"Olha, sou tudo, menos serrista", afirmou Monica Bergamo, em entrevista. Ontem ela foi tudo, menos jornalista.

Em entrevista dada para a Revista Imprensa, em 2007, Mônica Bergamo falou sobre ética profissional e sobre os seus posicionamentos como jornalista da Folha de São Paulo.  A calúnia que ela repercutiu ontem em sua coluna, contra Mônica Serra,  desmente tudo o que declarou na dita entrevista, menos a declaração de que "sou tudo, menos serrista". A notícia publicada, transformando uma fofoca de Facebook em manchete deverá ir para o currículo das piores práticas, como um "case" de jornalismo de esgoto a ser estudado na excelente Casper Líbero, onde ela se formou em priscas eras. A única explicação é que a jornalista deve ter recebido alguma coisa de muito valor para manchar a sua biografia, jogando na lama os seus preceitos éticos. Nunca vamos saber se foi muito dinheiro ou a promessa de alguma coisa muito especial para si ou para alguém muito perto de si. Leiam e confirmem.

51 comentários

Tudo que ela falou na entrevista, ela jogou fora ontem.

É o desespero!!!

Eles já sabiam que a Veja vinha arrasadora.

Reply

NÃO PASSA DE UMA VACA.

Reply

TEREMOS TRACKING AMANHÃ CORONA???

Reply

Bom dia, Coronel. Lá na comunidade gente decente está postado que foi a negociação de um ministério num eventual governo Dilma. Mudando de assunto dê, por favor, uma olhada lá no blog do Cláudio Humberto. Ele comenta que Lula e Dilma estão "meio brigados". Motivo: a criatura e seus ajudantes já não estariam ouvindo tanto o bobagento do presimente. Também há o comentário de que Erenice anda lembrando a Dilma que não é o Delúbio para aguentar tudo caladinha. Enfim, tem umas coisinhas interessantes lá.
Grande abc

Reply

Lamentável essa jornalista.

Estou cancelando minha assinatura na folha.

E minha filha também.

IMPRENSSA MARROM

Reply

Com certeza Coronel...Por pouco, ela não deve ter se vendido..ou foi grana grossa, promessa de um cargo estilo "Erenice War",ou foi prá ser a nova braço direito da "Anta" em tudo, não só no governo...Quem é essa senhora prá falar sobre ética... Se a Folha tivesse vergonha,deveria demiti-la já...ela e seu superior, que permitiu que ela escrevesse um lixo desses...A frase dela é ótima, porque pode ser interpretada como :-" Sou tudo,menos honesta e decente"...Se a Folha, num lapso de coerência, mandá-la embora, ela vai tomar um pé na bunda dos ratos...se eles vendem até a mãe, imagina se vão comprar a briga dela, vão falar que não viram e não sabem de nada,como sempre e a tonta vai ser queimada sózinha !!!Boa noite Coronel... Que bons ventos continuem soprando sobre nós, limpando esse ar fétido deixado pelos PeTralhas e nos renove com novos ares,onde a liberdade e a decência imperem...

Reply
Wilton Cavalheiro mod

Pra mim ela apenas esta querendo um UPGRADE na carreira, e como não consegue uma chance nas colunas sociais ou de fofocas, fez isso para demonstrar talento.
Po vcs estão querendo limar o direito dela de trabalhar no que realmente gosta.
:)

Reply

Coronel, a Folha avermelhou? Disfarçava, agora é na cara dura, só as manchetes já denuncia e o Josias vermelhou de vez. Será que entraram com a boquinha no aumento da verba da campanha de Dilma?
Gilberto, Monica e outros petralhasm todos farinha do mesmo saco. Dá uma espiadinha lá...

