Envie sua pergunta para o tucano Álvaro Dias sabatinar o petista Fachin.

(Portal do Senado) Pela primeira vez, nesta terça-feira (12), a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) realizará uma sabatina com participação popular. Durante a oitiva do jurista Luiz Edson Fachin, indicado ao cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), os cidadãos podem enviar aos senadores informações sobre o indicado ou perguntas a serem feitas a ele, por meio do portal e-cidadania do Senado.

Entre as mensagens que já começaram a chegar, um internauta questiona se não deveria haver uma redução das competências do STF, para tornar o tribunal exclusivamente constitucional e garantir mais credibilidade à corte. Outro cidadão pergunta sobre a opinião do indicado em relação às investigações das irregularidades na Petrobras. Um terceiro participante cogita a hipótese de dissolução do Parlamento e qual seria a reação a essa suposta ameaça.

Todas as mensagens serão encaminhadas ao relator da indicação na CCJ, senador Alvaro Dias (PSDB-PR). Na opinião do diretor das Comissões do Senado, Dirceu Machado, a participação popular aproxima a atividade legislativa do cidadão. — O objetivo do portal é estreitar a distancia entre os cidadãos e os trabalhos dos parlamentares em geral — afirmou.

Votação eletrônica

Após a sabatina, a indicação será submetida à votação secreta na CCJ, seguindo então para deliberação em Plenário. Na oportunidade também será inaugurado o painel eletrônico de alta definição da comissão, que permite o registro da presença e votação. Ainda foram instalados computadores com tela sensível ao toque na bancada dos senadores, que poderão usá-los para votar, examinar matérias da pauta e acompanhar mensagens.

Processo de Indicação

O atual sistema de escolha dos ministros do STF por indicação privativa do presidente da República é alvo de críticas, como aponta estudo do consultor do Senado Roberto da Silva Ribeiro. Na análise crítica sobre o processo de indicação, o principal argumento é que esse modelo eminentemente político, historicamente adotado pelo Brasil e previsto em todas as Constituições, “pode acarretar uma indesejável ligação entre o Supremo Tribunal Federal e o presidente da República, caso o Senado Federal não exerça de forma efetiva a sabatina dos indicados”.
 
O estudo sugere a aprovação de duas Propostas de Emenda à Constituição (PECs) - 342/2009 e 449/2014 - que tramitam na Câmara e asseguram a participação dos três Poderes no processo de escolha dos 11 ministros do STF, além de estipular um mandato fixo para os membros do tribunal.

41 comentários

Tem aí alguma vantagem espúria, teve ou estaria apenas programada ? ???

Reply

Eu perguntaria o seguinte: Como o senhor vê a independência da Suprema Corte hoje, cujos integrantes, indicados maciçamente pelo Presidente da República, muitas vezes são vistos a defender, de forma acintosa e até suspeita, interesses do partido deste, em detrimento dos interesses maiores da nação?

Reply

Eu perguntaria assim: O senhor não acha que o STF na era Petista já virou um piada e que a maioria dos que estão lá, apesar de ¨notável conhecimento jurídico¨ e muitíssimos bem remunerados, não serviriam nem para limpar o banheiro de qualquer integrante da Suprema Corte Americana (ou inglesa, japonesa, etc), esta sim uma corte superior de verdade composta por gente honesta, responsável e preocupado com o destino do país e que seria motivo de inveja do tupiniquim caso este não fosse um idiota completo. OU perguntaria assim: Não é muita sorte dos ministros do STF que todas as suas decisões tenham que ser respeitadas pelo povo brasileiro que não passam de uns coitados bobos alegres alienados inofensivos e desarmados e não por um povo belicista como o americano que pode fazer uma guerra se forem feitos de bobos por sentenças parciais demais, ideológicas, com o rabo preso ou simplesmente por pura falta de caráter? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Reply

Do twitter aí do lado:

Coronel:
"Hoje é segunda. A noticia falsa da @folha foi ontem, onde o jornal mentiu que Nunes e Tasso iriam. Só Serra vai."


