PMDB começa a desembarcar do avião sem radar da Dilma.


Um dos mais próximos aliados do vice-presidente Michel Temer, o ex-ministro Moreira Franco (PMDB), afirmou nesta sexta-feira, 4, ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, que a decisão do ministro da Secretaria de Aviação Civil, Eliseu Padilha (foto), de deixar o cargo pode ser seguida por outros integrantes do primeiro escalão do partido. 

Moreira disse que Padilha entregou sua carta de demissão ontem ao Palácio do Planalto após, segundo o ex-ministro, terem atribuído a Temer declarações de que ele respaldaria a presidente Dilma Rousseff na defesa contra o impeachment.

"É evidente que toda atitude dessa natureza é uma referência, define rumos e impacto nos outros", disse Moreira. Mas, destacou, essa é uma avaliação pessoal que será feita por cada um dos ministros peemedebistas - com Padilha, o partido tem sete ministérios no governo. Um dos mais pressionados é o titular do Turismo, Henrique Eduardo Alves (PMDB).

O ex-ministro afirmou que, qualquer que seja a decisão da Câmara, se apoia ou não o afastamento de Dilma, o País precisa de uma solução. "Ficou-se o ano todo o Brasil sendo obrigado a discutir o impeachment do presidente da Câmara e da presidente da República, só que o governo precisa de um caminho, dar tranquilidade aos investidores para que a Economia possa se recuperar, estamos vivendo a maior crise econômica da nossa história", considerou.

Para Moreira, esse processo precisa ser concluído para que o País possa restabelecer um ambiente de "pacificação e união".

7 comentários

Despetralhando mod

VÃO ficar só os abutres fominha, aqueles que só vendo o osso limpo é que deixam essa ossada para rapidamente voar para outra carcaça.

Reply

Totalmente fora do contexto, porém, aplicável ao momento.
A bola que está sendo levantada: qual o papel do PT na privatização da antiga COPENE, no polo petroquímico de Camaçari?

Voltaremos ao assunto mais adiante.

Reply

O Brasil SOMENTE terá paz se a Dilma for IMPICHADA!

DIA 13/DEZ TODOS NA RUA!


Chris/SP

Reply

É o partido de aluguel PMDB querendo um outro porto para atracar seu navio de piratas!
Deu no esquerdista UOL, de Marina Silva:
"CASSAÇÃO, NÃO IMPEACHMENT".
Deve ser cassada a chapa Dilma Temer.
PARABÉNS, MARINA, V AJUDA NESSA CAUSA!
Porém...
É bom recordar aqui que Marina é de origem comunista e ficou no PT em cargos de confiança por mais de 25 anos, portanto, não merece credibilidade alguma pois sua alma é do PT e, se eleita presidente, cair nos braços de Lula nada custaria!
Lula/FHC/Marina = mesma coisa
Votar em 2018 na melancia Marina e por meio dela ressuscitar o PT seria questão de tempo, vindo o ex PT evidentemente como "Partido Novo" ou outra enganação qualquer para continuar o reinado comunista no Brasil, às custas dos otarios que acreditam em vômitos de comunistas!

Reply

Aécio neves foi ao TSE,TCU,e as campanhas e contas de Dilma entao tiveram parecer contrário,Aécio pediu aditoria das urnas,foi com os partidos da oposição aos juristas - o que foi ministro de FHC ,sim ele q também protocolou o pedido de Collor, mais hélio bicudo q também é um dos maiores juristas e mais a doutora janaina de são Paulo..estamos com vocês Aécio neves

Reply

Não votem em pp,pt e PMDB os 3 do petrolao rede e PSOL também pois são puxadinhos do pt,isto pra prefeito em 2016,fora pp,pt e PMDB do petrolao

Reply

Fora pt,impeachment

Volta plano real

Reply