Militares são ruins de marketing. Nunca fizeram pesquisa de opinião pública sobre 1964.

O discurso político sobre 1964 já está perdido há muito tempo. Ficar batendo boca em nota oficial no dia 31 de março não leva a lugar algum. Com R$ 200 mil, os clubes podem contratar uma pesquisa nacional para ouvir o que os brasileiros pensam sobre o regime militar. Com as perguntas certas, sem viés ideológico de esquerda, como tudo o que é feito em relação ao tema. Fica a dica para a milicada. Contratem o Ibope, o Datafolha ou outro instituto de pesquisa e saiam a campo. Com as respostas na mão, construam um novo discurso. Ou continuem sendo condenados pela História, derrotados pela opinião pública da minoria.

57 comentários

Os militares precisam é divulgar mais a VERDADE de 1964, Não deixando estes comunistas passar por cima da história do Brasil. Eles podiam matar em nome do COMUNISMO?

Reply

Viva 31 de março de 1964.

Reply

De fato Coronel.A sugestão sobre pesquisa avaliando o governo militar - É algo importante.

Reply

por que deste medo tao grande destes esquerdistas radicais?

Reply

Coronel,
os militares não precisam de pesquisas. Os militares devem cumprir a Constituição. Defender a pátria, inclusive contra essa gangue que está no poder. Sim, também contra os comunistas pois eles são contra a democracia.

Reply

ACUMA ?
O Nobre Coronel se esqueceu que estes institutos de pesquisa estão forrados de barbudinhos loucos por uma ditadurazinha comunista ? Ou trazem um instituto internacional isento ( com o recrutamento de agentes de campo também isentos ) ou vão amargar 80% de aprovação para a guerrilheira assaltante de cofres, isso sim. O Montenegro e aquele outro lambedor de privadas estão rido de você até agora. Não baixa a guarda, Coronel.

Reply

Assim como fez Getúlio, os Militares não deixaram um sistema politico confiável para o futuro. Ao contrário, reforçaram um presidencialismo de cooptação, de fácil corrupção no Congresso, com a adição de mais um senador ("bionico").

Vejam, hoje, Norte e Nordeste juntos detem 43% de Deputados e 58% de Senadores. Logo, não é um voto um eleitor no Brasil, a maioria da população tem representado por uma minoria e a minoria tem a maioria no Congresso.

A correção somente é possível com o voto distrital. Mas os nortistas e nordestinos jamais irão querer mudar isto, possuem poderes para nos impedirem mudar este quadro politico pacificamente.

Saudações do Extremo Sul.









Reply

EXCELENTE. MAS NOSSOS MILITARES SAO GALINHAS ANE'MICAS. JA' NAO BASTA O QUE O CANALHA LULA FEZ EM SEU DESGOVERNO. ELES FICAM O TEMPO TODO RECONTANDO O CONTRA GOLPE QUE E' ENFADONHO E TODO MUNDO SABE. COM UMA FORCAS ARMADAS DESSA NAO PRECISAMOS DE INIMIGOS

Reply

Coronel,
O próximo desastre a ser escancarado será o MCMV.
Não existe infraestrutura em nenhuma cidade deste país, pronta para receber o que está sendo construído.
Nenhuma prefeitura, bem administrada ou não,consegue executar as obras necessárias para instalar água, luz esgoto no volume da nova demanda.
E muito menos, escolas, postos da saúde, transporte urbano.
É uma loucura fazer este tipo de intervenção na sociedade e não assumir a responsabilidade com as consequências.
Fora que, os preços dos terrenos, da mão de obra e do material de construção subiu demais,tornando irreal os preços que os construtores têm que praticar. Por isto a baixa qualidade.
Esta é a verdadeira política do PT: distribuir as benesses diretamente ao povo, sejam bolsas, casas, remédios, benefícios e mais benefícios, direitos e mais direitos. Eles são os bonzinhos que dão tudo para o povo. Os outros todos são os mauzinhos.Isto é política de poder e não de governo.
Com isto, o PT tem um eleitorado cativo, que é a maioria dos eleitores.
Ninguém tira esta gente do poder.
Lembra muito nossos hermanos da Venezuela, não?
Ainda chegaremos lá!


