Onde está a Força Nacional de Segurança ?

Editorial da Folha de São Paulo:

Os complexos de favelas da Penha e do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro, são apontados por especialistas e autoridades como as principais cidadelas do narcotráfico na cidade. Ocupá-las de maneira permanente, restituindo à sociedade o território controlado pelas quadrilhas de narcotraficantes, é uma etapa crucial -e provavelmente a mais desafiadora- da atual política de segurança do governo fluminense. Ao que tudo indica, a recente onda de vandalismo, com arrastões, assaltos e automóveis incendiados em diversos pontos da cidade, precipitou uma batalha que, em condições normais, as autoridades teriam preferido deixar para uma etapa posterior.

O sucesso inicial da implantação de UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) em áreas antes tomadas por grupos armados determina, também, as condições da atual operação de cerco a marginais naquelas comunidades. Não é mais aceitável a antiga prática policial de invadir bairros pobres, matar criminosos e inocentes e bater em retirada. Uma fração do complexo da Penha, a Vila Cruzeiro, foi ocupada nesta semana. É preciso que a representação do Estado, por meio de forças policiais e serviços, uma vez expulsos os bandidos, lá se estruturem e permaneçam -sob pena de perder-se o apoio angariado com a operação.Faltam, no entanto, homens e equipamentos em quantidade suficiente para conciliar a expansão da polícia comunitária em favelas com novas incursões de perseguição a traficantes.

É o que tornou indispensável o apoio das Forças Armadas, requisitado pelo governo do Rio. Além de blindados cedidos pela Marinha, cerca de 800 soldados do Exército foram ontem deslocados para as imediações do complexo do Alemão. Sua tarefa é controlar os acessos às favelas e restringir a movimentação dos traficantes. Atuações desse tipo estão previstas na legislação brasileira. O recurso às Forças Armadas no combate ao crime dentro do país pode ser feito "em atribuições subsidiárias" e em intervenções "episódicas", por tempo limitado.O apelo emergencial ao Exército nesta semana no Rio de Janeiro é mais do que compreensível. Mas há fortes motivos para evitar que as Forças Armadas se envolvam em operações típicas de polícia no combate ao tráfico.

São graves os riscos provocados pelo contato diuturno com o crime organizado. Não se pode excluir a possibilidade de que as quadrilhas, que lograram corromper parte da polícia, exerçam efeito semelhante sobre a hierarquia militar. As consequências de uma eventual contaminação desse tipo podem ser desastrosas. Diante de tal ameaça, é urgente transformar a Força Nacional de Segurança Pública em corpo permanente. Essa espécie de PM federativa é integrada sobretudo por policiais cedidos por governos estaduais, mobilizados em emergências. Apesar de já contar com um contingente fixo, ainda falta muito para transformá-la em uma tropa de elite atuante. É preciso fazê-lo. Seria o recurso apropriado para apoiar a atual estratégia de segurança no Rio -e intervir em situações análogas, sempre que necessário, em território nacional.

Clique na imagem abaixo para ampliar e ler  reportagem em O Globo:

24 comentários

pelo que li no claudiohumberto, a policia estava acompanhando a fuga dos bandidos para a outra favela pela tv globo-nunca vi tamanho amadorismo. seria tao facil evitar eles passarem naquela estrada(que nem deveria existir), bastaria uma linha de fogo a frente dos bandidos, que aquela van pararia e seria presa facil. e a noite, a policia carioca contando no jornal nacional o que vai fazer, contando toda a estrategia. acho que a policia do rio acredita que bandido nao ve televisao.

Reply

Dá para concordar com partes do Editorial da FSP. Mas, dá para concordar com o conceito: onde está a FNS? Ficar colocando as Forças Armadas a todo e qualquer momento, pode deixá-las vulneráveis a injunções políticas e expô-las fora de suas atribuições. Não que não possam dar apoio logístico, patrulhar a costa, os ares, as fronteiras líquidas e terrestres. O problema são as modas: FNS era o máximo; depois, as UPPs eram o máximo; agora, as Forças Armadas são o máximo. Parece não haver uma política de segurança e sim um enxugamento de gelo.