Reply

Reinaldo disse tudo:
10/10/2006 às 18:53
Cara Mônica Bergamo,

Jamais desconfiei de seu esforço de reportagem, o que lhe rende uma página de muito e justo prestígio na Folha. Também louvo-lhe o esforço. Embora eu fale com muita gente, prefiro o telefone. Você sabe como são os políticos: cada um tem suas próprias teorias conspiratórias, isso quando não estão fazendo de conta que seu interesse particular é uma causa universal. Adoram nos confundir.
É evidente que seu texto trata de um tema que está em todas as rodas políticas. Posso discordar do resultado da apuração, mas jamais considerei o tema irrelevante. No que respeita à questão geral, reitero o ponto de vista expresso na minha contestação de sábado: a arquitetura do que você chama “acordo informal” desmorona com a tramóia do dossiê fajuto. Convenha: a reeleição de Lula estava garantida, considerávamos todos nós: jornalistas, políticos da oposição e da situação, eleitores. Havendo então o “acordo”, melhor seria deixar que as coisas seguissem o seu curso.

Como, a meu juízo, este acordo nunca existiu — há pessoas do PT e do PSDB que o negam com veemência; dignas, também estas, de credibilidade, certo? —, os petistas tentaram dar um golpe na eleição de São Paulo, com efeito na política nacional. Afinal, aquele que lideraria a oposição — José Serra — estaria em severos apuros. Você sabe que não acato a versão de que se tratava apenas de uma trama do PT paulista. Os indícios gritam em outro sentido: por que há tanta gente do entorno presidencial metida na conspiração?

Repare: fosse este um romance policial, seria forçoso observar que o dossiê elimina a principal suspeita do detetive. Ou precisamos achar uma explicação para ele. No que respeita, agora, ao terreno da lógica, tenho uma consideração a fazer. Não ignoro que a reeleição de Lula possa, em tese ao menos (e só em tese), favorecer eventuais pretensões presidências de José Serra ou de Aécio Neves. Mas estaríamos diante de um desses casos clássicos que servem para ilustrar a diferença entre “correlação” e “causalidade”.

Não é porque facilite, que estamos, então, autorizados a concluir, que tudo foi urdido para que se chegasse a tanto. Alckmin só é o candidato do PSDB porque quis — e como quis! Não foi empurrado a tanto. Para que aquele Tratado de Tordesilhas político de que alguns dão fé pudesse ser verdadeiro, o ex-governador de São Paulo deveria ter sido, desde o começo, o Bel’Antonnio da história. Basta que recuperemos a disputa interna havida no PSDB para a escolha do candidato à Presidência, e chegaremos à conclusão fácil de que não era.

Em seu texto, você reitera que o acordo existe, ainda que me “desagrade”. Veja: pessoalmente, a questão me é absolutamente irrelevante. Assim como você falou com pessoas que asseguram a sua existência (e eu também), há as que o negam. Estamos diante de duas histórias verossímeis, críveis. Mas só uma é verdadeira. Eu acredito, aí falando como analista, que a verdade é contrária ao que sustenta a sua reportagem. A minha, vá lá, crença acolhe o conjunto dos fatos, incluindo o dossiê. A sua, entendo, só faz sentido caso o excluamos da história.

Embora eu entenda a suposição de que a reeleição de Lula possa ser amistosa às pretensões de Serra ou Aécio, suponho que nenhum dos dois é idiota a ponto de contar com isso. Já terão antevisto o futuro em sua bola de cristal? Não creio que tenham chegado tão longe com cálculos tão rudimentarmente maquiavélicos. Quando menos, teriam de supor que as atuais condições objetivas e subjetivas estarão preservadas em 2010. É uma impossibilidade praticamente física. Para o bem do Brasil, já que se trata de duas lideranças importantes, espero que não sejam tão tolos.
Agradeço o seu e-mail. E creio que podemos estar inaugurando uma vereda nova no jornalismo: a discordância cordial, em que duas razões se confrontam sem se deslegitimar. Um beijo do

Reinaldo

Reply

Coronel, lá na Bolívia ocorreu algo parecido: um ministro do Evo acusou um grupo de "conspiradores " , apresentando uma foto tirada do Facebook , todos posando com armas. No dia seguinte, o grupo ligou para as TVs e rádios: era um grupo de amigos que jogavam Airsoft, e as armas eram todas de brinquedo. O ministro ficou conhecido como o "Ministro Facebook", depois do vexame.
A distinguida jornalista poderia ser chamada de "Jornalista Facebook", pois tira informações incrivelmente "verídicas" de uma fonte tão confiável.

