7,5 milhões de brasileiros mais pobres pagam R$ 33,5 bilhões de IR injustamente porque Dilma não corrige a tabela.

(Estadão) A correção integral da tabela do Imposto de Renda (IR) pela inflação traria forte alívio financeiro aos trabalhadores formais. Estudo da PUC-RS e do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis (Sescon-RS) mostra que metade dos assalariados do País simplesmente deixaria de pagar IR sobre os rendimentos do trabalho formal se a defasagem histórica fosse corrigida.

Segundo o levantamento, o número de contribuintes com desconto de IR nos salários cairia de 15,1 milhões para apenas 7,6 milhões no ano de 2013. No recorte do Estado de São Paulo, essa redução no contingente de pagadores seria ainda maior: de 5,3 milhões para 2,6 milhões.

Se esse porcentual tivesse sido aplicado às faixas de cobrança, o valor da isenção saltaria de R$ 1.711 para R$ 2.760, em 2013. “Essa diferença de mil reais já tiraria metade do contingente de assalariados do alcance do Fisco”, explica Gustavo Inácio de Morais, professor da PUC-RS. O estudo, segundo ele, teve como base os microdados da Rais, um banco de informações do Ministério do Trabalho e Emprego. Além dos celetistas, a Rais reúne informações sobre temporários e avulsos e servidores públicos estatutários.

Essa correção abaixo da inflação equivale a uma alta de alíquotas sem a correspondente alta da renda – o que reduz o poder de compra. Em 1996, a faixa de isenção da tabela beneficiava quem recebia até oito salários mínimos – relação que despencou para 2,5 em 2014. Nesse caso, no entanto, o número também sofre influência dos ganhos reais concedidos ao piso da remuneração nos últimos doze anos.
Mas há outros exemplos: em 1996, era possível comprar quase 12 cestas básicas com o valor da isenção, contra seis atualmente. Ou 1,4 mil litros de gasolina, ante 656 hoje.

“O ideal seria vincular a correção da tabela à inflação mais um porcentual, assim a defasagem seria gradualmente reduzida. Mais ou menos como foi feito com o mínimo”, diz Diogo Chamun, presidente do Sescon-RS.

Arrecadação. Para os cofres públicos, os efeitos dessa prática tributária são significativos. Apenas em 2013, a defasagem significou um incremento de 60% na arrecadação de IR retido na fonte sobre os rendimentos do trabalho e os chamados outros rendimentos (que incluem, entre outros, benefícios por vantagem trabalhista e FGTS). Segundo o estudo, o governo recolheu R$ 88,8 bilhões no período – R$ 33,5 bilhões a mais do que teria arrecadado se a tabela tivesse sido reajustada pelo IPCA desde 1996.

E isso representa apenas uma fatia de toda a arrecadação do IR retido na fonte em 2013, que somou R$ 140 bilhões. Se fossem considerados os rendimentos do capital e as remessas ao exterior, o impacto na arrecadação federal seria ainda maior.

De acordo com o estudo, mesmo que o contribuinte receba parte do imposto de volta na forma de restituição no ano seguinte à retenção, esse valor da ordem de R$ 30 bilhões ainda se manteria. Isso porque o limite do desconto simplificado também está defasado – o que reduz o valor das devoluções. Segundo os cálculos, o teto do desconto deveria passar de R$ 15,2 mil para R$ 24,5 mil, em 2013, para dar conta de toda a defasagem.

15 comentários

Coronel,
dizer que o PT é ladrão, que é incompetente, que é cara de pau, que é mentiroso, que é uma quadrilha, tudo bem. Agora, neste caso, é uma prática que todos os governos adotam e adotaram, inclusive com o aval do Congresso.

Reply

Somos escravos desse desgoverno, somos esfolados de todas as formas, arrancam o nosso couro e deixam em carne viva, até quando??.?

Reply


VACA!
LADRA!
BANDIDA!
TERRORITA DO DEMÔNIO!

VÁ PRA CUBA COM O CRÁPULA, IGNORANTE, ASQUEROSO QUE A PARIU!

Reply
fred oliveira mod

'E uma sensaçao de desolaçao pagar tanto imposto para ter de volta tao pouco. Os governos do pt vem adoecendo os brasileiros, com os pobres permanecendo pobres e outros se candidatando `a miseria.

Reply

vou pagar o dobro que paguei no ano passado. tudo para a petralhada roubar na maior cara dura ! acima de 2700 "real" vc é rico !

Reply

é olha que esse o governo do trabaidô...

ah se fosse do empregadô...

a pelegada da CUT já estava parando o país...

ela não vai abrir mão desses 30 bi...

Reply

Não vejo a CUT se manifestar contra a não correção do imposto de renda dos trabalhadores. Não vejo a CUT se manifestar contrariamente às mudanças do seguro desemprego e do abono salarial. Não vejo a CUT manifestar de forma enfatica contra a mudança no auxilio doença e na pensão por morte. Mas, a CUT é totalmente contrária à regulamentação da terceirização. Ijsso porque teme que a arrecadação sindical diminua. Tanto a CUT como a UNE estão a serviço de um partido, o PT.Basta olhar para a direção da UNE e veremos que toda ela é composta por filiados do PCdoB.

Reply

Absolutamente de acordo com o comentário de J.Freire!!! Esse tipo de coisa não é só do PT. Tudo que é de mal que os governos criam, o outro governo que assume mesmo sendo oposição mantém. Vocês acham mesmo se o PT sair as coisas ruins como Lei da internet, humanização das redes sociais, e outras merdas irão sumir? Quanto mais cabresto melhor!

Reply

É a política de inclusão social promovida pelo Partidão. Só esqueceram de avisar aos pobres que a tal "inclusão" era pela porta dos fundos...
Cordovero

Reply

Mas os ex-guerrilheros que receberam e recebem indenizações polpudas, porque não conseguiram implantar no Brasil a ditadura do proletariado.Fazer do Brasil uma Cuba, estão isentos de Imposto de renda.
Pensando bem, quantos bilhões essas indenizações custaram, até agora, aos cofres públicos pagos por nós?

Reply

Os aposentados têm duas penalizações uma é o reajuste anual abaixo da inflação e a segunda é a não correção da tabela do IR. Cadê o partido dito dos trabalhadores.

Reply

O governo federal promove confisco de renda dos trabalhadores empregados e extrapola a capacidade contributiva da população. Dois princípios tributários constitucionais básicos.

Reply

Todos os fundos de pensao estao vazios e onde esta' a indignacao desse povo?! Quando o governo e' do PT sao que nem galinhas....; os mais pobres por outro lado, continuam tomando, mas nao aprendem. E assim caminha (CAPENGA) nosso pai's!

Reply
Despetralhando mod

Colocando essas duas figuras na rinha coitado do leãaaaozinho.

Reply

Essa bandida, trapaceira, vagabunda, vigarista, está fazendo caixa pra recuperar o dinheiro gasto para ganhar a eleição a qualquer custo. Ta mandando a conta da eleição para nós na nossa cara e não fazemos nada? Cadê a oposição? Cadê o Aécio?

Reply