Reply

Coronel,

como é que esse governo, cúmplice das Farcs, vai combater seus companheiros???

O que está acontecendo é uma guerra e as FFAA deveriam interceder já, com ou não autorização desses bandidos que estão no poder.

Reply
Mensageiro do Apocalipse mod

Coronel e amigos

O editorial nos leva a uma conclusão incauta:

- Precisamos investir rápidamente e sem demora em segurança!!!

Vamos comprar - SEM LICITAÇÃO LÒGICO - por que o momento assim o exige, novos dirigíveis (lembram dele? onde está agora?) para melhor monitorar o tráfico ... um VANT com capacidade de Zoom igual ao do Globocop - que segundo a dillma está operacional - uma nova frota de CLANFs, M-113 e de quebra uma esquadrilha de Rafales do Sarcozi para equipar o BOPE.

...Será mesmo???

Ou o que está acontecendo no Rio de Janeiro, seria apenas uma demonstração de força por parte dos traficantes, em virtude de um acordo feito, e não cumprido, para a reeleição do des-governador sergio cabral...

...a máfia, os agiotas e os traficantes sempre agiram assim com seus mau pagadores.

E esperto como uma águia e canalha como ninguém, sérgio cabral se utiliza do panico da população para comprar equipamentos a preços HIPERFATURADOS e assim, pagar suas dívidas de campanha.

Simples.

E nós, cidadãos comuns, continuamos a pagar impostos escoarchantes para sustentar uma corte de PTralhas, encastelada nos três poderes da república.

E os PTralhas ainda falam reeditar a CPMF...

Reply

O Rio está sob intervenção federal informal.
Agora na mídia, não há como recuar. Cabral está sob pressão, e a decisão de pedir auxilio às forças federais não partiu dele, pois é um alienado, mas sim da cúpula de segurança que não usa droga.
O deputado do PSOL Marcelo Freixo é contra a ação do Estado, pq talvez, seus eleitores sejam os usuários de drogas.
Hà muito estavamos largados à nossa própria sorte, desde que o PMDB assumiu o comando do Estado com o porquinho ladrão Garotinho.
O Rio de Janeiro se desmantelou com o brilhante Leonel de Moura Brizola do PDT, que desestimulou as policias do Estado e estimulou a bandidagem, a ocupação irregular e a migração desenfreada,graças ao bom Deus, ele, Brizola, já está no colo do capiroto, não o Lulla, mas o maligno do inferno.

Reply

Atenção:A força Nacional de Segurança está ajudando nos presídios para evitar rebeliões,tenham calma nós vamos chegar lá

Reply

Vem a CPMF pra segurança,pode apostar...Isso tudo é cobra mandada pra justificar 'mais verbas'.Fizeram o mesmo com a Saúde,deixaram sucatear pra pedir a volta d CPMF.



E pena o Rio não ser a capital do país.Seria lindo ver FFAA nas ruas cercando o maior QG de crimes contra o povo que é um Palácio de Governo.

Mas,cá pra nós,FFAA,com aquele coitados entanguidos que mal preenchem uma farda tamanho pp?com fome e sem treinamento como o BOPE?só pra subistituir saco de areia como trincheira? agindo contra bandido comum enquanto o país é saqueado pelos políticos?


Não sei se é pra rir,chorar ou dar sono...


¬¬

Reply

Pois, é. Vant, UAV, Rafale, Trem Bala...Apoio via Twitter. Assim, a coisa vai. A imprensa está filmando e gravando o que ocorre. Por mais que haja edições, passar VT com legenda de "Ao Vivo" etc. não conseguiria mascarar a realidade. Ou mudar a realidade. Daqui a pouco vai começar a tal de "complô da mídia". É sempre a mesma coisa. Mas se as grandes emissoras não derem cobertura, também serão criticadas com coisas do tipo: "Ah, se fosse em São Paulo, era só elogios e...". Alguém está de brincadeira.

