DILMA AGE PARA APARELHAR O TCU Governo quer nomear aliado para abafar a investigação sobre o envolvimento da Presidente no escândalo de Pasadena.

Um dos nomes que o governo deseja no TCU, para engavetar Pasadena, é o da ex-senadora e ex-ministra Ideli Salvatti. Senado deve reagir para preservar sua independência.

O Palácio do Planalto trabalha para emplacar um aliado na vaga do ministro do Tribunal de Contas da União José Jorge, que se aposenta no próximo dia 18, ao completar 70 anos. A indicação de um substituto de perfil amigável é considerada estratégica pelo governo, pois o novo ocupante da cadeira herdará a relatoria dos processos de investigação da Petrobrás, entre eles o que avalia prejuízos na compra da refinaria de Pasadena (EUA). 

A apuração sobre Pasadena tem potencial para causar mais danos políticos à presidente Dilma Rousseff - que presidia o Conselho de Administração da Petrobrás na época da aquisição, iniciada em 2006.

Egresso da oposição no Senado, José Jorge tomou posse no TCU em 2009 e é considerado pelos aliados de Dilma um ministro rigoroso ao julgar casos delicados para o governo. Como relator, foi dele o voto - seguido pela maioria do plenário - pelo bloqueio dos bens de 11 executivos da Petrobrás por dano ao erário de US$ 792 milhões na compra de Pasadena. A tomada de contas especial sobre o caso, ainda em curso, poderá implicar no futuro conselheiros de administração da estatal que deram aval ao negócio, entre eles a presidente. Inicialmente, a corte os excluiu da lista de responsáveis.

O TCU é composto por nove ministros: 3 indicados pela Câmara, 3 pelo Senado e 3 pelo presidente da República. O substituto de José Jorge tem de ser indicado pelo Senado, pelo critério constitucional. Não há exigência de que o aprovado seja político, mas, tradicionalmente, os escolhidos são senadores, ex-senadores ou servidores apadrinhados pelas maiores bancadas da Casa.Os partidos aliados ainda não discutiram a questão oficialmente, mas já lançam alguns nomes nos bastidores.

Ministras. Segundo fontes do governo, o Planalto é simpático à indicação da ex-senadora e atual ministra da Secretaria dos Direitos Humanos, Ideli Salvatti (PT-SC). Ela já era cotada para ocupar a vaga de Valmir Campelo, que deixou a corte em abril, mas o escolhido foi o ex-consultor legislativo do Senado e ex-integrante do Conselho Nacional de Justiça Bruno Dantas, que teve aval do PMDB.Ideli enfrenta resistência nas principais legendas, principalmente por causa do desgaste no papel de negociadora do governo quando ministra das Relações Institucionais.

Outra opção é a senadora e ex-ministra da Casa Civil Gleisi Hoffmann (PT-PR), que perdeu a eleição para o governo do Paraná e voltou ao Congresso. Na Casa Civil ela tratou de alguns dos principais interesses do governo no TCU, como a aprovação de concessões. Gleisi, porém, foi vinculada recentemente ao escândalo na Petrobrás, o que dificulta sua indicação.

Como revelou o Estado, em depoimento ao Ministério Público Federal, o ex-diretor de Abastecimento da estatal Paulo Roberto Costa afirmou que o esquema de corrupção na companhia repassou R$ 1 milhão para a campanha da petista ao Senado, em 2010. Ela nega participação nas irregularidades e diz que a acusação é mentirosa. 

Maior aliado do PT, o PMDB diz que só discutirá o assunto após a aposentadoria de José Jorge. Líderes do partido prometem não ceder facilmente ao PT e cogitam negociar a vaga de forma casada, com a cadeira a ser ocupada no Supremo Tribunal Federal após a aposentadoria de Joaquim Barbosa. Um dos nomes sugeridos para o TCU é o do senador Vital do Rêgo (PB), que preside as duas CPIs da Petrobrás e é um dos peemedebistas mais alinhados com o Planalto no Congresso. Ele é cotado ainda para ser o próximo líder do governo. 

Os três cotados, procurados pelo Estado, disseram não ter discutido o assunto com governo e partidos. Na base do governo, também é citado, embora com menos chances, o senador Inácio Arruda (PC do B-CE). 

Azarões. Como a votação é secreta, há a possibilidade de vitória de azarões, apadrinhados pela minoria. Foi o caso do próprio José Jorge em 2009, que conseguiu aprovação sendo um dos mais ativos opositores do governo Lula. No PSDB, o governador de Alagoas, Teotônio Vilela Filho, é citado para concorrer a uma vaga no TCU.

Fora Pasadena, o gabinete de José Jorge concentra auditorias das maiores obras da Petrobrás, como a refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, e o Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj). O substituto de Jorge relatará os casos que já estão curso. A partir de 2015, novos processos sobre a Petrobrás serão conduzidos por José Múcio, ex-ministro de Lula. (Estadão)

21 comentários

Coronel,

Ideli-lanchas-Salvati?

Esta votação no Senado tem que ser ABERTA.O povo precisa ver quem são os asseclas declarados do PT.
Simples assim.

Flor Lilás

Reply

Coronel,
a Ideli seria uma ótima escolha. Para eles é claro. Vamos aumentar a roubalheira. Viva a corrupção.

Reply

Coronel, CONVOCAÇÃO para MARCHA PARA LIBERDADE 2015
*
https://www.facebook.com/MarchaLiberdade2015/photos/a.1525273514382100.1073741828.1525129524396499/1527454430830675/?type=1&fref=nf&pnref=story
*

Reply

Sou catarinense e tenho vergonha de ter uma mulher dessas representando nosso Estado.

