Secom da Dilma reconhece que perdeu a guerra de comunicação na rede. É "voceis"!

(O Globo) Análise interna do Palácio do Planalto, feita pelo ministro da Secretaria de Comunicação Social (Secom), Thomas Traumann, e encaminhada à presidente Dilma Rousseff, diz que o país vive um "caos político" e que dificilmente o governo conseguirá reverter esse quadro. Segundo a avaliação, a comunicação do governo é "errada e errática", e a presidente ficou encastelada no começo do segundo mandato. Também afirma que os aliados do Planalto estão levando uma "goleada" da oposição nas redes sociais. O texto critica ainda a escolha de Joaquim Levy para o Ministério da Fazenda e as medidas do ajuste fiscal.

O GLOBO teve acesso ao documento, que não tem a marca do governo federal nem assinatura. O texto é dividido em três capítulos _ Onde estamos, Como chegamos até aqui e Como virar o jogo. "De um lado, Dilma e Lula são acusados pela corrupção na Petrobras e por todos os males que afetam o País. Dooutro, a militância se sente acuada pelas acusações e desmotivada por não compreender o ajuste na economia. Não é uma goleada. É uma derrota por WO", avalia. 

O documento começa com uma dura avaliação da comunicação, mas diz que a crise é maior do que os erros de interlocução com a sociedade: "A comunicação é o mordomo das crises. Em qualquer caos político, há sempre um que aponte 'a culpa é da comunicação'. Desta vez, não há dúvidas de que a comunicação foi errada e errática. Mas a crise é maior do que isso."Mesmo admitindo o erro, a Secom cobra mais ação da militância petista, que, segundo a análise, perdeu a disputa nas redes sociais e nas ruas, desde as manifestações de 2013: "Ironicamente, hoje são os eleitores de Dilma e Lula que estão acomodados com o celular na mão, enquanto a oposição bate panela. Dá para recuperar as redes, mas é preciso, antes, recuperar as ruas.

"O segundo capítulo discorre sobre os equívocos do governo Dilma desde a eleição de 2010, criticando políticas adotadas pelo Ministério da Cultura e pela Secom, quando comandados por Ana de Hollanda e Helena Chagas, respectivamente. Diz que no início do primeiro mandato de Dilma houve um "rompimento com a militância digital", considerada fundamental para rebater boatos da campanha eleitoral.

"A defesa ferrenha dos direitos autorais pelo Ministério da Cultura e o fim do diálogo com os blogues pela Secom geraram um isolamento do governo federal com as redes que só foi plenamente reestabelecido durante a campanha eleitoral de 2014", afirma o documento, acrescentando que esse erro se repete neste momento. Pela avaliação, as redes sociais a favor de Dilma foram murchando a partir de novembro e hoje estão praticamente extintas.

A avaliação é que houve um descolamento entre o governo e seus apoiadores, a partir de novembro, devido à escolha de Levy e o anúncio das medidas do ajuste fiscal, com o endurecimento das regras de acesso ao seguro desemprego e a benefícios previdenciários, como a pensão por morte. O texto diz que, nas redes sociais, há uma mágoa dos eleitores de Dilma com a postura da presidente e as ações do governo após a posse: "A ausência de agendas públicas da presidenta da eleição ao carnaval, a mudança nas regras do seguro desemprego e pensão por morte, o desastrado anúncio de cortes do FIES, o aumento nos preços da gasolina e energia elétrica e o massacre nas TVs com as denúncias de corrupção naPetrobras geraram entre os dilmistas um sentimento de 'abandono' e 'traição'.

”As páginas dos deputados e senadores do PT, segundo a análise, pararam de defender o governo. Diz que o deputado Jean Wyllys, do oposicionista PSol, "tem um peso na defesa do governo maior que quase toda a bancada federal" petista. Constata ainda que a principal página do Facebook pró-Dilma não oficial, a Dilma Bolada, começou a perder fãs em fevereiro, "o que pode significar uma situação de quebra de imagem".