Reply

O POLICIAÇO do lula não é para combater traficantes, ora !!!!
Até agora só serviu para aparecer nas telinhas, apenas para fazer alarde ...

Reply

Coronel, tem gente que pensa que a solução é dar um tiro na cabeça desses bandidos e tudo ficaria resolvido. Calma pessoal, a coisa não é tão simples assim, imagine o caos que ficaria esse país com as mortes de Lula e Sergio Cabral, não é mesmo??!

Reply

"TÁ TUDO DOMINADO"
Coronel, nós vivemos num país em que se vende droga até em banca de jornal. Ontem mesmo eu vi, aqui perto de casa, uma banca que vendia livremente: "Lula em Quadrinhos". Cadê as autoridades desse país que não recolhem uma DROGA dessas???!!

Reply

Caro amigo Coronel,

Parece que desta vez vai! Mesmo que aos trancos e barrancos a coisa vai melhorar...
Todos sabemos que a violência urbana, por conta da ampliação do tráfico de drogas e armas, piorou muito no Brasil nos últimos anos. Mas sabemos também que tudo isso começou a ficar realmente ruim nos anos 70, após os criminosos comuns se unirem com os guerrilheiros presos pelos militares da Revolução e aprenderem com esses guerrilheiros, táticas de guerrilha urbana e sistemas organizacionais. Assim sendo o problema é realmente desse pessoal da esquerda que hoje habita o poder federal e outros no País, pois foram eles que ajudaram a criar esses monstros dos narcotraficantes atuais, inclusive pioram muito o feito, quando apoiam e defendem descaradamente as FARC, que é atualmente é a maior fornecedora de drogas ilícitas do mundo e ainda tem dado treinamento a grupos criminosos do Brasil, os quais já fazem parte do crime organizado internacional.
Por isto temos que pedir a EMFA e aos nossos Generais, Almirantes e Brigadeiros, que aproveitem bem esse momento político criado no Rio de Janeiro dentro do estado de direito e voltem a dar ao Brasil, as Forças Armadas que esse País necessita e merece.
As Forças Armadas do Brasil precisam de reaparelhamento já! E a direita precisa voltar a crescer no Brasil agora!

Reply

Com essa inclusão de parte das Forças Armadas(marinha) e equipamentos de guerra.Pelo que tudo indica(levando-se em conta apenas o combate ás consequências), mais e mais vezes será solicitada a presença das Forças Armadas, nestes conflitos entre policíaís e bandidos.Deveriam realizar um plebíscito para saber do povo se prefere o comando da nação nas mãos dos generais!,.Pois, ficou mais uma vez provado, o governo e as forças estaduais de segurança,não teem condições de dominar os bandidos do tráfico.

Reply

Eu acho que o Rio de janeiro , há muitos anos, é uma zona de guerra e precisa da intervenção do exército , passar o todo, limpar o estrume!
as forças armadas são a mais respeitosa corporação do país, acho que neste momento cabe a eles intervir de maneira energética e acabar com o mal pela raiz , e nao invadir somente o complexo do alemao, invadir todas as favelas que tem problemas semelhantes, prender, matar, os traficantes e dar um basta nesta situaçao caótica que os irmãos cariocas vem sofrendo há tantos anos !
força ai pessoal!

Reply

Querido Coronel,

Onde está a Força Nacional de Segurança?

Respondo: Nos sonhos de TODOS os brasileiros honestos, dignos, fartos da corrupção e violência.

Infelizmente penso que ficará só no imaginário...

Flor Lilás

Reply

Estou preocupada com uma desgraça.

A policia, já deu um prazo aos traficantes, para que êles saiam de lá, porque senão êles vão invadir. Os traficantes, quero que se explodam. Agora perder pessoas inocentes, seráa lamentável.

