PT não tem dentes para morder Cunha.

Contra Dilma existe uma condenação do TCU. E contra Cunha, o que há? Apenas denúncias, sem provas documentais. O alarido do PSOL no Conselho de Ética de nada adianta, a maioria está com Cunha. Mandatos de segurança no STF já se mostraram inúteis. A única coisa que o governo pode fazer é ter maioria de deputados. Terá?
(Globo)O Palácio do Planalto e o PT já dão como certo que, acuado pela revelação de suas contas na Suíça, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), reagirá deflagrando esta semana o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Por isso, após uma série de reuniões entre ministros na segunda-feira, decidiram partir para o confronto e advertir que, se Cunha levar adiante a ideia do impeachment, o PT pedirá o afastamento dele da presidência da Câmara e a abertura do processo de cassação de seu mandato no Conselho de Ética da Casa.

A ordem do ministro Ricardo Berzoini (Secretaria de Governo), porta-voz da presidente, aos petistas chamados para reunião ontem no Planalto foi: “Preparem-se para o combate”. Um deputado do PT saiu da reunião dizendo que o partido ainda vai aguardar a movimentação de Cunha hoje, mas já preparado para a reação:

— Vamos aguardar o que ele (Cunha) vai fazer. Qualquer movimento dele vai ter uma reação. Se ele aceitar (o impeachment), nós vamos para o combate — disse o parlamentar petista após a reunião.
Um dos cenários possíveis é que Cunha inicialmente rejeite os pedidos de impeachment, em uma jogada combinada com a oposição — que, na sequência, entraria com um recurso no plenário da Câmara. Neste caso, será preciso maioria simples (metade mais um dos presentes à votação) para deflagrar o processo de impeachment. O governo fará um corpo a corpo junto aos deputados aliados para tentar vencer a votação.

— A reunião foi toda focada na tentativa de evitar o impeachment. Estamos, a partir de agora, em assembleia permanente. Havendo amanhã (hoje) o recurso (da oposição), cada um saiu da reunião com sua obrigação, com sua lista (de quem procurar), para garantir os votos — disse a deputada Margarida Salomão (PT-MG).

Cunha deve decidir hoje ou nos próximos dias sobre os pedidos de impeachment apresentados até agora. É possível que ele decida postergar a análise do principal pedido, o de autoria dos juristas Miguel Reale Júnior e Hélio Bicudo, devido a um aditamento que deverá ser feito ao documento para reforçar que as chamadas “pedaladas fiscais” nas contas públicas, já condenadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU), se prolongaram em 2015.

Ao GLOBO, Miguel Reale afirmou que, hoje, irá acrescentar ao pedido de impeachment o parecer de Júlio Marcelo. Somente os autores do pedido podem fazer esse tipo de aditamento. Na semana passada, os responsáveis pelo pedido de impeachment já acrescentaram detalhes de atos de 2015 do governo que comprovariam a continuidade das pedaladas. Citaram entrevistas do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, sobre o tema, e também o decreto presidencial feito em outubro que fixa prazo para o Executivo acertar contas com bancos públicos.

Também ouvido ontem pelo GLOBO, Cunha disse que, no caso de haver novas mudanças no pedido já apresentado, sua decisão pode ser adiada. Ele irá discutir com assessores sobre como proceder. Até dias atrás, Cunha afirmava que sua decisão sobre todos os pedidos seria proferida até hoje. Diante dos novos fatos, porém, sua decisão sobre o mais consistente pedido de impeachment pode ser postergada.

No PT, a avaliação é que não há mais como refazer pontes com Cunha. Por isso o partido está abandonando a atitude de cautela adotada até agora e partir para o confronto aberto com o presidente da Câmara. A eventual decisão de deixar o comando da Câmara, no entanto, depende do próprio Cunha, unilateralmente.

Um das apostas do PT é o pedido de liminar, feito na última sexta-feira, para tentar impedir a tramitação de um pedido de impeachment na Câmara. As ações — uma representação e dois mandados de segurança — foram protocoladas no Supremo Tribunal Federal pelos deputados Paulo Teixeira (PT-SP), Wadih Damous (PT-RJ) e Rubens Pereira Júnior (PCdoB-MA). A estratégia, segundo Teixeira, é mostrar que Cunha estaria cometendo irregularidades e afrontando a Constituição com o procedimento adotado por ele para analisar os pedidos de impeachment em discussão na Câmara.

Em artigo veiculado ontem no site do PT, o presidente do partido, Rui Falcão, afirma que não há fundamento para impeachment e insinua que Cunha não tem credibilidade para conduzir o processo, citando as contas mantidas dele na Suíça, que seriam alimentadas, de acordo com a Operação Lava-Jato, com o esquema de corrupção da Petrobras.

