Datafolha: nota da Dilma é de 3,7 e sua rejeição chega a 62% da população. Piada! Com nota tão baixa, ela não ganharia, por exemplo, financiamento do FIES.

 (Folha) Com menos de três meses cumpridos de seu segundo mandato, a presidente Dilma Rousseff atingiu a mais alta taxa de reprovação de um mandatário desde setembro de 1992, véspera do impeachment do então presidente Fernando Collor de Mello. Conforme pesquisa Datafolha feita entre segunda e terça, 62% dos brasileiros classificam sua gestão como ruim ou péssima. Há 22 anos, quando Collor estava prestes a cair, sua reprovação era de 68%. 

Com indicadores de expectativa econômica batendo recordes negativos, a reprovação de Dilma subiu 18 pontos na desde fevereiro. A pesquisa foi feita com 2.842 eleitores logo após as manifestações de domingo, atos contra Dilma que levaram milhares às ruas. Conforme a série do Datafolha, é a primeira vez que a petista enfrenta insatisfação da maioria da população em relação ao seu governo. 

No sentido oposto, a taxa de aprovação chegou ao ponto mais baixo desde o início de seu primeiro mandato. Os que julgam sua gestão como boa ou ótima somam 13%. Este patamar só é comparável com os piores momentos dos ex-presidentes Itamar Franco (12% de aprovação em novembro de 1993, época do escândalo do Orçamento, na Câmara) e Fernando Henrique Cardoso (13% em setembro de 1999, quando a população sentia os efeitos da desvalorização do Real). Além do próprio Collor na fase pré-impeachment (9%). 

Durante os dois mandatos do ex-presidente Lula, a pior taxa de aprovação foi de 28%, em dezembro de 2005, logo após a cassação do mandato parlamentar de José Dirceu (PT-SP) na Câmara, acusado de corrupção no mensalão.

Com dois pontos percentuais de margem de erro, o levantamento do Datafolha mostra deterioração da popularidade de Dilma em todos os segmentos sociais analisados pelo instituto. As taxas mais altas de rejeição estão nas regiões Centro-oeste (75%) e Sudeste (66%), nos municípios com mais de 200 mil habitantes (66%), entre os eleitores com escolaridade média (66%) e no grupo dos que têm renda mensal familiar de 2 a 5 salários mínimos (66%). Já a maior taxa de aprovação está na região Norte, a menos populosa, com 21%.No Nordeste, onde a presidente obteve expressiva votação por sua reeleição, em outubro de 2014, só 16% aprovam seu governo atualmente. 

Nas pesquisas de avaliação de governo, o Datafolha costuma pedir para os entrevistados atribuírem uma nota de 0 a 10 ao mandatário objeto do levantamento. A atual nota média de Dilma é 3,7, também a pior desde sua chegada à Presidência, em 2011. Em fevereiro a nota média era 4,8. No primeiro mandato, a pior média apurada foi 5,6, em pesquisas feitas em junho e julho de 2014. 

O Datafolha também perguntou aos entrevistados sobre o engajamento em atos a favor e contra Dilma: 4% disseram ter participado de algum evento contra ela no domingo, o que, projetado sobre o eleitorado, dá 5,7 milhões de pessoas. Outros 3% confirmaram participação em atos a favor dela neste ano, algo como 4,3 milhões de pessoas.
CONGRESSO NACIONAL
Ainda pior que a popularidade de Dilma é a avaliação que a população faz do trabalho do Congresso. A pesquisa mostra que só 9% consideram ótimo ou bom o desempenho dos deputados e senadores.Para metade da população (50%), a atuação dos congressistas é ruim ou péssima. A taxa só é comparável com as do fim de 1993, período em que a reprovação aos parlamentares oscilou em torno de 56%. Os presidentes da Câmara e do Senado, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e Renan Calheiros (PMDB-AL), estão entre os investigados da Operação Lava Jato.

22 comentários

Desculpe, mas alguém ainda acredita no Datafolha?

Reply

Nossa, fiquei aliviado agora! Pensei que a aprovação da Dilmá estava em 7%. É quase o dobro disto, em 13%. Háháhá, a Dilmá é uma piada pronta. Ela saiu de uma aprovação nível PSDB (de 45%) para uma aprovação nível PT, de 13%. Estes números são cabalísticos! Nem Nostradamus previu isto!! HAHAHA

Reply

Data folha dividiu por 5 os manifestantes na Paulista, logo.......

Reply

Ai vem o dinheiro da petrobras e compra a rejeição toda

e o PT gamha as eleições.

esta rejeição sempre existiu

Os diretórios receberam dinheiro de vacari via duque da petrobras pra comprar.

