Recordar é provar.

Clique na imagem para ampliar e reler a Resolução do Diretório Nacional do PT favorável ao aborto. É de fevereiro de 2009. É a cara da Dilma.O PT faz questão, na resolução, de atacar os valores religiosos. É a cara da Dilma. E depois querem ter o voto e o apoio de católicos e evangélicos.

29 comentários

Corona...

Não foi essa mesma resolução que fez parte do programa de governo da dillma ?????

Aquele que ella assinou, mas depois disse que rubricou, sem ler...e que foi substituído...

...tudo sob o olhar beneplácido de kiko levandowhisky????

Reply

A abortista Dilma dá voltas, mas acaba sempre sublimando ou colocando ressalvas no assunto, mas as chamadas das notícias é que ela faz o contrário.

Reply

A Dilma acaba de afirma na TV, em matéria filmada no Belô, que é "a favor da vida", mas que "há muita gente na rua, fumando craque...", ou seja, não deixa de ser a velha terrorista que agora quer matar esses fumadores de craque ainda no últero.

Reply

Coronel, deixo uma frase para todos os visitantes do Blog utilizarem na nossa luta:

Dilma disse: "O aborto é uma violência contra a mulher"... mas Dilma não lembra que quem sobre as agulhadas e morre é o feto.

Espalhem isso!! Ela não sabem o que é um aborto. Ou ela é um aborto que sobreviveu?

Reply

Nota ao " impondo valores religiosos e morais"... foram bem claros não é ? Esses materialistas imorais e assassinos de fetos@!

Reply

Sugestões para a campanha do Serra:

1) Explorar, com inteligência (ouviu, marqueteiro do Serra?), os escândalos da violação de sigilo e da Casa Civil; 2) Falar sobre a ocultação da biografia da Dilma; 3) Evidenciar a posição (a verdadeira) da candidata acerca do aborto, mas só exibir os vídeos comprobatórios de que ela pediu a sua legalização mais perto da eleição; 4) Usar o vídeo em que Lula agradece aos tucanos pelo Bolsa Família; 5) Pôr em evidência a nova investida do Ministro da Verdade, em prol do “controle social da mídia”; 6) Assumir a paternidade do Plano Real, da LRF e de tudo o que houve de bom no país nestes últimos vinte anos, e que foi usurpado por Lula; 7) Trazer de volta à discussão os dossiês patrocinados pela Dilma; 8) Nos debates, fazer perguntas inesperadas e criar situações inéditas, que forcem a candidata a ir para o terreno do improviso. Ela vai simplesmente desabar; 9) Acabar com essa história de o Serra, a cada resposta, começar com “Olhe, Dilma…” e coisas afins, que transmitem insegurança e não convencem o eleitor. Ele precisa ser mais assertivo (será que o candidato, depois de 500 anos na política, ainda não aprendeu a debater e a se comunicar com o eleitor?); 1O) Não ter medo de dizer que a Dilma não passa de um fantoche do Lula; 11) Colocar os programas eleitorais pelo menos no mesmo nível dos que são exibidos pela campanha adversária; 12) Trocar de marqueteiro. Bem, isto eu sei que não dá mais…

Reply

CORONEL,NÃO ESQUEÇAMOS DO DESRESPEITO A PROPRIEDADE PRIVADA QUE TAMBÉM FAZ PARTE DO PROGRAMA MAQUIAVÉLICO DO PT....MUITA GENTE NÃO SE ATENTOU A ISSO,PRINCIPALMENTE QUEM É FAZENDEIRO OU TEM POR HÁBITO INVESTIR EM TERRAS E IMÓVEIS....REPERCUTE AÍ MESTRE!

