Ação contra Petrobras nos EUA cita Foster e Gabrielli. Ainda não cita "Miss Dilma Number One" como ré. Ainda não.

 Miss Rousseff, the number one da Petrobras, desde 2003.

(O Globo) A queixa consolidada da ação coletiva contra a Petrobras nos EUA cita 15 pessoas como réus, entre elas os ex-presidentes da companhia Maria das Gracas Foster e José Sérgio Gabrielli. Também é acusada a PwC, responsável pela auditoria dos balanços financeiros da petrolífera. O documento foi submetido nesta segunda-feira na Corte do Distrito Sul de Nova York pela firma de advocacia Pomerantz. O escritório representa o Universities Superannuation Scheme (USS), o maior fundo de pensão da Grã-Bretanha que foi apontado como líder do processo pelo juiz do caso no início de março.

A ação coletiva acusa a Petrobras, duas de suas subsidiárias internacionais e vários dos seus executivos de promoverem um “esquema multibilionário de corrupção e lavagem de dinheiro, que durou vários anos e foi escondido dos seus investidores”. Podem ser beneficiados pelo processo qualquer investidor que tenha adquirido papéis da Petrobras, incluindo títulos de renda fixa emitidos no exterior, entre 22 de janeiro de 2010 e 18 de março de 2015.

Além da Petrobras, são acusadas a Petrobras International Finance Company (PifCo) e a Petrobras Global Finance (PGF), subsidiárias da petrolífera estabelecidas respectivamente na Holanda e em Luxemburgo. Além de Graça Foster e Gabrielli, Almir Barbassa — que foi diretor financeiro das empresa entre 2005 e este ano — também é citado como ré.

Outros 12 executivos também estão sendo processados, a maioria deles ocupando cargos nas subsidiárias internacionais. A ação também acusa 15 instituições financeiras, que subscreveram emissões da Petrobras, de serem corresponsáveis no esquema. A ação cita ainda a presidente Dilma Rousseff e o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega como pessoas de interesse para o processo, mas não os indica como réus.

10 comentários

Despetralhando mod

Sempre fiquei com um pé atrás com esta "oditoria", como contador não posso conceber que esta PWC, não visse estes descalabros (roubos) no aviltamento dos preços praticados.
E isto vale para todo tipo de 'auditoria' feita em empresa pequena, média ou grandes.

Reply

Vai ter REWARD ? "DEAD or ALIVE" ???

Reply
Roberto Vieira Cavalcanti mod

Finalmente alguém aponta o principal culpado pela situação caótica em que nos encontramos, o "9 dedos".
http://opiniao.estadao.com.br/noticias/geral,o-grande-culpado-imp-,1660373

Reply

UK não leva desaforo para casa, se preparem que vem "tapa de luva branca" para cima do Brasil.

Reply

Muy buenas Coronel
Este pessoal pensa que vai se sair bem. Na justiça americana, não tem Janot.

Reply

.
A história se repete; nós brasileiros repetimos alguns dos erros cometidos entre 1961 e 1964. Seja por negligência, omissão, descaso, invigilância, enfim permitimos a “ameaça vermelha tomar conta novamente do país.”
.
Abaixo, pequenos extratos do artigo da revista Seleções do Reader’s Digest, de novembro de 1964.
.
Qualquer semelhança com o momento atual, não é mero acaso.

A Nação Que Se Salvou a Si Mesma

“O Palco estava completamente armado e determinado o cronograma para a primeira fase da tomada de posse pelos comunistas. Nos calendários dos chefes vermelhos do Brasil a assim como nos de Moscou, Havana e Pequim – as etapas para a conquista do poder estavam marcadas com um círculo vermelho: primeiro o caos; depois, guerra civil; por fim, domínio comunista total.”
“Havia anos que os vermelhos olhavam com água na boca o grande país, maior que a parte continental dos Estados Unidos e que contém 80 milhões de habitantes, aproximadamente metade da população da América do Sul. Além de imensamente rico em recursos ainda inaproveitados, o Brasil era a enorme chave para todo o continente. Como o Brasil se limita com 10 países – toda a América do Sul, exceto Chile e Equador – seu domínio direto ou indireto pelos comunistas ofereceria excelentes oportunidades para subverter um vizinho após o outro.”...
“Por fim estava tudo preparado. A inflação piorava dia a dia; a corrupção campeava; havia inquietação por toda parte – condições perfeitas para os objetivos comunistas.”....
“... o Congresso, cheio de instrumentos comunistas.”...
“Muitos comunistas disfarçados, “plantados” em ministérios e órgãos governamentais anos antes, tinha conseguido alçar-se até postos-chaves na administração federal. A maioria dos ministérios e repartições públicas estavam guarnecidos de comunistas e simpatizantes a serviço das metas de Moscou.”...
“O mais sabidamente infiltrado era Ministro da Educação.....”
“Especialmente mimada pelo Ministério da Educação era a UNE,...”
“No momento em que Goulart e seus extremistas de esquerda atribuíam todas as dificuldades do Brasil aos “exploradores e sanguessugas norte-americanos”, havia gente no governo metendo as mãos no dinheiro público....”
“Com renda declarada de menos de 50 milhões de cruzeiros em 1963, Goulart, por exemplo - conforme documentos apreendidos pelo Conselho Nacional de Segurança depois que ele fugiu para o exílio – gastou 236 milhões de cruzeiros somente em suas fazendas de Mato Grosso.
“Proprietário de terras apenas em São Borja, quando iniciou a sua vida pública, ao abandonar o país em abril passado Goulart era o maior latifundiário do Brasil, possuindo em seu nome mais de 7.700 quilômetros quadrados de terras, uma área quatro vezes e meia superior a do Estado da Guanabara.
“Além de todas essas velhacarias de alto calibre, que podiam ser documentadas, inúmeros milhões de cruzeiros desapareciam sem deixar rastro no poço sem fundo da corrupção que campeava.”

Quer ler e/ou baixar cópia do artigo vá em:
.
http://anacaoquesesalvou.blogspot.com.br/

Reply

Excelente a postagem de Marat Silva;é falta de patriotismo que nos faz ficarmos alienados e permitir toda essa bandalheira; num país sério isso jamais teria acontecido. Ainda dá tempo de nos redimirmos e irmos, 1, 2, 3, ...trocentas vezes às ruas para tirar esses vermelhos bandidos do poder!

Dia 12, TODOS NAS RUAS DO BRASIL,

FORA PT! FORA LULA!

RENUNCIA DILMA!

Reply
fred oliveira mod

Enquanto o pt continuar no poder o Brasil continuara' a perder prestigio e valor. A conversa de que a crise externa representa a razao da nossa crise nao se sustenta. A pesquisa que mostra o Brasil ocupando a centesima, septuagesima segunda posiçao em queda na economia, de um total de 188 paises, demonstra que 92% dos paises pesquisados se sairam melhor que o Brasil. Vergonha!

Reply

tadinho do Jango,do lulla,do dirceu,palocci................FORA VERMELHOS!!!!!!!!!!!!!!!!

Reply

O que fazem duas subsidiárias de uma empresa de petróleo localizadas na Holanda e Luxemburgo, países que não produzem petróleo? Pelo menos não que eu saiba e, se produzirem, não deve ser de forma significativa.

Reply