"Tamo junto e misturado": empreiteiros querem políticos e diretoria da Petrobras punidos.

(Estadão, hoje) Parte das empreiteiras investigadas sob suspeita de integrar o cartel da Petrobrás começou a atuar nos bastidores a fim de que as punições do escândalo não se restrinjam a seus executivos, a operadores e a ex-diretores da estatal. O objetivo é tentar deixar claro que houve protagonismo de políticos ligados ao governo e que a direção da Petrobras teve participação ativa na formação do conluio entre as empresas. 

A preocupação dos empreiteiros - externada em conversas reservadas - está no fato de a Operação Lava Jato estar dividida em duas instâncias judiciais. A parte que trata de executivos, operadores e ex-diretores da Petrobrás está sob a guarda da primeira instância, mais precisamente sob condução de Sérgio Moro, magistrado considerado linha-dura que atua na Justiça Federal no Paraná. Já a outra parte da investigação - a que apura a participação de políticos -, está sob a guarda do Supremo Tribunal Federal. Isso porque parte dos citados é parlamentar e tem, portanto, foro privilegiado.

A fórmula, mesmo legal, criou dois pesos e duas medidas, na visão das construtoras - elas já tentaram juntar as investigações a partir de um recurso no STF, mas os ministros entenderam que o caso deve mesmo ficar desmembrado: parte no Paraná e parte em Brasília.

'Crucificado'. Um empreiteiro ouvido pela reportagem afirma que não é "santo", mas que não está certo ser "crucificado" sozinho. Ele cita a delação premiada de Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Abastecimento da Petrobras. Costa afirmou que, a partir de 2004, iniciou-se uma cobrança de até 3% de propina para partidos políticos nos contratos das empresas com a estatal. Os depoimentos de delação premiada do ex-diretor, assim como os do doleiro Alberto Youssef - outro que cita pagamentos a políticos -, são sigilosos e estão sob a guarda do Supremo, que deve abrir os inquéritos envolvendo os políticos em fevereiro. Os processos envolvendo os empreiteiros tocados pela Justiça Federal do Paraná não estão sob sigilo.

Essas duas questões - ritmo da investigação e sua publicidade - são a base das queixas reservadas dos empreiteiros. Eles questionam o fato de a maioria dos presos da Lava Jato, atualmente, ser formada por executivos das empresas que atuam em contratos da Petrobras.

A permanência na cadeia virou um "suplício", não apenas para os presos e seus familiares, mas para todos que atuam no setor de construção, segundo classificou outro empreiteiro ouvido pela reportagem. Esse empresário chega a comparar as prisões às "torturas dos anos 70", ressaltando que as prisões são "tortura psicológica", mas não deixam de ser "tortura". Ele fala de um "temor generalizado" entre o empresariado, que segundo ele foi transformado numa "facção criminosa, à margem de tudo, uma espécie de PCC da construção".

Dentro da tática de colocar os partidos em posição de protagonismo do escândalo, pelo menos uma das empresas investigadas já preparou uma lista de nomes de políticos que receberam propinas no esquema de corrupção na Petrobrás, conforme mostrou ontem o jornal Folha de S.Paulo. 

O Estado revelou uma lista com 28 nomes de políticos citados por Costa em depoimentos da delação premiada: 8 do PMDB, 10 do PP, 8 do PT, 1 do PSB e 1 do PSDB. Os ex-ministros Antonio Palocci e Gleisi Hoffmann, ambos do PT, e Edison Lobão, do PMDB, estavam no rol. Na semana passada, a revista Veja publicou anotações do empreiteiro Ricardo Pessoa, presidente da UTC, que está preso. Os manuscritos fazem ameaças veladas a políticos. Em documento enviado à Petrobrás e revelado pela Folha de S.Paulo, a UTC afirma que, se houve cartel, a responsabilidade é da estatal.

25 comentários

Coronel,

Eu só tenho uma pergunta. O LULLA vai ficar impune novamente?

Isto aqui nunca vai passar de uma república de bananas.