Reply

A Globo está a serviço do PT. No Jornal da Globo, editaram da Dilma o que lhe interessava: a Dilma seria contra o aborto porque o aborto agride a mulher. Porquê? A mulher tem autonomia sobre o seu corpo e o bebê é estranho ao corpo da mulher, e para a saúde da mulher é necessário extraí-lo. Diz a Lei que regulamenta os Partidos Politicos que o integrante do partido deve subordinar sua ação aos princípios doutrinários e programáticos e às diretrizes estabelecidas pelos órgãos de direção partidários, na forma do estatuto (art. 24). Logo a Dilma não pode fazer o contrario de que deseja seu partido. As condenações da regional Sul da CNBB se voltam contra o Partido, nominalmente o PT http://www.youtube.com/watch?v=6ReNtpTykKI&feature=player_embedded. Pela Lei a Dilma não pode se posicionar contra as diretrizes do partido. Logo, a mulher que tiver uma gravidez não desejada, em nome de sua autodeterminação, e em virtude da lei que descriminalizará o aborto, poderá matar o seu filho ainda em seu ventre, que o PT e a Dilma garante. Se, por oportunismo a Dilma mudar o discurso, não acredite, pois as resoluções do PT não deixam e a bancada eleita hoje solidaria ao PT é maioria e infelizmente fácilmente seria aprovado no Congresso. Será uma carnificina legal.

Reply

Coronel e demais...


Já que os petessauros gostam tando de aborto, vamos abortar eLLes da presidência.

Vamos exitrpar eLLes na base do serrote e tacape...


Sem trégua... Serra na dilma..

Nejair

Reply

Coronel, essa frase é do excelente artigo de Nílson Borges Filho, no Blog do Aluizio Amorim, outro defensor intransigente da democracia: "no dia seguinte ela pode mudar de opinião e voltar a defender a legalização do aborto". Quem confia que sua mudança de opinião é verdadeira? Existe verdade em algum petista? Vale a pena ler seu artigo, nenhum jornalista vendido escreve como ele. É outro grande colaborador para a liberdade de imprensa em nosso país.

Reply

Esta petralhada é incrivel. Quadros do partido receberam ordens para encher os e-mails registrados que eles tem, que são milhões, pois toda vez que seu email sai em um jornal eles anotam, de mensagens mostrando que é o José Serra e não a Dilma que é favorável ao aborto. Eu recebo vários diariamente. Patético.

Reply

A bandidagem petista cada vez fica mais enrolada com os mentidos e desmentidos.

Todas as verdades ditas contra eles, eles desmentem com mentiras e embromações. O caso do aborto que esta no programa deles, é uma verdade, eles tentam dizer que são mentiras, mas tudo esta provado, com vídeos, com documentos, com entrevistas, etc.

Vamos bater neles, COM VERDADES, sempre com verdades. Verdades arrasa qualquer mentira, ou mentirosos.

SERRA PRESIDENTE DO BRASIL

Reply

Coronel,
Vc viu a entrevista do Ciro Capacho Gomes, dizendo que na opinião dele é calhordisse discutir o aborto? É muito cara de pau.

Reply

VAMOS ESPALHAR!

ERA ASSIM QUE O PT TRATAVA A MARINA SILVA:

O BLOG DA DILMA RETIROU A PÁGINA DO AR, MAS O CACHE DA INTERNET NÃO FALHA:

LEIAM: http://migre.me/1vGPM

VAMOS A LUTA!

Reply

Elles estão desesperados, mesmo, pra tentar afastar a imagem do aborto deles. Agora não dá mais.

Reply

Gente, é discussão a toa.
Tem entrevista, videos e tudo o que mais se quiser ver.
Tá no site do PT.
É só digitar aborto na busca do site PT http://www.pt.org.br
voi vai ver que não tem nada contra o aborto, pelo contrário tudo a favor.
Sendo assim, Dilma tem mais é que assumir a sua real postura e não apenas uma postura temporária visando o beneficio eleitoral.

Reply

No endereço que envio,
http://www.youtube.com/watch?v=lXcP8bTAK04&feature=player_embedded, Franklim Martins ministro da Propaganda do governo Lula, executaria o Embaixador americano Charles Elbrick, em 1969. O vídeo termina com uma referência à suposta participação de Dilma Rousseff no episódio. Hoje a Dilma executaria os inocentes no seio de sua mãe.