Reply

Como é que pode uma repórter dar uma entrevista daquelas para a revista Imprensa e, anos depois, realizar uma coisa dessas que foi publicada na Folha? Ou ela se vendeu, ou sofreu uma grande ameaça, ou aquilo que ela afirmava era tudo mentira.

Reply

"Não sou nada, menos vigarista."

Reply

É, pois é

liberdade de imprensa não pode ser, jamais, liberdade para cometer crimes.

É certo que não deve haver censura. Mas, tem que haver prisão em flagrante para os crimes de imprensa.

Reply

Coronel

Essa vaca pode ser o que quiser o que não pode é sair denegrindo a imagem de pessoas, foi chocante a maneira como ela agrediu a Sra. Mônica Serra, tremenda baixaria digna da petralha de carteirinha.
Reclamei direto à Folha, não admito que um jornal que assinei por muitos anos tenha baixado o nível dessa forma.
Será que há dinheiro que pague um bom nome no jornalismo?
Será que a Folha sabe que petralha não lê jornal? Quando muito limpa a bunda com ele.
Fico chocado com a invasão de petralhas que comenta na Folha e avacalha com o jornal, xingam e descem o cacete, e a Folha continua a dar moral para a corja, é nojento.

Reply

E-mail da ombudsman da Folha:

ombudsman@uol.com.br

No Twitter: @folha_ombudsman

A Folha, de credibilidade já abalada, sofre mais um revés em sua cobertura jornalística, ao publicar um boato como reportagem, sem confirmar a veracidade do fato e ouvir todas as partes.

Vamos inundar o e-mail e o twitter da ombudsman da Folha, Suzana Singer. Mônica Bergamo manchou o nome do jornal, e temos que mostrar para os redatores da Folha o quanto desaprovamos essa conduta de jornaleco vendido adotado pela "jornalista".

A Folha dá guarida para "jornalistas" sem o mínimo escrúpulo profissional. Se ela não se manifestar contra a reportagem de Mônica Bergamo, fica mais do que comprovado que o jornal está vendido ao PT.

Reply

Pois é Coronel

Segundo o Cláudio Humberto os petralhas já começaram a meter o pé na bunda do cachaceiro.
Já??? Pensei que demoraria um pouco mais, vai ver que é por isso que o bebum anda meio arredio.
Vai faltar 51 na praça;

Reply

Já vimos quem é a vadia! Essa Folha de Merda sempre foi petralha. Vejam que mesmo o Datafolha errou feio as pesquisas. Ainda pouco fui no blog do Josias, aonde ele reproduz o texto da vadia e tentei fazer um comentário dizendo que a Mõnica é vadia. Deu "erro de sistema". A moça que exerce a profissão mais antiga do mundo, com certeza, não quer ser adjetivada.

Reply

Tá explicado, ela afirma que é qualquer coisa, menos serrista. Portanto, contra o Serra ela está disposta a fazer qualquer baixaria.
E ainda diz que há coisas que só interessa ao núcleo familiar.
Tão mentirosa quanto a "companheira" da foto (aquela do olhar "43").
Mulherzinha sem compostura.

Reply

Coronel, é pátetico o papelão dessa "pseudo jornalista" que em nome de uma imprensa livre escreve qualquer merda.

Espero que em nome dessa mesma imprensa livre; ela seja responsabilizada pelo feito, na justiça. Espero que a Câmara técnica do conselho de ética tome as providências cabíveis.

