manda-em-brasilia

Reply

Coronel, qual o link deste video no youtube , pra gente distribuir por aí.....

Reply

1ª Parte

Prezados,

Não somos oposição, nem situação... Somos Brasileiros! Logo, queremos acreditar no
futuro do País e torcer para que Ele dê certo. Entretanto, não é possível embarcarmos, novamente,
numa canoa furada, sem que a mesma tenha sido reparada. Gostaríamos de tecer alguns
comentários, os quais, porém, esperamos que não sejam encarados como ofensivos, mas como críticas
construtivas.

Votamos em Lula, em 2003, porque:
a) O PSDB havia se transformado em uma “Academia” de “Intelectuais” soberbos e
orgulhosos, que não souberam ouvir a população (Trabalhadores Urbanos e Rurais, Empresários,
Aposentados, etc.), preocupados que estavam em receber “títulos” honoríficos do exterior, em
detrimento dos interesses da nossa abstrata e combalida “Nação”;
b) Não havia outra opção de MUDANÇA, que pudesse tira a situação do “Poder”;
c) Muito embora o PT nos parecesse um “Sindicatão” de “Pseudo-Trabalhadores”, onde os
combativos militantes lutavam pelo locupletamento de seus
pares, passando por cima de quem quer que seja (da “Nação”, inclusive), para atingir seus
interesses pessoais e/ou do “Sindicatão” (“Sindicatão” X “Academia”, ou seja,
“Pseudo-Trabalhadores” X “Intelectuais”), demos uma chance a eles para que demonstrassem, na
prática: o modo PeTista de “governar”; que não pregavam, apenas, ideologia barata, com
segundas/terceiras/.../n intenções. Entretanto, o “Sindicatão” não negou a raça,
levando o País a um grau de desenvolvimento pré-civilizatório.

Agora, em 2014, temos uma nova oportunidade de mudança. Entretanto, fora a CLASSE, que
lhes é inerente, não estamos conseguindo enxergar, na oposição, diferença de CONTEÚDO,
quando comparada com a situação. Isso parece significar, então, que não conseguiram desobstruir
os ouvidos, para escutarem as “vozes roucas das ruas”, dando a entender que, novamente, não
querem governar uma nação, mas serem administradores provisórios de um País interditado, cuja
população é formada por dementes.

A situação, com o lema (engodo) “tudo pelo social”, defende:
a) O Direito “DusManus” (ou seja, de seus pares), dos animais, dos indígenas e das minorias em
geral, esquecendo-se das maiorias, que pagam a conta, trabalhando como “burros de carga”;
b) Tudo o que for “politicamente correto”, visto que, por ideologia, despreparo,
ignorância, segundas intenções, ou falta do sentimento de nacionalidade brasileira, foge de
discussões, não deixando claro seu projeto de Nação, transformando o País em um barco
à deriva, capitaneado por porta-vozes de publicitários. Ou seja, somos um País “que lava
mais branco”.

Continua...

Reply

2ª parte - Continuação

A oposição, por sua vez, ou defende o meio ambiente ou, o fim da reeleição. Dessa forma,
ficamos, apenas, com o sentimento expresso por um jornalista mineiro, que constantemente
exclama: “Depois dessa, para o mundo que eu quero descer”.

Ainda há tempo da oposição começar a caminha junto com a população, deixando de fazer
politicagem, propondo reformas genéricas e intangíveis, e passando a defender bandeiras
brandidas pela população, como:
- Fim da maioridade penal, ou seja, todo cidadão deverá responder pelos seus atos,
na forma da lei.
- Voto distrital puro, para deputados estaduais e federais.
- Extinção do cargo de vereador municipal, seja porque a Constituição não possua
dispositivo legal que os obriguem a trabalhar (legislar e fiscalizar), em vez do exclusivo
e consolidado exercício de politicagem, seja porque ficaria mais fácil a fiscalização de
apenas um político (O Prefeito) pelo Ministério Público, seja porque o custo benefício dessa
“Corte” municipal, atualmente, não é satisfatório.
- Documento único, vinculado à certidão de nascimento. Não adianta falar em
desburocratização, sem antes viabilizar a criação do documento único. Não é razoável a
existência e a manutenção independente, isolada, de vários bancos de dados, pois essa é a
origem da burocracia e da sobreposição de atribuições. Não é possível mais a subdivisão do
Brasil em vários reinos e feudos burocráticos (TSE, TRE, RFB, MTE, SSP, MPS, BB, CAIXA, etc...)
- Combate incondicional à corrupção, passando pela majoração das penas dos corruptos.

Acreditamos que esses são os primeiros e fundamentais compromissos que uma oposição
verdadeira deve firmar, para demonstrar seu verdadeiro compromisso com o desenvolvimento
integral do País, respeitando os princípios estampados na nossa bandeira: “Ordem e Progresso”.
A partir disso, poderemos caminhar rumo à satisfação dos anseios da população brasileira,
por saúde, educação, trabalho, segurança, transporte, etc.

Fim...

Reply