O tráfico de influência de Lula na África comprovado pela Época vira destaque no Jornal Nacional. E envolve Dilma Rousseff.

Abaixo, na íntegra, a reportagem do Jornal Nacional do último sábado. Pela primeira vez, o principal telejornal do país destaca as falcatruas do ex-presidente e sua turma com dinheiro do BNDES, em favor da Odebrecht.
 
Novos documentos do Ministério das Relações Exteriores indicariam o trabalho do ex-presidente Lula em favor da Odebrecht. O suposto lobby para a empresa brasileira junto a países africanos foi mostrado na edição desta semana da Revista Época. A revista Época teve acesso a documentos sigilosos. São telegramas de embaixadores na África enviados ao Ministério das Relações Exteriores relatando detalhes de visitas de negócios do ex-presidente Lula ao continente.

Num deles, de 21 de março de 2013, a embaixadora do Brasil na Guiné Equatorial, Eliana da Costa e Silva Puglia, conta o que aconteceu num encontro entre Lula e o vice-presidente do país. No telegrama a embaixadora disse que "Lula citou um telefonema que dera ano passado ao presidente Obiang sobre a importância de se adjudicar obra de construção do Aeroporto de Mongomeyen à empresa Odebrecht". A revista explica que o que Lula deixava claro para o vice-presidente é que ele próprio havia pedido ao presidente do país que desse a obra do aeroporto à empresa brasileira.

Dois dias depois dessa reunião em Guiné, Lula viajou para Gana, onde se reuniu com o presidente John Mahama. O embaixador brasileiro conta detalhes do encontro para o Itamaraty. Segundo a revista Época, o assunto era a liberação de US$ 1 bilhão do BNDES para obras de infraestrutura a cargo da Odebrecht. 

O embaixador diz que o presidente de Gana "frisou que o apoio do ex-presidente Lula a essa sua demanda serviria para facilitar e acelerar as necessárias negociações relativas à aprovação do crédito". E segue dizendo que " o ex-presidente Lula disse acreditar que o BNDES teria condições de acolher a solicitação da parte ganense e, nesse sentido, intercederia junto à presidente Dilma Rousseff".

Época revela que a formalização do pedido junto ao BNDES foi feito por Gana dias depois e o dinheiro liberado em 19 de julho de 2013, com "a segunda menor taxa de juros concedida pelo BNDES em mais de 500 operações voltadas para a exportação" e num prazo de 19 anos e meio, quando a média é de 12 anos."

O terceiro país africano visitado por Lula nessa viagem foi o Benin. Segundo a reportagem, um telegrama para o Itamaraty relata que o presidente do país "solicitou apoio do ex-presidente Lula para a flexibilização das exigências do Cofig-BNDES".

Cofig é o comitê que auxilia o BNDES na análise de pedidos de financiamento. O telegrama diz ainda que "embora o tom da visita por parte do Instituto Lula tenha sido mais de cortesia e amizade, o evento ajudou a dinamizar as discussões em torno da relação entre atores privados dos dois países".

Além da viagem à África, a reportagem de Época também cita um episódio em que Lula teria ajudado a Odebrecht no Brasil, enquanto ainda era presidente da República. Em 2007, Lula recebeu no Palácio do Planalto Joaquim Chissano que na época já era ex-presidente de Moçambique.

O teor da conversa dos dois foi revelado, segundo a revista, por um telegrama da embaixadora de Moçambique, Leda Lúcia Camargo, para o Itamaraty, onde ela diz que Chissano contou que foi a Brasília para entrevistar-se com o presidente Lula, que telefonou ao doutor Luciano Coutinho para ver a disponibilidade do BNDES em créditos para empresas brasileiras que atuarão no projeto de etanol da sua empresa MJ3. Segundo a reportagem, a Odebrecht tinha interesse no negócio.

O comando do BNDES está a cargo de Luciano Coutinho desde 2007. Ele foi indicado pelo então presidente Lula. Todos estes documentos sigilosos constam do inquérito conduzido pelo Ministério Público Federal em Brasília que investiga um possível tráfico de influência do ex-presidente Lula em favor da Odebrecht. O inquérito, que começou em julho, ainda está na fase de reunir documentos. Ninguém foi ouvido até agora. 

O BNDES afirmou que nunca houve pressão ou gestão de Lula, como presidente ou ex-presidente, para que projetos fossem aprovados pelo banco. Informou que não financiou a obra do aeroporto de Mongomeyen, na Guiné Equatorial, nem nenhum empreendimento ligado ao ex-presidente de Moçambique, Joaquim Chissano, ou à empresa MJ3. Afirmou ainda que o financiamento para uma estrada em Gana não foi concedido para a Odebrecht.

Em nota enviada ao Jornal Nacional, o Instituto Lula informou que o ex-presidente Lula está processando na Justiça os jornalistas da revista Época. Afirmou também que no mundo inteiro presidentes e ex-presidentes trabalham para ampliar a presença comercial de seus países e que a atuação de Lula nesse sentido é legítima, patriótica, sem nunca pedir ou receber remuneração por isso. A nota diz ainda que Lula vai continuar atuando, sempre dentro da lei e a favor do Brasil.

A Odebrecht disse que mantém uma relação institucional e transparente com o ex-presidente Lula. E que ele foi convidado para fazer palestras para empresários, investidores e líderes políticos sobre as potencialidades do Brasil e de suas empresas nos mesmo moldes que fazem ex-presidentes de outros países.

A Odebrecht disse ainda que lamenta a divulgação do que considera interpretações equivocadas de mensagens sobre a atuação legitima da empresa. E informou que não participa de nenhuma obra na Guiné, que não venceu a concorrência para a construção do aeroporto. O Ministério das Relações Exteriores disse que os telegramas mencionados na reportagem são confidenciais e que por isso não vai se pronunciar sobre o assunto.