Segundo o texto, as páginas oficiais do Planalto e do PT atingim apenas os aliados: "Ou seja,o governo e o PT passaram a só falar para si mesmo". Enquanto isso, o PSDB manteve ativos os mecanismos de comunicação da campanha, nas redes sociais. Os tucanos, segundo a avaliação da secom, teria gastado R$ 10 milhões para manter esses instrumentos, mas o resultado seria positivo. Em fevereiro, a campanha da oposição teria chegado a 80 milhões de brasileiros, enquanto as páginas do Planalto e do PT, 22 milhões. "Ou seja, se fosse uma partida de futebol estamos entrando em campo perdendo de 8 a 2", diz.

Na conclusão, o texto diz que "não será fácil virar o jogo", mas aponta caminhos, começando por uma ação coordenada de comunicação do governo, do PT e dos partidos aliados. "A guerrilha política precisa ter munição vinda de dentro do governo, mas ser disparada por soldados fora dele", afirma. O documento critica o discurso adotado pelo governo e o PT nas respostas ao escândalo da Petrobras e na situação da economia brasileira, especialmente em relação à inflação. "Óbvio que essa reconquista não é apenas um trabalho de comunicação. Não adianta falar que a inflação está sob controle quando o eleitor vê o preço da gasolina subir 20% de novembro para cá ou a sua conta de luz saltar em 33%. O dado oficial IPCA conta menos do que ele sente no bolso. Assim, como um senador tucano na lista da Lava Jato não altera o fato de que o grosso do escândalo ocorreu na gestão do PT", diz o texto.

Avalia como positiva a entrevista da presidente, anteontem, mas diz que Dilma precisa aparecer mais:"É preciso que a PR fale mais, explique, se exponha mais". também prega a unificação do "núcleo de comunicação estatal, juntando numa mesma coordenação a Voz do Brasil, as páginas de sites, twitter e Facebook de todos os ministérios, o Facebook da Dilma e a Agência Brasil". Além de concentrar a publicidade oficial em São Paulo, reforçando as parcerias com a Prefeitura. "Não hácomo recuperar a imagem do governo Dilma em São Paulo sem ajudar a levantar a popularidade do Haddad. Há uma relação direta entre um e outro", diz.

Leia mais: DILMA USOU ROBÔS.

16 comentários

Onde quer que a bruxa apareça, vai tomar PANELAÇO!


FORA DILMA!


Não podemos abandonar as ruas, dia 12/4 temos de estar de volta.



Chris/SP

Reply

Um meã culpa arrogante e sem efeito.
A credibilidade do Lula/PT/Dilma foi ZERADA! Não se iludam. NÃO TEM VOLTA.

O povo acordou, sabe que são mentirosos, incompetentes, cínicos e ladrões.

Não fossem os comparsas no STF, já estariam atrás das grades.

Falta a oposição deixar os discursos, fazer alguma coisa em vez de blá bla bla. Que tal formaliza pedido de investgação da MEGA SENA, do Lula e suas maracutaias com a Odebretch, na Africa, conspirações contra o Bradil, os Maia médicos e a dinheirama que vai pra Cuba? Discurso do FHC e Aėcio já encheu o saco. Eles que liderem ações para cassar o PT e a Dilma, ou vão catar coquinho e parem de atrapalhar.

Reply

Idiotas, não tem como defender um lixo de presidenta, mentirosa, trapaceira, vigarista, estelionatária e ladra. Assim, pode fazer o que quiser que a unica saída é a renuncia ou suicidio ou esperar o impeachment ou a cassação.

Reply

Entre ano novo e carnaval, enquanto dona Anta murchava a pança, sua popularidade murchava na mesma medida.