Reply

Coronel, to com o luizque asnacio mula da selva, tem que extipar do planeta essa raça chamada petralha com as antas a tira-colo, kkkk
pt?????? nunca mais,que suba todos pras prefundas dos infernos, raça mardita.....kkkkkkk

Reply

PNDH3 é o projeto de governo petralha; o resto é mentira.
SERRA PRESIDENTE!

Reply
Homem Americano mod

A Gestapo terceirizada Olavo de Carvalho

Trechos do artigo datado de 2006

A perseguição policial sem polícia, a Gestapo terceirizada , já está funcionando com pleno sucesso no Brasil. Os adversários mais sonsos -- a maioria -- já não ousam criticar o governo senão em nome de pretextos esquerdistas que os arrastam com ele na mesma condenação; a minoria intelectualmente ativa está acossada pela perda de emprego, pelas agressões psicológicas, pelas ameaças veladas ou explícitas, pelo assédio judiciário, pela difamação incessante e cruel.

Exemplos?

O jornalista Reinaldo Azevedo perdeu o emprego porque os anunciantes tinham medo de aparecer nas páginas de Primeira Leitura . Depois a casa de sua mãe foi invadida e depredada.

O âncora Boris Casoy foi demitido da TV Record pela força discreta das pressões políticas.

O cronista Diogo Mainardi geme esmagado sob toneladas de processos pelo crime de denunciar a corrupção federal.

O Padre José Carlos Lodi da Cruz, acossado por ONGs internacionais, foi condenado por um grotesco tribunal de Brasília a pagar multa por chamar uma abortista de abortista.

O escritor Júlio Severo sofre toda sorte de humilhações judiciais e administrativas por ter escrito um livro contra a ideologia homossexual e querer educar seu filho na religião cristã.
O professor Francisço Pessanha Neves, do Colégio de Aplicação da UFRJ, foi surrado por seus alunos por insistir em lhes ensinar filosofia grega em vez de marxismo.

Quanto a mim, todo mundo sabe: os insultos escatológicos e ameaças de morte já viraram rotinas banais, a intromissão difamatória na privacidade da minha família tornou-se direito consuetudinário, exercido por batalhões de imbecis juvenis instigados por professores que não ousariam me confrontar num debate. E tanto se empenharam na minha destruição que acabaram se traindo, publicando com sinistro humorismo goebbelsiano uma caricatura na qual apareço crucificado -- uma eloqüente declaração de intenções, só frustradas in extremis pela minha oportuna saída do país.



link:
https://www.blogger.com/comment.g?blogID=2417103901631884824&postID=3650063616120243009&isPopup=true

Reply

CEL, Não dá para fazer chegar ao ninho a vertente que explora a incompetência para escolher subordinados? Para o administrador é essencial saber escolher e controlar subordinados e o próprio Lula reconheceu isso na campanha quando apareceu com o Lindenberg afirmando que "a gente leva uma vida inteira para conseguir identificar alguém honesto e competente". Mas são dele as escolhas de todos os envolvidos em escândalos no governo (Dirceu, mensaleiros, etc). Isso vale para a Dilma com a Erenice. É preciso mostrar esse fato na campanha do Serra. Eles não sabem escolher nem controlar os subordinados e, diante do escândalo se eximem dizendo que não sabiam de nada.JGuedes

