Mensaleiro Zé Dirceu conspira por novo PT.

(Estadão) Disposto a medir forças dentro do PT e a escancarar críticas à política econômica do governo Dilma Rousseff, o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu tenta reaglutinar o seu grupo no partido. Dois anos após ser condenado no processo do mensalão e cumprindo pena em casa desde novembro, Dirceu recebe com frequência deputados, senadores e dirigentes que se queixam do governo e pregam mudanças na legenda. 

Os movimentos do petista têm o objetivo de articular a formação de um novo campo político no PT, que pode culminar em seu afastamento da corrente Construindo um Novo Brasil (CNB), majoritária no partido. Embora tenha sido condenado em 2012 a 7 anos e 11 meses de prisão por corrupção ativa, Dirceu ainda se considera forte no PT e quer reunir, após o carnaval, militantes de diferentes tendências. Até agora, ele já conversou com cerca de 30 deputados, sete senadores e correligionários de vários Estados em sua casa no Lago Sul de Brasília, onde cumpre a prisão domiciliar. 

Até mesmo parlamentares da corrente Mensagem ao Partido - integrada pelo titular da Justiça, José Eduardo Cardozo, seu desafeto - e de grupos do PT mais à esquerda no espectro ideológico, já se reuniram com o ex-ministro. Nas conversas reservadas, às vésperas da comemoração de 35 anos do PT, que serão completados em fevereiro, Dirceu diz que sua intenção é discutir os rumos do partido antes de seu 5.º Congresso. O encontro de Salvador, em junho, vai nortear as ações do petismo nos próximos anos e deve fazer uma autocrítica sobre a sucessão de escândalos que se abateram sobre a legenda. 

Padrinho de Renato Duque, ex-diretor da Petrobrás que teve o nome envolvido na Operação Lava Jato, da Polícia Federal, Dirceu tem afirmado aos interlocutores que o PT e o governo Dilma estão na defensiva e não sabem reagir à oposição. Critica abertamente a direção do PT, a presidente Dilma, a equipe econômica e os ministros Aloizio Mercadante (Casa Civil), Miguel Rossetto (Secretaria Geral da Presidência) e Pepe Vargas (Secretaria de Relações Institucionais), encarregados da articulação política com o Congresso. 

Na terça-feira, Dirceu publicou em seu blog um texto criticando as recentes medidas econômicas do governo. "O aumento de impostos e dos juros são apenas consequências, desdobramentos da busca de um superávit de 1,2% do PIB este ano", escreveu. "A elevação dos juros visa derrubar a demanda e vem casada com o aumento do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) para os empréstimos às pessoas físicas. Aí, também, refreando o consumo. Caminhamos assim - conscientemente, espero, por parte do governo - para uma recessão com todas as suas implicações sociais e políticas." 

Dirceu está ressentido com a cúpula do PT, porque se sentiu abandonado durante o julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF). A portas fechadas, a posição do ex-todo poderoso chefe da Casa Civil é parecida com a da senadora Marta Suplicy (PT-SP). Em entrevista ao Estado, Marta foi enfática: "Ou o PT muda ou acaba". Um amigo que esteve com Dirceu recentemente diz que o ex-ministro de Lula tem "energia para brigar" e quer se "reinventar". Segundo esse interlocutor, Dirceu tem uma posição crítica em relação ao atual processo político e à cúpula do governo. 

Restrições. O cumprimento da sentença do mensalão em regime de prisão domiciliar impõe restrições à atuação de Dirceu. Ele não pode, por exemplo, sair de Brasília sem autorização do Supremo. Deve ficar em casa das 21 às 5 horas, é proibido de frequentar bares e de realizar encontros com outros condenados que estejam cumprindo pena. 

O pedido de prisão domiciliar foi mais um ponto de atrito de Dirceu com o comando do PT. Dirigentes do partido e até emissários de Lula chegaram a pedir a ele que só apresentasse esse pedido após a campanha da reeleição de Dilma, para não dar discurso ao PSDB, reavivando o mensalão. Dirceu não aceitou. Agora, ele escreve o livro Tempos de Papuda, sobre sua passagem pelo presídio do Distrito Federal.