Reply

É isso aí!
Sempre pensei nisso mas o píor é que logo não teremos mais ninguém que tenha testemunhado isso, mas só os doutrinados por essa esquerdalha que aí está.

Reply

Os militares se preocupam muito é com a continência, por isso hoje, estão batendo continência até prá esses c..que estão no poder.

Reply

Coronel,

Viva 31 de Março de 1964.


Tuco-SP.

Reply
General Maximus Decimus Meridius mod

Coronel

Parabéns pelas novas regras.

General Maximus Decimus Meridius

Reply

nao so os militares...

os ruralistas e agricultores também são ruins de doer...

apanham de todos os lados todos os dias e nao sabem o que fazer para calar a boca de meia-duzia de vagabundos...

eh dose...

Reply

Ninguém gosta de publicar nas rêdes sociais que tem saudade do regime militar, porque não é politicamente correto. Mas em conversas informais é impressionante o número de pessoas que tem saudade dos militares no poder. Essa corja que aí está acabou com a meritocracia.

Reply

Infelizmente os militares perderam a chance a limpar e impedir a proliferação de políticos corruptos e incompetentes que hoje estão no poder.

Reply

O dia em que o Clube MIlitar ou um dos Circulo Miitares fizer uma pesquisa dessas, contribuirei para pagar!!!

Reply

Coronel, segue um artigo de minha autoria sobre 31 de março, caso julgue conveniente pode publicar e compartilhar:

31 de março de 1964, uma nova velha versão.

Enio Carneiro Nepomuceno*
Hoje eu escrevo para os jovens.
Caro leitor, peço um pequeno favor: se você não for bem jovem e tiver mais de 25 anos, não precisa continuar lendo o artigo, porque pode ser chato pra você e se há uma coisa da qual eu não gosto é de ser chato.
Pois bem, atualmente é pacífico, pelo menos nos livros de história adotados no ensino fundamental e médio do país, o entendimento de que o dia 31 de março de 1964 é uma data a ser lamentada. Naquele dia, conta a história “atual” revisada, os temíveis militares do Brasil arquitetaram um golpe de Estado, usurparam o poder e mergulharam o Brasil em 20 anos de soturna ditadura, que só terminou na década de 80, quando começou novamente a reinar a democracia em nosso estimado país.
Sirvo-me do presente artigo para dizer aos mais jovens que, por mais inacreditável que pareça, existe uma outra versão, esquecida e perdida no tempo, sobre o mesmo episódio. É sempre bom procurar conhecer todas as versões de um fato, nunca abra mão disso, sob pena de se tornar parte do “gado”.
Na década de 80, quando eu estava no ensino fundamental, chamado de primeiro grau naquele distante passado, os livros contavam que o movimento de 31 de março de 1964 havia sido uma iniciativa da população civil do país que, alarmada com as más condições da economia e com a possibilidade real e indesejada, na época, do Brasil alinhar-se ao bloco de países comunistas, pediu, aos militares que eles interviessem na balbúrdia instalada, tomassem providências, assumissem o poder e afastassem o perigo iminente.
Certamente alguém dirá: isso é pura e deslavada mentira, foi a versão criada pelos militares que determinaram, nas décadas de 70 e 80, que isso fosse escrito nos livros de história. Outros, no entanto, dirão: é verdade, finalmente alguém lembrou a verdadeira história.
Não quero aqui discutir se uma ou outra versão é correta. Eu tenho a minha opinião formada sobre isso. Tampouco tenho a pretensão de, em tão poucas linhas, apresentar fatos históricos ou verdades absolutas sobre a questão. O que eu quero, apenas, é poder dar a você, meu jovem leitor, a sublime oportunidade de saber, ainda que bem superficialmente, que existem ambas as versões. Atualmente, e não por mero acaso, uma delas circula muito mais que a outra. Isso é muito ruim.
Pesquise, leia os jornais da época e faça algo que é impossível ao cidadão comum que viva em um regime socialista ou comunista: tire as suas próprias conclusões.
Suprimir versões cria verdades absolutas e verdades absolutas criam fundamentalismo o qual, sempre, serve a propósitos reprováveis.

