Quero ver o PT votar aberto contra a cassação do Genoíno e do João Paulo Cunha.

A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara aprovou nesta quarta-feira (26) uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que acaba com o voto secreto na análise de cassações de mandatos de deputados e senadores. A proposta é mais um item da "agenda positiva" criada pelo Congresso em respostas aos protestos que tomam as ruas de vários Estados pelo país.

A medida vale para casos de falta de decoro parlamentar e condenação criminal com sentença transitada em julgado (sem chances para recursos da condenação).O texto segue agora para uma comissão especial que precisa ser criada pela Câmara. Se aprovada, terá que passar por dois turnos de votação no plenário da Casa, precisando de 308 votos para ser confirmada. Essa proposta foi aprovada no ano passado pelo Senado.

A PEC do voto aberto para cassações conta com apoio dos líderes e deve ter tramitação acelerada. A expectativa é que seja aprovada antes do recesso parlamentar, que começa no dia 18 de julho.A discussão do texto na CCJ foi rápida, mas comemorada. Relator da matéria, o deputado Alessandro Molon (PT-RJ), disse que a medida mostra sintonia com a sociedade. "É uma resposta às ruas que pedem mais transparência", disse. "O voto do parlamentar é do eleitor que precisa saber como ele votou", completou.

Líderes da Câmara admitem que há resistência para que seja analisada uma proposta que institui o voto aberto no Congresso para todos os tipos de votações.Nos bastidores, parlamentares dizem que temem sofrer retaliações, por exemplo, se votar pela derrubada de veto presidencial ou até mesmo barrar uma indicação do Executivo para a ocupação de cargos.

Ao todo, o Congresso conta com 28 votações. Além da perda do mandato, são secretas votações para indicação de autoridades do governo federal, autarquias, embaixadores ou tribunais superiores, vetos presidenciais e casos como exoneração do procurador-geral da República. Votações de projetos e PEC são abertas. (Folha Poder)

27 comentários

O PT não muda!

Eles vão votar contra e dizer que eles foram vítimas de golpe das 'elites conservadoras' que controlam o STF, o ministério Público e todos aqueles que forem contra os desmandos do PT.

Essa corja bem que estava merecendo uma surra mesmo.
Não me importo se foram fascistas, nazistas... O bom foi ver a petralhada tomando um coro na rua.

Reply

E esses Deputados sem noção se esquecem de que devem satisfação apenas ao povo e, não a governo de turno. Quem os elegeu, o povo ou o governo? Nota-se que ainda não acordaram para a nova realidade! As paredes do congresso; da justiça e do executivo devem ser de vidro; transparente, para que o povo possa olhar o que estão fazendo em seu nome. ponto

Reply

Coronel,
duvido que essa PEC passe no plenário. Caso passe, os petistas irão votar pela cassação sim. Duvido que queiram afundar ainda mais por causa dos mensaleiros. Vai ser cada um por si. No naufrágio vale tudo, mais ainda para os canalhas.

Reply

Coronel, é impressionante como a nossa Mídia vendida ao PT poupa o Lula e a Dilma, como se eles fossem deuses intocáveis. E esse comportamento se estende também à nossa população, de um modo geral. Parece que todos os brasileiros estão anestesiados pelos mitos do PT. Tudo que eles fazem é bom e eficaz ...

Todo mundo sabe que quem trouxe a COPA DO MUNDO para o Brasil foi o Lula e o PT, estimulados pelo Governo do Rio, o Cabral. Levaram centenas de pessoas à Suíça, há mais de 4 anos, quando Lula, em meio a MONUMENTAL e caríssima festança, assumiu compromissos irresponsáveis, que hoje a FIFA nos cobra. Pois bem, nessas passeatas Brasil afora, os participantes DEMONIZAM a COPA, mas, NINGUÉM, NINGUÉM MESMO, diz que Lula e Dilma são os CULPADOS pelos gastos SUPERFATURADOS, que trarão ao Brasil um enorme PREJUÍZO irrecuperável.

Coronel, esses festeiros manifestantes são, em sua grande maioria, PETISTAS e conhecidos COMUNISTAS, que nas próximas eleições certamente irão, mais uma vez, BEIJAR as mãos do Lula e da Dilma. Na verdade, eles gostam mesmo é de ESCULHAMBAÇÃO e seu DNA é petista e bolivariano ...

Reply

A bancada toda adoece.Boi preto conhece boi preto.

Reply

Votarão CONTRA a cassação na maior "caradura", ou alguém tem dúvidas? Desde quando sem-vergonhas têm vergonha na cara? N-U-N-C-A !

Reply

CEL
João Paulo Cunha deve ester felicíssimo com seu cumpanhero Molon...Nem eles se entendem mais...Fora comunistalha inútil.
Artur VHH

Reply

dá uma olhada nisso, Lei sancionada por Dilma, dia 21, torna inócua PEC 37, daí sua fácil rejeição
O placar elástico de 430x9 votos, com duas abstenção, na rejeição da PEC 37, tem explicação. A Lei 12830/2013, sancionada pela presidenta Dilma Rousseff e publicada no Diário Oficial da União no dia 21 deste mês, tornou inócua a PEC 37, proposta de emenda constitucional que deixava ainda mais claro que cabe às polícias judiciárias, Federal e civis, a prerrogativa da investigação criminal. A lei 12830, proposta originalmente pelo deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), a rigor regulamenta os dispositivos constitucionais que atribui às polícias judiciárias a investigação criminal. Mas chamou mais atenção da opinião pública por determinar que os delegados recebam tratamento idêntico àquele de promotores, procuradores e magistrados ("excelência", muito embora a expressão não seja citada). Mas o ponto mais importante da nova lei é o seu artigo 1º e parágrafos, em que claramente determinam a quem cabe a investigação criminal: em seu parágrafo 1º, a lei determina que "Ao delegado de polícia, na qualidade de autoridade policial, cabe a condução da investigação criminal por meio de inquérito policial ou outro procedimento previsto em lei, que tem como objetivo a apuração das circunstâncias, materialidade e autoria das infrações penais.":

Reply

A corrupção continua solta.
Nenhuma providência foi tomada ou prometida neste sentido.
Reforma Política?
De que adianta mais normas se as atuais não são cumpridas?
Temos leis de sobra para acabar com os corruptos. Leis que não são aplicadas.