Lanterna

Reply


2 300 000 x 1/2 DUZIA DE ASSUSTADOS, DE CARA!
O PT esta acuado, isolado, classe alguma quer esse partido composto de estelionatários e psicopatas, desde os mais pobres, pois esses descobriram que estão sendo usados como MASSA-DE-MANOBRA PELO PT para atingir seus projetos de poder, não de governo, pois os comunistas amam apenas o poder, nada mais!
SALVE O PODER, TUDO O MAIS É ILUSÃO! - Lênin.
Enfrentar de cara mais de 2 000 000 de pessoas, todos enraivecidos com o golpista e quadrilheiro PT? Sai que é rabo!
Aliás, já foi o tempo que o povo, a começar dos mais simples, só ficava sem reação; dessa vez acordou para sempre!!
Tão perdido está o PT que resolveu fazer o que nunca faz: "dialogar" - embora seja de araque, para ganhar tempo e esfriar o povo - pois seus golpistas e vagabundos JAMAIS imaginariam que compareceriam às ruas, menos ainda no Brasil todo, mais de 2 000 000 de pessoas, honestas, trabalhadoras, em dia de feriado, não durante a semana pagas a troco de pão com mortadela + grana!
Assim, assustaram até os falsos movimentos sociais, mas sim, verdadeiras MILICIAS COMUNISTAS, como o anarquista MST do Stedile com "izércitu" armados de foices, paus e facões, apoiadores do CORRUPTO, CORRUPTOR, INCOMPETENTE E DESTRUIDOR DO BRASIL PT com sua bandeira do martelo e foice!"
Bem que Lula disse que depois do PT o Brasil seria outro pelo seu governo; e acertou: covil de ladrões levando dinheiro para ditadores de fora, como Cuba!
Lamentável as esquerdistas CNBB e Teologia da Libertação-TL e algumas denominações "muy evangélicas" a favor dos mafiosos do PT!

Reply

Tudo historinha para tentar manter seus empregos eles nao sabe mas o que fazer. O que está fazendo esse Governo derreter, é as dividas que a populaçao fez, e agora nao pode pagar, foram induzidos a comprar de forma irresponsavel por esse governo, juntando com o estouro da corrupçao ai deu no que deu. Ou seja, pra eles já era! nao tem mas volta.

Reply
Gedeão Barros mod

E por falar em "redes sociais", por onde será que anda aquela bosta da dilmabolada? Apareça dilmabolada, para arrancarmos as suas bolas.

Reply

Não existe mea culpa. Humildade muito menos, para prepotentes, que se acham donos da verdade, pensando que somos dementes ou idiotas. O que falta é a oposição agir para tirar essa impostora de onde está. E termos realmente uma DEMOCRACIA. E ORDEM E PROGRESSO. O resto é balela.

Reply

Pelo que entendí a avaliação é que se tivessem mentido mais a coisa não estaria tão ruim. Eta governinho que não entende nada.

Reply
fred oliveira mod

O problema, efetivamente, nao e' de comunicaçao, e' de fatos. Ela disse que nao tinha preço controlado e nem teria aumento. Aumentou tudo, gasolina, imposto e energia eletrica. Ponto. Alem do mais, tai' o petrolao indicando a roubalheira tremenda que fizeram e fazem com o Brasil.

Reply
Despetralhando mod

O Traumatizado Thomas está afim de levar um cala boca de MadamA Satã, todos já sabiam disso, só não era divulgado, para dar um ar de normalidade na corja incompetente e amestrada, que não vê um horizonte além de uma linha riscada no chão.

Reply

Por Reinaldo Azevedo:

A guerra suja exposta em um documento da Secom. Governo admite que fornece munição para ser disparada por pistoleiros. Texto anuncia disposição de violar o Artigo 37 da Constituição. Pergunta direta: “Esse troço é de sua autoria, ministro Thomas Traumann?”


http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/a-guerra-suja-exposta-em-um-documento-da-secom-governo-admite-que-fornece-municao-para-ser-disparada-por-pistoleiros-texto-anuncia-disposicao-de-violar-o-artigo-37-da-constituicao-pergunta-direta/


O PT É NOJENTO!

FORA DILMA!


Chris/SP

Reply

O PT é um lixo que precisa ser varrido desse país!

Gabriel-DF

Reply

12/04!

Reply

Atenção líderes petistas, se preparem para sair do país.

Reply