Os que vão para os EUA homenagear FHC são: Aécio Neves, Tasso Jereissati e José Serra.

Neste momento, penso que a oposição deveria ouvir a voz das ruas, e estarem presentes na CCJ.
FHC entenderia a importância a ausência.


Chris/SP

Reply

Os comunistas radicais do petê ainda não conseguiram acabar com a tripartição dos poderes, mesmo com o apoio da cnbbão que nada tem haver com a igreja católica, apenas congrega 99% dos seus bispos, caga regras e diretrizes para a igreja inteira e ninguém vê os católicos irem para a porta da porcaria xingar os comunas e expulsá-los da igreja.

Não conseguiram acabar mais conseguiram disfuncionar a coisa toda, o executivo legisla, o judiciário governa, o congresso só recebe propina e por ai vai, quer dizer a coisa tá completamente bagunçada.

Qual é a lógica de se colocar advogado e promotor dentro da mais alta corte do país e mesmo nas cortes inferiores? a função deles é outra não julgar, o status deles é garantido por suas atividades e não pela confusão de atividades.

O judiciário precisa de independência plena para formar seus tribunais puramente entre seus pares sem qualquer interferência dos demais poderes.

É escandaloso que um pais democrático legalize o marxismo é mais escandaloso ainda ver um magistrado comprometido com esse tipo de pensamento.

Juiz deveria ter um tipo de formação de base militar em escolas próprias, desde o segundo grau no mínimo, uma escola nacional de magistrados onde uma doutrina nacional fosse passada livre de toda a influência esquerdista.

Começou a julgar fora dos ditames da doutrina e da lei é sumariamente escorraçado do corpo nacional de juízes, posto em desgraça perante a sociedade e réu em grave processo de traição a pátria cuja a pena é a morte.

Pra chegar no STF o cara tem que comer muito feijão com arroz e ser campeão dessa doutrina e não um vagabundinho esquerdista criado nas latrinas do mundo jurídico.

Lógico que a maioria da direita brasileira, educada pela cnbbão e os comunas, vai se horrorizar com isso assim como deve ser horrorizar com as escolas militares.

Reply

CEL,

O senador Álvaro Dias não é aquele que ia à tribuna em quase todas as seções do Senado para ler o noticiário da imprensa escrita? Por causa disso não foi o Senador muito bem apartado e questionado pela senadora Gleise Hofmann que perguntou a ele qual seria sua própria opinião em relação ao tema abordado? Qual é sua opinião Senador? O Sr. mudou de lado?

Índio Tonto/SP

Reply

Vossa Senhoria, por possuir notória relação com o PT, se declarará IMPEDIDO de analisar e julgar os réus políticos do PETROLÃO?

Reply

A votação SECRETA garantirá a aprovação, pela Comissão, do nome do advogado do MST, contratado pelo Stédile.

Perguntas: o que está valendo, advogado Fachin, os seus conceitos contra a Família, a favor da poligamia, contra o direito de propriedade rural, contra àlguns artigos da CF (todos documentados), ou, as suas declarações tornadas públicas através de vídeos,recentemente, dizendo exatamente o oposto? Onde está a verdade, advogado Fachin?
Gaudêncio Sette Luas

Reply


TUDO UMA PALHAÇADA!!!!!!!

Querem enganar o povo.

ELE JÁ FOI ESCOLHIDO!!!!

RENAN GANHOU UM BELO AGRADO COM ISSO

Reply

SIMPLES ASSIM!
Álvaro Dias e um PTralha infiltrado no PSDB...

Reply
fred oliveira mod

Concordo com o cel. Do psdb, que eu saiba, so' o Alvaro Dias apoia o Fachin. Hora de bater no pt e nao seguir as barrigas que jornalistas petistas colocam na imprensa. Quanto `a pergunta que o Alvaro deveria fazer ate' me recuso a elaborar mas, vou direto: o senhor vai inocentar todos os petistas envolvidos na tramoia e teria coragem de condenar Dilma Roussef em caso de provas contra ela?

