FHC na jugular de Lula e Dilma: mesmo com enorme maioria não fizeram nenhuma reforma importante. Lotearam o governo, mergulhando o país na corrupção.

Artigo de FHC, intitulado "A que ponto chegamos!", publicado hoje nos principais jornais do país:

Eu, como boa parte dos leitores de jornal, nem aguento mais ler as notícias que entremeiam política com corrupção. É um sem-fim de escândalos. Algumas vezes, mesmo sem que haja indícios firmes, os nomes dos políticos aparecem enlameados. Pior, de tantos casos com provas veementes de envolvimento em "malfeitos", basta citar alguém para que o leitor se convença de imediato de sua culpabilidade. A sociedade já não tem mais dúvidas: se há fumaça, há fogo.

Não escrevo isso para negar responsabilidade de alguém especificamente, nem muito menos para amenizar eventuais culpas dos que se envolveram em escândalos, nem tampouco para desacreditar de antemão as denúncias. Os escândalos jorram em abundância, não dá para tapar o sol com peneira. O da Petrobrás é o mais simbólico, dado o apreço que todos temos pelo que a companhia fez para o Brasil. Escrevo porque os escândalos que vêm aparecendo numa onda crescente são sintomas de algo mais grave: é o próprio sistema político atual que está em causa, notadamente suas práticas eleitorais e partidárias. 

Nenhum governo pode funcionar na normalidade quando atado a um sistema político que permitiu a criação de mais de 30 partidos, dos quais 20 e poucos com assento no Congresso. A criação pelo governo atual de 39 ministérios para atender às demandas dos partidos é prova disso e, ao mesmo tempo, é garantia de insucesso administrativo e da conivência com práticas de corrupção, apesar da resistência a essas práticas por alguns membros do governo.

Não quero atirar a primeira pedra, mesmo porque muitas já foram lançadas. Não é de hoje que as coisas funcionam dessa maneira. Mas a contaminação da vida político-administrativa foi-se agravando até chegarmos ao ponto a que chegamos. Se, no passado, nosso sistema de governo foi chamado de "presidencialismo de coalizão", agora ele é apenas um "presidencialismo de cooptação". 

Eu nunca entendi a razão pela qual o governo Lula fez questão de formar uma maioria tão grande e pagou o preço do mensalão. Ou melhor, posso entendê-la: é porque o PT tem vocação de hegemonia. Não vê a política como um jogo de diversidade no qual as maiorias se compõem para fins específicos, mas sem a pretensão de absorver a vida política nacional sob um comando centralizado.

Meu próprio governo precisou formar maiorias. Mas havia um objetivo político claro: precisávamos de três quintos da Câmara e do Senado para aprovar reformas constitucionais necessárias à modernização do País. 

Ora, os governos que me sucederam não reformaram nada nem precisaram de tal maioria para aprovar emendas constitucionais. Deixaram-se levar pela dinâmica dos interesses partidários. Não só do partido hegemônico no governo, o PT, nem dos maiores, como o PMDB, mas de qualquer agregação de 20, 30 ou 40 parlamentares, às vezes menos, que, para participar da "base de apoio", se organizam numa sigla e pleiteiam participação no governo: um ministério, se possível; senão, uma diretoria de empresa estatal ou uma repartição pública importante. Daí serem precisos 39 ministérios para dar cabida a tantos aderentes. No México do PRI dizia-se que fora do orçamento não havia salvação...

A raiz desse sistema se encontra nas regras eleitorais que levam os partidos a apresentarem uma lista enorme de candidatos em cada Estado para, nelas, o eleitor escolher seu preferido, sem saber bem quem são ou que significado político-partidário têm. Logo depois nem se lembra em quem votou. A isso se acrescenta a liberalidade de nossa Constituição, que assegura ampla liberdade para a formação de partidos. 

Por isso, não se podem obter melhorias nessas regras por intermédio da legislação ordinária. Algumas dessas melhorias foram aprovadas pelos parlamentares. Por exemplo, a exigência de uma proporção mínima de votos em certo número de Estados para a autorização do funcionamento dos partidos no Congresso. Ou a proibição de coligações nas eleições proporcionais, por meio das quais se elegem deputados de um partido coligado aproveitando a sobra de votos de outro partido. Ambas foram recusadas por inconstitucionais pelo Supremo Tribunal Federal.

