Lula recebeu pixulecos de R$ 27 milhões. A maioria de empresas do Petrolão ou favorecidas pelo seu governo.

(Veja) Para um presidente da República de qualquer país, é enaltecedor poder contar que teve origem humilde. O americano Lyn­don Johnson mostrava a jornalistas um casebre no Texas onde, falsamente, dizia ter nascido. A ideia era forçar um paralelo com a história, verdadeira, de Abraham Lincoln, que ganhou a vida como lenhador no Kentucky. Lula teve origem humilde em Garanhuns, no interior de Pernambuco, e se enalteceu com isso. Como Johnson e Lincoln, Lula veio do povo e nunca mais voltou. É natural que seja assim. Como é natural que ex-presidentes reforcem seu orçamento com dinheiro ganho dando palestras pagas pelo mundo. 

Fernando Henrique Cardoso faz isso com frequência. O ex-presidente americano Bill Clinton, um campeão da modalidade, ganhou centenas de milhões de dólares desde que deixou a Casa Branca, em 2001. Lula, por seu turno, abriu uma empresa para gerenciar suas palestras, a LILS, iniciais de Luiz Inácio Lula da Silva, que arrecadou em quatro anos 27 milhões de reais. Isso se tornou relevante apenas porque 10 milhões dos 27 milhões arrecadados pela LILS tiveram como origem empresas que estão sendo investigadas por corrupção na Operação Lava-Jato.

Na semana passada, a relação íntima de Lula com uma dessas empresas, a empreiteira Odebrecht, ficou novamente em evidência pela divulgação de um diálogo entre ele e um executivo gravado legalmente por investigadores da Lava-Jato. O alvo do grampo feito em 15 de junho deste ano era Alexandrino Alencar, da Odebrecht, que está preso em Curitiba. Alexandrino e Lula falam ao telefone sobre as repercussões da defesa que o herdeiro e presidente da empresa, Marcelo Odebrecht, também preso, havia feito das obras no exterior tocadas com dinheiro do BNDES. Os investigadores da Polícia Federal reproduzem os diálogos e anotam que o interesse deles está em constituir mais uma evidência da "considerável relação" de Alexandrino com o Instituto Lula.

Fora do contexto da Lava-Jato, esse diálogo não teria nenhuma relevância especial. Como também não teria a movimentação financeira da LILS. De abril de 2011 até maio deste ano, a empresa de palestras de Lula, entre créditos e débitos, teve uma movimentação de 52 milhões de reais. Na conta-corrente que começa com o número 13 (referência ao número do PT), a empresa recebeu 27 milhões, provenientes de companhias de diferentes ramos de atividade. Encabeçam a lista a Odebrecht, a Andrade Gutierrez, a OAS e a Camargo Corrêa, todas elas empreiteiras investigadas por participação no esquema de corrupção da Petrobras. Essas transações foram compiladas pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), do Ministério da Fazenda. 

O Coaf trabalha com informações do sistema financeiro e seus técnicos conseguem identificar movimentações bancárias atípicas, entre elas saques e depósitos vultosos que podem vir a ser do interesse dos órgãos de investigação. Neste ano, os analistas do Coaf fizeram cerca de 2 300 relatórios que foram encaminhados à Polícia Federal, à Receita Federal e ao Ministério Público. O relatório sobre a LILS classifica a movimentação financeira da empresa de Lula como incompatível com o faturamento. Os analistas afirmam no documento que "aproximadamente 30%" dos valores recebidos pela empresa de palestras do ex-presidente foram provenientes das empreiteiras envolvidas no escândalo do petrolão.

O documento, ao qual VEJA teve acesso, está em poder dos investigadores da Operação Lava-Jato. Da mesma forma que a conversa do ex-presidente com Alexandrino Alencar foi parar em um grampo da Polícia Federal, as movimentações bancárias da LILS entraram no radar das autoridades porque parte dos créditos teve origem em empresas investigadas por corrupção. Diz o relatório do Coaf: "Dos créditos recebidos na citada conta, R$ 9  851 582,93 foram depositados por empreiteiras envolvidas no esquema criminoso investigado pela Polícia Federal no âmbito da Operação Lava-­Jato". Seis das maiores empreiteiras do petrolão aparecem como depositantes na conta da empresa de Lula .

O ex-presidente tem uma longa folha de serviços prestados às empreiteiras que agora aparecem como contratantes de seus serviços privados. Com a Odebrecht e a Camargo Corrêa, por exemplo, ele viajava pela América Latina e pela África em busca de novas frentes de negócios junto aos governos locais. Outro ponto em comum que sobressai da lista de pagadores da empresa do petista é o fato de que muitas das empresas que recorreram a seus serviços foram aquinhoadas durante seu governo com contratos e financiamentos concedidos por bancos públicos. 

Uma delas, o estaleiro Quip, pagou a Lula 378 209 reais por uma "palestra motivacional". Criada com o objetivo de construir plataformas de petróleo para a Petrobras, a empresa nasceu de uma sociedade entre Queiroz Galvão, UTC, Iesa e Camargo Corrêa - todas elas investigadas na Lava-­Jato. No poder, Lula foi o principal patrocinador do projeto, que recebeu incentivos do governo. Em maio de 2013, ele falou para 5 000 operários durante 29 minutos. Ganhou 13 000 reais por minuto.

15 comentários

É uma vergonha comparar os ex-presidentes dos Estados Unidos e Brasil, Bill Clinton e FHC, respectivamente, com o sapo barbudo ignorante e analfabeto.

O imbecil sempre fez apologia da ignorância! Aposto que todas as suas palestras foram por lobby, e daí recolher pixulecos.