Reply

Vossa Senhoria pretende seguir o
exemplo de
Kátia Abreu e Kassab, aliando-se a este governo nefasto?

Pois saiba que, no Paraná o Sr. não se elege nem pra vereador no menor município.

Reply

Caso o senhor venha a se tornar Ministro do STF, se um dia o senhor tiver que julgar uma causa envolvendo o MST e o Sr. Stédile, o senhor vai se declarar impedido?

Reply

Hoje é apenas a sabatina na CCJ, há ainda a votação em plenário. Não vamos nos desmobilizar. Usem seus contatos, enviem e-mails aos senadores, façam pressão, busquem fatos relevantes sobre o "doutor" com jornalistas. Não podemos perder esta batalha. Temos qur mostrar aos petistas que eles bão nos empurram mais nada goela abaixo, e que não tem a mínima chance de transformar nosso Brasil na Venezuela. Repito: não podemos perder esta batalha!

Reply

Seu relatório é parte de alguma combinação prévia em que a sabatina é apenas perda de tempo para dar aparência de legalidade ao processo todo ???

Reply

Coronel: Como confiar em Alvaro Dias se ele está apoiando a candidatura de Fachin ?

Reply

Chris/SP

12 de maio de 2015 08:02

Tem razão. FHC que se faça acompanhar de familiares. O Brasil precisa de seus senadores, nem que seja para marcar presença.
Depois que lhe rendam homenagens aqui.

Reply

O nome de Renan Calheiros já deve ter sido retirado da lista da Lava à Jato!!!

Reply

tem um petista safado atrapalhando a comissão !

Reply

Coturneiro de 12 de maio de 2015 09:50

esse desgraçado não precisa se eleger a mais nada! Foi eleito por mais longos 8 anos como senador!
E maldita a hora em que eu, crente de sua idoneidade, ajudei a colocar esse petralha lá!

Flor Lilás

Reply

Gente! O link para fazer comentários está abaixo.

https://www12.senado.gov.br/ecidadania/visualizacaoconsultapublica?id=141

Já manifestei meu desgosto com a indicação e perguntei sobre a continuada indicação de ministros do STF pelo desgoverno quando a constituição diz que os poderes são independentes.

Tem gente lá querendo saber o que o pretenso acha das invasões do MST; do pagamento de pensões para amantes (tem isso?), entre outros.

Reply

Fiz minha parte e as perguntas tão quentes.

O que ele acha do acúmulo de funções já que foi procurador do estado do PA e ao mesmo tempo advogou?

Ah ha ha... vamos ver quais serão perguntadas ao sujeito? Não tenho tv a cabo.

Reply

Eu faria esta pergunta: qual é a sua opinião sobre a conduta de um afrodescente, Joaquim Barbosa, ter honrado a toga que vestiu sem sofrer qualquer influência política no julgamento do mensalão, comparativamente ao senhor que é branco e está mendigando apoio dos políticos para aprovarem a sua indicação?

Reply
Rita Rafaeli mod

Votação secreta? Não poderemos saber quem são os traíras?
Esqueça essa história de sabatina, vamos logo ao que interessa e parem de fazer jogo de cena: aprovem logo o sujeito e ajam de acordo com sua natureza.

Reply

na comissão, o cretino álvaro dias faz críticas a quem o criticou e faz discurso pro petismo!

Reply

Mandar pergunta pra esse bosta??? Perda de tempo.

Reply

Perguntaria ao bolivariano se ele é viado.

Reply

Como todo petista é gay, perguntaria se ele é também.

Reply

Temos que mostrar pro senado que a aprovação de Fachin pro supremo vai acabar com a imagem desta instituição. Pois nas primeiras decisões de Fachin como ministro ficará claro que ele mentiu descaradamente na sabatina, é como uma cuspida na cara do senado. O congresso já se deu conta de que não dá pra avalizar qualquer coisa vinda do governo, o senado tem que se dar conta disso também!

