Brasil profundo.

Homens da Força Nacional de Segurança (FNS) e da Funai (Fundação Nacional do Índio) mataram na noite desta terça-feira (24) uma onça que atacou e matou uma cadela da base da Frente de Proteção Etnoambiental, na fronteira Brasil-Peru, habitada por quatro etnias que vivem em isolamento.- A coisa aqui está braba e ainda acham que nós, que trabalhamos na mata, devemos andar desarmados. Mais essa agora. Que a mãe natureza nos perdoe e o Ibama não nos processe - pondera o sertanista José Carlos dos Reis Meirelles. A onça matou a cadela na escada da porta da casa da base da Funai. Leia mais no Blog Amazônia, do jornalista Altino Machado.

17 comentários

"Além dos traficantes, ainda tem desses bichinhos."

frase que tirei la da reportagem do Altino...

como assim ainda tem esses bichinhos????

ali eh o habitat natural deles, NÃO O DE VOCÊS!

Reply

A onça estava com fome. Pena que não tinha nenhum deputado próximo..

Reply
Indiana Jones mod

Nesses casos,deveriam chamar o
Jim das Selvas, já que governo federal não resolve P.#@*¨&+ nenhuma mesmo !!!
A pobre onça só fazia o que o instinto básico de sobrevivência lhe ordenava.
Se o Buana não estiver disponível,talvez a Caipora-cara- de-Mogno possa fazer alguma coisa...

Reply

Coronel, o Lula deve estar aos prantos, afinal, ele é o maior "amigo da onça" da história desse país!

Reply

Xiii,
a Marina silva vai denunciar ese crime ambiental. A vai pedir para tirar as armas da FNSeg. ô gente ruim, sô!
Sds.,
de Marcelo.

Reply

"Cutucando a onça com a vara curta"

Coronel, pela foto não vejo nenhum ferimento na cachorra, será que não mataram primeiro a onça depois então a cadela, só para tentar encobrir o crime?! Até porque, a pele do infeliz animal vale um bom dinheirinho!

Reply

Coronel,

Mataram a onça??? Não houve crime ambiental neste caso. Aqui, aplica-se o estado de necessidade (Cod. Penal), quando for inevitável o sacrifício (dano) ao animal da natureza, ou bem de terceiro. Queriam o que, que a onça matasse uma pessoa, além de ter matado o cachorro?


Chris/SP

Reply

Mas Coronel, doido do cara que tem mais de meio palmo de terra hoje e aparece por lá sem nem um facão! Todo mundo aqui no Maranhão tem uma vinte à tira-colo. A fábrica de canos 20" está funcionando com nunca de tiro-seco. Pisa aqui para tomar as armas de qualquer sujeito se for homem?
Com 50 mil mortes depois que o Lula, "o operário" (ai, fiquei molhadinho) entrou, só suicida aparece ou anda por aí de peito aberto.

Reply

Puta bando de bananas estes caras da FNS e da FUNAI!

No meu tempo de exército por exemplo algumas vezes também ouvimos a onça por perto, não a vimos no mato, mas sabíamos que estava por perto, mas por conta da segurança do pelotão, ninguém saiu caçando o bicho, só jogamos umas bombas de efeito moral em sequência e só o barulho já deu um bom susto na danada e nada mais se escutou.

Mas pelo jeito os homens da FNS e da FUNAI não tem nem facão de mato decente... ai juntou o cagaço ao grupo e PUM! Tiro na onça.

Será que alguém também pode mandar pra estes burros pelo menos uns bons quatro cachorros da raça Rhodesian Ridgeback, Bulldog Campeiro ou Dogo Argentino? Que ai sim vai ser difícil a onça matar cachorro como esses e ainda o grupo vai ficar mais protegido.

Se não fosse triste a morte do bicho, dava para rir mais ainda!

Pô pelo jeito está faltando gente que entenda de selva neste grupo... Mandem eles treinarem antes no CIGS pra depois irem pro mato.

Reply

É lamentável ver um animal, ser morto assim.


Izabel/SP

Reply

Estão pedindo para o Ibama não agir? Coitados deles, que não sabem o que estão pedindo nem têm a menor idéia de nada. E não perdem por esperar. Vem multa pesada, processo administrativo, penal e cível. Escaparam da onça, mas do "rigor da lei" não escapam, que para essas coisas há "rigor da lei", e a onça agora atrás deles é o Minihistérico Público. DNIT, Turismo, Cidades etc, tudo virará café pequeno diante da onça abatida, inclusive para a imprensa, refém dos ongalóides. Por fim, a culpa de tudo ainda vai acabar sendo atribuída à reforma do Código Florestal: sabe como é, falta mata, 60% do Brasil é pouco. É esperar pra ver.

Reply

Esse pessoal da Força Nacional de Segurança (FNS) e da Funai (Fundação Nacional do Índio), parece que não estão capacitados para o trabalho. Devem estar em desvio de função, ou atuando em outras "áreas" não relacionadas à proteção ambiental.
São tipo "fake", assim como os "trabalhadores rurais" sem terra", do MST.

Reply

Coronel

São assassinos, pois não?

Perito

Reply

Que lindo! Os FDP ainda têm coragem de posar rindo na foto. O que vcs estão fazendo na mata, seus merdas? A onça matou pq estava com fome, pq vcs inúteis ficam invadindo o território dela.
Tem que acabar com a mamata desses índios, botar todo mundo pra trabalhar e pagar impostos, como nós . FDPs!
P.S. nem precisa publicar, só quero que vc saiba que eu já estou de saco cheio desses parasitas!

Reply

A Marina Silva já pegou várias vezes doenças típicas da natureza como; Malária, Leichmaniose e Hepatite. Ela quer estender a realidade do Acre pro resto do país. Nós devemos sofrer com todas essas doenças...

Reply

Eta! povinho desprezível e ignorante!
Qual a necessidade de abater o animal?
Se não conhecem métodos para capturar, vivo, um animal selvagem não deveriam estar lá.
Ainda bem que existe um MUNDO CIVILIZADO que vai se indignar com esta imagem e cobrar das autoridades brasileiras tamanha irresponsabilidade.

Reply

Como pode alguém que não respeita a vida selvagem se dizer "sertanista"?

Reply