FORA LULA!
FORA DILMA!
FORA PT!


Chris/SP

Reply

Coronel,

No dia em que este embusteiro for preso o Brasil começa a melhorar. Aí vamos começar a calcular o estrago que LULLA e o PT fizeram ao país. Nunca na história deste país a mentira foi tão praticada como nos tempos do BRAHMA.

Reply

Os petralhas re-inventaram a “Corrupção (mal)disfarçada como Ato Legal”.
Anos atrás, soube, por meio da imprensa, de pessoas que atuavam de forma pretensamente legal, porém sem ética, a fim de praticarem a corrupção sem serem processadas.
Ou seja, uma pessoa, detentora de cargo público, favorecia uma determinada Empresa. Em seguida, esta pessoa comprava um carro velho (um fusca 63, por exemplo) por mil reais (a preço de hoje). Mais tarde, um “laranja”, a mando da Empresa, recomprava este fusca por cinquenta mil reais, alegando que seria um “carro para colecionador”. Ou seja, tudo dentro da legalidade. Assim, esta pessoa recebia a sua propina e não podia ser processada, pois não havia nenhum vínculo entre a quantia recebida e o serviço prestado pela Empresa.
Hoje, vejo que essa corrupção (mal)disfarçada como ato legal está ocorrendo de outra forma, e ninguém está percebendo.
O ex-presidente Lulla está revendendo vários “fuscas 63” (suas conferências, as quais, pelo conteúdo e pela baixa qualidade, podem mesmo ser comparadas a fuscas velhos caindo aos pedaços) a preço de ouro para empresas nacionais e estrangeiras favorecidas por ele durante seu governo e na atualidade.
Isto é anti-ético, é CORRUPÇÃO, é enganar o povo…

Reply

A FORÇA TAREFA DA LAVA-JATO TEM FEITO SUA PARTE , POUQUÍSSIMOS ORGÃOS DA IMPRENSA QUE NOS RESTAURAM TEM FEITO SEU TRABALHO , ALGUNS BLOGUEIROS COM CORAGEM TEM FEITO SEU TRABALHO . AGORA CABE AO POVO BRASILEIRO FAZER A UNICA COISA QUE PODEMOS É IR PRAS RUAS !

Reply

O "INCOMPREENSÍVEL" é um analfabeto, sindicalista sem princípios éticos, que nunca trabalhou, sem experiência portanto, nunca leu um livro, muito menos um livro técnico, anarquista, passou a vida liderando greves, bandalheiras, roubos de propriedades alheias, prédios momentaneamente desocupados, fez um governo pífio só de bravatas e mentiras, roubou todas as instituições brasileiras, cascudo, sem educação, seboso, cínico, agressivo, desagregador do povo, agregador de bandidos(formador de quadrilhas), líder em conchavos espúrios, chefe de quadrilha, cagão porque nunca teve ombridade para nenhum ato que praticou, só assumiu obras de outros presidentes como suas, um elemento que só causa asco, repulsa, e dó de alguém que seja extremamente piedoso e paciente(meio difícil, mas). Com tantos indicadores do mal e nada que se possa aproveitar ou elogiar, como é que um verme desse pôde dar palestra? Qual o tema que poderia abordar e dar dicas? ...COMO SER BANDIDO E FORMAR QUADRILHAS?

Um absurdo comparar esse ASNO com Bill Clinton e FHC !!!!!!!!!!!!!!

Reply

Sejamos honestos, para esse time R$ 27 milhões deve ser troco de boteco ou gorjeta de flanelinha.

Rose, amiga intima de Lula, que o diga:

A mala de 25 milhões de euros era de quem?

http://www.alertatotal.net/2012/12/inteligencia-descobre-que-empresas.html

Quanto será que Rose investiu no fundo de pesca da Noruega?
" É tão promissor que os herdeiros da família de um grande banco brasileiro também têm presença em investimento idêntico"

http://www.alertatotal.net/2013/01/bacalhaugate-lula-teme-que-acao-anti.html

E o mensalão aéreo do X9,o homem que ganha 13 mil por minuto?

http://www.alertatotal.net/2013/04/mpf-investiga-mensalao-aereo-viagens.html

Onde está a megainvestidora Rose, deve fazer inveja a Soros. Uma secretária investir num fundo de pesca na Noruega não é pouca coisa não.

Reply



PQP! Essa foto é antológica! Ha! Ha! Ha! Ha! Ha! Ha! Ha!

O abestado está se achando o ONASSIS tupiniquim! Ha! Ha! Ha! Ha! Ha! Ha! Com a sua "EJACULINA kenedy" ao lado! ..... Ha! Ha! Ha! Ha! Ha! Ha! Ha! Ha!

Tem momentos que só rindo mesmo pra aguentar essa quadrilha petista.

Reply

É o bandido mor !

Gabriel-DF

Reply

Agora se fosse comparar ele com Ronald Reagan seria o mesmo que comparar merda com barra de ouro. Aliás, Reagan foi maior que todos os presidentes brasileiros juntos e somados e só pode ser equiparado a Dom Pedro II, este sim gênio da raça brasileira.

Reply

Assistam comunistada de merda


https://youtu.be/o-3lejvEsiU

Reply

PEGA LADRÂO!!!!!!

Reply

Precisaria um desses pagadores de "palestras" dizer à PF que tratava-se de simples "PIXULECO"!! Enquanto isso não ocorrer o safado se safa facilmente!!!!

Reply

15 de agosto de 2015 11:55

Onde esta a Wally Rose?



Reply

Concordo com o anônimo das 11:26,e acrescento um grandíssimo FDP.

Reply

essa foto me faz mal.....................

Reply