*Especialista em História Militar

Reply

Em minha opiniãpo, os militares deviam penitenciarem-se do erro histórico que fizeram, no calor da emoção, ao proclamarem a República. Enquanto esta depende da "virtu" pública, isto é, da responsabilidade com a "coisa pública", a Monarquia exaltece e depende da Honra, o que os militares têm de sobra. O Império brasileiro perdurou mais de 60 anos com a mesma Constituição e, ao entardecer de seu tempo, o Brasil ombreava com os EUA em tecnologia e progresso. Somos o único povo da América Latina a ter uma Família Real, para ódio, despeito e inveja de todos, principalmente dos bolivarianos do Foro de São Paulo. Mas, quem conhece como é uma Monarquia Constitucional?

Reply
Paulistanóide mod

E ajam rápido, enquanto a emergente Ditadura Civil ainda permite.

Reply

OIs vitoriosos da história são elllles. Vaõ dar o troco até reescrever a história.
Já quase dá para perguntar quais fatos não foram ainda manipulados na direção da neohistória, da neodemocracia ...
Os militares perderam.
Nós perdemos para os pilantras.
Pelo menos até agora.
Infelizmente.
Pobre Brasil.
Pobres de nós perdedores, pois somos espezinhados , alguns até se sentem torturados com a mentira oficial cotidiana , permanente.

Reply

Militares, Empresários sérios, oposição e todos os que tem o que fazer e vivem de seu próprio trabalho, não fazem Marketing. O Esquerdismo só faz marketing. Eles irão cair, quando afundarem o país economicamente, o que já começou. Infelizmente vamos reviver os anos 80.

Reply
Jayme Guedes mod

Eu, por exemplo, tenho saudades daqueles tempos. O que ganhei com a devolução do poder aos civis foi o direito de que escolher o ladrão que irá me roubar. A obra civil pode ser resumida numa frase: tributação de padrão escandinavo e serviços públicos de nível africano. Definitivamente, democracia sem escola, não rola.

Reply

Certa vez, lá em meados da década de 80, perguntei para o meu pai se ele se lembrava dos fatos que ocorreram em 1964. Ele nem mesmo tinha ciência que alguma coisa tinha acontecido. O que eu sabia sobre 64 era o que estava nos livros de história da época e hoje não é diferente. Quem faz os livros de história são os donos do poder. Os militares estão sós, e se quiserem que sua versão dos fatos seja conhecida, terão que se manifestar. Ninguém fará isso por eles, a maior parte dos civis não conhece a história, e os poucos que conhecem tem medo de contá-la.

Reply

Jé é preciso pensar no Brasil em planejamento familiar, controlar a natalidade por meio de politicas educativas para esse pessoal que vive na miséria e se sujeita a viver dos trocados do bolsa familia, quando deveriam é exigie e receber uma vaga de emprego, para viverem dignamente do próprio salário. Esses miseráveis que passam o tempo sem emprego, no ócio, gerando filhos indiscriminadamente e com isso agravando os problemas sociais do País. São multiplicadores da miséria, não agregam riqueza, e se conformam em ser massa de manobra na mão do Lula/Dilma/PT que não têm escrúpulos de usar a fragilidade dessa gente carente para alcançar seus devaneios de poder. O número desses miseraveis que estavam na miséria em 2003(qdo Lula assumiu) se multiplicou por 10e continuam até hoje na mesma merda de vida, com o agravante de terem sido multiplicadores da pobreza no Brasil. Se a violência hoje já é alta, com o Brasil em crise como já vemos vislumbrar nessa alta de inflação e sucateamente do País, sem dinheiro nos cofres não haverá bolsa votos mais, e esse batalhão que o PT enganou esse tempo não terá como sobreviver, se não na violência!

E mesmo assim com esse quadro negativo, ninguem barra essa quadrilha!?!?!?!

Reply

Foi picado pelo PT! Se for assim cumpanheiro, TÔ FORA!

