Surgem as "FARC" brasileiras.

O CIMI, Conselho Indigenista Missionário, órgão pago, patrocinado, financiado, mantido pela Igreja Católica Apostólica Romana do Brasil, conseguiu o seu intento. Os indígenas do Brasil formaram as "FARC" brasileiras. No mesmo modelo das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, a guerrilha está instalada no campo brasileiro. Ontem, em Sidrolândia, Mato Grosso do Sul, a polícia reintegrou a posse da Fazenda Buriti. Um índio morreu em confronto com a Polícia Federal. 

Atenção! Antes mesmo da invasão, a Justiça Federal de Mato Grosso do Sul já havia se manifestado pela ilegalidade da ocupação, por meio de um interdito proibitório em favor do proprietário rural, desobedecido pelos índios, incitados pelo CIMI. Um dia antes, em reunião mediada, os produtores fizeram uma tentativa de conciliação com os invasores, mas estes simplesmente se recusaram a cumprir a ordem judicial. Diante disso, a Justiça determinou a reintegração de posse, executada pela Polícia Federal. Os índios reagiram e incendiaram a casa do fazendeiro, antes de serem retirados pelas forças policiais.

Quando tudo parecia serenado, hoje os índios voltaram a invadir a mesma fazenda. A Polícia Federal e a Polícia Estadual nada podem fazer, sem uma nova ordem de reintegração de posse. Ao que tudo indica, assim será, indefinidamente. A Justiça tira, os índios voltam. As FARC indígenas estão dominando um pedaço do Brasil, na mais completa desobediência às leis. Em pouco tempo estarão com armas na mão, sequestrando, cobrando pedágios, estabelecendo outra Constituição, como se fossem outro país. As FARC indígenas estão aí. O PT deve estar delirando. 

13 comentários

Cel.
O mala brasilianista disse que a coisa iria pegar, então que os ruralistas denunciem e o papa haja, senão a coisa vai pegar mesmo.



Toloco,

Reply

A bandidagem, com a ajuda do PT, está tomando conta do Brasil.

Reply

Temos que divulgar isto e fazer MUITA pressão em cima dos senadores :

Foi o pragmatismo eleitoral, mais do que a solidariedade aos povos sofredores, que orientou a decisão da presidente Dilma de perdoar a dívida dos países africanos. A questão é que empreiteiras, mineradoras e produtoras agrícolas que querem atuar nesses países com financiamento do BNDES (o órgão acaba de aprovar a criação de um escritório de representação na África do Sul). Ocorre que a legislação impede a concessão de benefícios a nações com dívidas atrasadas junto ao Brasil. Ao abrir mão da cobrança dos débitos,

medida que ainda precisa ser aprovada pelo Senado,

o governo pretende remover essa barreira – e deixar o caminho livre para as empresas amigas.

Reply

Isso era mais do que previsível que iria acontecer.
E as enorme áreas indígenas, quando vão se tornar independentes ?

Reply

Pois é CORONEL!Chega a ser irônico ver os Índios empunhando armas de branco.Por quê não fazem estes ataques munidos de arco e flecha,bodurnas,tacapes e outros equivalentes.Não confiam em suas armas?Ou será que eles próprios estão discriminando as suas tradições?

Reply

Essa Banânia não mais jeito não. está acabado.

Reply

Onde será que vamos parar... Parece não haver mais autoridade no país, os bandidos e os vândalos deitam e rolam. Só é punido quem reage.

Reply

Cel.

Você não vai comentar nada sobre outra invasão ocorrida hoje?????

ÍNDIOS TERENA OCUPAM FAZENDA EM AQUIDAUANA UM DIA APÓS MORTE EM SIDROLÂNDIA (MS)

Ao menos 500 índios terena ocupam desde a manhã desta sexta-feira (31) a fazenda Esperança, em Aquidauana (143 km de Campo Grande). A invasão ocorre um dia após a reintegração de posse de área em Sidrolândia (71 de Campo Grande), em que um índio de 35 anos de idade morreu baleado em confronto com policiais federais e militares.
(...)

http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2013/05/31/indios-terena-ocupam-fazenda-em-aquidauana-um-dia-apos-desocupacao-em-sidrolandia-ms.htm

Cadê a polícia deste país para botar estes vagabas para correr???


Chris/SP

Reply

Guerra civil no campo, logo teremos a guerra civil urbana, E as FFAA, onde estão?

Reply

A desgraça tomou conta do país a partir da REELEIÇÃO.

A guerra civil já está em curso, voto comprado com a escorcha dos contribuinte não vale nada.

Reply

SERIAM AÇÕES DA ALA ESQUERDISTA DA MANJADa INSTITUIÇÃO CNBB...
O conflito seria atiçado pela ala esquerdista da CNBB, a que sempre prevaleceria sobre os demais, a que se aliou ao Foro de S Paulo, ao Conselho Mundial de Igrejas, um bando de relativistas, dos fantoches ou simpatizantes dos comunistas D Hélder, D Arns, D Casaldáliga, Ivo e Aloísio Lorscheider e muitos outros, assim como seriam dos marxistas padres da Teologia da Libertação infiltrados nesses movimentos, como CEBs, CIMIs, etc.
VEJA AGORA SOBRE A ESQUERDISTA TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO PARCEIRA DO PT, DO BOFF/BETTO & CIA:
Ex-general soviético revelou ao mundo: Teologia da Libertação foi uma falaciosa cruzada de dominação ideológica criada pela KGB, sob forma religiosa para facilitar sua penetração entre os católicos e outros cristãos sem resistência.
:http://www.midiasemmascara.org/artigos/movimento-revolucionario/14089-a-cruzada-religiosa-do-kremlin.html e original em inglês http://archive.frontpagemag.com/readArticle.aspx?ARTID=35388.
Sabíamos há muito disso dado as afinidades da TL-PT, múltis denuncias de liames com o PCC-FARCs etc., mas podendo demonstrá-lo via documental, tanto melhor para se desfazerem eventuais dúvidas sobre ela e os farsantes que a apoiam!

Reply

Eu quero saber quando é que as Forças Armadas vão entrar em cena para botar ordem nesse galinheiro.
Já tá passando da hora de enquadrar um monte de comuna fascista safados que estão no poder patrocinando essa zorra.

Reply

A tropa de choque do molusco está em plena expansão. Vocês vão ver o circo pegar fogo quando os ptralhas perderem o poder.

Reply