O menor caminho entre a Lava Jato e o Lula tem nome: Odebrecht.

PAULO ROBERTO COSTA/CPMI
(Estadão) O ex-diretor da Petrobrás Paulo Roberto Costa afirmou em sua delação premiada ao Ministério Público Federal no ano passado que a empreiteira Odebrecht, que está na mira da força-tarefa da Lava Jato, fez depósitos de propinas “a cada dois ou três meses” em suas contas no exterior entre 2008 e 2013 a título de “política de bom relacionamento” da empresa com ele. Os repasses totalizaram ao menos US$ 31,5 milhões até 2012.

Segundo Costa, os pagamentos em suas contas na Suíça não tinham relação com as propinas repassadas a partidos políticos e começaram a ser realizados por sugestão do próprio diretor da Odebrecht Plantas Industriais Rogério Araújo, que por volta de 2008 ou 2009 lhe disse: “Paulo, você é muito tolo,você ajuda mais os outros que a si mesmo. E em relação aos políticos que você ajuda, a hora que você precisar de algum deles eles vão te virar as costas”, relatou Costa na delação. 

O executivo da Odebrecht teria indicado, então, o operador Bernardo Freiburghaus, dono da empresa Diagonal Investimentos e que foi intimado a prestar depoimentos na nona fase da Lava Jato, mas ainda não foi encontrado pela Justiça. Freiburghaus era o responsável por abrir e operar as contas do ex-diretor de Abastecimento no exterior. A suspeita das autoridades é de que atualmente ele esteja na Suíça.

Em sua delação, Costa admitiu que possuía cerca de US$ 26 milhões em contas na Suíça vindos da Odebrecht, valor que o Ministério Público Federal está negociando a repatriação com as autoridades suíças. No depoimento, o ex-diretor da estatal detalha como era a operação das contas, que ficavam a cargo de Freiburghaus, com quem Paulo Roberto se encontrava a cada dois meses para conferir os extratos na sede da Diagonal, ou mesmo na Costa Global, empresa de consultoria aberta por Costa.

Após o encontro, os extratos eram destruídos e o ex-diretor não ficava com nenhum documento, apesar disso, ele confirmou que anotou em sua agenda apreendida pela PF que, em outubro de 2012, possuía US$ 31,5 milhões em quatro contas de offshores mantidas em diferentes bancos no exterior.

O ex-diretor relatou ainda que o operador cobrava um valor fixo para operar as contas e que Freiburghaus considerava importante, “de tempos em tempos, haver alguma mudança” nas contas mantidas no exterior, isto é, movimentar os recursos entre as contas para não deixar rastros para as autoridades. 

Nesse sentido, o operador transferiu recursos mantidos nas contas de Costa no HSBC (no Julius Bank Suíça) e no Deuscthe Bank para as contas na Suíça das quais as autoridades brasileiras conseguiram repatriar. Costa relata ainda que, após as transferências, ele foi pessoalmente nas agências das quatro contas abertas na Suíça conferir os valores.


Costa admite que pode ter recebido quantias nestas contas também em 2014, mesmo após deixar a Petrobrás, “como forma de acertar valores de contratos firmado à época em que o declarante era diretor de Abastecimento”. Segundo o ex-diretor, os valores repassados pela empreiteira eram relativos aos contratos da refinaria de Abreu e Lima, em Pernambuco, e do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj).

 Ainda de acordo com Costa, apenas o diretor da Odebrecht Rogério Araújo, o operador e seus familiares sabiam das contas no exterior. Costa  sequer mantinha as senhas das contas, que ficavam com Freiburghaus, e que , segundo o delator, eram mantidas no exterior “para uso futuro, quando viesse a precisar” .

16 comentários

Coronel,
qualquer país mais ou menos sério essa quadrilha já estava presa.

Reply

Coronel,

off - ontem a rádio falou amplamente que Dna Dilma Rousseff foi submetida a exames de "rotina" e que teve um câncer recente.

Fiquei a me perguntar se tal notícia gerou preces em favor da saúde da presidentA ou pensamentos menos nobres...

Confesso, com a alma consternada, que os meus não foram nada bons.

Flor Lilás

Reply

Felipe Moura Brasil / Veja, expõe de forma didática a roubalheira do PT !!!!

VAMOS DESENHAR COMO O PT ROUBAVA NA PETROBRAS?


http://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil/2015/02/12/vamos-desenhar-como-o-pt-roubava-na-petrobras/


Chris/SP

Reply

OFF

sexta-feira, fevereiro 13, 2015

REPORTAGEM-BOMBA DE 'VEJA' REVELA A ÚLTIMA TENTAÇÃO DE LULA: UMA OPERAÇÃO ABAFA PARA IMPEDIR QUE O PETROLÃO FAÇA O PT EVAPORAR DO PODER PARA SEMPRE.