Reply

Concordo coronel.

Reply

Não tinha percebido as novas regras do blog. É isso aí! Direito de propriedade!

Quem não gostar que procure outra freguesia...

Reply

Boa Noite Coronel
Bons anos os 70, tinha carro do ano, viajava, enfim uma vida boa, com trabalho e não sou filha de militar.Agora com esse desgoverno é bolsa tudo até bolsa turismo (ciências sem fronteiras), com isso ninguem tira esse partido do poder. Cooptaram tudo em todos os níveis.
O governo militar só deixou de fazer o serviço completo, dar um fim em meia duzia de comunistas que agora estão no poder ou no mensalão.

Reply

GENOÍNO, ”Geraldo” O HERÓI DE BARRO....O X-9

http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=TRtOc9O_MEM

MATARAM PRA CHEGAR AO "PODER" E TENHAM CERTEZA... VÃO MATAR PRA NÃO LARGAR...

Reply
César de Castro Silva mod

A culpa é dos próprio militares, que deveriam ter passado essa canalha toda no fio da espada, como fizeram Fidel Castro, Stalin, Mao e tantos outros líderes de esquerda, e hoje e estão aí ovacionados pelos Petralhas.

Reply

Os petralhas estão reescrevendo a história. Pelas reportagens que mostram na TV, dá a impressão que durante o regime militar, a população vivia sob o jugo da tropa de choque. Eu vivi essa época e não era nada disso. Embóra ainda fosse um garoto nos anos sessenta, ainda me lembro de uma sensação de segurança e mesmo de liberdade, que não sinto mais hoje em dia. O regime militar só foi instaurado em 64, por causa da corrupção e da desordem que imperavam naquela época.

Reply

Só a canalha vermelha é contra os militares. As grandes obras de infraestrutura que existem no Brasil, foram feitas por eles. Todo bandido e agitador que era preso dizia que era torturado. Essa era uma ordem entre os terroristas. Corja de sacanas.

Reply

cel,

Como é difícil praticar a verdadeira democracia neste país?

Mas os militares cumpriram o seu papel, e colocaram ordem na casa na base da força.

Mas agora a coisa esta começando a desandar e por incrivel que pareça pelos mesmos que praticavam desordem em 1964. Querem se perpetuar no poder a qualquer custo, com corrupção, roubalheira, etc... que todos os concientes estão cansados de ver.

Em nome da democracia, voce e outros que possuem uma visão mais aberta tem de continuar lutando para reestabelecer a ordem neste país. Tudo isso para as futuras gerações tenha uma vida mais digna com saude e educação.

Reply

A questão dos militares é a seguinte: eles não são treinados para lidar com eventual corrupção de governantes. Isso é assunto de Polícia, MP e Justiça. Militares preocupam-se com assuntos de alta indagação, mormente os relacionados com soberania "territorial", ameaças externas, etc. Dificilmente imiscuir-se-ão em assuntos internos, exceto se a situação descambar para o caos. Por esse motivo, digo-lhes, só o caos nos livrará desse governitcho corrupto!