Reply

A Dona Dilma não defende as mulheres
O pior da Dilma, nessa questão do aborto, é que ela não defende as mulheres. Ela defende o machismo, pois o serviço já está feito. Já que não dá para dar uma tunda de relho na mulher ou colocá-la no paredão, então “dá a ela o direito de dispor sobre o seu próprio corpo”. Mas será que dispor sobre o próprio corpo, não deveria ser não sofrer nenhum tipo de abuso sexual? Pois se não houve abuso e a mulher teve a ocasião de consentir com a gravidez, por que abortar? Se não houve nenhum abuso, repito, contra a mulher e ela aborta porque quer, como Dona Dilma apregoa que deve ser o direito da mulher, então, o que fica estabelecido, na prática, é que , no Brasil, as mulheres tem o direito de matar. Que super poder é esse que a Dona Dilma está querendo dar para as mulheres? E com que intenção? Menos Dona Dilma. Não queremos passar do nada a controladoras da vida e da morte. Não queremos uma lei brasileira, que ao invés de proteger o mais frágil, vulnerabiliza ainda mais a mulher, dando a ela a possibilidade de mutilar o próprio corpo para pagar a hipoteca de ser mulher. O que as mulheres querem, mesmo, é uma política para mulheres, ou seja, de oportunidades iguais para as mulheres. E não "esse suposto poder sobre o corpo", outorgado pelo estado, depois do estrago feito (pois que estão tratando de um estrago, já que ninguém vai abortar o filho do amor) e substituído por outro muito maior, de agressão ao próprio corpo. E, notem, que nem estou falando no feto (o grande indefeso). Pode parecer Dona Dilma, devido ao lonnnngo tempo de subjugação, que as mulheres tem vocação para o sofrimento, para a dor. Não, para o seu conhecimento, esse é só mais um discurso machista . As mulheres só querem a dignidade no lar, no trabalho, na sociedade, igual a qualquer um. As mulheres, Dona Dilma, só querem ser amadas como iguais, e não subjugadas ou tuteladas. Decidir sobre o nosso corpo nós saberemos se tivermos "educação" para tanto. Não queremos um estado que decida por nós. Pois isto é um referendum do machismo. Queremos ter cidadania suficiente para fazer nossas próprias escolhas. Queremos ser cidadãs livres. Não queremos tutela de governo e muito menos da Dona Dilma. Afinal, o que Dona Dilma proporcionou para as mulheres nesse tempo todo de governo? Onde ela esteve, realmente, engajada "enquanto mulher" com "políticas femininas"(por ex:salário igual ao do homem para não depender de”bolsas”, fim da jornada tripla de trabalho, proibição de espancadores de mulheres no parlamento...e por aí vai?). Mas, só se viu a Dona Dilma servindo ao poder machista do Lula e do PT. Nunca se viu nada de feminino na sua atuação, com ações concretas de “valorização da mulher enquanto pessoa”, “individualidade”, que viesse propiciar a mulher decidir, depois, seu papel na relação que vier a estabelecer enquanto par, seja com quem for. O que se viu foi Dona Dilma encarnando(seu perfil), sempre,um personagem belicista, próprio do machismo, mostrando que “entende mesmo” de armas e de morte. Logo... bisturi e aborto, combinam direitinho. Mas, o bisturi que as mulheres querem Dona Dilma é o do cirurgião plástico, nenhum outro. Ora Dona Dilma, deixe para as mulheres de verdade(as não manipuladas pelo machismo) decidirem seus destinos e a sua forma de ser feliz..

Reply

Ontem a Dilma disse no Jornal Nacional que era contra o aborto! Claro! Quem vai dizer que é a favor do aborto! O problema é que ela é a favor da DESCRIMINAÇÃO do aborto. Esse é o ponto.

Reply

QDO A MAIORIA DOS BRASILEIROS ADERIR AO HÁBITO DE LER,DE SE INFORMAR MELHOR,MAIOR SERÁ A CHANCE DE ESCOLHERMOS MELHOR NOSSOS POLÍTICOS E NÃO CAIR NA DESGRAÇA DE TER NOVAMENTE UM GOVERNO COMO O DO PT(PODREIRA TOTAL,PARTIDO DOS TRANBIQUEIROS,COMO QUISER CHAMAR!).
VAMOS LÁ SERRA!!!ESTAMOS COM VOCÊ!

Reply

Recebi esse e-mail:

A Dilma que o PT Não mostra na TV



http://www.youtube.com/watch?v=j_HWHFrrkxg&feature=player_embedded#!


Vamos espalhar na rede!