Com o número absurdo de partidos (a maior parte deles meras siglas sem programa, organização ou militância), forma-se, a cada eleição, uma colcha de retalhos no Congresso, em que mesmo os maiores partidos não têm mais do que um pedaço pequeno da representação total. Até a segunda eleição de Lula, os presidentes se elegiam apoiados numa coalizão de partidos e logo tinham de ampliá-la para ter a maioria no Congresso. De lá para cá, a coalizão eleitoral passou a assegurar maioria parlamentar. Mas, por vocação do PT à hegemonia, o sistema degenerou no que chamo de "presidencialismo de cooptação". E deu no que deu: um festival de incoerências políticas e portas abertas à cumplicidade diante da corrupção.

Mudar o sistema atual é uma responsabilidade coletiva. Repito o que disse, em outra oportunidade, a todos os que exerceram ou exercem a Presidência: por que não assumimos nossas responsabilidades, por mais diversa que tenha sido nossa parcela individual no processo que nos levou a tal situação, e nos propomos a fazer conjuntamente o que nossos partidos, por suas impossibilidades e por seus interesses, não querem fazer - mudar o sistema? Sei que se trata de um grito um tanto ingênuo, pedir grandeza. A visão de curto prazo encolhe o horizonte para o hoje e deixa o amanhã distante. Ainda assim, sem um pouco de quixotismo, nada muda.

Se, de fato, queremos sair do lodaçal que afoga a política e conservar a democracia que tanto custou ao povo conquistar, vamos esperar que uma crise maior destrua a crença em tudo e a mudança seja feita não pelo consenso democrático, mas pela vontade férrea de algum salvador da Pátria

*Fernando Henrique Cardoso é sociólogo e foi presidente da República.

23 comentários

Por favor PSDB .Aproveita e nos ajude.terão nosso votoNo total do prejuízo de 77,60% imposto aos aposentados que ganham mais de 01 salário mínimo, coube o seguinte percentual de perversidade para cada partido:

PSDB: 28,85% de cortes efetuados nas aposentadorias
PT: 71,15% de cortes efetuados nas aposentadorias,

Não restando a menor dúvida que a maior sede vampirística no sangue do aposentado é do Partido dos Trabalhadores, fato que só não enxergará quem for parcial, radical, e que só vê aquilo que quer enxergar!

Sugiro aos aposentados inconformados que façam em alto nível as suas reclamações, porque se baixarmos o nível com insultos e acusações indelicadas, nada conseguiremos, a não ser uma ojeriza maior dos governantes que podem até intensificar nosso massacre, abreviando o tempo para nivelar os nossos proventos ao piso mínimo. Ninguém me tira a suspeita de que os presidentes Lula e Dilma descartaram os aposentados somente para castigar a nossa malcriação....

Reply
O FLAGELO DOS PETRALHAS mod

Anônimo O FLAGELO DOS PETRALHAS disse...

