Para blindar Lula, governo e PT exigem pedido de demissão de Rose.

Um dia após a Polícia Federal prender seis pessoas e indiciar 12 na Operação Porto Seguro, a presidente Dilma Rousseff exonerou ou afastou do cargo todos os servidores acusados de participação em um esquema de corrupção em agências reguladores e órgãos federais. Entre os exonerados estão a chefe de gabinete da Presidência da República em São Paulo, Rosemary Novoa de Noronha, nomeada para o cargo pelo ex-presidente Lula, e o segundo na hierarquia da Advocacia-Geral da União (AGU), José Weber Holanda.

Foram afastados do cargo os irmãos Paulo Rodrigues Vieira, diretor da Agência Nacional de Águas (ANA), e Rubens Carlos Vieira, diretor de Infraestrutura Portuária da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Dilma determinou que sejam abertos processos disciplinares contra eles nas agências reguladoras. As demissões foram anunciadas após reunião de Dilma com ministros e o advogado-geral da União Luis Inácio Adams, no Palácio da Alvorada.

A demissão de Rosemary foi tratada como um tema delicado no Planalto, pelas estreitas ligações dela com Lula e integrantes da cúpula do PT. Dilma encarregou o secretário-geral da Presidência, Gilberto Carvalho, de comunicar a Lula que sua ex-secretária seria demitida. Também coube a Carvalho conversar com Rosemary. Lula chegou neste sábado da Índia e conversou com Gilberto assim que desembarcou.

As exonerações e afastamentos devem ser formalizados na edição desta segunda ou terça-feira do Diário Oficial da União. No início da tarde deste sábado, a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República divulgou nota afirmando que, por determinação da Presidência da República, todos os servidores indiciados na Operação Porto Seguro serão afastados ou exonerados de suas funções. A nota não cita nomes e especifica apenas que os diretores das agências reguladoras envolvidos no escândalo serão afastados e enfrentarão processo disciplinar. Eles não podem ser exonerados porque têm mandato.

A nota foi elaborada neste sábado de manhã em reunião de Dilma com os ministros Gleisi Hoffmann (Casa Civil), Gilberto Carvalho, Ideli Salvatti (Relações Institucionais) e o advogado-geral da União, Luís Inácio Adams. Durante a reunião, chegou um pedido de exoneração de Rosemary, que foi indiciada por corrupção ativa. O número dois da AGU pretendia fazer o mesmo. Assim, formalmente, eles devem ser exonerados “a pedido”. Politicamente, no entanto, o gesto perdeu peso, já que eles foram atropelados pela nota divulgada pela Presidência.

Quando a operação da Polícia Federal estourou, na sexta-feira, Gilberto Carvalho e o presidente nacional do PT, Rui Falcão, entraram no circuito para convencer Rosemary a pedir exoneração. Eles queriam minimizar o impacto da demissão de uma funcionária tão próxima do ex-presidente Lula. O presidente do PT, no entanto, negou que tenha participado da articulação — Não é verdade. Não falei com ela e, portanto, não poderia ter pedido nada a ela. Aliás, só tenho informação do que ocorre pela mídia.

Rosemary era secretária do ex-presidente Lula no escritório da Presidência em São Paulo. Quando Lula fazia viagens internacionais, ela o acompanhava. A funcionária foi mantida no cargo por Dilma a pedido do ex-presidente.Rosemary, junto com o ex-ministro José Dirceu, indicou os irmãos Vieira para a diretoria da ANA e da Anac, e mantinha com eles estreita ligação. Eles são acusados de participar de um esquema de fraudes de pareceres técnicos em agências reguladoras e órgãos federais.

A demissão na ANA pode ter implicações sobre decisões importantes tomadas pela agência recentemente. No último dia 26 de outubro, o consórcio Energia Sustentável do Brasil (ESBR) — que opera Jirau e cujo controlador é a multinacional GDF Suez — entrou com representação junto à ANA questionando o parecer que a entidade havia dado ao consórcio Santo Antônio Energia (SAE), que tem entre seus sócios Furnas, Cemig, Odebrecht e Andrade Gutierrez, favorável à ampliação da cota do seu reservatório de 70,5 m para 71,3 m para a instalação de seis turbinas adicionais.