Izabel

Reply

Rio de Janeiro (Bananândia, RJ) é uma metrópole com inúmeros morros cheios de casas precárias e sem arruamento, saneamento básico e serviços públicos ,é inconstitucional pois segundo a constituição é direito do cidadão a felicidade, habitação e não às formas de discriminação. Reunir os carentes em áreas de risco, sem ruas nem saneamento básico e casas de verdade, é vedado pela constituição. (emendas petralhas).
Porque o Cabral não fez as ruas, o saneamento básico, derrubando tudo e fazendo edifícios tipo Cohab com 4 andares, a parte superior demolida depois , reflorestar as encostas e impedindo por métodos físicos a entrada na floresta para evitar nova favela e criminalidade.
****A PETRALHADA PODE EMENDAR A LEI MAIOR e criar o paraíso na Terra, como o comunismo soviético falido.
A bandidagem pode se reagrupar e derrotar o arsenal policial do Rio, como Antônio Conselheiro, em Canudos (Bahia + ou - em 1885 ), se a EXPEDIÇÃO PETRALHA com apoio militar for vencida, a DILMA mada louca da vida vai querer culpar o FHC pela fraqueza policial-militar. Eu duvido que a bruxa resiste, os marginais usam o que ela ensinou a eles na prisão, na FALANGE VERMELHA e agora atuar como uma pessoa contra-terrorista ela não tem como.
Eles têm um mês para manter o sítio no morro do Alemão, manter os 100 bandidos sitiados ( outros 2000 fugiram antes do cerco militar), estão na baixada fluminense pondo fogo em ônibus,etc..se organizando.

Reply

Caro Coronel,

como que pode acabar com o PÓ no RIO se todos artistas globais adoram cafungar.Para acabar com o PÓ o exercito tem tbem que sitiar os aptos da Zona Sul onde tem muito cherador tbem.

Grato.

Reply

“O presidente Lula tinha um encontro muito importante na Guiana. Às vezes, a gente fica se perguntando: será que pode ter alguma reunião que seja muito importante na Guiana? Ah, mas essa era importante: os países da América do Sul, um empreendimento lançado pelo próprio Brasil… Além do mais, o Lula vai receber uma comenda, mais uma daquelas que ele não recebeu durante o mandato. Agora, vai passar anos recebendo comendas e diplomas pelo mundo afora.. .

Por isso, ele não pôde ir ao Rio de Janeiro, mas pediu, antes de viajar, que o seu governo desse atenção ao Rio de Janeiro.

Eu não sei, não, presidente Dilma, mas eu me atrevo a dizer que, já que a identificação de Vossa Excelência com o presidente Lula está sendo tão bonita e tão intensa e já que ele não pôde ir, Vossa Excelência poderia ir ao Rio de Janeiro. Seria muito importante. Aliás, não seria um gesto de: “Isso, agora, é com o Lula; não é comigo.”

O Lula está se metendo tanto no seu governo – indica o chefe da Casa Civil, indica o ministro da Fazenda, o ministro do Planejamento, o presidente do Banco Central e não sei mais o quê (…), porque há uma identidade entre Vossa Excelência e ele – que Vossa Excelência poderia ir ao Rio de Janeiro. Seria um gesto muito importante.”
Do senador Pedro Simon ironizando a ausência do país do presidente Lula.
Fonte:Veja online

Reply

Não é "ironia do destino" que logo após à eleição da terrorista para presidente o país todo esteja vendo o trabalho dos traficantes cariocas, que nada mais são do que a versão 2.0 dos guerrilheiros comunistas da década de 60?

Não é estarrecedor que daqui a 30 anos nossa população, incluindo-se aí a "classe mérdia", pode ajudar a eleger presidente uma dessas criaturas que enfrentam a polícia ao vivo na televisão?