22 comentários

O sujeito deita e rola e ninguem faz nada, esse bandido nao tem limites, o brasil, a africa, a america latina, o mundo so se livrará dele, quando ele for para as profundezas do inferno...

Reply

se JN jah estah falando no assunto deve ser pq o "bicho vai pegar" pro canalha

Reply

por isto que o pais ta falido. quantas obras em diversos países estes meliantes construiram com o dinheiro dos brasileiros. agora que faliram o pais, querem empurrar mais impostos no povo

alguém assistiu a ótima reportagem: "o caminho da fome"? exibida na record na sexta-feira passada. e os meliantes petistas insistem em mentir que reduziram a pobreza no brasil. a miséria ta cada vez aumentando mais e o pior, nem saúde a população mais carente tem mais. acabaram com a saúde e isto é fato.

Reply

Pelo o AmordeDeus, o que está faltando prá prender esse molusco?
Assim não pode. Assim não dá!

Reply

Cadê as Forças Armadas?
Se calar diante de tal afronta e sinal de CONIVÊNCIA ou COVARDIA.

MST em ação
BANDEIRA DO BRASIL QUEIMADA

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10153552791008405&set=a.10153552790588405.1073741836.605758404&type=3&theater



Reply

E ainda pagamos as mordomias desse sapo barbudo, como ex-presidente, tem direito a dois carros, gasolina sem limite de gasto e 8 assessores, assinado por ele mesmo quando presidente. VAGABUNDO.

Reply

Coronel,

Era apenas questão de tempo para aparecer as "maracutaias" do PT.

JulioK

Reply

Como as negociatas do BNDES são sigilosas, prefiro acreditar na Época. Verdade que PRESIDENTES EM EXERCÍCIO intercedem por empresas nacionais (Obama x Boeing). Ex-presidentes que o fazem, traficam influência pelo cargo que ocuparam previamente. E se ainda recebem por isso...

Ademais, supondo-se que as negociatas não tenham sido concluídas, e a reportagem não diz que elas foram, fica claro que houve pedido de trafico de influência (caso do conselhi diretor). Se pediram para interferir é porque sabiam da conduta do Moluscão.

Reply

Gostaria de saber se essa empresa também se relaciona de forma tão fraterna com FHC, Collo ou Sarney.

Reply

Coronel,

Este LADRÃO distribuiu do dinheiro dos brasileiros em todos estes paisecos, sempre com viés ditatorial e comunista, dinheiro este que jamais retornará ao BNDES. Recebeu por isto propinas bilionárias.

É A PRIMEIRA VEZ QUE A GLOBO(sempre capacho do PT) TEM CORAGEM DE CITAR AS FALCATRUAS DESTE PULHA.

Sujeito a toa, vil e desprezível. Traidor da pátria e dos brasileiros. Fez o Brasil regredir uns 50 anos.

Reply

Quando o Jornal Nacional começa a dar notícias de mal feitos de um governo é porque o fim está próximo.

Reply

Alguém poderia avisar o Sibá que não foram usamericanu que enviaram a doença pro último falecido?

É a colheita , só isso.E todos os outros tambem colherão

Reply

Os empréstimos do BNDES para países estrangeiros SÃO TODOS INCONSTITUCIONAIS. São recursos públicos brasileiros, SUBSIDIADOS, que apenas trouxeram prejuízos. Basta verificar os resultados para verificar que são desastrosas. Os malditos petralhas, vem com essa mentira de exportação de serviços, que representam uma parte ínfima dos bilionários empréstimos. Essa operações financeiras são descaradamente ilegais e serviram apenas para encher os bolso do Pixulexo e reforçar o caixa 2 do pt.
É inacreditável que o Pixuleco continue ainda dando as cartas. Livre e Solto.

Reply

É mesmo? Porque a empreiteira não chama FHC para palestrar sobre as potencialidades do país? Me engana que eu gosto. Quero ver todos esses pilantras, incluindo lulla, o maior ladrão do arário, na cadeia!

Reply

"Algo de estranho acontecendo"! JN, Época, Isto é, finalmente noticiando fatos! A Veja já não está mais isolada!!!!

Reply
fred oliveira mod

O qu acha o povo brasileiro desses montantes absurdos do BNDES para financiar o dinheiro lobista de Lula e a infra estrutura em outros paises sendo que o Brasil cai, a cada ano, na avaliacao sobre competitividade, principalmente , pela infra estrutura deficiente e rara ?

Reply

ESTE VERME AQUEROSO DEVERIA É ESTAR PRESO E NAO AÍ LINDO LEVE E SOLTO, CADE A JUSTIÇA- CADEIA NO 9 DEDOS

Reply

Nossa, há mtas pessoas acreditando em papai noel. Isso é apenas cortina de fumaça pra livrar mais uma vez o Lula desviando atenção e pena pra Dilma. Presta atenção povo.

Reply

Obrigado Rede Globo! Per ser brasileira!Vamos acabar com a quadrilha antes que seja tarde demais.

Reply


Considerando tantos crimes do Lula já divulgados e por todas esses conluios e GOLPE contra a Nação que ele está praticando, em qualquer pais onde impera a democracia, esse marginal já estaria atrás das grades preventivamente, até sair a sentença de prisão perpétua(como não temos, uns 120 anos de prisão está bom).

Reply

esta quadrilha do pt já passou há muito tempo dos limites, este chefao 9 dedos deveria estar na cadeia, nao entendo este justiça, francamente acho que está é comprada

Reply

E quantos diamantes os ditadores africanos deram ao ladrão mor,o Pixuleco,a Rose sabe muito bem o caminho das pedras,por isso está bem escondida pela quadrilha.

Reply