CADA VEZ ESTOU E FICO MAIS CONVICTO que mensaleiros, Lula X-9Dedos, TODA A PETRALHADA, ROSE TRAMBIQUEIRA, YOUSSEF, CERVERÓ E DEMAIS ASSECLAS QUE ASSALTAM OS COFRES PÚBLICOS BRASILEIROS DIUTURNAMENTE, SÃO NADA MAIS QUE FICHINHAS, POBRES COITADOS INOCENTES, "GENTE BOA E PERCLARA", TUTTI TUTTI BUONA GENTE, QUANDO COMPARADOS COM O RENÃCABELEIRA/SARNEIBIGODUDUDO, CAPOS DE TUTTI CAPI DE TODA A PATOTA CORRUPTA DO PMDBBOSTA. ESTA RAÇA CORRUPTA ATÉ A MEDULA, VERDADEIROS DEMÔNIOS, ANJOS DO MAL, LADRÕES INCORRIGÍVEIS, COM A CORRUPÇÃO, O ROUBO. O PROPINODUTO, O ASSALTO ETERNO AOS COFRES BRASILEIROS ENRAIZADOS, ATOLADOS ENLAMEANDO-OS NO MAIS PROFUNDO DE SUAS ALMAS NOJENTAS, CORRUPTAS, LADRONAS E ABJETAS, COM TENTÁCULOS ESPALHADOS EM TODA A MÁQUINA GOVERNAMENTAL DO OIAPOQUE AO CHUÍ. ESTES MALFEITORES PMDBBOSTAS, É VERDADEIRAMENTE A CHAGA FUNESTA E RATAZANA CRAVADA NO BOLSO DO BRASIL. OS PETISTAS COMPARADOS COM ELES SÃO APENAS PRINCIPIANTES NOVATOS NO CRIME DE ROUBAR, FURTAR E ROUBAR O BRASIL. ACHO QUE O NOSSO AÉCIO NEVES DEVE DEIXAR CLARO, DE MANEIRA CLARA CRISTALINA PARA A NAÇÃO BRASILEIRA QUE ESTA TRALHA DO MAL SERÁ EXPURGADA PELA RAIZ EM SEU FUTURO GOVERNO,MANDANDO TODOS ELES TODINHOS PARA A FUTURA OPOSIÇÃO SEM A MÍNIMA MINIMORUM CHANCE DE BARGANHAS COM ESTA TURMA DE ESPERTALHÕES QUE DÃO UM JEITO DE ELEITO SEJA QUEM FOR SEMPRE ESTÃO PARTICIPANDO DO NOVO GOVERNO PARA O FIM ÚNICO DE ROUBAR O BRASIL, COISA QUE ATÉ RECÉM-NASCIDO JÁ NASCE SABENDO. DEVE O AÉCIO DEIXAR BEM CLARO E MARCADO PARA OS BRASILEIROS QUE COM ELE PRESIDENTE ISTO FINALMENTE TERÁ UM DEFINITIVO E IRREVOGÁVEL FIM, POIS O BRASIL NÃO SUPORTA, NÃO AGUENTA E NÃO ACEITA MAIS O "PACTO COM ESTES LADRÕES PMDBBOSTAS COM AS DESCULPAS MAROTAS, ESFARRADAS, SUBTERRÂNEAS, PROMÍSCUAS, INDECENTES, IMORAIS ATE A ALMA, E A MEDULA DE SEMPRE: QUE TUDO É FEITO PELA TAL "GOVERNABILIDADE". AÉCIO/SERRA A CHAPA PARA DEFINITIVAMENTE E DE UMA VEZ POR TODAS CONSERTAR O BRASIL, COLOCÁ-LO NO EIXO E NO TRILHO!

4 de maio de 2014 08:54

Reply

Grande FHC!!! Melhor Presidente de todos os tempos!!!

Reply

Se o PT acaso ganhasse as eleições em outubro de 2014, o povo "ganharia" uma Constituinte Exclusiva - golpe institucional no melhor estilo do socialismo boliviariano do Foro de São Paulo dos golpistas Lula e Fidel Castro - e o tão sonhado projeto de regulamentação da midia = censura para não falar mal do PT, via leis restritivas à liberdade de informação aprovadas na Argentina e Venezuela, como em Cuba, dando processos contra os opositores.
Estas 2 prioridades para silenciarem os opositores foram claramente definidas no 14º Encontro Nacional do Partido do PT, no Centro de Convenções do Anhembi, em São Paulo, e quem vota no PT quer ser seu futuro escravo, como sucede em Cuba, Coreia do Norte etc., todos de coleira no pescoço e fecho na boca!

Reply

Em minha opinião pra nos livrar de todas as corjas de políticos, deveria ser aprovada uma lei que não permita mais a reeleição em nenhum cargo político (de vereador a presidente da república) e quem ocupou cargo político (como os acima) não poderão em hipótese alguma ocupar posição em nenhuma empresa governamental, ministérios, etc.

quem sabe assim acabaríamos com esta praga de corrupção.

Reply

Coronel,

Anote ai:

O FHC POLÍTICO(um Estadista) é infinitamente melhor que o FHC SOCIOLOGO(um idiota defensor da maconha).

FHC, toma jeito "guri" e ajuda a Mudar o Brasil!! (risos pelo guri)

JulioK

Reply

Todo brasileiro tem o dever cívico de expulsar esta corja petralha, e seu PNDH3.
Não sabem o que é isto? É o maior golpe comunista em curso no Brasil, montado por estes bolivarianos - leia-se Fidel Castro, Lula, Chávez - para dominar a América Latina, e transformar toda ela numa imensa Cuba, como já ocorreu com Venezuela e Bolívia.
Ou elegemos Aécio, ou não adianta choramingar depois quando nossas casa forem invadidas por desocupados apadrinhados pelo PT, ou nossa suada poupança for confiscada para sempre, a fim de manter o partido da corrupção no Poder.
FORA DILLMA!
FORA PT!

Reply

Coronel,
o FHC quando quer, faz o dever de casa. Espero que até as eleições, continue assim.

Reply

FHC apenas falou o que nós já sabemos desde o primeiro ano da ingerência do governo Lula.
Quando vazou o mensalão deveriam ter pedido o impeachment desse rato, independente se o povo gostasse ou não.