Lava-Jato. Com o surgimento de novas acusações contra Cunha e o fortalecimento das articulações pelo impeachment, lideranças do PT ponderam que não haveria alternativa a não ser ir para o enfrentamento.

Apesar da nota da oposição no fim de semana pedindo o afastamento de Cunha da presidência da Câmara, os desdobramentos da articulação pelo impeachment continuam sendo conversados. No sábado, antes de divulgar a nota, os líderes do PSDB, Carlos Sampaio (SP), e do DEM, Mendonça Filho (PE), conversaram com o peemedebista, que fez um apelo para que a decisão fosse adiada até que ele tivesse conhecimento dos autos do processo de que é alvo na Lava-Jato. O apelo não foi atendido devido às pressões externas para que a oposição se posicionasse, mas, reservadamente, deputados oposicionistas dizem que manterão o apoio a Cunha até o limite possível para viabilizar o impeachment.

12 comentários

Kkkkkk

PT anda banguelo à muito tempo!

Reply

Estamos de olho nos deputados!O Brasil inteiro esperando a movimentação deles!Que não ousam trair o Brasil!

Reply


Tá cozinhando demais esta galinha oh Cunha. Vai sair perdendo.!!!.

Reply

Há bandidos de varios calibres no Planalto e no Congresso. Dentre eles, escolho o menor = Eduardo Cunha!!!

Que ele coloque o IMPEACHMENT para andar!

A população e o Brasil NÃO aguentam mais este DESGOVERNO!

Chris/SP



Reply


O ENERGÚMENO E SEMI ANALFABETO Sibá, me solta essa: "não há indícios para basear pedido de impeachment" , "Peça apresentada por Bicudo é frágil é inconsistente"!!!!!!

Essa múmia não conseguiu captar a mensagem de CONDENAÇÃO da Dilma, pelo TCU, então o que faz um tapado desse ocupando espaço na Câmara? Só podia ser líder da quadrilha petista.

Esse, para ser amarrado em uma cocheira só falta "botas" ! Como jumento não usa botas, o energúmeno está pronto. tirem esse bode da sala.

Como uma pessoa sem conhecimentos, imbecil, ignorante como Sibá, que usa de completa má fé e desonestidade, pode fazer parte do Congresso de um País?

Algumas providências urgentes devem ser feitas nas Leis brasileiras:

- exigir formação e competência de quem se interessar ocupar cargo público.

- exigir impressão de comprovante do voto, pelas urnas eleitorais.

- acabar com as brechas das LEIS, por onde escapam bandidos, ladrões, corruptos, bolivarianos, comunistas, integrantes de fações criminosas e todo tipo de meliantes, iguas os que hoje compõem o Congresso Nacional e destruíram o Brasil.

- EXIGIR QUE SUSPEITOS E CONDENADOS DEIXEM OS CARGOS PÚBLICOS IMEDIATAMENTE e SEJAM RIGOROSAMENTE PUNIDOS PELA LEI, SEM OPÇÃO DE FORJAR BURACOS E ESCAPULIR.

... e outras tantas medidas necessárias para que haja ética, honestidade e competência no governo do Brasil.

Reply

O ministro petralha acabou de barrar o processo de impchamet, dilmr governa com mandado de segurança.

Reply


Impeachment: Teori concede liminar ao PT

Teori Zavascki concedeu liminar, a pedido do PT, que impede o rito estabelecido por Eduardo Cunha e partidos de oposição para a aprovar a tramitação do pedido de impeachment de Dilma Rousseff. O rito estabelecia que o deputado pediria arquivamento, a oposição entraria com recurso e a tramitação do pedido seria aprovada por maioria simples do plenário

Agora, serão necessários dois terços dos deputados para a aprovação.

O ANTAGONISTA!!!



Chris/SP

Reply

Por Deus, Senhor Presidente da Câmara dos Deputados, Deputado Eduardo Cunha, seja maior do que toda essa sujeira., Pense no Brasil. Derretemos, literalmente. O Brasil desunerou. Pense na Economia, na Educação, Na Saúde e no Desemprego sem controle que está acontecendo minuto a minuto. Coloque-se na pele dos brasileiros desempregados pela má gestão deste desgoverno ao longo de 13 anos.

Reply
fred oliveira mod

O congresso dobrara' , mais uma vez, os joelhos , para o planalto? a falta de dignidade permanecera' nos supostos ( sim, supostos) deputados? Vamos ver.

Reply

E o batalhão do cheque, de Bandillma?

Reply

Kkkk

O Cunha vai morder os deputados do PSol, ninguém se pronuncia em plenário a favor do afastamento do presidente da câmara.

Reply

Sibá Machado precisa desesperadamente defender seus gurus, mas ele será na primeira oportunidade do governo, envolvido em alguma falcatrua e responderá sozinho.

Reply