Tree

Reply

Interessa ao povo uma reforma política que nem sequer põe fim ao voto obrigatório? Os privilégios, mordomias e cartões corporativos continuarão intocados.

Cada vez mais bandeirinhas e camisetas vermelhas nos protestos que a grande imprensa insiste em dizer que são pacíficos. No Rio, os novos protestos estão sendo articulados no IFCS/UFRJ, verdadeira madrassa bolivariana.

Parece que as previsões pessimistas de Reinaldo Azevedo estão corretas.

Reply

Ninguém fala na saída dos mensaleiros
da Comissão de Constituição e Justiça.

Reply

Sou contra a violência nas manifestações, ainda mais quando depredam bens públicos. Mas, pensando bem, ela justifica quando depredam os prédios do poder Legislativo. Ora, vota-se aberto contra a cassação e por que não a todas as votações ???? Morte aos políticos !

Reply

Vejam a cena do vereador do PT agredindo uma reporte.dando um tapa na cara dela.
http://www.facebook.com/photo.php?v=172286496245106

Reply

Com certeza, a imprensa não está mostrando todos os cartazes que aparecem nas manifestações.

A TV Globo nem mostrou o caso das duas mortes em Goiania, quer que o povo vá para a rua à qualquer preço

Reply

Pe. Paulo Ricardo,
Manifestantes, estão usando você:

http://www.youtube.com/watch?v=VIHdTiXaYvo

Uma ótima e contundente explicação em apenas 8min.

Reply
Manoel Franciusxco Gomes mod

Não estamos vivendo (ainda) numa ditadura. Portanto, não há porque temer as retaliações de qualquer presidente, estando ele(a) sujeito à lei. Já não se justifica voto fechado, qualquer que seja o caso. O parlamentar deve ter dignidade c coragem para dar a cara a bater. Não sendo assim, desista de ser político.

Reply

Cel

Bem lembrado!

Átila

Reply

Cel

Veja "Constituinte petista é golpe!"

http://www.youtube.com/watch?v=f4Oqd80UQFE&feature=em-share_video_user

Átila

Reply

Tudo vai depender, conforme já está sendo claramente demonstrado, tudo agora depende do medo.
Medo dos maniofestantes.
É por eles que se pautam as pautas ultimamente ...

Reply

Coronel,

votarão com tranquilidade na cara de todo mundo.
Acham-se os donos do mundo.
Gente imoral e amoral não tem vergonha na cara.

Flor Lilás

Reply

OFF

Tomara que seja a primeira de uma série!

O plenário do STF reconheceu nesta quarta-feira que a condenação do deputado Natan Donadon (PMDB-RO) é definitiva e determinou a expedição do mandado de prisão contra o parlamentar. É o primeiro caso em que um parlamentar no exercício do mandato tem a prisão determinada pelo STF desde 1988, quando passou a valer a atual Constituição.

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/stf-manda-prender-deputado-natan-donadon/


Chris/SP

Reply

Estes canalhas já estão cassados e tinha que estar na cadeia há muito tempo. O sério problema brasileiro é que os subversivos (psicopatas) de outrora, tomou conta do poder. Quem foi que disse que psicopatas são disciplinados e aceitam regras. Eles por si próprios, deveriam ter vergonha na cara, mas se tem outra coisa que psicopatas não tem, é vergonha na cara.

Reply

isso é uma vergonha...

Reply

Os congressistas têm medo de haver a retaliação por votar contra? que aprovem emenda ao código penal que institui como crime de discriminação, semelhante a discriminações por raça, sexo, orientação sexual e outras, a DILMA NÃO PODERIA FAZER DISCRIMINAÇÃO por votação, é por isto que é votado pelo congresso, o executivo nunca poderia discriminar negativamente os oposicionistas do mesmo modo que não é sempre que premiam os fiéis.
-
Isto de discriminação É MITO e a única punição é quando o partido fecha questão em questões inerentes a partido político, aceitar ou vetar nomes de indicados NÃO PODE SER OBJETO DE FECHAMENTO DE QUESTÃO POR PARTIDO POLÍTICO, seria uma grave discriminação contra a pessoa indicada ao cargo ( crime ).
O pacote pode incluir a proibição da maioria do governo, partidos do governo, partidos da oposição e minorias, ninguém poderia fechar questão contrário ou favorável a vetos presidenciais, SERIA QUESTÃO DE FORO ÍNTIMO não sujeitas a veto.
** O direito de opinar, escrever, falar, no exercício do mandato parlamentar É OBJETO DA LEGÍTIMA IMUNIDADE PARLAMENTAR.

Reply

Queremos assistir de camarote.

Reply

E os queremos fora da Câmara e do CCJ agora !

Reply

26 de junho de 2013 18:11

Isto significa que as ruas terão que ficar permanentemente ocupadas?

Reply