Reply

Você está certo, mas é difícil, com a imprensa "progressista" que temos. Todo ano - há mais de uma década - é feita uma pesquisa sobre "instituições mais confiáveis" e todo ano, invariavelmente, as Forças Armadas aparecem em primeiro lugar. Pois bem, na hora de publicar os resultados, sai uma notinha numa quinta ou sexta página com uma informação truncada sobre um aspecto da pesquisa, sempre comparando duas variáveis, algo do tipo "brasileiros confiam mais na imprensa que no Congresso". Nunca, absolutamente nunca, eu li num jornal da "grande imprensa" a notícia correta, com o correspondente destaque: "Para a maioria dos brasileiros, Forças Armadas são a instituição mais confiável" - ou algo do gênero. Nossos editores se recusam, simplesmente, a publicar aquilo que, para eles, seria "fazer o jogo da direita". Raramente na história da humanidade terá existido, em qualquer lugar do mundo, uma separação tão completa entre a intelligentsia e o povo, com aquela odiando ou desprezando tão radicalmente tudo o que este ama. Mas os brasileiros pobres, aqueles que são assistidos pelas FFAA toda vez que há uma enchente, um desabamento, uma campanha de vacinação na Amazônia, esses brasileiros não têm dúvida quando se trata de identificar o verdadeiro amigo. Depois de quase quarenta anos de hegemonia "progressista", o povo aprendeu: a esquerda é quem "faz o Bem" e, talvez por isso, instala a população pobre nos lugares mais insalubres e perigosos que existem; as Forças Armadas são aqueles que só "fazem o Mal" e, quando tudo desaba, afunda, naufraga (enquanto a esquerda passeia em Roma ou Paris), arregaçam as mangas e enfiam os coturnos na lama para salvar vidas. É por isso que a "comissão da verdade" nunca vai dar em nada, vai simplesmente naufragar na urina da própria mediocridade, nas fezes do próprio ressentimento. Graças a Deus. Pelo bem do Brasil.

Reply

rapá, quando pequeno, eu passava minhas ferias na Colonia de Ferias do 63 Batalhão de Infantaria, ali no Estreito, na parte continental de Floripa...

eram outros tempos, onde em período de ferias aprendíamos o que era ordem e disciplina...

bons tempos...

o Brasil, para ser uma grande nação, parecia apenas questão de tempo...

nao sei como nos desvirtuamos tanto e entramos nesse buraco praticamente em volta em que nos metemos...

hoje os jovens e adolescentes só querem saber eh de vagabundagem...

ta uma merda total, com todos os valores invertidos e o cidadão honesto e competente só toma na bunda, não tem direito a merda alguma...

não sei como alguém de talento tem vontade de levantar da cama todos os dias para construir alguma coisa nesse lugar que despreza suas qualidades e ainda o ameaça com a ditaduras das tais minorias, um bando de arruaceiros e perturbados...

Reply

não conheci nenhum militar que saiu rico do governo...

nem os generais...

hoje qualquer cagão do quinto escalão petralha esta se fazendo em grana...

só do primeiro e segundo escalões então, não sabem mais onde enfiar tanto dinheiro de consultorias fantasmas e palestras sobre porra nenhuma...

Reply

os comunas manipulam a propaganda como ninguem."Se vocês são poucos gritem mais alto" é isso o que esta na cartilha.Os militares são na verdade, como não poderia ser diferente, o retrato fiel da sociedade brasileira mentalmente saudável:boa índole, pacatos e que só reagem no limite.
Viva 31 de Março.

Reply

Na época, com os militarres, havia ORDEM E PROGRESSO.

Hoje há desordem e retrocesso.

Não demora muito e teremos de pedir que as forças armadas voltem.


Chris/SP


Reply
Dr. Metanóia mod

Mais um grande alerta e chamada do Blog do Coronel.

Parabéns!

Reply

Brilhante a idéia da pesquisa. Se os Clubes Militares se preocupam mesmo com o futuro do país podem começar por aí...
Estou disponível pra ajudar no que for necessário; deixo meu e-mail: jamarques55@hotmail.com

Reply

Muito difícil fazer esse tipo de pesquisa porque ela já partiria de um erro, que é classificar o regime militar como se fosse algo único e contínuo, sem particularidades até mesmo ideológicas entre cada um dos governos. Dá prá comparar, por exemplo, o governo Médici, do milagre econômico, do pleno-emprego, do pró-álcool, de Itaipu, da Petrobras explorando em águas profundas, da hiper-expansão da economia, de viés liberal, com o governo Geisel, do Simonsen, do "crescimento prá dentro", da reserva de informática, das usinas nucleares, da inflação? Como segmentar uma pesquisa como essa?

Acho que os militares precisam é de 'midia training' prá ocupar com sabedoria os espaços que lhes sejam abertos e defender suas posições sem passar truculência. O General Heleno tem esse perfil. Pesquisas qualitativas? Não dariam em nada.

Reply

Coronel,


com quem converso que tem por volta de 50 anos de idade quer os militares de volta.