Reply

CORONEL,TRECHOS ARTIGO ESCRITO NO SITE MIDIASEMASCARA.COM. SO O TITULO

Mandem a gasolina para Lula
FELIPE MOURA BRASIL | 26 NOVEMBRO 2010


O Brasil só dá alegrias às Farc. Dilma - a musa das selvas colombianas - garantiu a Cabral que vai continuar apoiando o estado no combate à violência, assim como faz o governo Lula. Isto significa que continuaremos neutros em relação aos grupos terroristas que fornecem drogas e fuzis aos nossos traficantes. Neutros nas ideias. Neutros nas fronteiras. Neutros no calçadão. Assim como se absteve em votação da ONU contra o apedrejamento de mulheres no Irã, o governo do PT continuará se abstendo (estou de boa vontade) no combate aos nossos 50 mil homicídios por ano. Lula ordenou "que é para atender o Rio de Janeiro naquilo que o Rio precisar". É como se o Rio fosse outro país, do qual Lula e Dilma respeitassem a soberania.

Em Rondônia, o Exército controla o fluxo de drogas na fronteira, até o dia do mês em que o diesel distribuído para as patrulhas diárias acaba. Isso mesmo: o diesel das patrulhas acaba. Os traficantes (e desmatadores) só precisam esperar até o dia 15 ou 18 de cada mês para abastecer o mercado nacional. Como os traficantes cariocas incendeiam carros, ônibus e vans com garrafas de gasolina, eu sugiro que, num gesto simbólico, a polícia de Cabral também se solidarize com Lula e Dilma, doando todas as garrafas apreendidas para abastecer as patrulhas de Rondônia. Se Lula não bebê-las antes, é possível que os bandidos tenham de esperar até o dia 19.

Reply

FINALMENTE LULA COLOCOU O BRASIL EM DESTAQUE NO MUNDO ! PALMAS PARA ÊLE !AFINAL , PARA QUE O PAC NÃO SOFRESSE ATRASOS NAS OBRAS DO COMPLEXO DO ALEMÃO FOI NEGOCIADO ENTRE GOVERNO DO RIO ( CABRAL) , LULA E DILMA (MÃE DO PAC ) E OS TRAFICANTES ATRAVÉS DA ONG , AFROREGGAE , QUE NÃO HAVERIAM INCURSÕES POLICIAIS NO COMPLEXO DO ALEMÃO QUE ASSIM TORNOU-SE ZONA LIVRE PARA A BANDIDAGEM :



Polícia | 27/11/2010 | 19h58min

Coordenador do AfroReggae desce do Alemão e afirma que alguns traficantes querem se render
José Júnior assegurou: "Aquela famosa marra, eu não vi"

O coordenador-executivo da organização não-governamental AfroReggae, José Júnior, disse neste sábado que alguns traficantes gostariam de se entregar à polícia, mas não todos. As declarações foram dadas à imprensa depois que ele desceu do Complexo do Alemão, na Penha, zona norte da cidade do Rio de Janeiro, onde homens das polícias Militar, Civil e Federal e das Forças Armadas armaram um cerco aos traficantes.



Na tentativa de atuar como mediador da situação, o coordenador da ONG informou que conversou com várias pessoas do morro e se disse preocupado com a vida de moradores, policiais e traficantes.

— Não quero que ninguém morra, até porque tem muito ex-traficante fazendo um bom trabalho no AfroReggae. (DIÁRIO CATARINENSE )

O Grupo AfroReggae mantém trabalho sociais em diversas comunidades carentes do Rio de Janeiro, inclusive no Complexo do Alemão. Júnior tem excelente relação com o governador do Estado, Sérgio Cabral Filho (PMDB), e seu vice, Luiz Fernando Pezão. ( O ESTADÃO )

MAIS :ANAIS A ALERJ DEP CIDINHA CAMPOS E DEP. FLAVIO BOLSONARO--MUITO ESCLRARECEDOR:

http://alerjln1.alerj.rj.gov.br/taqalerj.nsf/8b99ca38e07826db032565300046fdf1/9dd3c8fac97ca0b7832576e2007072f3?OpenDocument

Reply

Força o que?

kkkkkkkkk........

Reply

o lula destituil a guarda nacional,por que não tinha nenhuma serventia ao Brasil,isso no intendimento dele e claro,que vive sercado de militares do exercito Brasileiro a população e que se lixe,estar provado que as autoridades quando querem, fasem,e isso so aconteceu, é porque o LULA esta pleteando uma cadeira na onu

Reply