"Afirmo que a aproximação do fim de seu mandato não é motivo para deixar de declarar o impedimento do presidente, dada a gravidade dos crimes de responsabilidade que ele cometeu e o perigo de que a repetição desses crimes contamine a eleição vindoura. Quem diz que só aos eleitores cabe julgar não compreende as premissas do presidencialismo e não leva a Constituição a sério."(Mangabeira Ungel, em 2005, Folha de São Paulo)


E tudo continua a mesma M..estamos pagando um preço muito alto pelo silêncio da oposição no passado, espero que não se repita no presente.
Enquanto isso os bolsa família e os bolsa disso e daquilo fazem sua festa e até tem cartão de crédito.
O trem já descarrilhou, o País vive um caos social e moral sem precedentes.
Confio apenas nas nossas FFAA, espero que Aécio seja mais inteligente que FHC, que negligenciou essa Instituição. que está sucateada.
Hoje temos os médicos cubanos, a polícia de Moçambique, o caso do avião militar da Venezuela, em Campo Grande http://aluizioamorim.blogspot.com.br/2013/07/voo-misterioso-jornalista-confirma-que.html

Se tudo isso for verdade acho bom abrir os olhos.

Reply

FHC fala isso porque sabe que não temos a menor condição de reação contra os cubanos. Somos hoje, como disse recentemente uma senhora empresária com todas as letras, um país de viados desarmados por esse sujeito. Não temos a menor condição de reagir. A não ser arregaçando nosso respectivos c... para os cubanos e pedir para meter devagar. Somos um país de frouxos, boiolas, que fazemos qualquer coisa por um prato de comida. O Brazil é o c... do mundo e a esquerda sabe que nossa riqueza pode lhes ser útil para dominar toda a América Latina, como estão fazendo com ajuda dos maçons. Nossa sorte é que os maçons vão se dar mal quando acordarem, pois vai ser tarde.

Reply

Se você ainda tem dúvida que somos um país de boiolas, então vá na ParadaGay e dois me diga... País de frouxos. Nossa mulheres são o máximo, como diz a Rede Globo 24 horas por dia, mas elas não vão à guerra, não cuidam da morte, assim como os boiolas.

Reply

Foi o presidente mais bem preparado que o Brasil teve em sua História.

Gabriel-DF

Reply

Concordo em parte com FHC; mas, não adianta trocar o estrume e manter as mesmas moscas. Não dará certo, não mesmo!

Reply

4 de maio de 2014 12:34

Gabriel-DF. menos, menos, sem desmerecer FHC.
A história nos trás os fatos que são incontestáveis:

"Durante os governos militares, o Brasil passou da quinquagésima segunda à oitava posição dentre as maiores economias do mundo. Fomos citados em publicações estratégicas como sendo a 2ª potência do mundo em poder percebido (Ray S. Cline - World power assessment: a calculus of strategic drift), inferiores somente aos EUA"

Leia a integra, vale cada linha:

"O BRASIL que dava certo e tinha um plano"

http://polestrare.org/obrasilquedavacerto.htm

Abraços

Reply

Senhor presidente ! Concordo inteiramente com vossa excelência. Eu como cidadão e pagador de impostos não suporto mais a idéia de ver essa quadrilha de novo no poder por mais 4 anos . Faço parte dos 42 % que não vota no pt de jeito nenhum, e somados aos 30 % dos que votarão nulo , já ousamos dizer que salvo milagre a Dilma não ganha de jeito nenhum !

Reply

4 de maio de 2014 11:14

Hummm! Antes fosse, cometeu um erro gravíssimo, não sei se por vaidade ou falta de sensibilidade para com a Nação brasileira: A REELEIÇÃO. Errou feio quando impediu o impeachment do molusco.

Está tudo aí:

http://www.escandalodomensalao.com.br/cap21.php

http://www.escandalodomensalao.com.br/

Não se pode contar a História do País pela metade.

"Se você consultar a grande maioria dos documentos populares recém publicados de leitura generalizada, por exemplo o Almanaque Abril, acerca dos governos militares, encontrará tão somente referências negativas ou extremamente breves, quando tratam dos sucessos então obtidos pelo país. Porém, o Brasil de hoje deve grande parte do seu potencial às políticas praticadas após a Contra-Revolução Cívico-Militar de 64, principalmente a AGRICULTURA, principal salvadora da balança comercial brasileira nos últimos anos.