Pernanbuco
Minas
Bahia

PT comprou as eleições coisa m a Petrobras.

Reply

Para constar, a Folha do PT modificou os dados, pois o real era 7% de aprovação, mas o nazifascista Taumann mandou "rever" os números...

Reply
fred oliveira mod

Eu escrevi em alguns blogs que havia uma estrategia na entrevista coletiva de Dilma na tv com as pesquisas. As internas davam ela com menos de 10%. Eu dizia que haveria uma suposta melhora na imagem dela. Na proxima o datafolha vai coloca-la com cerca de 30%, indicando que a populaçao estaria compreendendo suas decisoes e aprovando se ferrar, kkkkk. Acredite quem quiser. Ela tem menos de 10% de aprovaçao.

Reply

Peraí, algo deve estar errado nesta nota. Falando do seu jeito macarronico Dilma tiraria ZERO em redação e seria reprovada no ENEM.

Reply

"Os que julgam sua gestão como boa ou ótima somam 13%". 13%? Faça-me rir, Datafalha. O Planalto sabe que a Governanta tem apenas 7% de aprovação neste momento.
Vão enganar os trouxas...

Petralhas, vão pra cuba que os pariu!

Reply
Viralatadazelitis mod

A BandNews mostrou ontem uma reportagem sobre as falcatruas no mais médicos, onde está a oposição?

Reply

E olha que é o DataBolha, o mesmo que disse que foram 210 mil na Paulista... penso que deve estar bem pior para ela.

Reply
Despetralhando mod

Com nota tão baixa, MadamA Satã estaria fora do ENEM com '0' ZERO no português e dilmês (língua nascida morta).

Reply
Despetralhando mod

O FIES virou FIASCO Fundo de Invencionice para Alunos Sabujos da Corja Ordinária,

Reply

Mentem de manhã, de tarde e de noite, desse jeito simplesmente não dá. Está na hora de limpar o País.
“Nós precisamos derrubar os pensamentos socialistas na batalha das ideias e valores... esse nosso papel as na família, nas escolas, nas igrejas, nos sindicatos e identidades representativas e na rua...o PT se acha dono do Brasil...o dono somos nós...

https://www.youtube.com/watch?v=HKwqk87nwaw

Do blog do Aluízio Amorim
http://aluizioamorim.blogspot.com.br/2015/03/fora-pt-e-o-grito-de-15-de-marco-que.html

Reply

Data pholha, se tá demitida.


Toloco

Reply

eh muito,deve ser menos..............

Reply

Dilma é detestada por todos os brasilienses , aliás o Centro-Oeste inteiro detesta ela !
O Povo de Brasilia fica com o estomago ruim só de ver a cara dela ou escutar a voz dela

Gabriel-DF

Reply

Coronel,

veja, se já não viu:

http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/opiniao-2/oliver-so-pra-socializar/

Será que só isso aqui já não dá para "impichar" essa comunista maldita?

EXIGIMOS A ABERTURA DO SIGILO DO BNDES JÁ!!

Flor Lilás


Reply

É mentira desse data mentira. Reprovação dessa vaca é maior que isso.

Reply

Quem acabou de ganhar uma eleição onde recebeu aprovação de mais de 50% dos eleitores, em apenas 2 meses e meio depois está com 13% (isso porque é o DataBolha que diz) na verdade deve ser uma aprovação que não passa de 5% (com muito boa vontade).

FORA MENTIROSOS!

Reply

Cada dia mais fica mais difícil negar que as eleições foram fraudadas.

Urnas mexidas, correios aparelhados, correspondências da oposição não entregues, uso da máquina pública, promessas enganosas de campanha, dinheiro público roubado para pagar contravenções eleitorais, cumpanheirada locupletada nos tribunais eleitorais, .......


IMPOSTORA!
FORA DILMA!
IMPEACHMENT JÁ!

Reply

Calma, gente.
Datafolha está considerando a margem de 5 pontos para mais, ou seja, o número real é de 7%.

Reply

O número de petistas diminuiu

Brasil 18.03.15 17:07
A pesquisa Datafolha sobre o governo Dilma Rousseff trouxe um dado bastante positivo: o número de petistas diminuiu. O número histórico, em torno de 25% dos cidadãos, despencou para somente 12%. Esse foi o contigente que, segundo a pesquisa, declarou preferência partidária pelo PT. E, convenhamos, como se trata de uma pesquisa do Instituto Datafolha, ele pode ser bem menor na realidade.

A porcentagem bate com o índice de aprovação de Dilma Rousseff: 13%.

Devem estar todos empregados nos governos petistas.


http://www.oantagonista.com/posts/o-numero-de-petistas-diminuiu#comentarios

Reply