A disputa que está sendo travada na Amazônia brasileira pela ampliação da cota de reservatório de água envolve bilhões de reais, como mostrou reportagem do GLOBO no início de novembro. Quanto maior o nível de água, mais potência de geração de energia e, portanto, mas receita para as empresas. O documento encaminhado à ANA, de 19 páginas, ainda não teve uma resposta da agência. Juntamente com a representação, a ESBR enviou ao agente regulador uma nota técnica com mais de 30 páginas com uma avaliação dos efeitos que a ampliação da cota de água de Santo Antônio poderia ter sobre a região, entre elas o alagamento de municípios próximos. ( O Globo)
Um dia após a Polícia Federal prender seis pessoas e indiciar 12 na Operação Porto Seguro, a presidente Dilma Rousseff exonerou ou afastou do cargo todos os servidores acusados de participação em um esquema de corrupção em agências reguladores e órgãos federais. Entre os exonerados estão a chefe de gabinete da Presidência da República em São Paulo, Rosemary Novoa de Noronha, nomeada para o cargo pelo ex-presidente Lula, e o segundo na hierarquia da Advocacia-Geral da União (AGU), José Weber Holanda.
Foram afastados do cargo os irmãos Paulo Rodrigues Vieira, diretor da Agência Nacional de Águas (ANA), e Rubens Carlos Vieira, diretor de Infraestrutura Portuária da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Dilma determinou que sejam abertos processos disciplinares contra eles nas agências reguladoras. As demissões foram anunciadas após reunião de Dilma com ministros e o advogado-geral da União Luis Inácio Adams, no Palácio da Alvorada.A demissão de Rosemary foi tratada como um tema delicado no Planalto, pelas estreitas ligações dela com Lula e integrantes da cúpula do PT. Dilma encarregou o secretário-geral da Presidência, Gilberto Carvalho, de comunicar a Lula que sua ex-secretária seria demitida. Também coube a Carvalho conversar com Rosemary. Lula chegou neste sábado da Índia e conversou com Gilberto assim que desembarcou.
As exonerações e afastamentos devem ser formalizados na edição desta segunda ou terça-feira do Diário Oficial da União. No início da tarde deste sábado, a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República divulgou nota afirmando que, por determinação da Presidência da República, todos os servidores indiciados na Operação Porto Seguro serão afastados ou exonerados de suas funções. A nota não cita nomes e especifica apenas que os diretores das agências reguladoras envolvidos no escândalo serão afastados e enfrentarão processo disciplinar. Eles não podem ser exonerados porque têm mandato.
A nota foi elaborada neste sábado de manhã em reunião de Dilma com os ministros Gleisi Hoffmann (Casa Civil), Gilberto Carvalho, Ideli Salvatti (Relações Institucionais) e o advogado-geral da União, Luís Inácio Adams. Durante a reunião, chegou um pedido de exoneração de Rosemary, que foi indiciada por corrupção ativa. O número dois da AGU pretendia fazer o mesmo. Assim, formalmente, eles devem ser exonerados “a pedido”. Politicamente, no entanto, o gesto perdeu peso, já que eles foram atropelados pela nota divulgada pela Presidência.
Demissão pode mudar decisões em agência
Quando a operação da Polícia Federal estourou, na sexta-feira, Gilberto Carvalho e o presidente nacional do PT, Rui Falcão, entraram no circuito para convencer Rosemary a pedir exoneração. Eles queriam minimizar o impacto da demissão de uma funcionária tão próxima do ex-presidente Lula.
O presidente do PT, no entanto, negou que tenha participado da articulação:
— Não é verdade. Não falei com ela e, portanto, não poderia ter pedido nada a ela. Aliás, só tenho informação do que ocorre pela mídia.
Rosemary era secretária do ex-presidente Lula no escritório da Presidência em São Paulo. Quando Lula fazia viagens internacionais, ela o acompanhava. A funcionária foi mantida no cargo por Dilma a pedido do ex-presidente.
Rosemary, junto com o ex-ministro José Dirceu, indicou os irmãos Vieira para a diretoria da ANA e da Anac, e mantinha com eles estreita ligação. Eles são acusados de participar de um esquema de fraudes de pareceres técnicos em agências reguladoras e órgãos federais.
A demissão na ANA pode ter implicações sobre decisões importantes tomadas pela agência recentemente. No último dia 26 de outubro, o consórcio Energia Sustentável do Brasil (ESBR) — que opera Jirau e cujo controlador é a multinacional GDF Suez — entrou com representação junto à ANA questionando o parecer que a entidade havia dado ao consórcio Santo Antônio Energia (SAE), que tem entre seus sócios Furnas, Cemig, Odebrecht e Andrade Gutierrez, favorável à ampliação da cota do seu reservatório de 70,5 m para 71,3 m para a instalação de seis turbinas adicionais.
A disputa que está sendo travada na Amazônia brasileira pela ampliação da cota de reservatório de água envolve bilhões de reais, como mostrou reportagem do GLOBO no início de novembro. Quanto maior o nível de água, mais potência de geração de energia e, portanto, mas receita para as empresas. O documento encaminhado à ANA, de 19 páginas, ainda não teve uma resposta da agência. Juntamente com a representação, a ESBR enviou ao agente regulador uma nota técnica com mais de 30 páginas com uma avaliação dos efeitos que a ampliação da cota de água de Santo Antônio poderia ter sobre a região, entre elas o alagamento de municípios próximos.


Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/pais/dilma-demite-chefe-de-gabinete-da-presidencia-em-sp2-da-agu-6821064#ixzz2DEInEk9X
© 1996 - 2012. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

21 comentários

O problema Coronel, é que aquilo que flutua ao sabor da água, nunca vai ser incriminado em nada. Caso BMG encerrado, caso Panamericano ainda não foi indiciado, os 600 milhões da CEF vai dar em nada. Depois dizem que o Lula não é Deus. Deus sim, da sacanagem contra o Brasil!