Flor Lilás

Reply

Eu vivi aquela época. Os militares nunca impediram ninguém de estudar e trabalhar honestamente.

Reply

Políticos que envergonham o Paiz, tais como Lula, foram produtos da inércia do regime militar. Hoje pagamos caro por isso.

Reply

Pois é Flor Lilás, todos que viveram essa época, salvo os vagabundos que hoje tiram vantagem do Status Quo, têm saudades dos militares no poder."status quo", era uma expressão em voga na época.

Reply
PAULO PASCHOAL JUNIOR mod

LAMENTAVELMENTE, ESSA CONTRATAÇÃO NÃO SERÁ POSSÍVEL. ESSA PESQUISA SERIA INSTRUMENTO DE VERDADE SE NÃO HOUVESSE MANIPULAÇÃO NA LIMITAÇÃO DO QUE PESQUISAR. INSTITUTOS DE PESQUISA BRASILEIROS POSSUEM CÓDIGO DE CONDUTA QUE IMPEDEM ESSE TIPO DE PESQUISA, POIS ELES JÁ CONHECEM O RESULTADO, ONDE MAIORIA EXPRESSIVA DOS BRASILEIROS, APÓIA FORÇAS ARMADAS EM SUAS AÇÕES NOS ÚLTIMOS 50 ANOS, INCLUINDO REVOLUÇÃO DE 64. SE CLUBES QUISEREM CONTRATAR ALGUÉM, TERIA QUE SER INSTITUTO DO EXTERIOR, QUE NÃO ESTARIA PRESO A ESSE COMPROMISSO CANALHA, QUE IMPEDE VEICULAÇÃO DA VERDADE.

Reply

Flor, não conversamos mas pode me botar na tua listinha...

FFAA JÁ !!!!

Reply

Pesquisa. Esse é o caminho! Cagliostro

Reply

Obrigado militares pelo que vocês fizeram em 1964. Não tem preço! Essa dívida o Brasil talvez jamais pagará!

Reply

Esses 20 anos no poder que o PT quer tanto, nada mais é para matar a história passada e recriar uma nova através de livros didáticos e muita propaganda mentirosa deixando estes jovens sem oportunidade de conhecer a verdadeira história do Brasil. Vejam as manifestações pró PT,sempre cheias de jovens e manifestações contra a corrupção somente com adultos dos anos 70 ou 80. Até quando os militares vão continuar calados. Somente o Telhada vem à público defender os militares.E os Outros?

Reply

Eu também tenho saudades de 1964. Era adolescente, ia em festas, estudava e me sentia inteiramente em segurança. Ao contrário de hoje. À noite nem saio de casa. Enquanto meu filho não chega fico em pânico. Que saudades de 1964. Viva 31 de março! Fora PT!

Reply

Um sentimento empírico me mostra que se tal pesquisa for levada em consideração, o resultado poderá ser uma bomba para as pretensões dos “vermelhinhos” se perpetuarem no poder. Para mim não seria nenhuma surpresa se parcela significativa da população declarar que tem saudades do regime militar, diante de tantos descalabros com a saúde, educação e, principalmente, com a segurança; fora a degradação moral e ética diante de tanta corrupção explícita, mentiras descaradas e cinismos insultuosos.

Reply

brasileiro não vale nada mesmo!

quando a coisa pega querem os militares para o serviço pesado. depois esquecem dos milicos e alguns até os difamam covardemente. mas nenhum desses querem enfrentar os punhos de um tenente ou capitão na porrada. falastrões ignorantes da mesma bula que comunistas ladrões da república.


sgt boca quente

Reply

Τhanκs for finallу tаlking аbοut > "Militares s�o ruins de marketing. Nunca fizeram pesquisa de opini�o p�blica sobre 1964." < Liked it!

my web site ... pаydаy lоans

Reply

Não vejo motivos para se comemorar ou querer uma ditadura no País.
A suposta ameaça comunista foi defendida?
Parabéns.
Agora é hora de propor mudanças de aumentar a democracia no pais e não ficar batendo palmas e gritando viva a ditadura, fora democracia.

Reply