Reply

Coronel,

adorei a foto e espero que o a Cupim-das-araucárias seja punida, assim como todos os outros.

Inclusive o pai e a mãe. Para bom entendedor meia palavra basta!

Flor Lilás

Reply
fred oliveira mod

Eles, os empresários estão certos. Não tem como ser duro apenas com eles. Os políticos, os partidos envolvidos, os governantes e a empresa estatal devem ter o mesmo tratamento. Blindar políticos e ferrar empresários é extremamente injusto. Aliás, a população brasileira quer ver o que vai dar para os políticos envolvidos, sobretudo, Lula e Dilma, presidente e ex presidente do país. Devem ser punidos, no mínimo, por permitir, não estar atento, ao que ocorria, há tantos anos, na petrobrás, isso pensando que eles não sabiam de nada, o que, na verdade, não acreditamos.

Reply

Entendo que a questão seja assim: se juntar todos os réus no mesmo processo, no STF (como foi feito no mensalão), também vai acontecer o que os empreiteiros temem: todos eles (sem foro privilegiado) vão pegar penas bem maiors (justas), como aconteceu com Marcos Valério e outros e, uma Gleisi Hoffman e outros vagabundos vão pegar cestas básicas pra distribuir. Ou não temos um STF vendido?

E se ficarem no Moro não melhora, neste aspecto. A saída única deles é a delação premiada. Ainda não entendi porque os advogados querem separar os processos de justiça de instância. Talvez tenha alguma coisa que não sabemos. A menos que o STF esteja TÃO vendido que, pra aliviar para os "parlamentares", livre também a barra do pessoal sem foro, alegando o que o bandidão da CGU vem fazendo: vai parar o país.

Sei não, o Dr. Moro e sua coragem tem sido a salvação da pátria, literalmente. Contemos os dias para sua volta à ativa. E que ativa brilhante.

Mariana


Reply

Coronel, parece que essa foto aí no post foi tirada depois de perguntarem: "- Quem é ladrão aqui?".

Mariana

Reply

É isso aí, vai começar a autofagia da quadrilha. Agora esse negócio de se passar por vítimas, coitadinhos, já é demais.

Reply

Cel. precisa de lista não. Não precisa indispor os empreiteiros com os políticos ou quem quer que seja.
Queremos APENAS um nome. Um nominho só. Queremos o nome do nove dedos. E depois, podem todos ir para casa.

Reply

Boa tarde Coronel.
Só há uma forma de acabar com a corrupção no BRASIL, privatizar tudo.O governo só deve cuidar da
SAÚDE, EDUCAÇAÇAO (QUE VERGONHA 500 tiraram zero no enem) e SEGURANÇA
(outra vergonha nacional).
Diminuir o tamanho do estado em
90%.Só assim a cumpanheirada vai ter que trabalhar.Fazendo isso sobrara recursos para a SAUDE
EDUCAÇÃO E SEGURANÇA DE 1º MUNDO.
É preciso mobilizar a população e marchar ate BRASILIA ( exatamente como ocorreu em Paris a dias atrás) e derrubar esse governo corrupto e MEQUETREFE.

Reply

Punir todos. Agora estou de acordo.

Reply

..."Costa afirmou que, a partir de 2004, iniciou-se uma cobrança de até 3% de propina para partidos políticos nos contratos das empresas com a estatal..."

Que coincidência! 2004, um ano depois que a mula chegou ao poder...

Reply

CEL,

Trecho de artigo publicado no site Alerta Total:

"""O cenário interno dá nojo. Ao ligarmos a TV, vemos diariamente membros do governo cobrindo o focinho e sendo escoltados pela Polícia Federal rumo à cadeia. O governo está podre. Nosso congresso não passa de uma fossa, onde metade dos "nobres" se vendem e a outra metade, em quase sua totalidade, é covarde porque cala e consente. Não temos oposição. O nosso judiciário poderá ser avaliado pelo papel desempenhado nos últimos anos pela mais alta corte do País, o Supremo Tribunal Federal (STF). Lá seus membros são escolhidos a dedo pelo poder Executivo. Essa Corte foi transformada em um chiqueiro do Partido dos Trabalhadores (PT).