Reply

Pô..........
Tá passando da hora de enquadrar esses pilantras.
Cadê o Ministério Público?
Todo mundo se agacha se pode alcançar Lula?
Porquê?
O maior pilantra de nossa história está precisando de conhecer a hora da verdade....
Ou não.....................

Reply

Coronel,

Essa era a "peça" que faltava para botar o Lulla em cana!!

O presidente MAIS CORRUPTO da história da Republica. Não é a toa que a Forbes coloca Us$ 2 bilhões na conta dele!!

JulioK

Reply

Coronel,
já naquele tempo, a CPI (Comissão Para os Investigadores) do PT "confundiu" o Paulo Preto tucano cm o Paulo Preto petralha.

Reply

Prato cheio para uma CPI para derrubar a Dilma, e uma candidatura robusta da oposição, seja ela quem for.

Reply

Sair por pedido de demissão próprio ou mandada embora não muda o fato de que o crime existiu em parceria com o presidente Lula e continuou com a presidente Dilma. É dever do MP punir TODOS e não relevar mais uma vez os envolvidos no crime e os principais culpados. Manter sempre na impunidade essa figura nojenta que rotineiramente é blindada nos escândalos, significa dar cobertura e condições de continuidade SOC se manter roubando dinheiro público.
Essa ditadura desses bandidos só vai terminar quando o cabeça da Organização Criminosa for pego. Esse câncer é malígno demais e parece que ninguem consegue exterminá-lo? O MP já passou por idiota por muito tempo, está na hora de reverter e ganhar o jogo.

Reply

Basta olhar para a cara desse Gilmar Tato, para sentir a diferença entre o bom e o ruim. E o tal Rui Falcão, velho gagá, que sofre surtos psicóticos sequenciais a cada minuto. Se juntar todos os petralhas, vai exalar um cheiro de enxofre misturado com carniça. Para constatar que o inferno começa aqui mesmo, basta entrar no meio dessa corja. Ali tem de tudo, além do fedor: trapaça, mentira, roubo, enriquecimento ilícito, drogas.

Reply

A culpa não é só do Lula, é também de quem o elegeu.

Reply


Claro. Esse pessoal é calejado, sabe muito bem como reagir em horas como essas. Lembrem do caso Celso Daniel. Naquela mesma noite a movimentação entre eles e os en volvidos foi enorme.

Lilyane

Reply

" pelas estreitas ligações dela com Lula"

estranhíssimo isso, hein?

movimentar um governo inteiro por causa de uma simples secretaria?

hum....

Reply

Quando o responsável pela contabilidade de uma empresa comete um erro, não tem desculpa, o dono da empresa tem de pagar a multa, não adianta dizer que não sabia de nada. Assim, chefe de corrupto também tem responsabilidade pela corrupção. Tem de dar um basta nessas desculpas esfarrapadas de que não tem nada com isso.

Reply

Acabou de sair na Reuters:
http://uk.reuters.com/article/2012/11/24/us-brazil-corruption-idUKBRE8AN0BH20121124
Mau para o Brasil. Dilma foi opinar na crise europeia, acabou de perder toda a moral.
Isso mostra a seriedade da coisa. A imprensa internacional nao reaje a coisas do Brasil rapido assim.

Reply

Rose, uma secretária corrupta ou uma testa de ferro???

Reply

Quando a Dilma irá demitir o Lula?

Reply

Serviço para Coveiro!

Reply

É depois que sites especializados informaram que a moçoila era amante do molusco e que a PF tem muitas gravações dos dois, parece que as primeiras rachaduras sérias começaram a aparecer e em muito breve a casa vai cair. Pena que a d. Dilma esperta como só vai se safar e mais levar os louros de ter mostrado a todos quem é o corrupto Lula. Quem viver verá.

Reply

Essa é a "mão invisivel" do socialismo agindo para punir os que supostamente a trairam...

Reply

Como não há mais oposição, a China resolveu correr com os cubanos.

Reply

Isso que dilma fez em falar com molusco,
chama-se:
Rabo preso,
submissão,
é ele que guverna,
eu sou apenas o jaboti sobre o poste
Marionete,
Fantoche e o que mais se assemelha.

Reply

Mas para salvar a cara do mensaleiro-mor, uma vez mais, essa lama é atirada pelo Estadão na cara da Dilma e não do Lula que a nomeiou e a manteve.
Mas quem manda a Dilma jamais de desvencular de quem a inventou?
Ela mesma se limita ao se manter como reles interina, faça sol ou chuva.

Reply


Então ela tinha "estreitas ligações com o velhaco"????

Huuuuummmmmm, isso está fedendo prá caramba, ai tem dona Muda.

Tem mais se tocar essa investigação prá frente vai feder enxofre para o lado do Nefasto.

Reply