23 comentários

O Zé Guerrilha é fanático, melhor doente mesmo.
Ele quer voltar para puder, eleger o nove dedos em 2018, um governo que "não rouba e não deixa roubarrrrrr" (sotaque do interior de passa quatro, passa 10, passa mil e toda a CORJA do PT.

Reply

Conspira por OUTRO FêTê. Porque "novo", no caso, é só o próximo escândalo.

Reply

A cadeia brasileira é mesmo a escola do crime. Lá dentro os caras têm muito tempo para planejar novos golpes.

Reply

Coronel, pelamordedeus tira esse pelancudo horroroso daí.
Isso aí é pornografia.
Aquela foto em que ele, diabólico atrás da carrancuda e do cínico faz aquela careta de demônio vencedor me pare4ce mais ilustrativa da natureza do combatente Pedro Caroço Antes da Papuda...

Reply

O cara tá cumprindo pena de prisão - em prião aberta - e sai por aí fazendo 'reuniões políticas' e postando textos em seu blog ....PODE??

Reply

Coronel,
o PT sabe conquistar o voto dos otários. Como a maioria são otários, a oposição poderia ser um pouco mais inteligente para confrontar a quadrilha com mais eficiência.

Reply

Como pode um canalha desses ainda querer ter influência na vida política do país? É o fim do mundo.

Reply

Brasil é um país dominado por escroques oficiais e extra-oficiais...uns à luz, outros nas sombras.
Até prefiro o que é feito à luz, porque de Sombra e sombras só sai crime perpetrado com requinte de sofisticação. Vide o PETROLÃO !!!

Reply

ALGUEM PODE METER ESSE LADRAO FILHO DUMA PUTA DE VOLTA NO BURACO DE ONDE NUNCA DEVERIA TER SAIDO?

Reply


Era pra está Trancafiado!!!!!

Reply

Dirceu terá o mesmo destino de
Trotsky.

Reply

Que susto! Vi a foto e automaticamente pus as mãos ao alto...

Reply

Nova moral pelos mesmos estupradores do Brasil ??
Tenho minhas dúvidas.
Recebido em palácio ??

Reply

Querem refundar um novo PT?
Vão trabalhar, bando de vagabundos!

Cavalaria Ligeira

Reply


Este elemento sempre vagou por repartições pública.
Pergunta: Vive de que no momento esse elemento????...

Reply


Pela figura na fotografia este individuo não vai durar muito tempo...As gerações atualmente em formação, não conhecerão esta deformidade...

Reply

Que folga é esta??? Cumprindo prisão domiciliar e pode ficar fazendo politicagem, recebendo em casa companheiros de quadrilha???? Este Brasil virou mesmo um puteiro.

Reply

Reunião política não conflita com a sentença?
Ou a sentença jogada no lixo pelos próprios cumpanhero da capa preta permite ???

Reply

Podia bem levar um balaço no meio dos córneos !
Grande FDP !

Reply

Acho isso bom, se levar a um "racha" dentro do PT. Se for assim, melhor para 2018 e ótimo para o país.

Reply

Este elemento sempre vagou por repartições pública.
Pergunta: Vive de quê no momento esse elemento????...

22 de janeiro de 2015 13:16

*Vive do dinheiro acumulado por anos a fio sacado de gente honesta como nós, que trabalha duro para pagar a centena de impostos criados exatamente pelos mentores dele.

Reply
fred oliveira mod

Só no Brasil vemos um ainda presidiário ( ainda que em prisão domiciliar, atendendo senadores e deputados como se fosse um homem líder...mas, pensando bem, é líder do pt. Só podia ser.

Reply

Coronel,

legenda da foto: o rei está nu

Quem terá a coragem de dizer isso a ele? Rei Dirceu, o rei da cocada preta, ou diria, do dinheiro bem verdinho ??!!!

Quanta consultoria de ouro ele deu, não Coronel? Que palavra poderosa e rica a dele, não? Todo mundo paga a peso de ouro cada vírgula, cada ponto! Que pessoa especial e sábia!

Flor Lilás

Reply