Reply

Caro Senador Álvaro Dias:

quando renunciará ao seu mandato de Senador, por ser um grande traidor de seus eleitores e ter patralhado de vez?

quando nos contará o que tem a esconder em sua vida para virar a casaca de forma tão absurda e vender sua alma ao PT?

quando saberemos o que está ganhando com esta atitude enlouquecida?

quando começou o seu plano diabólico de conquistar milhões de votos para logo depois os trair da noite para o dia?

que história é essa de ir para o "centro-esquerda" quando sempre se mostrou tendendo à direita?

Finalmente, não tem vergonha na cara?

Flor Lilás

Reply

Pergunta:

Como podemos confiar em suas palavras se tudo que foi dito, escrito e falado antes - é negado atualmente e no atual contexto, assim, mentiu antes ou agora?

Reply

Senador Alvaro Dias, é verdade que o senhor é da mesma Loja Maçonica que o Sr. Luiz Edson Fachin? Que são "irmãos" maçônicos? Quais os juramentos de um Maçon?

Lulla, a cabeça da SerPenTe. Cortando a cabeça dela, muitos excrementos perecerão.

Reply

Alvaro Dias não é um Deputado Federal, logo não está diretamente preocupado com a questão moral, embora ela seja de importância.Alvaro Dias é um Senador, logo representa o Estado do Paraná. Algum motivo deve ter para defender o Ptralha no STF. A Câmara dos Deputados deveria ser consultada também, pois é formada por representantes do povo que é diretamente interessado nas decisões da nossa deturpada Suprema Corte. Mais um tópico para a tão decantada reforma política?

Reply

Nem o bosta do Lula não quis esse cara no STF. Deve significar alguma coisa... #FachinNão

Reply

Todo poder emana do povo e por ele será exercido. Elegemos o executivo e o legislativo. Já que a ideologia tomou conta do STF, porque não elegemos também o judiciário? Eleições diretas,populares e nesse caso distritais, para juízes em todas as instâncias, inclusive o STF, 8 anos de mandato podendo haver reeleições.

Reply

Não queremos sabatinar nada - só não queremos ele lá!!!

Reply

Até tu Alvaro Dias,quem diria o senador de voz empostada não passa de um traíra.

Reply

Esse Fachin não pode ser aceito no STF só pelo fato de ser indicado pela Dilma, uma irresponsável que acabou com o Brasil, uma terrorista amiga de ditadores. Dilma NÃO TEM MORAL PARA INDICAR NINGUEM, NÃO É UMA PESSOA CONFIÁVEL.

Impeachment dessa pulha e sua corja de cínicos ladrões, inclusive Fassin facim Ops! Fachin

FACHIN NÃO! Chega de petistas cínicos destruindo o Brasil em favor de comunistas!

Reply

As duas casas do povo são contra o povo.
Votam para depois serem ferrados por seus escolhidos...

Reply

Lamentável a atitude deste Alvaro Dias, não da pra confiar num senhor que pinta os cabelos, nem assume os cabelos que tem, imagina o que tem dentro desta caxola, para mim esta morto

Reply

O Alvaro Dias é pior do que o pior dos petralhas. Os petrahas
pelo menos dizem o que são, enquanto o Alvaro "Vampiro de Curitiba" é esta imundicie, um
covarde. Caiu a máscara da "familia Dias", onde um Senador ficava de cada lado apenas
por convicção. O Osmar pelo menos
petralhou em campo aberto, o Alvaro-sorro manso na surdina, foi
a maior fraude eleitoral do Paraná e do Brasil. Não é a toa que o Paraná nunca teve presidente da República (pelo bem do Brasil),o povo é batalhador mais os politicos daquela terra
na maioria são a ralé do Pais.

Reply