De empresários a presidiários: corruptos da Lava Jato vão para prisão comum.

(Folha) A partir desta semana, 12 executivos presos na Operação Lava Jato passarão a usar uniforme e perderão uma hora do banho de sol diário. Essas são algumas das diferenças entre a carceragem da Polícia Federal em Curitiba, onde a maioria está detida desde 14 de novembro, e o CMP (Complexo Médico-Penal), na vizinha Pinhais, para onde serão transferidos. A mudança foi autorizada nesta segunda (23) pelo juiz federal Sergio Moro acatando pedido da PF, que argumentou ter pouco espaço. 

Entre os que farão as malas estão o ex-diretor da Petrobras Renato Duque (foto), Mario Goes, apontado como operador do pagamento de propina, e o lobista Fernando Soares, o Fernando Baiano. O juiz negou a transferência do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró. Seu advogado havia pedido acompanhamento psicológico após ele passar mal, em fevereiro. Também foi negada a ida de Ricardo Pessoa, da UTC, por solicitação da Procuradoria. 

Os 12 transferidos serão divididos em quatro celas de ala destinada a presos com curso superior. Essas celas medem de 12 m² a 16 m². Cada uma tem três camas com colchões, pia e uma latrina no chão. É permitido ver TV, se o aparelho for levado pela família. Os presos terão direito a uma hora de banho de sol por dia --eram duas na PF. Para o banho propriamente dito, usarão os oito chuveiros do banheiro coletivo, comum aos ocupantes das 32 celas especiais do local. 

O secretário da Segurança Pública do Paraná, Fernando Francischini, disse que os presos da Lava Jato terão que usar uniforme: camiseta branca, calça de moletom cinza ou azul-marinho e blusa laranja ou azul. Dois familiares poderão visitá-los semanalmente por duas horas e meia. Já os advogados são recebidos diariamente, das 8h30 às 17h30.

Os 12 presos devem contribuir para aumentar o deficit de vagas do complexo, que abriga 681 presos, 21 a mais do que sua capacidade. Moro destacou que o local parece adequado, "talvez até com melhores condições" do que a PF. Afirmou que não há sentido em se presumir que os 12 serão vítimas de violência de outros presos, mas admitiu que "existe algum risco nesse sentido" devido à notoriedade do caso. Assim, eles ficarão em uma ala reservada.

9 comentários

CORONEL

Também deveriam estar expostos à visitação pública numa espécie de aquário ou jaula.São espécies raras de CURRUPTOS REX.O povão só identifica bandido "pé de pano", trombadinha,...

Reply

Latrina???? É ruim hem!!! abram o bico e voces terão o BWC de seus lares de volta.

Reply

Coronel,
agora preso, já já o Duque abre o bico. Se não ele, sua mulher.

Reply
fred oliveira mod

Fico imaginando os familiares destes senhores...e eles devem pensar nos filhos, nos netos. Fica o exemplo para todos os cidadaos: o crime nao compensa e nada paga a consciencia tranquila e a vida honesta ao lado dos seus.

Reply
H. Romeu Pinto mod

Coronel! Alguém precisa avisar com urgência os presos antigos, para que guardem suas carteiras, pois está chegando uma turma da pesada. Todo o cuidado é pouco para esses caras.

Reply

São Paulo, 24 de março de 2.015

Prezado Coronel,

Renato Duque em depoimento à CPI, reservou-se o direito de permanecer calado. Perfeito, é constitucional. Sérgio Moro, Juiz de Direito, aceitou denúncia contra Duque e o mandou para o presídio. Agora, entre a fina flor da sociedade, esse sujeito talvez se emende, e resolva abrir o bico. Taca-lhe pau Sérgio Moro!

Reply

Latrina no chão?????? kkkkkkkkk

Bem feito, safados!

Quero ver se agora o Renato Duque não abre o bico, ou então sua mulher Maria Auxiliadora, e entregam o chefão!!!


Chris/SP

Reply

Usar uniforme, uma hora so' de banho de sol? ... Que pais e' esse??

Reply

Olha a indignidade da situação. Adiantou participar de esquema para roubar o país?????

Será que com essa vergonha, eLLes abrem a boca logo de vez?!

Queremos mesmo é ver os petebas atrás das grades!

Reply