Reply

O Congresso tem que colocar em pauta e aprovar antes da data de aposentadoria do Min. José Jorge, alterando para 75 anos a aposentadoria compulsória, pois então não precisaria sair, salvo se quisesse. O projeto existe na Câmara desde 2006 e, segundo li no final de semana, será levado para analise pelo Dep. Federal Cunha, mas dizem que a minoria não quer analisar antes da aposentadoria do MIn. do TCU, para não ser acusada de oportunista. Para mim, é o menor dos males, pois é fundamental que o Min. José Jorge permaneça mais alguns anos para que não vire tudo em pizza. Já pensou um dos três concorrentes conduzindo os processos do Min. José Jorge.

Reply

Coronel,

legenda da foto:
eu? desviar dinheiro com lanchas super-faturadas?

Flor Lilás

Reply

Depois dessa , só um dilúvio e olhe lá.

Reply

Logo essa aí, tem uma cara de gaveta.
Não vai dar não, o senado que imploda essa senhora que caiu de paraquedas em SC.

Reply

JUNTE-SE A NÓS!!!Que beleza! ideli no TCU e tarso no STF. QUe tal?

Reply

Eu não duvido que o LULA seja escolhido para o TCU e uma PEC retire deles a estabilidade e sejam trocados cada 4 anos, cargos de EXTREMA CONFIANÇA DO(A) PRESIDENTE e quando for a oposição. Uma nova PEC dê a estabilidade de volta com o tribunal com 11 FANÁTICOS PETEBAS, como o LUIZ FRANCISCO DE SOUZA aquele sumido deficiente físico que torrava o saco no governo FHC. Aprovar PEC é como trocar um paletó, com 60% se troca.

Reply

>>

A quadrilha fará "o diabo" para nomear cúmplices que defendam os bandidos dentro de alguns dias.

O "novo" governo da ex-assaltante de bancos será montado com cumpanhêros capazes de livrar os bandidos dos crimes cometidos na Petrobrás.

Para a vaga no Supremo, se o Congresso não vetar, será indicado pela quadrilha o atual ministro da Justiça ou, pior ainda, Tarso Genro, que estará sem emprego público a partir de 2015.

Pior para nós, para a democracia, mas ótimo para os ladrões da Petrobrás.

<<

Reply

Se essa nomeação não for feita rapidamente, periga de a Lava-Jato deixar a vaga do homem em aberto. Quem sobrará, entre políticos e outros bichos, quando tudo estiver às claras?

Reply

Alô, povão brasileiro!
Eles vão usar o TCU só pra botar no Teu CU!!!

Reply

"Gleisi, porém, foi vinculada recentemente ao escândalo na Petrobrás, o que dificulta sua indicação."
A ESCORRAÇADA GLEISI, MANTEVE COMO PRINCIPAL ASSESSOR UM PEDÓFILO RENITENTE, QUE ESTÁ EM CANA. É acusado de ter "papado" 200 "di menor" entre 10 e 12 anos sob as vistas esguias da nobre senadora.É pouco ou querem mais para barrá-la

Reply

A oposição tem que trabalhar, tem que agir e não esperar seis meses antes da próxima eleição.

Reply

Teotônio VIlela Filho??? É o cara mais vendido que conheço na política

Reply
Paulistanóide mod

A Idelouca continua em busca de um "pau para toda obra"...

Reply

Eu não vou me surpreender se Dilma não acabar o voto obrigatório em eleições para os cargos eletivos e no lugar ela NOMEAR TODOS OS DEPUTADOS, SENADORES, JUÍZES, GOVERNADORES, PREFEITOS E VEREADORES, todos petistas militantes e altamente fanáticos, todos seriam biônicos e o voto facultativo seria PORQUE O VOTO SERIA IMPOSSÍVEL pois não haveria cargos em disputa, apenas um referendo para aprovação dos nomeados por Dilma, bastaria um por cento dos votos ( 0,5 +1 voto ser favorável e meio por cento menos um voto ser contrário ) ou mesmo um voto a zero se ninguém for votar é suficiente.

Referendo sobre a nomeação de todos EM BLOCO e em livros onde consta o número do RG, CPF e título eleitoral e ao lado os quadrados vermelho e azul ( o vermelho seria repudiar e o azul seria aceitar ) o quadrado com uma letra R de cor vermelha seriam assinalados pelo fiscal do livro.

O VOTO SERIA ABERTO E LIVRE POIS O VOTO SECRETO ESTARIA EXTINTO EM TODOS OS NÍVEIS, ELEITORES, VEREADORES, DEPUTADOS E SENADORES.

OS nomeados da Dilma ou Lula votariam totalmente de acordo e com obrigação de um senador ou deputado votar de modo diferente para não ser nunca uma votação unânime.

Reply

Coturneiro de 3 de novembro de 2014 11:16

lá no Uchoinfo diz que a tendência é que a Barbie vire Ministra do TCU.
Acredita?

Foi escorraçada pelas urnas. Dona Dimalvina Cruela a escondeu quando esteve em Curitiba.
itbull da Malvina Cruela vai ganhar um ossinho para roer.

Flor Lilás

Reply

Gente temos que continuar nas redes sociais denunciando tudo , tudo mesmo.
Querem transferir o Juiz Mouro coloca nas redes sociais querem colocar ideli no Tcu coloca também , não querem Cpi coloca nas redes sociais . Temos que fazer isto até 2018 , sem cansar sem parar ....

Reply

Credo! Que susto ao ver a foto dessa Ideli!!1 O dia das bruxas foi sexta!

Reply