O País nos últimos 12 anos apodreceu de Norte a Sul, de Leste a Oeste e em todos os níveis; municipal, estadual e federal. Esse último comanda a roubalheira, porque possui a chave do cofre e uma arrecadação de impostos que chega a dois trilhões de reais, recursos que deveriam ser investidos em benefício da sociedade, vão simplesmente engordar a conta corrente de ladrões. Hoje só resta ao cidadão brasileiro pagar impostos e assistir impotente a toda essa pouca vergonha. Até quando?"""

Humberto de Luna Freire filho é Médico.

mais aqui: www.alertatotal.net

Índio Tonto/SP

Reply

Muito boa a nova plataforma.
Acessado com IOS.
Abraços.

Reply

Cel.,

off-topic,

por que não iniciar, URGENTEMENTE, um Movimento pelo Voto Impresso?

Reply

cel,

A saída é essa mesmo, colocar os empresários na parede para entregar todos envolvidos.

Reply
fred oliveira mod

Eles estão certos. Não é justo que paguem sozinhos quando a roubalheira só se concretizou face o interesse dos partidos aliados do pt, das campanhas de Dilma e das propinas que foram pagas para os partidos. Os que fizeram parte dos desvios devem ser responsabilizados, sem blindagem para os poderosos.

Reply

2004, o ano em que passaram a confiar na justiça, foi o começo do petróleo, pois o mensalão já ia de vento em popa desde o início de 2003 com os acertos de campanha logo atrelados à compra dos parlamentares traidores dos eleitores que neles votaram para defender direitos dos representados , os eternos pagadores da farra ignominiosa...
Abril está chegando, senhoras e senhores contribuintes do imposto de renda . Façam tudo direitinho para não faltar o leitinho dos mamadores do nosso dinheiro.

Reply

Cara Mariana 17 de janeiro de 2015 12:46

adorei seu comentário!

É a legenda da foto:
levanta a mão quem é ladrão!

Abraço fraterno,

Flor Lilás

Reply

CORONEL

A corrupção deslavada é endógena, parte do governo , não o contrário.Nessa questão o governo é o dono da bola, tem o mando de campo e o apito.Os mentores, articuladores dessa esbórnia toda são agentes do governo, o indutor da corrupção.Mas vão insistir na versão de que o governo é vítima de um bando de predadores.
A única saída dos empresários será a conhecida " boca no trombone".

Reply

Em Corruptolândia há dois tipos predominantes de gente: os ladrões e os otários que se deixam mansamente roubar.
Começam a se tornar visíveis alguns inconformados: NÓS!

Reply

Nada mais justo do que a quadrilha toda receber tratamento isonômico, ora !
Espaço não falta nas prisões federais.
eles que adoram morar em condomínio fechado,que tal um fechadíssimo, digno de suas excelências e dos construtores que tanto roubaram do projeto ``a manutenção, ou alguém acha que não?

Reply

http://museuvitimasdoscomunistas.com.br/

Reply

Srs empresários:
Digam a verdade digam apenas que eles sabiam
A população vai inocenta-los
Se a verdade vier a tona(o lula e a dilma sabiam)
O governo sofrerá sera destituído e vocês serão salvos pela população.

Reply

É simples.. corrupção é como fazer filhos... ninguém faz um sozinho.. tem que ter uma parceria...na verdade é uma trinca.. politico, burocrata, empresas...um protege e ganha a parte do leão.. o burocrata faz a papelada e administra.. e a empresa atua para superfaturar e distribuir parte do excedente...e está aparecendo somente os burocratas e as empresas...os mandantes sumiram....o que falta é mandarem eles fazerem um passeio a Indonésia....

Reply

ANÔNIMO 12:46 (mariana), quando
perguntaram quem é ladrão aqui a
lourinha quase caiu de costas e
perdeu os óculos e gritou:EU, EU,
EU!!!

Reply

É só abrirem a boca, mostrar os documentos guardados e botar os advogados para atuar na acusação... dos ladrões eleitos.

Reply