Essa mulher defende a Mordaça na Imprensa e faz uso indiscriminado de Imprensa Livre.

Essa mulher joga a biografia dela na sarjeta para se enlamear junto com os PTistas que a remuneraram ou prometeram mundos e fundos.

Monica Bergamo, voce é uma das razões pela qual eu deveria me sentir enojado de ser Brasiliero.

Porém há outros conterrâneos que me fazem sentir orgulo pelo mesmo motivo.

Monica Bergamo, sente se ao lado da Tânia Fusco e chore. Voces são MEDIOCRES demais.

Lunarscape !

Reply

CORONEL,É UM TIRO NO PÉ ATRÁS DO OUTRO...DILMA E SEU MARQUETEIRO QUEREM ELEGER SERRA DE QUALQUER MANEIRA....

Reply

Dada a dimensão da calúnia, não há dúvidas que a Monica Bergamo recebeu uma "bolada" da Dilmona!
Isto é uma vergonha!

Reply

Caro Coronel: Se arrependimento matasse...

Reply

Ela não deve ter recebido nada para fazer esse trabalho sujo. É mais provável que seja uma desnorteada no que diz respeito à moralidade. O Brasil está assim.

Vanda na TV!

Reply

Coronel.
Com todo respeito, pau no c..da M. Bérgamo.

Reply

Bom Coronel, se ela é tudo, imagino o que seja. Não é serrista, sinal que compctua com os petralhas, nas mentiras, nas tramoias, na indecência e na falta de escrúpulos.
Realmente não é serrista, afinal é do lado podre do ser humano. Os iguais petralhas.

Reply
Paulistanóide mod

Prezado Sr. Cel:

... Voce nunca casou. Sente vontade de casar? Isso eu tenho certeza que não. As pessoas que eu já namorei, que acabam ficando amigas, me convenceram de que ninguém nunca vai me aguentar...

Como mãe solteira, cujo pai casou-se cinco vezes e com diversos outros dramas familiares, aí vai uma mini-bio da tal jornalista:

http://books.google.com.br/books?id=3WEEAAAAMBAJ&pg=PT15&lpg=PT15&dq=monica+bergamo+paginas+vermelhas&source=bl&ots=gxa_htdjvn&sig=iCAM9XaARQnx0yKuAsOJnUr_kKc&hl=pt-BR&ei=m3S6TOjBOsK88gaOvZ3IDw&sa=X&oi=book_result&ct=result&resnum=6&ved=0CCkQ6AEwBQ#v=onepage&q&f=false

Reply

VAGABUNDA¹³, VAI MORRER E VAI PRO INFERNO!

Reply

Há um ano atras, Nassif a elogiou, dizendo que ela era a unica jornalista que prestava na Folha.
Hoje eu compreendi o elogio. Faz sentido.

Reply

ela não eh serrista e a denunciante ingenua, que não imaginava a repercussão da sua postagem, oh coitada, já declarou voto na Dilmaborto...

são duas gracinhas, não?

eh só apertar essa bailarina fofoqueira que ela entrega todo o esquema...

Reply

e se eh calunia, tem de processar!!!!

jornalista mentiroso e caluniador (ou como diria Orestes Quércia, caluniador e mentiroso, mentiroso e caluniador) tem de ser processado!

eh assim que funciona imprensa livre...

se publica o que achar que deve publicar, mas tratou calunia como matéria jornalistica, leva processo...

espero que Mônica Serra não deixe passar barato, se for tudo calunia mesmo...

Reply

EXTRA, EXTRA, EXTRA.
Deu na rádio corredor 171 AM e na rádio peão 51 FM: Uma amiga do porteiro do prédio da vizinha de uma irmá do motorista da bergamota disse que a dita cuja está arrasada. Tudo porquê a diumentira havia lhe prometido o ministério das comunicações, onde poderia nomear toda a diretoria dos correios em troca do trabalho sujo. A bergamota alertada para o fato público e notório de que a anta muda de opinião como quem muda de camisa, não consegue mais contato com a diumentira e acha que a tão sonhada vaga nas tetas da viúva dançou.