Lourdes

Reply

Coronel,
Este vídeo postado recentemente no Youtube diz os motivos do PT para apoiar o aborto com links de documentos originais.
http://www.youtube.com/watch?v=AmqWQu_rP7Q

Reply

A Dona Dilma não defende as mulheres
O pior da Dilma, nessa questão do aborto, é que ela não defende as mulheres. Ela defende o machismo, pois o serviço já está feito. Já que não dá para dar uma tunda de relho na mulher ou colocá-la no paredão, então “dá a ela o direito de dispor sobre o seu próprio corpo”. Mas será que dispor sobre o próprio corpo, não deveria ser não sofrer nenhum tipo de abuso? Pois se não houve abuso e a mulher teve a ocasião de consentir com a gravidez, por que abortar? O que é isso mesmo de “descriminalizar a gravidez não desejada” constante da Resolução do PT de 09.02.2009? Por que uma mulher não iria desejar a sua gravidez? Se não houve nenhum abuso, repito, contra a mulher e ela aborta porque quer, como Dona Dilma apregoa que deve ser o direito da mulher, então, o que fica estabelecido, na prática, é que , no Brasil, as mulheres tem o direito de matar. Que super poder é esse que a Dona Dilma está querendo dar para as mulheres? E com que intenção? Menos Dona Dilma. Não queremos passar do nada a controladoras da vida e da morte. Não passe para as mulheres esta batata quente travestida de direito. Não queremos uma lei brasileira, que ao invés de proteger o mais frágil, vulnerabiliza ainda mais a mulher, dando a ela a possibilidade de mutilar o próprio corpo para pagar a hipoteca de ser mulher. O que as mulheres querem, mesmo, é uma política para mulheres, ou seja, de oportunidades iguais para as mulheres. E não "esse suposto poder sobre o corpo", outorgado pelo estado, depois do estrago feito (pois que estão tratando de um estrago, já que ninguém vai abortar o filho do amor) e substituído por outro muito maior, de agressão ao próprio corpo. E, notem, que nem estou falando no feto (o grande indefeso). Pode parecer Dona Dilma, devido ao lonnnngo tempo de subjugação, que as mulheres tem vocação para o sofrimento, para a dor. Não, para o seu conhecimento, esse é só mais um discurso machista . As mulheres só querem a dignidade no lar, no trabalho, na sociedade, igual a qualquer um. As mulheres, Dona Dilma, só querem ser amadas como iguais, e não subjugadas ou tuteladas. Decidir sobre o nosso corpo nós saberemos se tivermos "educação" para tanto. Não queremos um estado que decida por nós. Pois isto é um referendum do machismo. Queremos ter cidadania suficiente para fazer nossas próprias escolhas. Queremos ser cidadãs livres. Não queremos tutela de governo e muito menos da Dona Dilma. Afinal, o que Dona Dilma proporcionou para as mulheres nesse tempo todo de governo? Onde ela esteve, realmente, engajada "enquanto mulher" com "políticas femininas"(por ex:salário igual ao do homem para não depender de”bolsas”, fim da jornada tripla de trabalho, proibição de espancadores de mulheres no parlamento...e por aí vai?). Mas, só se viu a Dona Dilma servindo ao poder machista do Lula e do PT. Nunca se viu nada de feminino na sua atuação, com ações concretas de “valorização da mulher enquanto pessoa”, “individualidade”, que viesse propiciar a mulher decidir, depois, seu papel na relação que vier a estabelecer enquanto par, seja com quem for. O que se viu foi Dona Dilma encarnando(seu perfil), sempre,um personagem belicista, próprio do machismo, mostrando que “entende mesmo” de armas e de morte. Logo... bisturi e aborto, combinam direitinho. Mas, o bisturi que as mulheres querem Dona Dilma é o do cirurgião plástico, nenhum outro. Ora Dona Dilma, deixe para as mulheres de verdade(as não manipuladas pelo machismo) decidirem seus destinos e a sua forma de ser feliz..

Reply

VIDE posição oficial do governo na Secretaria de Promoção da Mulher:
http://www.sepm.gov.br/noticias/ultimas_noticias/2009/02/not_pt_con_ins_cpi_abo?searchterm=ABORTO

Reply

mais sobre aborto e PT.Vá ao site do PT do dia 5/7/10 link Mulheres e caiam de costas.

Reply