Mais democracia.

Ontem, tivemos o prazer de ouvir as explicações do jovem procurador da República Deltan Dallagnol, que coordena a força-tarefa da Operação Lava Jato, afirmando que a denúncia criminal contra o ex-ministro José Dirceu (Casa Civil/Governo Lula), por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa, mostra que o País ‘tem um problema que corrói a nossa democracia’. Ele ressaltou o peso político na Petrobrás do ministro mais poderoso do primeiro governo Lula (2003/2006).

“Se eu fosse olhar para o significado dessa denúncia, o que ela me mostra? Ela me mostra que nós temos uma pessoa que foi a pessoa número 2 do nosso País envolvida no esquema de corrupção. Isso mostra que nós temos um problema que corrói a nossa democracia, nós temos um problema que consiste num governo que não é para o povo, como a democracia deveria ser”, cravou o procurador da Lava Jato.

Na avaliação de Deltan Dallagnol, ‘é um governo para fins particulares, para o estabelecimento de um capitalismo de compadrio, em que o empresário e o agente público alcançam benefícios mútuos para o seu próprio bolso em prejuízo de toda nossa população’. “Quando eu vejo esse problema de democracia, o que me vem a mente a solução é mais democracia”, pregou o procurador, durante entrevista em que divulgou os detalhes da denúncia formal contra Dirceu e outros 16 alvos da Lava Jato. Que assim seja!

9 comentários

E o Decreto 8515 de ontem 04.09.2015. Como você vê a questão?

Reply

Cel
Estamos no aguardo da prisão do nº 1.
Esther

Reply

"Ela me mostra que nós temos uma pessoa que foi a pessoa número 2 do nosso País (...)"

Numero 2 - José Dirceu
Numero 1 - Lula

E o número UM, chefe do número dois, nunca viu nada, nunca soube de nada??? Impossível!!!


Chris/SP

Reply

prenda o numero 1 ou mio o 13-171.

Reply

É procurador, se você não acabar com o cabeça pensante desse esquema não tem "mais democracia". E esta cabeça pensante se chama LULA.

Reply

Coronel,
esses Generais covardes e medíocres deveriam se espelhar nestes PROCURADORES.

Reply

Resumindo, o que ele não pode dizer. É roubalheira pura e simples da população do país, para encher o bolso e dar boa vida a cumpanheirada.

Reply
Ferreira Pena mod

"uma pessoa que foi a pessoa número 2 do nosso País envolvida no esquema de corrupção." E porquê não pegam logo a primeira que é sabidamente conhecida por suas sacanagens contra o país? Ninguém aperta o Lula vagabundo Coronel, que proteção é essa?

Reply

Infelizmente numa coisa vou concordar com o "Sapo Barbudo":a culpa é da Zelite!
Olhe nossa elite brasileira dos empresários, políticos, funcionários públicos ou empreendedores. Eles sempre olharam o povo (pobre e classe média) com desprezo. Num país sério quem tem o dinheiro seria os primeiros a ser rebelarem com a crise! E quem está se rebelando? Só pequeno/médio empresário que sabe que vai perder todos os anos de investimentos em sua empresa e possivelmente com alguma sorte virar empregado novamente! Quando o presidente do Itaú veio a público defender a Dilma, já temos noção o que acontecendo. Os bancos nunca ganharam tanto dinheiro. Se serve de consolo (um pouco) nesses governos populistas os primeiros traídos são justamente os que defendem ele, não é mesmo Trostsky e estudantes da revolução russa?

Reply