Embora a capa da revista Veja faça uma brincadeira com os leitores estimulando-os a abrir a revista só depois do carnaval e aproveitar o feriadão para desplugar da parafernália eletrônica que nos mantém plugados 24 horas do dia, o certo é que o miolo da revista está irresistível.
(...)

http://aluizioamorim.blogspot.com.br/2015/02/reportagem-bomba-de-veja-revela-ultima.html



Chris/SP

Reply

Ainda acredito na seriedade da lava jato por isso penso que chegara' a Lula e Dilma, no minimo, para responsabiliza-los no que concerne `as funçoes que exerciam e foram omissos, cometeram prevaricaçao e improbidade administrativa. E ao pt, cabe ter seu registro cassado. A lei indica isso face aos crimes cometidos pelo partido ao longo desses doze anos.

Reply

Coronel,

Estou desconfiado que a maioria destes empresários vai apodrecer na cadeia, alguns vão ser assassinados (por serem ricos), o ZÉ DIRCEU vai apodrecer na cadeia ... mas com o maior mentiroso da história deste país, com o CAPO DI TUTTI CAPI, nada vai acontecer ... ainda vai sair candidato em 2018.

Reply

O dia (que está bem próximo) em que Lula receber as pulseiras gêmeas da prisão, será um DIA DE MUITAS GLÓRIAS AO SENHOR!
Já estamos até sentindo o começo daquele calafrio de emoção e êxtase! AMÉM.

Reply

Lula. Sem palavras para descrevê-lo. Talvez quem o conheça ou mesmo um estudo de caso para analisá-lo.
Como homem, ele não "honra" as calças que veste. Suas origens humildes, os traumas de infância ou qualquer coisa do gênero, deveriam ter sido deixadas de lado e como ele próprio, desde que com vontade própria, ter mudado esse passado e moldado um homem de caráter. Se uma pessoa como ele - que não era da "elite", mas agora faz parte - chegou ao poder, ótimo! Bravo! Mas a que custo?

Quantas pessoas de origem humilde tem uma boa vida hoje, porém, lutaram, ralaram para terem o que tem hoje, de forma honesta, digna?
Este senhor, a que tantos aplaudem, é para mim, motivo de repulsa!

Suas atitudes não são dignas de um homem; ele faz uma afronta às pessoas de origem humilde, ao dizer que faz as coisas por elas (emprego sim, dignifica o homem e o tira da miséria); e ainda se diz brasileiro? Ele sabe de todas suas canalhices, porém, fez uma primeira vez, pôde até ter sentido remorso, mas fez uma segunda, uma terceira. Sente orgulho de tudo isso. O pior de tudo, não é a justiça que ele tanto consegue driblar, é a nós, cidadãos descentes deste país, a quem ele cospe e ri em nossas caras.

O povo tem poder! Só seremos um povo respeitado quando nos dermos respeito e não aceitar isso. Corrupção pode ter existido desde sempre, mas basta querermos mudar essa faceta!

Neto.

Ps.: os alemães sentem vergonha ao falar de Hitler. Teremos algum dia de Lula e cia?

Reply

Certamente. Excelente comparação.

Reply

Estão chegando lá, Coronel !!!

http://politica.estadao.com.br/blogs/fausto-macedo/ex-gerente-da-petrobras-entregou-contabilidade-de-propina-de-vaccari/

A melhor frase que se aplica a esta escória é "Deus os.cria, o diabo os junta". É perfeita.

DBF

Reply

Está me parecendo um jogo de cartas marcadas, infelizmente. Renato Duque e João Vaccari soltos, nenhum executivo da Odebrecht preso, nada que ligue ao Lula. Todos tiveram tempo suficiente de se livrar de documentos comprometedores.

Reply

Oh quantas glórias ao Senhor daremos quando a polícia, um juiz ou a doença impeçam que o povo vote em massa no Lula! Democracia deve ter limites!

Reply

luladrão tinha tantos projetos na african!!?

Reply

Insisto o juiz Sérgio Moro é muito esperto. Ele está devagar bem devagarinho amarrando todas as pontas que ligam a Odebrecht com a corrupção no Brasil. Sabe ele que na hora que atacar a empresa 'matará' o grande beneficiado dela um tal de Lula. É só aguardar.

Reply

Quem derruba governos e faz revoluções é o povo. Quando ele se levantar do sofá e fazer barulho, o Congresso, STF e outras instituições se acovardarão e farão como fizeram com Collor: arranjarão um pretexto, um motorista indiscreto ou qualquer coisa e derrubarão essa corja. Mas o povo tem que ser direto: nada menos que a cabeça da anta.

Reply