Reply

Com toda a certeza, esta senhora deve estar precisando de 15 min. de fama.

Quem sabe para arranjar algum incauto senador de Brasília para pagar suas contas pessoais com dinheiro público.

Entretanto, diferente de Monica Veloso, esta senhora é uma verdadeira BARANGA!

Reply

Esta senhora não passa de uma FOFOQUEIRA, difamadora. "Tudo por dinheiro".

O que ela fala dá para ver que foi comprada, se vendeu para DILMÁ.

Reply

No blog Prosa e Política consta que a reportagem da Monica Bérgamo está valendo um ministério caso dilmanta vença. Agora tudo faz sentido.

Reply

Essa vagabunda ainda nao foi demitida? Sabiam que a fonte dela monta espetaculos de danca eroticos, com supostos apelos para a pedofilia? Estah tudo no Google.
Eu vi o endereco de e-mail da cadela, mas muito cuidado: estah claro que ela tem vinculos com o grupo sujo dos ratos. Melhor escrever para o ombusdman.
Mais uma vez: quando essa vagabunda vai ser demitida?

Reply
Barão de Itaúna mod

Não adianta mandar e.mails ou postar em twitter, só dá espaço para uma esquerda vermelha mentirosa,a questão é:

BOICOTAR A FOLHA

NÃO ASSINAR, NÃO LER, NÃO ACESSAR O SITE DA FOLHA ON LINE, NÃO MENCIONAR A FOLHA DE SÃO PAULO.
NÃO RETWITTAR E BLOQUEAR A FOLHA NO TWITTER. Simples assim.
Aliás, é o que eu estou fazendo no exato momento.

Reply

Esta jornalistazinha de futilidades, em vez de ir atrás de uma idiotinha que apenas queria seu segundo de fama, deveria nos explicar com muitos detalhes, uma vez que tudo o que se passa na "zelite" ela sabe, por que o dono da MTA bancou o casamento da filha da Dilma.
O que existia por trás de tamanho presente nós já ficamos sabendo. Só não entendo como é que uma "jornalista" tão bem informada(?????) não escreveu uma linha sequer sobre o assunto.
Aí tem!!!

Reply

É mais uma profissional a sujar a nobre profissão de jornalista. Ela entrou no jogo sujo. Vai sair desmoralizada. Pobre figura!

Reply

Jornalistazinha de merda, não passa disso. FSP perde assinantes por manter em seus quadros, essas bestas quadradas.

Reply

A vítima da calúnia vai processar a tal colunista social?
Se vai,faz muito bem.
Se não vai...

Se a colunsita já deu até o nome da tal 'aluna' nem pode alegar mais sigilo da fonte.Se deu o nome,mas a pessoa não falou nada(pode ter sido um fake),já seria mais um processo.

Se a mulher do Serra deixar passar,espero que a aluna citada,caso não tenha autorizado a dar o nome e/ou não tenha dado a informação, meta um processo na jornalista.Vai ficar rica.Se falou mesmo e não tem como provar o fato,só pra ter seus minutos de fama(deve ter uma carrada de gente atrás dela,não?),aí,mizifia,só vai arrumar emprego de faxineira da Bergamota.

¬¬

Reply

Mônica "Mirian Cordeiro" Bergamo deu uma tremenda aula de anti-jornalismo. Isso é uma grande irresponsabilidade.