(...)Entre 1964 e 1978 elevou-se o produto interno bruto, PIB, de US$ 23 bilhões para US$ 164 bilhões; ampliou-se o comércio exterior de US$ 2,6 bilhões para US$ 25,9 bilhões; estendeu-se a rede rodoviária federal, de 27.939 Km, para 83.943 Km; aumentou-se o potencial hidrelétrico, de 6.840.000 Kw, para 23.604.000 kw.

(...)Tudo o que foi citado foi feito apenas nos vinte anos dos governos militares. Agora, exercite sua memória e cite qualquer grande empreendimento realizado nos últimos vinte anos, além da venda a preços módicos de nossas conquistas?..."

Integra:
http://polestrare.org/obrasilquedavacerto.htm

Reply

AS MULHERES ESTAO ENGATINHANDO NA POLITICA.DILMA DEPENDE TOTALMENTE DE LULA, COMO ELA MESMA CONFESSOU,CONVERSA TODOS OS DIAS COM ELE, SE BEM QUE SAO DUAS M..........! AGUARDEMOS O APARECIMENTO DE UMA ESTADISTA COMPETENTE!VAI DEMORAR.............

Reply

infelizmente o eleitor brasileiro não percebeu que, com a eleição do FHC, inaugurara-se uma outra etapa da vida política brasileira e elegeu aquele senhor lula que nada entende de governar. A sorte nossa foi ele - lula - entregar o governo ao pres. do BC.,sr. Henrique Meirelles mas, cometeu um erro, elegendo aquela senhora ex guerrilheira Dilma, que entende menos ainda do que lula da arte de governar.Prepotente e ignorante como ela o é, recusou a participação do snr. H.M. e o resultado estamos vendo a cada dia, para gaúdio do próprio H.M. que conhecia a fera e impôs condições, prontamente recusadas pela senhora Dilma. E quem perdeu foi o Brasil.0 eleitor brasileiro tem a chance de se redimir, elegendo o snr. Aécio Neves para o próximo pres. da República.

Reply

4 de maio de 2014 15:40

Será que entendi? Não use a régua de Dilma para medir as mulheres.
O que falta nesse País é um partido com capacidade de escolher seus candidatos (as).
No dia que tivermos partidos sérios não faltarão MULHERES na política e como certeza teremos a nossa Ângela Merkel.
No momento, com raras exceções, vejo apenas oportunistas como a maioria dos homens.

"A esperança tem duas filhas lindas, a indignação e a coragem. A indignação nos ensina a não aceitar as coisas como estão; a coragem, a mudá-las." (Santo Agostinho)
Uma mulher esperando um partido decente ...


Reply

Prezado Anônimo de 4 de maio de 2014 15:40

que comentário absurdo o seu!
Como se essa guerrilheira-ladra-assassina-dois-neurônios-ambulantes representasse as mulheres do Brasil!

Por favor, poupe-nos dessa generalização feita!

Só de maravilhosas coturneiras comentaristas, altamente politizadas, aqui no Coturno temos um monte. Imagine pelo Brasil afora!

Flor Lilás

Reply

Coronel,

5 coisas não consigo perdoar em FHC:

1. impediu o impeachment de Lula no mensalão
2. instalou a reeleição
3. faz apologia à liberação da maconha
4. punhos de renda no começo do governo Dilma (lambendo suas esporas, ou seriam ferraduras?)
5. ter pego aquele avião com a petralhada toda e Collor de Melo par air ao funeral de Mandela.

Tem coisas que a gente nunca esquece.

Flor Lilás

Reply

Cel,

FHC falou o obvio, porem nós da oposição só temos uma saída, retirar todos os petralhas do poder. E para retirar essa vaca e seus bezerros que mamam nas nossas custas, temos de vaiar a vaca todos os dias que se apresentar em publico, e protestar, ir pra rua. durante a copa em todas as cidades que houver jogos para o mundo inteiro ver esses ladrões que existem no nosso governo.

Reply

Eis uma antipérola, indigna de um membro da ABL: Não quero atirar a primeira pedra, mesmo porque muitas já foram lançadas.
E eis um sujeito esperto querendo se fazer e nos fazer de bobos: Eu nunca entendi a razão pela qual o governo Lula fez questão de formar uma maioria tão grande e pagou o preço do mensalão.
Já eu nunca entendi por que ele não lutou pelo impeachment de lullalau quando o mensalão estourou. Ou melhor, posso entendê-lo, como ele diz: é porque Mario Covas já tinha morrido, e não conduziu o partido pela trilha da decência. Deu no que deu, esse atraso de décadas, esse alinhamento com os párias mundiais e essa vergonha de ver tanta corrupção impune.

Reply