Reply

LA BERGAMO DISSE MUITO BEM, PARA ALÍVIO DE TODAS AS PESSOAS DE BEM: ELA DE FATO É TUDO, MENOS SERRISTA.CONTINUE ASSIM,AS PESSOAS DECENTES LHE AGRADECEM PENHORADAMENTE. ESPERO QUE VC CONSIGA TRANSITAR NA RUA E EM SEU TRABALHO SEM SENTIR VERGONHA DE SI MESMA,ISSO, CLARO, SE AINDA LHE RESTAR UM PINGO DE DIGNIDADE

Reply

Monica Bergamo, como ela mesma diz, é tudo menos serrista. Concluo portanto que ela é:
- tudo menos jornalista
- tudo menos decente
- tudo menos brasileira
ou seja, não é nada.
A propósito, a Folha de São Paulo está me decepcionando. Além dessa coisa ainda tem o Elio Gaspari. Já decidi que não compro mais esse folhetim.

Reply

li e a mim como mulher não causou indignação ( se fosse verdade)
mas me senti envergonhada pela atitude leviana da idiota que postou a noticia que é tão brasileira que nem vai estar aqui pra colocar seu voto na urna
e qto a reporter deve ter um parafuso a menos na cabeça
se sujou por completo como diria
o Tiririca é uma abestada

Reply

Arnesto aquele do Braz: realmente a monica bergamo é tudo,inclusive prostituta jornalística, que vende seus favores ao melhor postor.Isto posto, temos que dar o troco a este tipo de psudo jornalistas,vendilhoes de opinioes,e nao sacerdotes da democracia.Mas fazer o que com este país, tao desmoralizado por todas aselitez ptralhas,ladroes contumazes do dinheiro e da verdade.

Reply

Mônica,

Prá nós, SERRISTAS, não interessa o que vc. possa ser.

Vc. NÃO TEM a importância que pensa ter.

Jornalista bom é jornalista que VENDE jornais e revistas e nós que verdadeiramente LEMOS JORNAIS/REVISTAS não queremos ler suas mentiras e sandices.

Agora, Mônica, a petezada não LÊ jornais...!!!!????

B.R.N.

Reply
Ramon Limeira mod

Mônica Serra não quis falar ao jornal, para dar sua versão da história. Calou-se, diferentemente do que fez em Nova Iguaçu, quando afirmou na rua que Dilma era a favor de "matar as criancinhas". Por que ela mudou de postura e saiu do debate público? Se é tudo mentira e calúnia, esperamos que Mônica Serra processe suas ex-alunas e a jornalista Mônica Bergamo. Vejamos se ela consegue igualar essas pessoas a seu marido José Serra, que é réu em processo por calúnia.

Reply

QUE PARADA EH ESSA, ENCONTRO DA KU KUX KLAN?

Reply
Sérgio Pereira mod

Camarada com certeza esse povo levou coturnada na cabeça, eles tomaram as dores da mulher do serrote, xingamentos e anonimato são as armas de quem não tem argumentos e além de tudo é covarde. tanto é verdade que no blog tem uma ode ao anonimato, cruz credo nuncas mais acesso este blog

Sérgio Pereira
advogado - sem filiação partidária ou boquinha em qualquer governo

Reply
Sérgio Pereira mod

Camarada com certeza esse povo levou coturnada na cabeça, eles tomaram as dores da mulher do serrote, xingamentos e anonimato são as armas de quem não tem argumentos e além de tudo é covarde. tanto é verdade que no blog tem uma ode ao anonimato, cruz credo nuncas mais acesso este blog

Sérgio Pereira
advogado - sem filiação partidária ou boquinha em qualquer governo

Reply

De onde surgem estas mulas sem cabeça? Chaui e agora esta Bergamo, duas hipócritas fazendo trabalhinho sujo para os petralhas mensaleiros. A primeira (filósofa petralhissima) purificou o Maluf porque afinal ele é engenheiro. E a última mentiu descaradamente para tirar o kit-gay do colo de quem o criou (HADDAD). Resumindo, tratam-se de duas vacas loucas petralhíssimas de primeira grandeza passando atestado que realmente tratam-se de bestas quadradas desonestas?

Reply